História Like a moon in a dream - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bangtan, Bts, Chanyeol, Escola, Exo, Família, Lobos, Romance, Vampiros
Visualizações 62
Palavras 1.485
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem!^^

Capítulo 41 - Aish!


Fanfic / Fanfiction Like a moon in a dream - Capítulo 41 - Aish!

-o que tem eles?

-Soube que eles saíram da cidade em segurança, só não consegui saber para onde eles iam-Suspiro aliviada e balanço a cabeça. 

Tae, agora cheio de papéis desce as escadas correndo. 

-Vou na frente. Adeus família. 

-Espera Tae eu vou com você-falo tentando evitar dividir o carro com o Jungkook.

-Rápido s/n! Vamos, vamos, vamos! -ele falou enquanto me aproximava. 

P.V JUNGKOOK

Vejo s/n sair com o tae para a universidade. Ela ainda esta brava comigo e com razão. 

Sinto os olhos do hobi sobre mim e o encaro não obtendo resultado.  Será que ele também está bravo comigo? Não lembro de ter irritado ele. Aish.

Me levanto da mesa e vou até meu quarto para pegar minhas coisas. Enquanto voltava, pude ver bibi dormindo no sofá de forma serena. Aigoo, meu sobrinho logo logo vai estar correndo por aí. 

-Jungkook você vai agora?-balanço minha cabeça positivamente-Vou pegar uma carona, minha moto quebrou. 

-Tudo bem.

Ando em direção a garagem e entro no carro seguido por Jimin e Hoseok que fica no banco dos fundos emburrado.

-Escuta...kookie-Jimin fala enquanto dirijo. 

-Hum

-Porquê não faz as pazes com a S/n? O clima está tão pesado. 

-Estou tentando Jimin. Ela ainda esta com raiva. Nós nunca brigamos então não sei como resolver isso.

-Que tal: oi s/n estou arrependido,me desculpa por ser um idiota ciumento? 

Sorrio com a voz que Jimin faz.

-Vou tentar falar com ela no almoço. Jennie pode me ajudar a acalmar ela.

P.V LUCY

Coloquei o último pote de tinta no lugar e fiquei esperando as crianças começarem a chegar. Não fazia muito tempo que tinha aberto minha escolinha de arte para crianças mas estou tendo um bom retorno. 

Logo as primeiras crianças começaram a chegar e vou as recebendo. 

-Bom dia Lucy.

-Bom dia senhor Filipe.  Bom dia Ed.

-Bom dia professora-ed fala entrando na sala. 

Sorrio. Ed era uma das crianças mais adoráveis da sala. Me viro em direção ao seu pai que me encarava. 

-Bonita como sempre Lucy. 

-Obrigado-falo sem jeito com o comentário. 

-Eu tava pensando, se você não queria sair um-

-Mãe? 

Me viro ao escutar a voz do hobi me chamar. 

-Querido o que faz aqui?

-Vim deixar uma caixa que o papai pediu aqui. Estava no caminho da faculdade quando lembrei. 

-ah!-pego a caixa da suas mãos e vejo ele encarar Felipe. 

-Bom dia senhor. Sou o filho dela.

-Oh! Você é casada Lucy? 

-Muito bem casada. Com um homem muito ciumento. Na verdade não só o marido. Ela também tem três filhos muito ciumentos sem falar no genro que é muito apegado a ela. Sabe, alguns meses atras um garoto tentou dar em cima da mamãe, infelizmente tivemos problemas com a polícia depois daquele dia. Nos realmente queremos evitar ir parar em uma delegacia novamente. 

Vejo Felipe engolir seco e dar um sorriso sem graça. 

-Hoseok!

-Tudo bem Lucy. Eu já vou indo não quero me atrasar-Felipe fala 

-Ya!- grito com Hoseok quando ele sai.

Hobi sorri sacana e me da um beijo na bochecha. 

-Até mais mamãe. 

P.V JUNGKOOK

Espero hobi voltar para o carro e quando ele finalmente o faz dirijo até a faculdade. 

-Jimin! Está atrasado. Precisamos ir-Vejo uma garota praticamente voar em cima de Jimin quando ele sai do carro. 

-Desculpa! Vamos. 

O encaro sem entender e estranhando principalmente a proximidade em que eles se encontram.  Jimin percebe meu olhar e se afasta um pouco mais. Eita Jimin, se liga cara. Se você botar chifre na minha irmã você é uma pessoa morta. Não sou irmão de corna não. 

-Jungkook essa é a Jisoo. Minha amiga do curso. 

-Prazer!

Ela sorri de volta e começa a arrastar Jimin consigo. 

-Meninos!-escuto Sarah gritar-preparados para esta prova maravilhosa?

-Muito preparado. Acho que a professora deveria me usar como cobaia para a próxima prova.

-ein?

-Porque depois que eu receber meu resultado cairei durinho no chão. 

-Nossa Hoseok kkkkk-Sarah começa a rir.

Avisto Jennie descer do carro e vejo minha chance de pedir ajuda. Corro em sua direção deixando os dois para trás. 

-Jennie!

-Oh! Oi Jungkook. Precisa de algo? 

-Sim. Eu preciso muito da sua ajuda.-ela me olha curiosa- queria que me ajudasse a conversar com a s/n. Só precisa levar ela até a minha mesa no refeitório. 

-Claro! Eu posso tentar-ela sorri para mim, mas logo seus olhos desviam de mim e vão parar em Hoseok que naquele momento tinha ido em direção a Sarah para um abraço- eu preciso entrar, meu irmão está ne esperando-olho para a porta e vejo Yoongi encostado na parede olhando para nós. 

