História Linkin park-em busca da felicidade - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Eis o próximo capítulo,sei que eu exagerei no tamanho,mas vai valer a pena ler,tenho certeza.e nessa fic mikey é só 1 ano mais novo que o Gerard (na realidade eles tem diferença de 3 anos).
Eu adorei escrever esse capítulo, tá muito legal mesmo.espero que gostem de coração,boa leitura e bjuuuus!!!

Capítulo 6 - Provocações,novos alunos e o amor está no ar


                 Pov's Mike

E mais um dia se inicia,acordei às 6:30 em ponto como de costume e fui direto pro banho,de preferência gelado por que eu acordei digamos que animado por causa de um sonho que eu tive.nesse sonho eu estava com o Chester no vestiário do colégio,ele estava preso entre o meu corpo e a parede e eu me arremetia pra dentro  dele com toda agilidade e força que eu podia enquanto ele gemia alto pedindo por mais, arranhando minhas costas devido a todo o prazer que sentia.

eu acordei bem na hora que ele me avisou que ia se liberar, totalmente confuso tanto pelo sonho quando pelo Estado que eu me encontrava naquele momento, totalmente duro e suado.e não  é a primeira vez que eu venho tendo esses sonhos, vem acontecendo desde o quase beijo que nós demos e eu nem imagino o por que.

sendo eu bissexual é até normal que eu sinta essas coisas por homens mas não quando ele é o meu melhor amigo e não temos nada um outro,eu nem se quer sei se eu gosto dele dessa forma, é tudo muito confuso.somos melhores amigos e de repente sinto essas coisas e tenho esses sonhos,alguma coisa tá acontecendo comigo só não sei o que ainda,mais deixa pra lá uma hora eu descubro ou talvez seja apenas falta de sexo,faz um tempo que eu não faço, desde o término do meu namoro com um cara que não de deve mencionar a  meses atrás,vou acreditar que seja pela 2 opção por enquanto.

Por esse e outros motivos que eu corri pro banheiro e tomei um banho gelado, não seria nada legal se o Chester me pegasse naquele estado.agora as 6:20 estou terminando de me arrumar pro colégio devagando sobre esses últimos dias de conflitos entre mim e meus sentimentos.logo ouvi batidas na porta e sorri já terminando de arrumar meu cabelo, dizendo:

Mike: entra Chester.

Logo a porta se abriu e o Chester entrou no meu quarto vestindo o nosso típico uniforme do colégio, calça jeans preta,blusa de frio também preta e tênis da mesma cor,além do novo corte de cabelo que ele fez a dois dias, agora os cabelos dele eram mais curtos quase careca e ele ficou ainda mais lindo assim,eu logo voltei a atenção pra ele e sorri a minha maneira, dizendo:

Mike: bom dia.

Chester:bom dia Mike, pronto pra ir???

Mike: quase,eu só preciso terminar de ajeitar meu cabelo e a gente vai depois do café.

Chester:ok.

Enquanto eu terminava de ajeitar meu cabelo o Chester se sentou na minha cama e e me olhou pelo reflexo do espelho do guarda roupas por onde eu também via ele obviamente, dizendo:

Chester:temos prova hoje né???

Mike:sim, infelizmente temos prova de matemática logo na primeira aula.

Chester revirou os olhos  e disse:

Chester:ah,que legal era tudo o que eu queria numa segunda feira de manhã.

Eu acabei rindo do drama dele, matemática nem é tão ruim assim e se eu tivesse pensado alto ele diria"cara você não sabe o que está dizendo".ri dos meu próprios pensamentos e fitei ao Chester depois de já ter terminado de arrumar meu cabelo, dizendo:

Mike: drama logo cedo???

Chester: não é drama, é indignação mesmo.quem quer fazer prova de matemática logo no primeiro dia da semana e na primeira aula ainda???

Mike: verdade, ninguém gosta disso,você estudou???

Chester:sim,mas só o básico,essa semana toda antes de dormir e você???

Mike: estudei também nos mesmos horários que você.

Chester: acho que todos nós estudamos, certo???

Mike:certo,o Rob principalmente,ele nunca deixa de estudar.

Chester: verdade,por isso ele é o gênio da turma.

Mike:e você é o mais bonito.

Tapei a boca rapidamente  ao me tocar que pensei alto demais sobre o Chester e pior na frente dele, já ele me olhou e percebi suas bochechas adquirem um tom avermelhado assim como às minhas.ele me olhou parecendo estar surpreso pelo que eu acidentalmente deixei escapar e disse:

Chester:o...o que você disse???

Mike: nada, esquece isso eu só pensei alto mesmo.

Ele desviou o olhar de mim e começou a brincar com a corda da mochila, sorrindo tímido e dizendo:

Chester: obrigado.

Mike: pelo o que???

Chester:pelo elogio, você também é bonito,na verdade muito bonito.

Mike:ah, obrigado Chester.

Querendo sair daquele clima constrangedor  eu rapidamente peguei minha mochila em cima da cama do lado do Chester,e o fitei sorrindo a minha maneira a colocando nas costas, dizendo:

Mike:acho melhor nos irmos tomar café,antes que ele esfrie e aínda temos que ir pro colégio.

Chester:ah é verdade,tô afim de comer torradas com aquele seu molho especial,tem???

