1. Spirit Fanfics >
  2. Lindas consequências (Kakairu) >
  3. Uchihas

História Lindas consequências (Kakairu) - Capítulo 9


Escrita por: Jujuba_jur

Notas do Autor


Oi

Capítulo 9 - Uchihas


Fanfic / Fanfiction Lindas consequências (Kakairu) - Capítulo 9 - Uchihas

3 meses depois

Iruka se encontrava agora empenhado em uma missão, montar o berço de Naruto. Não imaginava que isso daria tanto trabalho, afinal eram só pedaços de madeira, mas era bem mais complexo do que parecia.

Quando finalmente conseguiu ficou parado observando o móvel azul e imaginou seu pequeno ali.

— Filho você viu só quanto esforço o papai fez para montar isso? — Diz passando a mão sobre a barriga. — Bom, acho melhor eu tomar um banho, jajá seu papai vai chegar com o nosso jantar.

Depois de tomar seu banho Iruka desceu para a sala de estar, queria assistir alguma coisa enquanto Kakashi não chegava. Ligou a televisão e colocou na Netflix e continuou uma série que estava assistindo.

— Filho amanhã é seu chá de bebê, sua madrinha está organizando junto com seu padrinho, espero que você não me deixe enjoado, aliás amanhã também conheceremos a madrinha do seu pai, bom ela é uma Uchiha, deve ser bem centrada e séria como todos, quer dizer, todos menos Obito. — Parou de falar assim que ouviu o barulho da porta abrindo, se levantou e foi caminhando até lá. — Oi. — Deixou um selinho nos lábios do outro. — O que trouxe?

— Lamen. — Kakashi diz levantando as sacolas com a logo do Ichiraku.

— O que é isso? — Iruka diz colocando a mão sobre a barriga. — Fala de novo.

— Lamen. — Kakashi diz colocando as mãos sobre a barriga do namorado podendo sentir os chutes. — Eu não acredito que você chutou só porque ouviu a palavra “Lamen”, realmente é filho do seu pai. — Kakashi diz se ajoelhando em frente a barriga de Iruka. — Naruto será que você vai se associar ao seu pai na missão de me falir? — Recebeu um chute como resposta. — Okay, Okay, acho que já vou preparando meu bolso.

— Vamos logo comer Kakashi, pare de falar.

— Okay, vai indo para a mesa porque eu estou precisando de um banho, rapidinho eu desço.

Enquanto Kakashi estava no banheiro Iruka começou a arrumar a mesa da sala de jantar. Depois de arrumar sentou-se na mesa e decidiu esperar o namorado chegar para que começasse a comer.

Enquanto isso decidiu pega o celular e dar uma olhadinha no seu WhatsApp. Viu mensagens do grupo da delegacia, figurinha de na conversa com Yamato, e uma foto na conversa com Rin, decidiu abrir a mensagem e se deparou com uma foto de Obito embalando algumas lembrancinhas do chá de bebê do seu filho, e na foto tinha a seguinte legenda: Manda quem pode, obedece quem tem juízo. Decidiu responder a mensagem.

“Pobre Tobi. Com uma esposa dessa quem precisa de inimiga”

Logo em seguida a mulher respondeu.

“Alguém tem que trabalhar nessa casa, e esse alguém não serei eu”

“Kkkkkkkkkkkkkk”

Assim que respondeu ouviu o Kakashi se aproximando, viu o homem se sentar ao seu lado e depositar um beijo em sua bochecha.

— Por que não começou a comer?

— Estava te esperando, não custava nada.

— Estava rindo de que?

— Rin escravizando Obito. Ela fez o coitado embalar todas as lembrancinhas sozinho. — Iruka já se servia.

— Sempre foi assim, desde quando não namoravam, Obito é muito cachorrinho da Rin, tudo que ela pede ele faz. — Kakashi também já começava a se servir.

— Parece até um certo alguém que eu conheço.

— Quem? — Kakashi pergunta de boca cheia.

— Você é claro.

_-_ -_-_-_-_-_-_-_-_

A festinha de chá de bebê de Naruto estava linda, Rin e Obito realmente tinham feito algo bonito.

Iruka vestia uma roupa simples, nessa fase da gravidez ele já prezava conforto e não aparência. Usava uma calça moletom preta e uma camiseta branca simples.

Assim que chegou no local que seria a festa pôde observar que já tinham alguns convidados já haviam chegado, inclusive a família Uchiha, e eram justamente essas pessoas que Kakashi queriam lhe apresentar.

Sentiu a mão do seu namorado sobre seu ombro.

— Iru vamos lá falar com Mikoto?

— Okay.

Os dois caminharam até a mesa que estavam os Uchihas, incluindo Obito e que conversava animadamente com um loiro de cabelos compridos que também estava na mesa.

