História Lilith - killer - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Visualizações 19
Palavras 309
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Capítulo 11


Fanfic / Fanfiction Lilith - killer - Capítulo 11 - Capítulo 11

Xxx - on 

Quando chegamos no local do suposto assassinato de cara encontramos s/n sangrando no chão , a mesma nos mandou para ir socorrer Jungkook que estava em um estado mais crítico , logo após a mesma caiu inconsciente sem batimentos cardíacos e sem respiração ... 

Atualmente faz duas horas que s/n está em uma cirurgia entre a vida e a morte , jungkook ja foi declarado morto . Todos nós estávamos arrasados , a Polícia disse que não achou rastro do assassino ... o mais estranho , oque s/n fazia no local ?

S/n on 

Bi ... bi ... bi ...

Esse som martelava na minha cabeça , devagarinho abro meus olhos e tento me acostumar com a claridade . Percebo que estou conectadas a máquinas por cabos , percebo que estou em um hospital e tento me levantar mas uma pontada no meu coração me impede 

- não faça esforços - um enfermeiro que nem percebi que estava no local me alerta 

- oque houve - não conseguia ver o rosto do mesmo 

- vc foi apunhalada e tivemos que fazer uma cirurgia de emergência . No meio da cirurgia , sem querer , uma das suas veias centrais foi cortadas - ele diz indiferente 

- foi grave ? - ele responde com um simples sim 

- quer algo ? - Boa pergunta 

- eu ... quero ... minhas ... - e difícil quebrar seus próprio orgulho - raparigas 

- ein ? - a pessoa aparentemente não entendeu - há ! Aqueles 4 dois os desesperados que falaram ser sua única família ? - eles fizeram isso ?

- sim ... - digo indiferente 

- vou chama-los - ele sai e eu não consigo ver seu  rosto - mas antes ! - ouso passos se aproximando de mim e logo escuto algo ser cortado 

Biiiii ...

Não consigo respirar ! 

 


Notas Finais


Gente me desculpem pelo mini capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...