Mike:tem sim, fresquinhas como você gosta.

Chester:opa,então vamos que eu tô morrendo de vontade de comer.

Mike:ok,mas vê não vai comer só torradas não viu,tem mais coisas mesa.

Chester: prometo que como um pouco de tudo.

Mike:olha lá em.

Chester:é sério,pode confiar.

Mike:eu confio só estava brincando.

Chester apenas riu se levantando da cama e me dando um soco de leve no ombro dizendo:

Chester: idiota, vamos descer???

Mike: vamos,deixa eu só pegar um casaco.

Chester:ok.

Dito isso,fui até o meu guarda roupas e peguei logo um casaco preto fino,amarrei ele na cintura e desci com o Chester pra cozinha de casa em seguida, tomamos um café rápido e logo depois fomos de bicicleta pra escola, conversando e brincando pelo caminho.

    Algum tempo depois

             no colégio

Assim que chegamos em frente ao colégio estacionamos as bikes no estacionamento próprio pra elas e as prendemos por segurança,olhei pro Chester enquanto sorria divertido me encostando na parede do portão e disse:

Mike:pelo visto chegamos primeiro que os meninos,como sempre.

Chester:verdade Mike,quer esperar eles aqui fora mesmo ou quer entrar e esperar eles lá dentro???

Mike: vamos esperar por aqui mesmo, daí se eles não aparecem a gente entra e vê de eles estão lá dentro.

Chester: tudo bem então.

Nós mal falamos nos garotos e Dave e Joe já vinham de moto na esquina, assim que chegaram aqui no colégio Dave estacionou a moto bem aqui em frente e sorriu divertido tirando seu capacete dizendo:

Dave:e aí Chester,Mike.

Chester/Mike:e aí Dave.

Joe tirou o capacete dele em seguida e também nos fitou sorrindo divertido, dizendo:

Joe:e aí gente.

Chester/mike:e aí Joe.

Eles logo desceram da moto e vieram pra perto da gente,e Chester como não perde a piada, logo sorriu divertido com as mãos no bolso e disse:

Chester:tem certeza que vocês não tem nada um com o outro???

Joe: temos Chester, não temos nada um com o outro.

Joe riu depois de dizer isso e Dave que parecia meio longe olhando pro céu, disse:

Dave:ainda...

Tanto eu,quanto o Chester e o Joe olhamos surpresos pro Dave ao mesmo tempo e me parece que ele não se tocou que disse,e é nessas que eu sustento a hipótese de eles se gostarem, Dave nunca diria isso se não sentisse nada pelo Joe.

e o Joe sustentou ainda mais essa hipótese com o sorriso surpreso que ele deu, nosso DJ fitou ao Dave ainda tão surpreso quanto a gente e sorriu divertido, dizendo:

Joe:ainda???

Agora o Dave se tocou do que ele falou por que seu rosto adquiriu um  leve tom avermelhado rapidamente e ele desviou o olhar do nosso DJ olhando pro chão, dizendo:

Dave:ainda bem que não temos nada.

Joe:não foi bem isso que eu ouvi não.

Dave:foi sim, acontece que eu não tinha terminado de falar ué.

Joe:ok,vou fingir que acredito só por que sou um cara legal.

Dave apenas riu enquanto coçava a parte de trás da cabeça,e o Chester logo aproximou a boca do meu ouvido o que fez um estranho arrepio correr por todo o meu corpo,por me fazer lembrar do sonho onde ele fez a mesma coisa comigo só que gemendo e sussurrou:

Chester:"você acreditou no que o Dave disse???"

Mesmo que eu estivesse confuso com essas reações do meu corpo e me segurando pra não me animar como mais cedo aqui,eu também aproximei minha boca do ouvido dele ainda com imagens do sonho na cabeça e sussurrei de volta:

Mike:"nem um pouco."

Chester:"pois é,eu também não,nem um pouquinho."

Ele riu se afastando de mim e eu acabei rindo junto balançando a cabeça levemente pra tirar essas imagens da cabeça por que eu estava começando a me animar e não não seria nada bom isso acontecer bem aqui na porta do colégio.chester me olhou sorrindo divertido e disse:

Chester: que foi,por que você balançou a cabeça desse jeito???

Mike:ah... é.. imaginei o Joe sendo sexy com o Dave.

Chester riu novamente e eu acabei rindo junto,na verdade todos nós rimos até o Joe que me olhou sorrindo divertido e disse:

Joe:hey vocês dois,eu não sou surdo não viu.

Nós apenas rimos um pouco mais e eu logo vi o Brad e o Rob vindo de mãos dadas a pé,e sorri divertido apontando pra eles, dizendo:

Mike:Olha lá, o Brad o Rob vem vindo.

Instantâneamente os três olharam pro mesmo lugar que eu estava olhando e sorriram ao verem a mesma cena que eu,ou seja, Brad e Rob de mãos dadas sem nem de preucupar com as pessoas que olhavam meio tortas pra eles,e eu fico feliz por ver que eles não deixam essas pessoas serem barreiras no relacionamento deles.

Assim que chegaram perto da gente, Brad sorriu divertido com uma das mãos no bolso da calça e disse:

Brad:e aí galera!!!

Todos:e aí Brad.