— Boa noite. — Kakashi diz. — Então, esse é o Iruka. E Iruka esse velho com cara fechada é Fugako, esse cara de cabelos compridos é o Itachi que você já conhece, o loiro extravagante é o namorado do Itachi, o bebezinho é o Sasuke, ele tem 2 anos, e a mulher com ele no colo é minha madrinha, Mikoto Uchiha.

— É um prazer conhecer todos vocês. — Iruka disse com um sorriso no rosto.

— Iruka você é tão lindo, as fotos que Kakashi me mandou de você não chegam nem perto. — Mikoto diz enquanto de levanta da mesa com o pequeno Sasuke no colo.

— Tem um bebê aí? — Sasuke apontou para a barriga de Iruka.

— Sim meu amor, é um menino e se chama Naruto. — Iruka diz enquanto via Kakashi pegar Sasuke no colo.

— Obrigada pelos elogios Mikoto-san, foi um prazer conhecer todos vocês, vou falar com o pessoal da delegacia e já volto para falar com vocês. — O Umino diz e logo depois se retira.

— Tio seu namorado é bonito pra você. — Sasuke que estava no colo de Kakashi diz.

— Ei garoto respeita minha história, eu sou lindo. — Kakashi diz se sentando em uma das cadeiras vazias.

— Não, o DeiDei é lindo, o Iruka é lindo, a Rin é linda.

— DeiDei? Onde ouviu isso Suke? — Itachi pergunta para o irmão.

— Ué, você fica chamando ele assim de noite, “DeiDei vem aqui me ajudar no quarto”. — Sasuke falou e tanto Itachi quanto Deidara coraram da cabeça os pés.

— Caramba Itachi, tem crianças em casa, cuidado com o que diz. — Fugako dizia enquanto ria da cara do filho.

— Um dia Suke você vai entender, vai achar uma namorada ou um namorado.

— Quero alguém como o Dei, loiro, olhos azuis e divertido. — Sasuke diz arrancando risadas das pessoas que estavam na mesa.

— Meu amor você não pode querer alguém só por beleza, e sim pelo coração. — Kakashi diz.

— Mas não é beleza tio, o Dei é loiro e tem olhos azuis e é muito legal, é por isso que eu quero alguém como ele.

— Entendi Suke. Quer vir comigo? Vamos falar com o pessoal da delegacia e depois te levo para comer alguma coisinha. — Kakashi se levanta com Sasuke no colo.

—Eba!!! Mamãe já eu volto. —Sasuke disse animado.

Com o pequeno Uchiha no colo Kakashi começou a caminhar a procura de Iruka, avistou o moreno na mesa com o pessoal da delegacia.

— Oi chefe. — Genma se pronuncia. — Estávamos falando sobre como você tem sorte de namorar o cara mais lindo da delegacia.

— Genma você não cansa né? — Kakashi diz enquanto se senta na cadeira desocupada ao lado de Iruka.

— Eu nasci pra ver Kakashi Hatake apaixonado, e ainda mais sendo pai. — Gai diz. — Meu eterno rival se tornou um homem de família.

— O homem de família aqui ainda te dá uma surra.

— Não tio, papai disse que não podemos bater nos coleguinhas, nem mesmo quando eles quebram nossos brinquedos. — Sasuke que estava quieto até então falou.

— Viu só Kakashi? A criança é mais esperta que você. — Yamato diz. — Na verdade eu acho essa disputinha de vocês uma total perca de tempo, da última vez por exemplo Kakashi saiu com o punho torcido e Gai com um dedo quebrado, o que resultou na perca do nosso delegado e de um dos nossos melhores detetives por 1 mês.

— Yamato está certo, porque vocês não acham um jeito menos mortal de rivalidade? Como um jogo de xadrez ou quem sabe uma corrida. — Iruka disse realmente sério, ele de preocupava com isso pois realmente poderia afetar a saúde física do namorado. — Sasuke querido quer comer alguma coisa?

— Sim, eu quero muito, estou com fome. — O Garoto pula do colo de Kakashi e estende a mão buscando a de Iruka.

— Então vamos, você gosta de doces? — O moreno questiona enquanto andava com o pequeno Uchiha.

— Eu prefiro coisas salgadas.

— Tudo bem, vou arrumar alguns salgadinhos para você.

Algum tempo depois e com muita relutância de ambas as partes Iruka teve que devolver Sasuke para Mikoto, com pouco tempo ele já havia se afeiçoado ao garotinho e já tinha certeza que queria ele e seu filho como amigos.

Com o final da festa veio o convite, Mikoto Uchiha havia os convidado para um almoço no dia seguinte, que seria domingo. De primeira Iruka gelou, e pensou em recusar, mas lembrou que os Uchiha eram como a família de Kakashi e não poderia negar. O outro motivo para ter aceito era Sasuke, em poucas horas se afeiçoou ao pequeno, Sasuke era muito inteligente para um garoto de 2 anos, sem contar o fato de que ele era extremamente carinhoso e fofo.

