História Lil Meow Meow - Yoonmin. - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Olá amoras lindas do meu coração ❤❤❤❤❤❤❤
Como estão??

Voltei mais cedo 🙃🙃🙃

Boa leitura
😘😘😘😘😘

Capítulo 5 - Capítulo 04


Fanfic / Fanfiction Lil Meow Meow - Yoonmin. - Capítulo 5 - Capítulo 04

_AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!

Um grito nem um pouco másculo e bem agudo, fugiu pelos lábios de Jimin. Logo o mesmo começou a se debater para conseguir se afastar do lençol que o cobria e poder fugir de perto do desconhecido totalmente nu. Porém, tudo o que conseguira, foi cair da cama, batendo sua bunda no chão.

Ainda jogado no piso frio com seus olhos arregalados, o humano olhou para seus lados, como se procurasse por uma arma, que pudesse se defender naquele momento crítico, logo pegando a pantufa de flamingos rosas – adivinhem quem o dera? – ao lado da cama e a segurando rente ao seu peito, antes de tomar um respiração funda e se levantar.

Ou pelo menos tentar se levantar, já que o lençol ainda cobria o seu corpo, o impedindo de ficar em pé e o rendendo mais um tombo no chão, dessa vez, de cara, batendo sua testa contra o piso sem nenhuma delicadeza. Soltando um gemido dolorido, o loiro chutou com raiva o tecido para longe de seu corpo e finalmente se ergueu, sem cair dessa ver. Porém, para a sua completa surpresa, a única criatura em sua cama naquele momento, o encarando como se fosse louco, era Suga.

Franzindo suas sobrancelhas, o maior rodou em um giro de 360° graus, procurando pelo invasor nudista que dormia a seu lado a alguns minutos atrás, mas realmente não tinha nenhuma pista de que houvera outra pessoa ali, além de si e seu gato.

_Você o viu também, não é? Você viu o pervertido deitado na nossa cama, não foi, Suga?- questionou nervoso, ainda segurando o chinelo em suas mãos como se fosse uma arma e olhando os cantos do quarto, como se a qualquer instante alguém pudesse pular em cima de si e o atacar.- Eu não sou louco, eu vi alguém aqui! Tenho certeza que ele estava aqui a segundos atrás!

_Meow...- Jimin olhou mas uma vez a sua volta, antes de se abaixar rapidamente e pegar Suga no colo, o apertando protetoramente contra seu peito, enquanto dava passos lentos em direção a porta. Sem dúvidas não deixaria o seu bichinho fofinho longe de sua vista um segundo sequer, quando provavelmente havia um tarado louco escondido pelo seu apartamento.

_Eu estou te avisando, cara! Eu tenho uma arma e não tenho medo de usar!- gritou, quando chegou perto da porta e caminhava lentamente até a sala. Estendo o sapato em frente ao seu corpo, como se realmente estivesse pronto para o tampar em qualquer um que aparecesse pela frente.- Você invadiu o apartamento errado, seu... seu... tarado!

Depois de mais gritos com o intuito de intimar o invasor e de revirar cada canto de seu apartamento, o loiro em fim soltou sua pantufa no chão, colocando o seu gatinho, que o arranhava para descer, sobre a almofada no sofá. Passando as mãos pelos cabelos, Park encarou a sua volta e soltou um alto suspiro de frustação. Não havia nenhum rasto de que mais alguém estava naquele apartamento, assim como nenhuma porta ou janela estava aberta ou destrancada. E isso era muito estranho! Ele tinha apenas sonhado ou então delirado pelo estado sonolento? Havia ficado louco?

Afinal, o que diabos havia ocorrido ali?

{...}

_É sério, Tae! Eu não estou ficando louco! Tinha alguém aqui! Eu o vi!- declarou irritado, puxando levemente seus fios já bagunçados de tanto serem puxados. Nesse momento, Jimin se encontrava sentado em seu sofá, com seu gatinho deitado e se lambendo ao seu lado, enquanto contava para o seu melhor amigo sobre os acontecimentos de mais cedo.

Depois de quase três horas e de ter rodado por todo o seu apartamento por pelo menos umas 05 vezes, o humano finalmente cessou a sua procura pelo invasor nudista. Porém, estava tão frustrado pela aquela situação ridícula e confusa, que decidiu tomar medidas drásticas e recorrer a um plano extremo. Ligar para Kim Taehyung e o contar tudo. Park só não esperava – esperava sim – que fosse se estressar ainda mais.

_Okay... Me deixe ver se entendi, certo.- comentou o Kim em um tom calmo, como se falasse com uma criança explosiva.- Você acordou essa manhã e tinha um cara, que nunca havia visto na vida, vale ressaltar, dormindo ao seu lado...?

_Pela milésima vez, sim. Tinha um estranho dormindo ao meu lado!

_Certo... E esse mesmo cara estranho, estava completamente nu e agarrado a você...?

_Sim, estava quase todo deitado em cima de mim.