Rob também sorriu divertido e agora largando a mão do Brad e o abraçando de lado disse:

Rob:e aí galera!!!

Todos:e aí Rob.

Chester os olhou sorrindo malicioso e se encostou na parede apoiando uma das pernas drobadas nela,dizendo:

Chester:tem certeza que vocês não tem nada sério gente???

Brad:por enquanto não,estamos só nos conhecendo melhor mesmo.

Chester: com essa intimidade toda a ponto de já andarem de mãos dadas parece até que vocês estão namorando,isso sim.

Brad: não,só ficando mesmo,nada sério.

Chester: tá bom então.

Brad apenas riu junto do Rob do que ouviu do Chester,e antes que alguém pudesse dizer qualquer outra  coisa o sinal pro início das aulas soou por todo o colégio e Joe logo sorriu divertido dizendo:

Joe:bom,hora da prova de matemática.

Brad:mas a aula de matemática vai ser só mais tarde ué.

Chester se desencostando da parede e nos fitando enquanto revirava os olhos por conta da prova,diz:

Chester:o professor vai adiantar o período dele pra dar a prova agora.

Brad:ah não!!!esse professor só pode estar brincando com a gente, prova logo na 1 aula que nem é a dele???

Chester:fazer o que, essa é a vida de estudante né.

Brad: odeio prova de matemática ainda mais na primeira aula e no primeiro dia da semana.

Rob riu do que o Brad disse e apoiou a cabeça no ombro dele dizendo:

Rob: calma Brad, é só uma prova.

Brad: só uma prova pra você que é um Einstein da vida e adora estudar.

Rob: tá é verdade,eu gosto de estudar mas Einstein da vida é um exagero,eu nem sou tão bom assim e tecnicamente hoje é o segundo dia da semana o primeiro é no domingo.

Brad:tá vendo só,literalmente um Einstein da vida.

Rob só riu do que ele disse, é impossível fazer o Brad mudar de ideia,o Chester mesmo disse que quando ele põe uma coisa na cabeça não há quem tire.por isso eu apenas ri junto deles também e disse:

Mike:ok...ok, depois você convence o Brad que  você não é um Einstein da vida,agora temos que entrar por que temos prova e vocês sabem muito bem que se a gente chegar atrasado na sala o professor não deixa a gente fazer a prova.

Chester: verdade Mike,pode ser coisa da minha cabeça mas as vezes esse professor é rígido demais pro meu gosto.

Mike: não é coisa da sua cabeça não,eu também penso isso sobre o professor.

Brad: vocês não são os únicos.

Rob:Concordo Brad.

Joe:Eu também.

Dave: somos 6 então.

Todos rimos juntos com o Dave e Brad olhou pra mim e pro Chester enquanto sorria a sua maneira,dizendo:

Brad: vem ca, vocês combinaram as roupas???

Mike: por que a pergunta???

Brad: é que vocês estão vestidos exatamente iguais.

Realmente estamos bem parecidos mesmo,eu também estou de Jeans preto, tênis preto,a blusa de uniforme e a blusa de frio preta amarrada na cintura,só que o Chester estava vestindo a blusa dele e eu não e a dele tem capuz a minha não.por isso olhei pro Brad sorrindo divertido e disse;

Mike:quase iguais Brad,o Chester está vestindo a blusa dele e a minha está na cintura e a blusa dele tem capuz e a minha não.

Brad:mas fora isso vocês estão praticamente iguais.

Mike:mas a calça do Chester é mais larga que a minha um pouco.

Brad:não,ele que é magro mesmo se não vocês estariam bem iguais mesmo.

Chester riu por Brad ter dito que ele é magro e deu um tapa de leve na cabeça dele,dizendo:

Chester: cala a boca Bradford.

Brad apenas riu junto do Chester,e deu um beijo na lateral do testa do Rob dizendo:

Brad:mas que vocês estão bem iguais, estão.

Eu acabei rindo da insistência dele junto com  Chester e me desencostei da  parede sorrindo divertido dizendo:

Mike:ok, nós realmente estamos iguais,mas discutimos sobre isso depois, agora temos uma prova pra fazer,vamos entrar???

Chester: claro, vamos logo atrás de você.

Depois disso seguimos juntos pra dentro pra nossa devida sala de aula,mas antes passamos nos armários pra pegar o material do dia e só depois seguimos juntos pra sala de aula.

            No 3 ano A

Assim que chegamos em sala de aula fomos logo pros nossos devidos lugares, Chester como sempre se sentou a minha direita, Rob se sentou na frente dele, Joe se sentou atrás de mim e Dave atrás do Chester,Brad ainda não se sentou por que foi jogar seu chiclete fora antes do professor chegar.

Percebi que a insistente da Ana saiu de perto da Tallinda e se sentou na minha frente e foi impossível não revirar os olhos, já que ela provavelmente vai encher o meu saco a aula inteira.

Acho que a Tallinda só ficou no lugar dela por que não tem lugar vago perto do Chester, Ana me olhou sorrindo a sua maneira e disse:

Anna:oi Mike.

Mike:oi Anna.

Anna:Espero que não se importe de eu me sentar mais perto de você hoje né???

Mike:acho que você não me deu escolha só se sentou mesmo.

Anna: percebeu que isso soou erótico???você tá praticamente me dando libertade pra sentar.

