1. Spirit Fanfics >
  2. Liliane >
  3. A verdade por trás de tudo

História Liliane - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite Amazonas e cavaleiros!
Capítulo novo para vocês
Espero que gostem

Capítulo 3 - A verdade por trás de tudo


- Do que você está faland...- Antes mesmo que eu terminasse aquela frase, a áurea dourada que envolvia Ingrid começou a aumentar e preencheu todo o quarto, logo o tal Lucas chegou e fez o mesmo. Foi aí que caí na real: Ela era Atena e ele o Grande Mestre Shion! Agora tudo fazia sentido! Por isso as áureas, ou melhor dizendo, os cosmos deles eram tão reconfortantes e puros! Por isso o carinho especial para com os cavaleiros! Então se eles estão aqui quer dizer que...CDZ realmente existe!!!

Não consegui suportar tanta emoção e acabei desmaiando, sendo amparada pelos braços fortes e másculos de Shion. Que pedaço de mal caminho meu Deus..!

Quando acordei, estava em um lugar diferente de onde tinha desmaiado, estava em um quarto gigante, deitada em uma cama King Size, com travesseiros e almofadas bem macias e lençóis e fronhas de seda caríssimas. Definitivamente não era o meu quarto! E o pior é que eu não me lembrava do que tinha acontecido! Resolvi então olhar pela janela, me levantei e caminhei com certa dificuldade até o parapeito da mesma, pois ainda sentia uma pequena e fraca vertigem. E ao olhar para o lado de fora vi algo maravilhoso inesperado: eu estava no Décimo Terceiro Templo e abaixo estavam as 12 casas! Agora me lembrava de tudo! Eu realmente estava no Santuário de Atena!

- Uau... Isso é incrível... Que vista perfeita..!

- Concordo com você. É exatamente isso que penso sempre que olho da janela do meu quarto, mas isso aqui à noite é mil vezes mais belo e encantador.

- Deusa Atena! Hã... Eu...

- Por favor. Agora que já sabe quem eu realmente sou, pode me chamar de Saori.

- Assim! Claro! Saori! Mas...o que eu estou fazendo aqui afinal?

- Suas perguntas serão respondidas em breve, mas primeiro coma um pouco de comida que as servas trouxeram para você e tome um banho bem demorado e relaxante, só então, depois disso, iremos conversar. Ok?

- Ok, mas depois você vai me contar tudo né?

- Vou sim. Irei te esperar aqui fora.

- Tá bom.

Dito isso, Saori saiu do quarto fechando a porta atrás de aí, enquanto eu pegava a bandeja e comia um pouco de nozes e frutas que haviam sido colocadas ali. Acabei a minha refeição e me dirigi ao enorme closet, escolhi então um vestido branco com detalhes em azul escuro e dourado e uma sandália estilo gladiadora preta. Depois que tomei meu banho e me arrumei, saí rumo ao corredor, onde encontrei Saori à minha espera como tinha prometido. Seguimos pelo mesmo e logo entramos em uma sala, onde o Grande Mestre estava sentado em seu trono e Atena dirigiu-se para o dela. Sentei-me então em uma bela cadeira de madeira maciça invernizada com estofados na cor vermelho vinho que haviam posto alí para mim. Atena então, vendo a espectativa e o nervosismo que o meu rosto, mesmo sem querer, deixava transparecer começou a contar:

- Lili, à dezenove anos atrás a minha irmã, Deusa Afrodite, teve um relacionamento com Apolo e estava completamente apaixonada por ele, mas então ele à traiu com Perséfone. Com muito ódio, ela resolveu que iria dar o troco, então acabou se envolvendo com os três maiores deuses do Olimpo: Hades, Poseidon e Zeus. Consequentemente, ela acabou engravidando dos três por ser a Deusa da Fertilidade, gerando assim três crianças em seu ventre, cujo as três possuem o poder de controlar o Raio Mestre e os Céus, o Tridente e as Águas e o Báculo Negro ei Mundo dos mortos, tanto os Elísios, quanto o Inferno.Infelizmente Apolo descobriu e disse que só continuaria com ela se a mesma retirasse aquelas 'criaturas horrendas', como ele mesmo as chamou, Afrodite por sua vez não poderia cometer um ato tão cruel, era Deusa do Amor também, não tinha coração ruim para que pudesse cometer tal ato. Desesperadamente, foi correndo até o Olimpo e, com muita coragem, contou tudo aos Deuses, que no começo ficaram furiosos, até que perceberam uma coisa: Afrodite olhava para sua barriga e chorava de emoção!

- Estão chutando! Estão contente em ouvir suas vozes!

