1. Spirit Fanfics >
  2. Line without a hook - Catradora >
  3. Não vai dar em nada

História Line without a hook - Catradora - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Hey leitores!! Capítulo fraco hoje porém necessário para o que ainda vem aí.
Boa leituraa

Capítulo 11 - Não vai dar em nada




     Adora se arrumou ,esperando Catra que já estava atrasada. Será que ela não viria? Será que desistiu do encontro? Seus pensamentos tomavam a cabeça pelo pequeno atraso.

Logo ouviu uma batida em sua porta , acalmando seu coração que batia rápido demais. 



     -Hey Adora. - A visão ao abrir a porta a deixou sem palavras. Catra vestida em um corsete que marcava sua cintura e com justas calças pretas. - O gato comeu sua língua,princesa?  


      Ouvir a provocação ,seguida por um sorriso,vindo da mais baixa. O que  a despertou. 


    - Oi..Oi ,você está incrível. - Sorria boba,recebeu uma piscadela em resposta e sua mão foi tomada pela outra , que logo começou a falar.

 

      A princesa era puxada pelos corredores do palácio,seguindo para o salão de entrada.

Mas espera,Catra passou do salão de entrada,descia ainda mais.


   - Ei espere,para onde está me levando? Como você sabe da existência dos salões de segurança aqui em baixo?


    Finalmente teve um descanso,quando a morena parou de andar para se explicar.


     -Okay então ,promete não entrar em pânico? 


       - Agora que você falou eu estou em pânico.


       - Merda. Olha,está tudo bem . -tenta tranquilozar a loira de olhos arregalados e expressão confusa; - Hoje você vai conhecer Double Trouble .Minhe melhor amigue. Elu está querendo te conhecer faz tempo. E como eu sei sobre esse lugar ? Éramos e ainda somos meio inimigos ,Adora . E o reino de vocês é patetico con esconderijos. 


    - Pelo menos eu tenho um reino. - Se arrependeu na hora do que tinha falado,logo levando a mão a boca e pedindo desculpas.


     Catra pareceu triste por um milésimo de segundo,logo substituindo isso por seu sorriso rotineiro e puxando a princesa pela cintura.


   -Me beija? - Suas costas estavam apoiadas na parede escura do pequeno quarto feito para segurança.Suas mãos circulavam a cintura da loira,a levando para perto .

E perto

E mais perto


    -Sue amigue? Não podemos estar assim quando elu chegar.Pera ,elu vem para cá? 


      -Você fala demais,sabia? Sua boca é linda demais de observar ,mas prefiro quando ela está na minha . - puxou a mesma para perto,acabando com a distância quase sufocante.


       As mãos da mais alta envolviam o pescoço da parceira,que atrevidamente descia suas mãos.Suas línguas se enroscavam e tudo que podia se ouvir era o barulho de seus corpos em contato e suspiros vindo das duas .

Bom ,isso era a única coisa até a porta ser aberta. 


       -Eita porra. - E suposte amigue de Catra estava parade perto da porta ,com Glimmer e Bow logo atrás de si.


        Adora corou,se afastando rapidamente de quem arecia estar unida com cola momentos antes. 


       - Ei relaxa,todo mundo aqui sabe mesmo,princesa. - Catra diz,puxando-a pela cintura,passando seu braço por ela. 


      -Ai,estou de vela . -Bow fala fazendo beicinho.


        - Precisava ser aqui? DT ,tem tantos outros lugares ,aqui está um forno. - Sua prima,que parecia ter sempre raiva acumulada , perguntou,incomodada com tudo.


       -Então querida,acho que isso é um bom momento para te contar que eu fui expulse do reino. 


      O silêncio tomou o lugar,logo sendo preenchido por risadas de Catra e Double Trouble. 


      - Espera,vocês dois conhecem elu?E como assim expulse? - Sua cabeça estava doendo de tanto tentar entender a situação,que logo foi esclarecida por Catra.


       -Então ,princesa, no dia que fiquei com vc pedi para que DT distraísse seus amiguinhos aí. O que eu não sabia era que iriam virar amigos tão rápido . - fez um entervalo em sua fala para roubar um selinho da loira,que ruborizou ao ver seus amigos sorrirem em incentivo. - E sobre a expulsão,eu nunca realmente entendi .O que você fez mesmo?

      

      - Pode ter sido roubo,assassinato,serviços ilegais ,tráfico...muita coisa,não sei qual eles escolheram. - DT diz olhando para as unhas longas ,como se fosse o assunto mais normal existente. - Agora que tudo já foi explicado,vem aqui norinha. 


      Puxou Adora para um abraço inesperado  . - Como a domou assim? Essa fera aí é piranha que nem eu ,acredita que não ficou com mais ninguém depois que te beijou? 


      - DT! - A de olhos heterocromaticos repreendeu. - Está deixando Adora nervosa. 


     Após muita conversa e papo furado,Catra percebeu que o sol logo iria embora. Ela e a loira correram então até os estábulos. Subindo em dois cavalos velozes : 


    Swift Wind e Melog.


   Sabiam bem que os jornais estariam as observando então não tentaram nada demais. 

Um passeio ao anoitecer ,apenas na companhia uma da outra .Foi divertido. 


    Na volta porém ,Catra a puxou pela cinutura , selando seus lábios rapidamente.


    - Aqui não. Poderiam ter nos visto. 


   - Relaxa,não viram. 




Notas Finais


O próximo capítulo tem fogo no parquinho ,einh? Posto amanhã! Fui.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...