Mike: impressão sua,eu apenas....deixa pra lá vai.

Melhor ficar na minha por que  eu posso falar alguma besteira com ela e isso não seria legal em horário de prova.depois de jogar o chiclete fora Brad veio até mim e fitou a Anna colocando sua mochila emcima da mesa dela, dizendo:

Brad:você tá no meu lugar.

Anna olhou pra ele desafiadora (péssima ideia)e sorriu dizendo:

Anna:mas hoje eu vou sentar aqui, problema???

Brad:todos, aí é meu lugar e você está perto do Rob e isso não me agrada em nada.

Anna:azar o seu,não vou sair daqui não.

Brad: garota não me faz perder a paciência não, sai do meu lugar.

Anna: não.

Brad bateu as duas mãos na mesa o que assustou a todo mundo inclusive a Anna e gritou:

Brad: VAZA!!!

Anna:ai,tá seu grosso.

Brad: só com quem merece.

Dito isso ela saiu da minha frente e voltou a sentar duas cadeiras depois da minha, Brad se sentou na minha frente,e me olhou sorrindo divertido (ele é bipolar???) dizendo:

Brad: pronto,agora ninguém mais te enche o saco e eu não  corro o risco de ver ela flertar com o Rob.

Mike: nossa,esse seu lado eu não conhecia não.

Chester me olhou aparentemente rindo da situação, dizendo:

Chester: você ainda não viu nada cara,e quando ver também não vai querer ver denovo.

Mike: obrigado pela dica,vou me lembrar de nunca irritar o Brad.

Chester apenas riu e nós todos rimos juntos e foi aí que o nosso querido professor entrou em sala de aula com seus materiais em mãos e foi direto pra sua mesa onde colocou seus materiais e logo voltou a atenção pra gente,dizendo:

Austin:bom dia turma!!!

Todos:bom dia!!!

Austin:como todos sabem adiantei o meu período pra aplicar a minha prova pra vocês por que preciso sair mais cedo pra resolver uns problemas pessoais,mas antes de aplicar a prova vamos conhecer nossos novos colegas de classe,por favor entrem.

Assim que o professor permitiu, dois garotos que eu nunca vi na vida entraram na nossa sala:um tinha cabelos escuros até a altura do pescoço,pele clara e olhos também escuros,com uma leve maquiagem preta em volta dos olhos e vestia jeans escuros, tênis austar de cano alto preto e a blusa de uniforme e o outro tinha cabelos pretos curtos e arrepiados,Pele clara e olhos também escuros e vestia as mesmas roupas que o primeiro garoto só que o austar dele  tem uma listra vermelha e ele usava uma blusa de frio preta aberta por cima do uniforme.

Eles eram bem parecidos e não paravam de olhar aqui pra trás acho que pra mim e pro Chester,o que eu estava achando bem estranho, espero que não sejam mais gente pra pegar no nosso pé.o professor os fitou sorrindo a ! sua maneira e disse:

Austin:se apresentem pra turma por favor.

O cabeludo olhou pra toda a turma e deu um sorriso quase imperceptível dizendo:

Garoto:meu nome é Gerard Arthur way,por favor não me chamem de Arthur,tenho 18 anos e me mudei pra Califórnia  a menos de 5 semanas,sou muito gente boa contando que não pisem no meu calo, é isso.

O outro garoto também deu um  meio sorriso olhando diretamente pra mim o que eu estranhei um pouco e disse:

Garoto:e eu sou Michael James way,mas podem me chamar de Mikey,17 anos e me mudei junto com o Gerard pra cá.

Austin:vocês por acaso são parentes tem o mesmo sobrenome???

Gerard: irmãos professor.

Austin:ah sim,eu sou Austin professor de matemática,turma deem as boas vindas a ele.

Todos:Sejam bem vindos!!!

Austin:Podem de sentar.

Os dois apenas sorriram pra turma e vieram logo na minha direção,mikey não parava de me olhar e o tal do Gerard não parava de olhar pro Chester.o Gerard se sentou a minha esquerda na 3 fileira e  o mikey na 4 ao lado dele,eles sorriram pra gente e logo voltaram a focar no professor, que pegou as provas e nos fitou dizendo:

Austin:Agora eu vou aplicar a prova pra vocês,na mesa apenas lápis, borracha e caneta e nada de cola e conversa,boa prova!!!

Dito isso o professor distribuiu as provas e logo voltou pro seu lugar e ficou anotando algumas coisas enquanto começavamos a responder a prova que estava bem difícil apesar de eu não ser ruim na matéria.percebi que as vezes Gerard e o irmão dele cochichavam entre si olhando pra mim e pro Chester,eu não estava gostando disso,Gerard estava olhando demais pro Chester.só espero que não seja mais gente pra pegar no nosso pé,como a Anna e a Tallinda.

Eu estava fazendo a minha prova quando uma bolinha de papel caiu na minha mesa,eu peguei o papel e olhei pra direção de onde ele veio e o Chester me olhou e sussurrou um "abre e lê".eu sorri pra ele e em seguida abri o papel e li o seguinte recado:

"Posso sair correndo daqui???"