_Tudo bem... E você não bebeu ou fumou nada ontem?

_Taehyung!

_O que foi? Eu só estou tentando entender isso tudo, ue...

_Não, seu idiota. Eu não bebi ou fumei nada ontem a noite. Nada!

_LSD's?

_Não!

_Talvez cheirou algum pozinho estranho ou branco...?

_Droga, Tae! Eu não cheirei cocaína! Nem nenhuma outra droga! Eu apenas fui dormir com o Suga, igual todo os outros dias da semana!- respondeu exasperado.

_Você não bebeu, fumou ou usou nenhum tipo de álcool ou drogas e ainda assim, acordou com um cara nu ao seu lado?

_Sim...

_Um cara que você bulinou e apertou, antes de perceber que era um estranho...

_Eu não o bulinei, okay? Só meio que... o apertei sem querer...

_Claro, claro... Aí, depois de basicamente apalpar um completo estranho, que invadiu sua casa e se deitou ao seu lado, sem nenhum tipo de roupa e perceber o que estava acontecendo... Ele sumiu?

_Resumidamente? Sim.

_E só pra saber... Sabe... Ele era atraente?

_O que? Como assim?

_Ah, você sabe... Gostoso, nível, pau batendo na testa ou então, coloca um saco na cabeça que até vai?

_Taehyung!

_O que? Você apalpou o cara! Vai me dizer que não deu uma checada para ver se era bonito ou não. Gostoso?

_Olha, eu estava assustado demais para perceber algo desse tipo, okay?- bufou, logo se lembrando brevemente da cena de mais cedo.- Mas... Talvez ele seja... Ele parecia... Claro, pelo pouco que eu olhei.

_Então, além de nu e mágico, o cara ainda era gostoso?

_Dizendo assim...

O outro lado da linha ficou mudo por quase um minuto inédito, até que uma risada alta fosse ouvida.

_Puta Merda, a quanto tempo você não transa, Jimin? Suas bolas devem estar tão cheias, que tá até subindo para sua mente e te fazendo delirar...- debochou o mais novo, rindo ainda mais ao ouvir o amigo grunhir de raiva.

_Você é um babaca, Taehyung! Eu estou falando sobre algo sério e você fica debochando da minha cara?

_Ah, pelo amor, né... Tá na cara que você sonhou acordado, Jimin! É isso que dá ficar vários meses só no 5×1.

_Você é tão... Argh! Eu estou falando sério, seu idiota!

_Claro, claro... Até porque é muito normal um cara pelado invadir sua casa e depois desaparecer do nada, né?

_Mas eu vi ele! Ele estava aqui, porra!

_Eu também vejo o Harry Styles todas as noites na minha cama, rebolando aquela bundinha maravilhosa e nem por isso, deixa de ser um sonho...

_Argh! Mas que inferno... Não dá pra conversar com você!- resmungou o loiro, fechando seus olhos e jogando sua cabeça contra o encosto do sofá, soltando um suspiro cansado.- Eu juro, Tae. Ele estava aqui, okay? Ele estava na minha cama e eu... e-eu...- logo a voz de Park começou a tremer e o mesmo apertou seus olhos com força, segurando a vontade de chorar.

Jimin nunca fora alguém que chorava atoa. Entretanto, ele se sentia tão frustrado pelo melhor amigo não acreditar nele... Sem falar do medo que estava arranhando sua mente. Afinal, um estranho qualquer tinha invadido sua casa e sumido como mágica, só Deus sabe o quem poderia acontecer consigo e seu gatinho, caso o mesmo fosse perigoso e voltasse até ali. E mesmo que se controlasse, logo algumas lágrimas já corriam por suas bochechas.

_Jimin? Você está bem?- todo o deboche anterior, havia sumido de sua voz, deixando apenas a preocupação que sentia, ao ouvir o amigo fungando baixinho.- Minnie? Me responde...

Jimin entreabriu seus lábios, pronto para responder seu amigo e dizer que estava bem. Mais um barulho que se assemelhava a um farfalhar de roupas ao se lado, chamou sua atenção. Então, abrindo seus olhos, ele encarou a almofada onde Suga deveria estar.

_O Yoonie não gosta de ver o Jimin chorando... Por favor, não chora, Jiminie...- resmungou o garoto nu a sua frente, sentado a pouco centímetros de si e por sinal, o mesmo que vira de manhã em sua cama.

E então, antes que pudesse responder Taehyung, o celular voou de sua mão, enquanto ele se levantava e corria. E é claro....

_AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!


Notas Finais


🐈🐈🐈🐈🐈🐈🐈🐈🐈🐈🐈

Os gritos só estão começando 🌝🌝🌝🌝🌝😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂

Obrigada pelos 200 favs e comentários ❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤

Espero que tenham gostado
Beijinhos e até a próxima amoras lindas do meu coração
🐈🐈🐈🐈🐈🐈🐈🐈🐈🐈🐈🐈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...