-Todos os três naquele momento ficaram estáticos. Hades, por sua vez, logo descongelou, se aproximou e colocou a mão na barriga da Deusa, então sentiu três coisas que não sentia a muito tempo: amor, elegria e paz! Lágrimas começaram a rolar pelo rosto do Imperador do Sub-mundo e o mesmo sorria, e sorria sem parar. Vendo aquela reação do irmão, os outros dois fizeram o mesmo e o resultado foi igual: três sentimentos que predominava e preenchia o coração dos mesmos e, como consequência, lágrimas escorregavam pelas belas faces dos Deuses. Era como se o amor que sentiam pelos nenéns, que nem haviam nascido ainda, transbordasse de seus corações e escorresse pelos seus olhos. Finalmente estavam felizes e completos, mas ainda tinham uma decisão a tomar: o que iriam fazer em relação aquelas crianças? Afinal, eram seus filhos, e não poderiam ser sacrificados, não é mesmo? Tiveram então que fazer a coisa mais difícil de suas vidas: deixarem seus bebês na terra para serem criados pelos humanos. Era triste, mas nescessário pois, de certa forma, estariam seguros. No ano seguinte as crianças nasceram e foram denominadas de Liliane, Priscila e Yasmim, três nomes comuns onde seriam deixadas: no Brasil, mas em cidades e até estado diferentes para suas próprias seguranças. Os Deuses não queriam ser esquecidos por sua filhas e queriam poder protege-las mesmo de longe, então resolveram dar  um presente para cada: Zeus retirou três pedacinhos de seu Raio Mestre e Hades e Poseidon fizeram o mesmo com seu Báculo Negro e seu Tridente. Os pequenos fragmentos transformaram-se em lindos pingentes nós formatos dos mesmos objetos de antes, e eu, por ser a Deusa Protetora da Humanidade, fui denominada madrinha dessas meninas e, como a minha parte do presente, raspei um pouco de ouro do lado esquerdo (lado do coração) dos peitorais dos meus Cavaleiros Dourados, para que assim, fosse feita três correntes e pendurar um pingente de cada em cada uma das correntes, Afrodite então, como sua parte do presente, salpicou um pouco de seu amor infinito dando ainda mais vida e brilho as mesmas.As pulseiras então foram colocadas nós braços das meninas e estas foram deixada na porta de casa família escolhida pelos Deuses.

-Três anos após o nascimento destas crianças, aconteceu algo que nem os três maiores deuses preveram: Ares, com uma enorme ira pelo ocorrido, abriu um portal e jogou as crianças em uma dimensão onde tanto Deuses Gregos como Cavaleiros eram apenas desenho animado, mas aconteceu que as meninas começaram a amar demais o anime e passaram a sentir compaixão pelos cavaleiros, por isso foram consideradas as Deusas Protetoras dos Cavaleiros, coma a missão de, além de proteger, cuidar, zelar, ajudar e, até mesmo, curar a todos, não apenas fisicamente, mas também mental e emocionalmente, não só os de Atena, mas também de todos os deuses. Foi decidido então que, ao completarem dezoito anos, seriam trazidas para o Santuário, pois assim, poderiam realizar seus afazeres de Deusas e ainda, ter um certo grau de 'normalidade' em suas vidas.

-Fui atrás de você primeiro Lili pois foi a primeira a nascer. Hoje mesmo irei partir em busca de suas irmãs para traze-las ao Santuário e quando eu voltar todas nós iremos conversar sobre isso com calma és paciência para ser esclarecido qualquer dúvida que vocês tiverem. Sei que agora é difícil de entender, mas com o tempo você irá conseguir.

Era tanta coisa para assimilar ao mesmo tempo...tantas lacunas foram preenchidas... Por isso meu amor por Cavaleiros... Por isso meu apego a essa pulseira que nunca tirei... Muitas informações para processar e acabei quase desmaiando novamente. Por isso sempre me senti tão deslocada e... Meu pensamento foram interrompidos por um bater na porta e uma voz calma e paciente é ouvida..

- Nós chamou Grande Mestre?

- Sim! Claro! Entrem!

- Não acredito...- Sussurro para mim mesma. Eram eles! De repente falta ar em meus pulmões, e pela terceira vez em um dia sinto vontade de desmaiar, quero correr, pular, gritar, abraçar e beijar a todos eles, de repente me sinto uma criança novamente...uma criança que acaba de ver o Homem Aranha, o Batman e o Superman, três homens comuns fantasiados, mas heróis aos olhos inocente de crianças... Era isso! Eram eles! Meu heróis desde sempre! Os Santos Dourados de Atena! Os lendários Cavaleiros de Ouro parados alí, bem na minha frente! Derramo sem querer algumas lágrimas percebidas por todos mas entendidas por poucos. Atena, vendo aquilo, abriu um lindo sorriso e começou a falar:

- Está ao meu lado é minha prima, irmã e afilhada Liliane. Ira ficar conosco no Santuário e por issopesso que a protejam como me protegem e a tratem bem, pois ela fará o mesmo a vocês. Agora devo ir para concluir minha missão. Até mais queridos amigos. - Dito isso Atena saí rumo a seu quarto e ficamos apenas eu, Shion ela Dourados.

Enquanto o Grande Mestre esplicava meio por cima minha história, dei uma boa olhada em cada cavaleiro pois tinha medo de acordar daquele sonho com meus heróis, mas parei para reparar no único que, mesmo em posição de reverência, mantinha o olhar levantado para me tirar: era Kanon, que assim que percebeu que eu também o olhava, mostrou seu mais belo sorriso gentil e acolhedor..

- Seja bem vinda flor de cerejeira.- Disse apenas mexendo os lábios, e que delícia de lábios... Com o pensamento de gentileza daquele homem interrompo o discurso de Shion para lhe fazer um pedido que me olha impacientemente..

- Grande Mestre, já que vou ficar aqui no Templo de Atena e essa é a minha primeira noite aqui... O Kanon pode dormir comigo?



Notas Finais


Esse foi o capítulo galera
Comentem aí o que acharam
Então nossa Lili tem irmãs em... O Santuário vai acabar pegando fogo
Kkkk
Grande Mestre anda meio sem paciência com ela tadinha
Será que ela vai deixar essa festa do pijama acontecer??
Só descobrirão na próxima
Bjos
Obrigada por lerem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...