Eu acabei rindo olhando pro Chester e ele riu junto, logo depois eu escrevi "não, não pode, não sem antes terminar a prova kkk" e joguei de volta pra ele,ele abriu,riu,escreveu mais alguma coisa e jogou pra mim denovo,eu rapidamente abri o papel e li a seguinte frase:

"Annnnnwm!!!"

Olhei pro Chester e ri ao ver a cara triste que ele fez dizendo por mimica os dizeres do pepel,escrevi os dizeres "para de me fazer rir, preciso me concentrar aqui KKK" no mesmo papel e mandei pra ele de volta,foi aí que o Cole(lê se col) que senta na frente do Gerard,olhou pro professor e disse:

Cole: professor,o Mike e o Chester estão trocando bolinhas de papel aqui eim.

Eu e o Chester demos um olhar mortal pra esse imbecil e o professor logo nos olhou sério,dizendo:

Austin: Mike e Chester,se vocês estão dando cola um pro outro vou anular a prova de vocês.

Mike: não, não são colas, estávamos só conversando através de papéis pra não atrapalhar a aula.

A porra do Cole que parece que perdeu a noção do perigo, olhou pra gente desfiador e disse:

Cole: é mentira professor, tenho certeza que eles estão passando cola um pro outro.

Chester se levantou rapidamente da mesa dele e  olhou furioso pro Cole, dizendo:

Chester: para de mentira idiota eu nunca colei na vida,o Brad e Dave estão de prova.

Brad: é verdade professor, ninguém aqui cola nas provas,a gente morre pra fazer elas,mas fazemos de forma justa.

Dave: verdade professor.

Cole: ué,se tem dúvida,olha nos papéis dele tenho certeza que num deles tem cola.

Austin: é justamente isso que eu voi fazer.

O professor logo foi até mesa do Chester e pegou o pepel com ele, depois de ler o que estava escrito ali ele olhou pro Cole e disse:

Austin: realmente cole não tem cola nenhuma aqui, apenas conversas normais.

Cole:tem um no chão perto da mesa do Mike professor.

O professor olhou pro chão e realmente tinha uma bolinha de papel ali,mas aquela não era minha nem do Chester.o professor nos olhou sério depois de abrir e ler o papel e disse:

Austin: nesse tem colas da prova mesmo,Cole estava certo.

Chester olhou pro professor totalmente indignado com o dito do professor e disse:

Chester:mas professor,esse papel não é nosso, nós nem vimos esse papel.

Cole: é sim professor, estava perto da mesa do Mike ué.

Chester olhou pro Cole mostrando seriedade no olhar e disse:

Chester:cara, cala a boca antes que eu mesmo faça isso pra você!!!

Cole: você não é homem pra isso não!!!

Chester:ah não???pois agora eu vou provar que eu sou homem pra isso e muito mais.

Chester se levantou rapidamente e ia seguir pra mesa do cole pra provavelmente quebrar a cara dele quando eu puxei a mão dele e disse:

Mike: Chester calma.

Ele parou nem na minha frente e Cole nos olhou debochado e disse:

Cole: aí tá vendo,e tão covarde que parou de vir tentar me pegar só por que o amiguinho pediu.

Dessa vez quem perdeu a paciência fui eu,eu olhei pra aquele idiota já de saco cheio e disse:

Mike:PORRA CARA,VAI PRA.....

antes que eu podesse terminar a frase e falar um baita de um palavrão,o professor me interrompeu dizendo:

Austin: Chega vocês três,Chester e Mike detenção no final da aula.

Chester:mas professor...

Austin:sem mais,e tenho o dito agora terminem a prova.

Mike:mas e o Cole??

Austin:Vai ficar depois da aula aqui na sala comigo por que tenho uma reunião com os pais dele mais tarde.

Mike: droga!!!

Depois disso nós voltamos a fazer a prova e cara,a raiva era tanta que eu nem conseguia me concentrar na prova,a raiva e a vontade de socar o Cole por ter me feito levar uma detenção e por estar rindo de mim e do Chester toda hora olhando diretamente pra gente,mas isso vai ter troco ah vai.fora isso a aula foi normal,em 5 minutos Rob e o novato Mikey terminaram a prova juntos e pelo visto a sala tem dois gênios agora e Rob não curtiu muito isso não.3 minutos depois eu,o Chester e o Dave também terminamos juntos,2 minutos depois Joe  terminou e o Brad e o Gerard terminaram juntos algum tempo depois,o resto da turma foi acabando com o tempo.depois da prova pudemos descansar e ainda tivemos  duas aulas seguidas  de gramática,logo depois tivemos intervalo onde eu e os garotos ficamos no refeitório lanchando e conversando sobre os últimos acontecimentos do dia e logo depois tivemos a última aula do dia que era geografia já que o professor de matemática não vai dar a última então poderíamos ir embora mais cedo.poderiamos, por que por conta da detenção eu e o Chester vamos ter que ficar.

        4 horas mais tarde

Depois de longos horas no colégio as aulas finalmente terminaram mas eu e o Chester não vamos poder ir embora,temos que ir pra detenção.estavamos apenas eu,o Chester,o Joe,o Dave,o Rob e o Brad dentro de sala conversando antes de eu e o Chester irmos pra detenção.joe no olhou mostrando seriedade no olhar colocando a mochila nas costas e disse:

Joe: cara,eu não acredito que vocês pegaram detenção por causa do idiota do Cole.

