1. Spirit Fanfics >
  2. Like love 2 >
  3. Vale a pena?

História Like love 2 - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Então, cheguei, espero que curtam❤


Boa leitura ❤

Capítulo 12 - Vale a pena?


Fanfic / Fanfiction Like love 2 - Capítulo 12 - Vale a pena?

Sai do meu quarto de manhã e olhei minha omma dobrando as roupas, sentei na poltrona ao lado, suspirei fundo para a conversa séria que vamos ter, meu coração estava dolorido, estou com muito medo, queria que ele estivesse aqui segurando minha mão ou simplesmente dizendo que estaria tudo bem.

“Soo, meu garotinho, eu vou te mandar para sua vó para ficar algum período la”

“Porque?”

“Faz tempo que não vê sua amada vó e sobre sua escola, eu pedi uma licença para voce”

“Porquê? Eu não quero ir e não vou”.

“Porque não? Voce não sente falta da vovó? Voce não gosta da vovó, porque tem de ser tão rebelde?”

“Omma, eu não quis dizer isso. Eu apenas...”

“Voce apenas o que?” – Me olhou furiosa – “Esse assunto não é negociável”

“Omma, voce sabe tudo claramente, como ainda se engana? Se você não acredita porque está me mandando para casa da vó?”

“Eu não sei do que está falando, eu acho que voce não precisa dizer nada, eu quero escutar nada, entendeu” – Falou séria.

Coloquei a mão em seu ombro e falei calmamente – “Omma, eu gosto de Jongin, eu o amo” – Suspirei – “Eu só quero estar ao lado dele”

Ela me olhou – “Repita isso de novo”

“Eu gosto de Jongin! Eu quero estar com ele porque eu simplesmente o amo!”

Virei meu rosto rapidamente com o tapa estralado em meu rosto, meus óculos até saiu do lugar.

“Seu bastardo!” – Olhei ela e a mesma se sentou olhando outro lado – “Soo, mama não quer te bater, mas como pode dizer isso? Isso partiu meu coração. Kyungsoo, voce é meu único filho, voce pode se apaixonar por Jennie, Jisoo. Voce pode amar muitas garotas, existe muitas pessoas no mundo, voce pode escolher, então porque voce escolheu Jongin?”

“Omma, eu não posso viver sem ele”

“O que voce faria se desistisse?” – Fiquei quieto – “Estou perguntando: O que faria se desistisse?”

“Eu não seria nada se desistisse”

“CHEGA! Não vamos mais conversar, filho” – Me olhou – “Kyungsoo, voce é meu único filho, voce ainda é jovem, voce sabe o que é o amor? Amor e casamento são as coisas mais importantes na vida. Não é apenas divertido, filho, voce escolheu Jongin, mas voce ainda vive nessa sociedade, tenho que dizer que voce não será aceito nessa sociedade. É impossível ser. NUNCA!” – Fiquei ainda quieto – “Vamos sair, sim, vou te levar para outra escola e tudo ficara bem, sim, bem melhor, vamos reiniciar nossa vida.”

“Omma, reiniciar nossa vida? Eu disse que não posso viver sem ele. Eu”

“Tudo bem! Se voce ainda me ama, não vai mais me dizer isso” – Falava triste – “Eu posso considerar que está em um estado de loucura, mais não me diga mais essas palavras de loucura, eu peguei licença e agora vamos para sua vó”

“Eu não quero ir!”

“Voce não tem escolha”

“Só porque voce não o aceita significa que tenho que desistir dele? Porque voce é tão egoísta? Porque voce tem coragem de julgar nosso amor?”

“Pare! Está tudo bem, filho, eu já decidi, se arrume que seu tio vem daqui a pouco nos buscar” – Ela saiu me deixando vazio por dentro.

[...]

Já fazia algum tempo que eu não via Jongin, só estava naquela merda de lugar, eu não estava nem um pouco feliz, suspirei fundo olhando a família andando por ali, eu me sentia sozinho e triste, suspirei novamente na porta de casa.

“Ta vendo filho, é assim que tem que ser. Não é maravilhoso?” – Minha omma sentou perto de mim – “Ter uma esposa bonita e ter um lindo bebe adorável. Isso é felicidade” – Pegou na minha mão” – “Filho voce já imaginou a sensação de se tornar pai? É maravilhoso mesmo. Voce realmente acha em desistir dessa felicidade por Jongin? Por causa do que voce chama de amor?”

“Se eu tiver que morar com alguém que eu não amo, sofrerei mesmo que eu seja pai, mas voce não acha que uma família de homem e mulher com menino é união de família? Sim é sim” – Suspirei – “Eu só preciso de um pouco de felicidade. Isso é o suficiente”

“Oh, porque voce não escuta meu conselho? E voce desiste de uma vida maravilhosa”

“Eu não quero desistir da vida que eu quero” – Olhei ela.

“Porque é tão difícil? Entenda que para ficar com Jongin, voce tem que desistir de quase tudo. Voce acha que vale a pena?”

“Ele é um garoto excepcional e confiável. Eu nem posso contar quantas pessoas tem como ele. Ele é inteligente, rico, bonito e canta super bem. Está fora de alcance da maioria das pessoas, mas ele me ama, eu não quero desistir disso, eu me sinto tão sortudo. Eu sou uma pessoa comum andando na multidão, posso ficar submerso a qualquer momento, quando não conhecia Jongin eu só vivia, sem subir, sem descer, sem se importar com nada. Eu faria o que quer que eu faça. Em vez de viver pra mim, eu estava vivendo para voce, mas mesmo na multidão, ele encontrou alguém comum como eu. Voce sabe como eu estava animado na época? Eu senti que todo o mundo ficou colorido, ficarei louco quando ele me incomodar, ficarei preocupado quando ele fica com raiva de mim, ficarei triste quando ele me deixar, eu me tornarei um total bobo quando ele diz que me ama no meu ouvido e quando ele me beija eu posso morrer feliz. Quando ele disse que estava apaixonado por mim, eu pensei que tinha morrido por ele. Isso é o que eu nunca tinha experimentado antes, eu simplesmente amo Jongin, mas infelizmente, ele é um homem”.

“Ok, Ok, filho, pare de falar, mas mesmo isso chame de amor, já acabou”



Notas Finais


Então, ta meio triste, mas não seria muita comédia dizer a seus pais conservadores que você é gay, ainda naquele tempo, a mãe dele ama ele, mas tem mais medo da sociedade.


Então até mais ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...