História Like a Bird - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Bulma, Chichi, Goku, Vegeta
Tags Gochi
Visualizações 72
Palavras 820
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem-me qualquer erro.
Espero que gostem.
Boa leitura!

Capítulo 15 - Sonho?


Ela acorda em sua cama. O céu já clareava. "Será que foi um sonho?", pensou. Não se lembra de nada depois daquilo. Nem quando ele foi embora, muito menos de quando foi deitar novamente. Será que estava dormindo desde ontem à tarde?

- Não, foi muito real. Os beijos, os carinhos. Foi real - responde pra si mesma levantando da cama. Ela pega a muleta e sai do quarto. Ela percorre toda casa e encontra a funcionária fazendo o café. Uma moça com olhos azul royal, parecidos com ágata azul. Seu cabelo comprido e encaracolado da mesma cor está preso por um laço vermelho. Seu corpo esbelto e muito sensual. Porém, pelo que pode perceber, ela tenta disfarçar com roupas largas e compridas.

- Bom dia senhora.  Seu café está quase pronto. O que gostaria de comer?  - pergunta a funcionária sorrindo. Ela se senta-se à mesa apoiando as muletas numa cadeira.

-Bom dia. Por favor, me chame de Chi. Qual é o seu nome? – ela pergunta retribuindo o sorriso.

- Me chame de Lunch – responde alegremente

- Tudo bem Lunch. Poderia fazer um sanduiche pra mim? E se quiser fazer algo pra você comer, sinta-se a vontade – diz ela simpaticamente. Lunch concorda com a cabeça e sorri. Então, começa a fazer o que lhe fora pedido.

Ela considera na possibilidade de Goku não ter ido a sua casa. Olha em direção do lixo, não há vestígios de louça quebrada. Vê Lunch preparar a comida. Fica receosa em perguntar sobre se ele esteve realmente ali. Pensa na alternativa de perguntar a ele, mas já a desconsidera.  Não teria coragem para isso. Reflete mais um pouco. Esperará para quando forem ao restaurante, analisará a reação dele e deduzirá. Lunch coloca uma caneca de café e um prato com comida à sua frente a tirando de seu raciocínio. Nesse momento, pega outra caneca e se senta ao seu lado.

Ambas ficam em silêncio até o término do café. Lunch levanta e vai limpar a louça. Ela somente pega suas muletas e se retira da cozinha. Caminha para a sala até se sentar no sofá. Observa as violetas. “Será que foi real?”, questiona-se novamente. Permanece ali refletindo nas possibilidades por muito tempo.

- Senhora Chi, a dona Bulma ligou avisando que logo estará aqui – informou Lunch.

- Obrigada Lunch – agradece ela num sorriso simpático. Então foi para seu quarto vestir-se adequadamente para a ocasião. Com dificuldade, coloca uma calça jeans e uma blusa simples, porém, é a sua favorita. Olhou-se no espelho. Ainda há marcas do que ocorreram alguns meses atrás, então decidiu utilizar maquiagem básica. Calçou um tênis popular preto. Pronta. Caminhou novamente até a sala.

-Lunch – chama ela. Vendo a aproximação da funcionária, continua a falar – Quando puder, molhe as violetas que estão ali – aponta para a planta – sabe rega-las, né? – prossegue ela.  Lunch confirma com a cabeça e dá um sorriso cordial e se retira.

 Apesar de Lunch estar ali, se sente só. E se entristece um pouco. Em seguida, reconhece que Bulma chegou com seu carro esportivo. Então, é ouvido a campainha soar. Lunch anda apressada para abrir a porta. Ver Bulma a alegra um pouco. Bulma caminha até ela e lhe dá um abraço forte.

- Vamos? – pergunta Bulma enquanto se desfaz do abraço. Ela só concorda com a cabeça e se levanta do sofá. Ambas se despedem de Lunch e saem de casa. Bulma a ajuda a entrar no carro e botar o cinto, mesmo ela insistindo que não precisa.

O caminho até o restaurante é longo. Consegue ver ainda muitas arvores e flores pelo caminho. Enxerga alguns pássaros e borboletas num borrão. São muito coloridos. Repara que Bulma não para de lhe olhar com um sorriso que ela interpretou como deboche. Desconfiou, mas não comentou nada. Volta a olhar a paisagem.

Chegam à área urbana. O movimento de carros começa intensificar. Bulma, já irritada com a demora, começa a xingar a incompetência dos outros motoristas . Causando uma crise de risos nela.

- O que você ta rindo? Quer que eu te deixe aqui a pé? – pergunta Bulma furiosa. Ela ri mais ainda.

- Você não seria capaz de fazer isso. Além disso, você é muito curiosa. Eu sei que quer saber o que aconteceu – respondeu ela no meio de gargalhadas. Bulma somente bufou em resposta. Escapando mais riso dela.

Chegam ao restaurante. Demoram quase duas horas a mais do que levariam. Encontram Vegeta e Goku sentados numa mesa. Percebem que Vegeta está mal-humorado e impaciente. Aproximam-se e reparam que Goku está alegre e irritando Vegeta. Bulma espia novamente ela e dá novamente aquele sorriso. “Ela sabe de algo”, pensou ela.

Ambas cumprimentam os homens com beijos no rosto. Porém, quando ela vai cumprimentar Goku, ele lhe dá um forte abraço e um beijo na testa. Ali, todas as suas dúvidas sobre seu relacionamento com ele terminaram, mas há inúmeras perguntas sobre o que ocorreu depois.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Beijos e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...