Dave:e não é só isso,o cara ainda ri da cara de vocês.

Brad:faltou pouco pra eu quebrar a cara dele.

Eu coloquei minha mochila em um dos ombros e fitei aos meninos dizendo:

Mike:tenho certeza que foi ele que fez aquela folha de cola e jogou na minha mesa,agora por que eu não sei.

Chester: por que ele gosta de mim e eu dei um fora nele.

Mike:por que você não é gay???

Chester: não,por que ele é um idiota mesmo.

Brad riu do que o Chester falou e passou um braço por cima do pescoço do Rob dizendo:

Brad:boa resposta Chester.

Chester: valeu.

Brad sorriu e eu fitei aos garotos dizendo:

Mike:agora se nos derem licença, temos que ir pra detenção agora.

Antes que pudéssemos sair o tal do Gerard entrou na sala de aula com o irmão dele que continua me olhando e nos fitou inesprecivo,dizendo:

Gerard: espera, antes de ir nós queríamos falar com vocês.

Mike: estamos ouvindo.

Gerard:só queríamos dizer que foi aquele garoto loiro que jogou a bola de papel na mesa de vocês, mas não falamos nada por que não podemos nos meter em confusões,essa é a condição pro meu irmão e eu estarmos aqui.

Mike: a gente sabe que foi ele,já que foi ele que dedurou a gente.

Gerard:vocês não são amigos dele não né???

Mike:não,nunca conversamos na vida.

Gerard:menos mal, seria burrice ser amigo de um cara desses.

Não falei nada por que percebi o Gerard olhando pra boca do Chester e mordendo os lábios.chester olhou pra ele meio confuso e disse:

Chester:que foi???

Gerard: nada, só te achei interessante,sei lá.

Chester:ah valeu.

Gerard apenas sorriu e Mikey me olhou de cima a baixo e disse:

Mikey: descordo maninho,o japonês aqui é bem mais interessante.

Tá,isso tá estranho,eles mal nos conhecem e já estão jogando cantadas,que íntimidade toda é essa com a gente???eu olhei pra eles um pouco sério e disse:

Mike: bom,a gente tem que ir agora.

Gerard: tudo bem até amanhã então... Mike né???

Mike: é.

Mikey:o apelido caiu bem, Mike é um Nome forte como você ,até manhã!!! 

Mike: até eu acho.

É,ele está mesmo dando encima de mim.pelo visto eu não vou ter que lidar só com a Anna e o Chester só com Tallinda já que pelo visto o Gerard gostou dele,e eu não estou gostando disso.o cabeludo olhou pro Chester e sorriu dizendo:

Gerard: até amanhã Chester.

Chester: até, Gerard???

Gerard: é,mas pode me chamar de Ger se quiser.

Chester:ok.

Mas não vai mesmo,vai ser Gerard só,nada mais que isso.depois disso olhei pro Chester sorrindo a minha maneira e disse:

Mike: vamos Chester???

Chester: claro, passem lá em casa depois Dave, Joe, Brad e Rob.

Joe;pode deixar.

Rob: vamos sim.

Brad: é isso aí.

Dave: concordo com Brad.

Chester: até depois.

Mike: até depois.

Todos: até Chester e Mike.

Depois disso eu e o Chester fomos juntos pra detenção conversando sobre diversas coisas dentre elas os novatos pelo caminho.

       Na sala de detenção

chegando lá fomos logo recebidos pela professora Katerine de gramática da outra turma,ela pediu que nos sentassemos e juntos com outros jovens tivemos que fazer um resumo de 40 linhas sobre bons modos em sala de aula,e como aquilo era chato, e ainda tínhamos que ficar ali por 2 horas sem dar um pio se não ela estende a detenção.

        10 minutos depois

Já estamos a 10 minutos na detenção e eu não fiz nem 20 linhas direito,acho que ninguém fez na verdade.foi aí que uma coisa meio inusitada aconteceu,ouvimos batidas na porta  e logo o professor entrou em sala de aula junto com o idiota do Cole,eu e o Chester nos olhamos sem entender nada e logo depois voltamos a atenção pro professor,este  que fitou a professora Katerine e disse:

Austin:Katerine por favor,libera o Mike e o Chester pra mim por que tudo não passou de um mal entendido,foi o Cole que arrumou toda aquela confusão na minha sala.

Katerine: tudo bem,podem sair Mike e Chester.

Mike:obrigado professora.

Katerine: por nada queridos.

Depois disso eu e o Chester pegamos nossos materiais e saímos rapidamente da sala rindo do Cole que nos chamou de idiotas, mas quem liga??? nós que não.

Eu e o Chester estávamos caminhando pelo 2 andar conversando e brincando animadamente quando ele tropeçou arrancando risos de mim e olhou pros seus pés, dizendo:

Chester: droga,meus cadarços dessamarraram.

Chester então se agachou e pôs se a amarrar os tênis, sorrindo divertido, dizendo:

Chester:uma hora ou outra a verdade sempre aparece,não é???

Mike: é,ver a cara do Cole quando  nós fomos liberados foi impagável.

Chester: verdade, ninguém mandou tentar encrencar a gente,mas como que esse mal entendido foi desfeito???

Mike:essa é uma coisa que eu também queria saber a resposta.

