1. Spirit Fanfics >
  2. Light Us: Crazy and Crazy >
  3. Capítulo 10

História Light Us: Crazy and Crazy - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Adivinha quem só lembrou agora de postar o cap?

LEIAM AS NOTAS FINAIS!!

Capítulo 11 - Capítulo 10


Fanfic / Fanfiction Light Us: Crazy and Crazy - Capítulo 11 - Capítulo 10


Keonhee se perguntava como do nada surgiu aquela ventania forte, esta na qual lhe causava uma péssima sensação, algo acabou de acontecer e seria um grande problema virou-se contra o vento arregalando os olhou ao se dar noção de onde saiam essas rajadas fortes.

— Não... — sussurrou fechando os punhos - Hyeon... — disse o nome daquele que um dia havia morrido, agora ressurgia das cinzas que certa vez foram levadas com o vento — Miya sua desgraçada...

Keonhee...

Outra vez ouviu aquele sussurro, desta vez na direção cujo saíra a pouco tempo o deixando mais frustrado, estava perto de onde queria ir então voltou a caminhar a velha cabana de sua amiga, mas havia algo diferente ali, sentia a presença de Seoho.

— Como nos tornamos tão conectados assim Lee? — sussurrou negando com a cabeça e se aproximando, estava tão calmo que foi obrigado a olhar para baixo vendo um monte de terra — não pode ser... — agachou-se  vendo o bracelete que a bruxa costumava usar — Hwasa... me desculpe — pediu, estava irritado consigo mesmo, devia ter dito desde o começo para o namorado o que acontecia e agora está nessa situação e mesmo assim o envolveu.

— Keonhee!! — ouviu o grito familiar, aquele lugar estava com um ar denso novamente deixando sua visão turva o fazendo ver e ouvir coisas, os gritos de socorro de Seoho ecoavam por todo aquele lugar.

— Para... — disse baixo — PARA COM ISSO! MIYA SUA DESGRAÇA DESPREZÍVEL!! — gritou alto e os barulhos cessaram.

— Miya? Me lembre de agradecer ela a tudo isso — uma risada debochada foi ouvida e se aproximava cada vez mais, o olhar do inimigo desceu para o túmulo feito pelo outro lee — sonhei tanto com este dia e finalmente chegou, onde estão seus amigos Keonhee? — riu soprado — eu vou acabar com cada um de vocês, destruir a vidinha insignificante de todos — dizia isso ao ficar perto do maior e aquela maldita coroa não vai mais ajudá-los, isso passou por sua cabeça?

— Seu filho da... — foi calado um soco forte no estomago, não lembrava de ser fraco daquele jeito, o que está acontecendo consigo? O vampiro estava tão confuso, aquela maldita neblina o deixou assim e a sensibilidade dos próprios sentimentos.

— o amor é patético, mas até vampiros como vocês cederam a esta baboseira...

— Hyeon, não mate o herdeiro eu ainda preciso dele — a voz feminina se fez presente — como é bom estar de volta não.

— Sua vadia, devo admitir que estou surpreso com cada feito e por ter me trazido de volta a vida — como irmão se aproximou dela beijando sua bochecha, era algo comum entre eles.

— Hm, não estava com planos de trazê-lo a vida novamente, seja lá quem tenha feito isso, agradeça a eles, enfim, o que irá fazer? — perguntou olhando para o mesmo.

— Brincar e acabar com esses vampiros.

— Não se esqueça, quem te matou ainda é sangue puro, porém imortal — disse com um semblante sério — tirem ele daqui, levem-no para a mansão — falou se referindo a keonhee que agora estava inconsciente no chão, alguns seguidores o pegaram e sumiram dali sem mais nem menos.

— Os irmãos gêmeos agora são vampiros?

— Apenas o mais novo — respondeu — ele é mais forte e mais rápido que o próprio namorado, não subestime em nada.

— Estou morrendo de medo — riu debochado — divirta-se também irmã.

Lee Miya riu assentindo sumindo junto de seus seguidores e Hyeon sumindo com os dele assim fazendo toda aquela neblina sumir de vez, voltando para o Clã Lee, Seoho rápido virou o rosto olhando para o portão.

— Eu preciso salvar keonhee... — disse tão rápido que nem deu tempo de Sangyeon processar uma resposta vendo o vampiro sair daquele lugar, vampiros , pensou ele e tentou acompanhar o outro, era como se este estivesse em desespero ou sentindo algo estranho, como se alguma coisa tivesse acontecido com o amado.

— Senhor! — pararam quase que juntos, olhando para a direção de onde tinha vindo a voz.

— Juyeon?

— Eles pegaram algo que estava guardado naquele lugar, uma coroa se não me falhe a memória, isso causou rajadas fortes de vento quase não consegui voltar..

— Coroa? — perguntou Seoho — o que fizeram com ela?

— Quebraram e dividiram entre eles — respondeu o outro lobo — não pareceu algo bom pela sua expressão...  — disse, o vampiro tinha a respiração descompensada, estava irritado.

— Filhos da puta!! — socou uma árvore e um buraco se formou ali — sem a coroa e o colar juntos, toda aquela tensão que uma vez teve aqui nessa porra de floresta volta, e agora com ela quebrada os mortos na batalha também ressurgem.

— Está dizendo que Hyeon pode estar vivo novamente? — disse Sangyeon e o lee assentiu.

— Eu preciso encontrar Keonhee rápido, Hyeon tem coisas que pode nos matar e não quero correr este risco.

— Ele não o mataria, pelo menos não agora, Miya quer seu namorado mais que tudo para pode mandar nesse lugar e se ela conseguir o que tanto deseja...

— Estamos todos condenados... — murmurou Seoho — Vá e fique com sua alcateia, eles irão precisar de você, com ele por ai, nada é seguro.

— Mas...

— Hyung, ele está certo, vamos... boa sorte Seoho — disse Juyeon e o lee assentiu se afastando dos lobos em seguida, corria como deveria correr, precisava encontrar o namorado, a angústia e ansiedade tomavam conta de seu corpo, o medo principalmente e odiava ter essas sensações — não acredito que ela vai conseguir o que tanto desejou em anos escon... — parou de correr e falar, teve uma idéia e estava se odiando por ter que sair daquela floresta e deixar o amado nas mãos de uma inimiga fria — me perdoe, mas preciso saber um pouco mais sobre ambos passados Keon, prometo voltar assim que conseguir algumas repostas — disse olhando para cima, fechou os olhos desta vez voltando o caminho para sair dali.

E talvez demore mêses para que encontre o que tanto deseja também... Algumas das respostas poderia estar somente em um lugar e é para lá que Seoho iria, respirando fundo e deixando um semblante sério transparecer em sua face.

Isso não vai ficar aqui...



Notas Finais


Pra quem nao sabe isto é uma saga, e virá uma 4° e última parte da história futuramente.
Mas a mesma será somente postada no wattpad, o engajamento de minhas histórias aqui no spirit estão bem fracas e isso ta me desanimando bastante.
O que nao era pra acontecer, ja que faço isto como um hobbie meu... Enfim, é isso, até quarta-feira!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...