_-_-_-_-_-_-_

No dia seguinte Iruka acordou bem mais cedo que o comum, geralmente ele acorda por volta das 7, mas nesse domingo ele acordou as 6, decidiu levantar-se logo.

Uma das missões mais difíceis que tinha era só acordar, e essa missão consistia em sair do abraço de Kakashi, e essa manhã não foi diferente.

Quando conseguiu se desvencilhar dele seguiu para o banheiro que não era no quarto. Como sua barriga já havia crescido muito ele decidiu que era melhor ficar no andar de baixo, para evitar acidentes.

Depois de ter tomado banho ele voltou ao quarto, quando abriu a porta viu o platinado acordando.

— Desculpa eu te acordei? — Iruka se senta na cama ao lado de Kakashi.

— Sim, quando você sai da cama eu acordo.

— Aham ta, já aconteceu de eu te deixar dormindo, voltar e deitar do seu lado e você nem se mexer, não seja dramático Hatake.

— Não sou. — Kakashi diz abraçando Iruka que estava sentado.

— Para Kakashi, se levanta logo, vou fazer algo para tomarmos café. — Iruka dizia enquanto tentava tirar os braços de Kakashi.

— Não, vamos aquela padaria que você gosta, na frente tem uma loja de brinquedos a gente aproveita e compra alguma pro Suke.

— Okay, então vai logo se arrumar que eu te espero na sala.

_-_-_-_-_-_-_-_

Quando chegaram a padaria uma das atendentes se pôs de prontidão, geralmente era ela quem os atendia e já sabia o que pediam.

— Bom dia, vão querer o que hoje? — Ela pergunta.

— O de sempre mais um copo de café preto. — Kakashi responde.

— Okay, só um segundo.

Quando saíram da padaria atravessaram a rua para ir até a loja de brinquedos, quando entraram lá Iruka se distanciou do Hatake para poder olhar algumas coisas.

E Kakashi sozinho era um alvo fácil, a mesma vendedora de meses atrás apareceu.

— Olá, você por aqui novamente, seu neném já nasceu? — Ela questiona

— Ainda não, falta cerca de 1 mês e meio.

— Veio comprar algo para ele?

— Na verdade não, mas talvez eu acabe comprando algo pra o Naruto.

— Ah então é um menino, cadê a mãe? Vocês está juntos?

— Bom, na verdade é o pai, e sim estamos juntos.

— Oi Kashi, amor você não vai acreditar, eu achei o presente perfeito para o Suke, te garanto que ele vai amar. — Iruka dizia animado ao se aproximar do namorado.

— Ah perdão senhor, bom, se quiser eu posso atender o senhor e seu marido. — A Mulher dizia sem jeito.

Quando saíram da loja e entraram no carro Iruka teve que perguntar.

— Impressão minha ou ela estava dando encima de você?

— Claro que não.

— Kakashi estava na cara.

— Estava?

— Viu só? Até você achou.

— Ah ela não tem a menor chance, eu tenho uma preferência por morenos, cabelos compridos e que carregam meu filho na barriga.

— Você é bom em livrar sua cara, isso me dá medo.

_-_-_-_-_-_-_-_

Quando chegaram na casa dos Uchiha foram recepcionados por Mikoto com Sasuke no colo.

— Isso é um presente? — Sasuke pergunta.

— Filho, educação. — Mikoto repreende. — Sejam bem vindos.

— Obrigado. — Os dois riem. — Suke esse presente por acaso é pra você. — Iruka estendeu a caixa para o pequeno.

— Obrigado Iru. — Sasuke abraçou a perna de Iruka que era o que alcançava.

— Venham, o almoço será servido lá no quintal, todos já estão lá só falta vocês.

— Tudo bem senhora Uchiha.

Os quatro seguiram juntos até a parte de trás da casa.

Chegando lá Iruka viu todas as pessoas da noite anterior, optou por sentar-se ao lado de Obito.

— Está se sentindo bem? — O Uchiha perguntou.

— Sim, só um pouquinho deslocado. — Iruka responde.

— Isso passa, acho bom que tenha conhecido Mikoto, ela é como uma mãe para o Baka. Sem contar Fugako, se não fosse por ele provavelmente ele teria ido parar em um orfanato, o Baka é muito grato a eles, ele é o que é garças a eles.

— Tem muita coisa sobre o Kakashi que eu não sei.

— Ele é assim, não gosta de falar sobre as coisas ruins que acontecem com ele Mas depois que começaram a namorar ele melhorou muito, você faz bem ao Kakashi, faz dele alguém melhor.


Notas Finais


Oi pessoal, sei que demorei a postar mas prometo que vou tentar voltar mais vezes aqui.

O capítulo não está revisado 100%, então não liguem para os erros de português.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...