Chester: dúvida cruel.

Mike: Verdade.

Depois de amarrar os tênis, Chester se levantou do chão e sorriu pra mim, dizendo:

Chester:hey, percebi você meio irritado quando o Gerard disse que eu sou interessante,seria ciúmes???

Mike: nem um pouco, só estou garantindo que ele não vai tentar te agarrar.

Chester:não vai por que na primeira tentativa,ele leva um murro no meio da cara.

Voltei a caminhar seguido do Chester e sorri divertido dizendo:

Mike:seu murro não deve doer nenhum um pouco.

Chester: ah não,quer provar???

Mike: quero.

Dito isso ele me deu um soco de leve eu sorri olhando pra ele, dizendo:

Mike:não disse,nem fez cócegas,você é muito fraquinho.

Chester:ah sou,então senti isso.

Ele me deu mais um soco tão leve quando o anterior e eu sorri divertido chegando na escada junto com ele,dizendo:

Mike:meu soco dói muito mas que o seu, é muito mais potente.

Chester: prova.

Mike:ok.

Dito isso eu dei um soco bem delevinho nele nem chegou a encostar e ele riu de mim, dizendo:

Chester:não doeu nada,nem cócegas eu senti, é muito fraquinho.

Mike:por que eu não te dei um na barriga esse dói de verdade,você não ia nemnconseguir respirar.

Chester: prova quero ver se dói mesmo.

Mike: acho melhor não,você pode se arrepender.

Chester:não vou,vai...mostra a sua força.

Mike:ok, depois não diga que eu não avisei.

Dito isso armei a mão pra dar um soco na barriga dele e quando minha mão estava bem perto dela,eu sem aviso prévio o enchi de cócegas e ele só sabia rir tentando se afastar de mim já que eu estava segurando ele pela cintura, dizendo:

Chester: não hahahaha não Mike, cócegas não hahahaha...para...hahaha para... hahahaha!!!

Eu apenas ria fazendo cócegas nele e com muito esforço o Chester conseguiu se soltar de mim,e desceu as escadas correndo e rindo e eu fui atrás dele morrendo de rir também.

Chegando nos últimos degraus da escada,eu consegui pegar o Chester de novo pelo braço e o prender entre o meu corpo e a parede fazendo cócegas nele novamente, ele se contorcia em meio a risos, dizendo coisas como:

Chester: não hahahaha... para.. hahaha por favor hahahaha....meu deus hahaha para hahahaha!!!

Mike: não, você não queria sentir o meu soco????

Dito isso eu continuei fazendo cócegas nele enquanto ria junto com ele,eu estava tão focado em fazer o Chester rir que nem percebi o quão próximos nós estávamos.só fui me tocar quando apoiei meu braço na parede pra ter um equilíbrio melhor,nesse momento eu fiquei ainda mais próximo dele,tão próximo que nossos narizes de roçavam,eu não conseguia parar de olhar pra aqueles olhos lindos dele e nem ele pros meus, acabei fechando os olhos e selei meus lábios nos dele,num beijo calmo e gostoso,o melhor beijo da minha vida.

eu sinceramente pensei que ele fosse me afastar dele,mas pelo contrário,ele respondeu ao beijo e senti a mão esquerda dele repolsar no meu pescoço enquanto que os dedos dele roçavam nos meus cabelos os puxando de leve.com a mão que estava fazendo cócegas no Chester,eu o puxei pra mais perto de mim pela cintura,pedi espaço com a língua e ele sedeu e aquele beijo ficou ainda melhor,agora eu sei, beijar o Chester é a melhor coisa do mundo.

Mas como tudo o que é bom dura pouco,logo o ar começou a faltar e nós tivemos que nos separar com alguns breves selinhos.nos afastamos um do outro e nem um dos dois sabia o que dizer,mas não estava aquele clima estranho da última vez que quase nos beijamos,dessa vez o clima estava mais tranquilo,eu diria que normal até.ele ficou um bom tempo me olhando e depois sorriu parecendo sem graça dizendo:

Chester: acho que temos que ir agora, né???

Mike:ah... é,temos sim eu tinha esquecido disso.

Chester me olhou rindo do que eu falei,e disse:

Chester:quem é que esquece de ir embora do colégio???

Mike:pelo visto,eu esqueço, vamos????

Chester: Claro Mike.

Depois disso seguimos pra fora da escola trocando os olhares e dando risadas sem nem entendermos o por que.foi assim até chegarmos do lado de fora do colégio.

 Do lado de fora do colégio

Chegando do lado de fora do colégio demos de cara com Brad e Rob abraçados um de frente pro outro, Joe  mostrando alguma coisa no seu celular pro Dave ambos lado a lado e até mesmo os novatos estavam ali lado a lado encostados no muro.eu olhei pra todos eles um pouco confuso por achar que eles já tinham ido embora e disse:

Mike:o que vocês estão fazendo aqui???pensamos que já tinham ido embora.

Brad olhou pra mim e pro  Chester sorrindo divertido e disse:

Brad:sem nossos melhores amigos???de jeito nenhum,uma vez sexteto sempre sexteto.

Rob: concordo com vc BBB.

Chester:BBB???

Rob: bonito e bom de beijo.