-Tudo bem! Obrigado. 

P.V S/N

Havia chegado muito cedo então fui com o tae para o campus de engenharia. Haviam outras pessoas lá também e nos olhavam com curiosidade. 

-Senta aqui- tae fala apontando para uma cadeira ao seu lado-pode ficar até o professor chegar. 

-ok

Alguns minutos tinham se passado e ficar olhando o tae desenhando planta de casa e fazendo cálculos não era nada interessante. 

-s/n? O que faz aqui? 

Olho para trás e vejo Xiumin.

-oh! Xiu, cheguei muito cedo e resolvi ficar com o tae. Estuda aqui?

-Na sala ao lado.

-ah!

-Quer vir conversar? 

-melhor do que ficar olhando este ser maravilhoso desenhando. 

-Ya!- se finge de bravo.

-até mais tae. 

Ficamos conversando até o sinal tocar. Me levanto e vou em direção ao meu leito de morte. 

-onde estava?-Sarah pergunta

-Conversando com o Xiu.

Antes que pudéssemos continuar a conversa,  a professora chega de mãos vazias,  o que é estranho já que hoje seria prova. 

Olho pelo canto do olho e percebo que jungkook me encarava sério. 

-Pessoal, vamos começar a prova.-Fala sorrindo- estão vendo esses papéis? 

-Sim

-A prova vai funcionar da seguinte maneira: Vou chamar um aluno de cada vez e ele pegará um papel. Cada papel contém um tema. Quero que me falem o que sabem sobre ele.

Ai meu Deus. Prova oral? Vou rir para não chorar. 

-Deixe me ver...a primeira será-ela fala olhando para a lista de nomes-s/n! 

Hobi olha para mim se segurando para não rir da minha falta de sorte. Sarah me manda um fighting movendo os lábios mudos e levantando os braços demonstrando força. Me levanto e vou para a frente da turma toda. Ela estende as mãos e puxo um papelzinho o abro e vejo: hipoglicemia.

Penso um pouco e começo a falar o que eu me lembrava. Termino a minha apresentação e recebo aplausos da turma. Olho para Jungkook(imagem do capitulo) e de repente vejo dois. Estava tonta. Sinto minhas pernas fracas e caio no chão. O teto ainda girava e minha vista começa a escurecer. 

-Amor, amor-Jungkook chamava me chacoalhando- amor, amor...

-ya!

-O que está acontecendo aqui?

-Eu não consigo acreditar nisso-Jimin fala chorando. 

Escuto choro de bebê

-Ele é lindo.

-Precisamos ir.

-Você promete?

-Eu prometo. 

-CHANY!

-Cadê a Lisa? Cadê a minha mulher-Chany gritava. 

Acordo ofegante na cama. Que sonho estranho,  estava tudo misturado não entendi nada.

Olho ao redor e vejo se tratar da ala hospitalar da faculdade. 

-Acordou? -Tae pergunta. 

-Hum. Cadê o-me interrompo ao perceber sobre quem iria perguntar. 

-Jungkook saiu agora para pegar algo para você comer quando acordasse. 

Suspiro e me levanto com a ajuda de Tae me sentando no sofá. 

-Você está bem?

-Estou, aconteceu por conta das minhas visões. 

-Viu algo?

-Sim mas não entendi nada. Preciso de um tempo para organizar elas e descobrir sobre o que se tratava. E os meninos? 

-Hobi e Sarah tiveram que voltar para a sala e apresentar os seus trabalhos. Jungkook disse que não se importava com a nota e que iria cuidar de você na cara da professora-Ele começa a rir- a professora achou fofo ele ter a desafiado por amor e vai dar uma segunda prova a ele. Hobi me chamou na sala para o ajudar. 

-Obrigado tae.

Ele sorri quadrado

Jungkook entra no quarto e tae se levanta. 

-Preciso voltar para minha sala. Até mais.

Aish

Jungkook se senta ao meu lado em silêncio. Alguns minutos depois ele estende o braço para mim e eu entendo aquilo como sua forma de pedir desculpas. Suspiro e levo minha mão até a sua a segurando. Jungkook então me envolve em seus braços me abraçando de lado.

-Desculpa s/n. Eu sei que fui um idiota e-

-Tudo bem amor. Tá tudo bem.

Ele sorri aliviado e beija minha testa de forma gentil. 

P.V SABRINA

Acordo com a vista um pouco turva. Vejo um homem sentado na cama e penso ser o Jimin. Pisco algumas vezes e a imagem vai melhorando. Woow, estou sonhando novamente?  Olho para o garoto em minha frente e sorrio fraco.

-Oi- ele fala sorrindo com os olhinhos fechados. Era exatamente como eu lembrava. 

-Oi baek. Você está bem?

Vejo ele balançar a cabeça positivamente. 

-Como eu queria não ter que acordar-sussurro acariciando a bochecha do mesmo levemente. 

O garoto segura a mão que estava fazendo carinho em seu rosto e as acaricia começando a chorar. Enchugo seu rosto e sinto suas lágrimas em meus dedos e...espera. Não tem como sentir a água em sonhos. Começo a tocar em cada parte do seu rosto e a o encarar o fazendo rir. Ai meu Deus.

-BAEK! Você voltou?- grito o abraçando no mesmo instante. 







Notas Finais


O que acharam?
Até mais floquinhos de neve♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...