Joe riu e Todos nós rimos juntos, Rob sabe ser criativo quando quer.eu olhei pros garotos grato pelas palavras deles e agradecendo mentalmente por eles não terem entrado lá dentro e visto o beijo(o que me mataria se vergonha)e disse:

Mike: valeu caras,vocês são incríveis!!!

Joe:somos apenas melhores amigos e melhores amigos nunca se abandonam.

Dave; verdade, sempre juntos não importa o que aconteça.

Apenas sorrimos pros garotos e Chester olhou pro Gerard e pro irmão deles e disse:

Chester:e vocês por que não foram embora no horário???

Gerard se aproximou do Chester e ficou frente a frente a ele sorrindo a sua maneira,dizendo:

Gerard: mudamos de ideia sobre não contar a verdade pro professor e juntos com os seus amigos contamos tudo,e ele tirou vocês da detenção.

Mikey:mas eu preferia que você tivesse ficado por lá mesmo.

Antes que o Chester pudesse responder ao mikey, Gerard o olhou sério dizendo:

Gerard:Mikey quieto.

Mikey;e quem você pensa que é pra mandar ficar quieto eim???

Gerard:seu irmão mais velho,e eu não vou falar denovo.

Mikey: tá calei.

Gerard nos olhou voltando a sorrir a sua maneira e disse:

Gerard:bom,agora que vocês já estão livres, nós vamos indo, até amanhã a Todos.

Todos; até.

Mikey; até galera.

Todos: até.

Depois disso os novatos atravessaram a rua, entraram num carro  preto e foram embora com Gerard na direção.Brad também nos olhou sorrindo divertido e disse:

Brad:eu e o Rob vamos indo também agora que vocês sairam do castigo.

Chester: tudo bem, não esqueçam de irem lá em casa mais tarde eim.

Rob:pode deixar, vamos sim, Brad vai me pegar em casa e a gente vai direto pra lá.

Brad: é isso aí Rob.

Mike: difícil de acreditar que vocês não namoram, vocês são muito unidos.

Brad: somos sim,mas estamos só nos conhecendo melhor mesmo, sem namoro por enquanto.

Mike:tá bom então.

Brad: então, até depois galera.

Todos: até Brad.

Rob:, até mais tarde gente.

Todos: até Rob.

Depois disso Brad e Rob foram embora juntos de mãos dadas da mesma forma que chegaram colégio,e ficamos apenas eu,o Chester,o Joe e o Dave por aqui.mas Dave logo pegou seu capacete na moto e entregou o outro pro Joe dizendo:

Dave:bom a gente também vai indo, tenho que deixar o Joe em casa antes de ir pra minha.

Chester:e ainda dizem que não se gostam.

Dave:e não nos gostamos somos só amigos,eu gosto do Joe mas como amigo.

Joe:eu também gosto muito de você...como amigo claro.

Dave apenas riu um pouco envergonhado e eu acho que eles não estão sendo 100% sinceros não, mas deixa pra lá uma  hora eles se abrem com a gente.joe nos olhou divertido subindo na moto logo depois do Dave, dizendo:

Joe: até a tarde então,vou trazer meus jogos pra gente jogar.

Chester:ok, até a tarde Joe.

Mike:até Joe.

Dave: então é isso, até mais tarde galera.

Chester/Mike: até Dave.

E assim Joe e  Dave foram embora juntos de moto,eles passaram praticamente o dia todo juntos é impossível não achar que eles se gostam.ri dos meu próprios pensamentos e fitei ao Chester, dizendo:

Mike:agora só sobrou a gente,vamos???

Chester: claro.

Acho que antes de irmos eu vou fazer uma coisa que quero fazer denovo a um tempinho já.olhei pro Chester um pouco nervoso e disse:

Mike; Chester???

Chester;am???

Eu rapidamente toquei o ombro esquerdo do Chester com uma mãos e o beijei mais uma vez, dessa vez um selinho demorado.

Depois que me que afastei do Chester,eu sorri um pouco sem jeito e ele riu desviando o olhar.eu coçei a parte de trás da minha cabeça e disse:

Mike; agora podemos ir,vamos???

Chester:ah Claro.

Depois disso eu e o Chester pegamos as bikes e fomos pra casa, conversando, brincando e trocando olhares e risadas pelo caminho.depois disso passamos a tarde toda com os garotos lá em casa, maratonamos filmes e jogos, pedimos pizzas doces e salgadas e depois do jantar eles foram bora,Chester foi dormir e eu fiquei até as 3 horas da manhã acordado sem parar de pensar no que aconteceu mais cedo,beijar o Chester é definitivamente a melhor coisa do mundo,e as imagens do beijo não saiam da minha cabeça, por que ainda ficou um gostinho de quero mais em mim,e só existem duas hipóteses pro que eu tô sentindo:ou eu estou tendo sérios problemas de falta de intimidade já que faz um tempo que não pego ninguém ou...ou eu posso estar começando a sentir alguma coisa pelo Chester mesmo sem saber o quê exatamente, só o que eu sei é que quero muito beijar ele denovo.






















 


















Notas Finais


E é isso,esse foi mais um capítulo da fic,o capítulo e grande mais valeu apena. espero que tenham gostado,deixem suas sinceras opiniões nos comentários críticas também são bem-vindas viu, bjuus!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...