História (lip reading) Yaoi - Original - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Lgbt, Yaoi
Visualizações 19
Palavras 707
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Chapter 2 - Drunk.


 

(...)

Talvez as flores estejam tentando me avisar de algo que esteja fazendo errado

Mas eu não quero ouvi-las...

Já se passaram três meses, e nesses três meses  Nishio vem me ajudando a estudar para as provas da Kamii

Nesses meses também nos tornamos bastante amigos, mas, nada além disso...parece que ele pensa que sou hétero ou algo do tipo, pois sempre que me vê estou com Akime...

É nosso último dia de estudos.

Eu estava imaginando como será quando isto passar...ele irá me procurar? Será que se interessará por nossa amizade? Esses pensamentos me assombram...

-“Ya, pequeno, hoje é o nosso último dia, certo? O que acha de sairmos para comemorar ? Na semana que vem, já seremos da Kamii!”

Disse o mais velho, esbanjando um doce sorriso, tão doce como o tom de sua suave voz

-“Cla-Claro Nishio-senpai! Que lugar sugere? ”

Eu disse, sorrindo levemente destacando assim minhas avermelhadas coradas bochechas

-“Bem, meus pais estão viajando, que tal irmos a minha casa? Posso fazer lamen para nós!”

O garoto disse pegando seus livros

Fomos até a casa do mais velho.

Caminha

Caminha

Sorri

Sorri

Cora...

Por que fico tão feliz com coisas tão pequenas?

Você mexe com meu coração...Nishio-senpai...hihi.

Ao chegarmos na casa do garoto, me sentei ao redor de uma pequena mesinha no centro da sala. O mesmo levou até a mesinha uma garrafa de Soju e dois copos.

-“A-ah, obrigado Nishio-senpai, mas eu não bebo, não tenho idade suficiente...”

Eu disse,negando o copo que o mais velho havia me oferecido.

-“Aish,apenas hoje Yuri-kun, é um dia especial! Na semana que vem já seremos universitários! Isso é uma comemoração!”

Disse o mais velho, abusando de meu ponto fraco...ou seja, ele sorriu novamente. Há algo tão doce naquele sorriso...

-“Tudo bem tudo bem...apenas porque está  pedindo”

Virei o copo de soju, em seguida, sorri de forma leve, tentando disfarçar o amargo da bebida

-“Como adultos gostam disso? Haha”

Gargalhei em um tom baixo.

-“Eles usam disso para afogar as magoas pequeno...Mas então me fale um pouco sobre sua vida amorosa... anda afim de alguma garota ?”

Disse o mais velho virando  o copo de soju

Corei violentamente e fitei o chão.

-“E-Er...como posso dizer isso senpai...e-eu não gosto de garotas”

Continuei fitando o chão

-“A-Ah certo, entendo, quer focar nos estudos primeiro, e ter relações depois de ser graduar, mas não gosta de nenhuma?”

O mais velho parecia não ter entendido

-“Ni-Nishio...não é isso...eu não gosto de garotas,porque sou homossexual...”

Eu disse tentando esconder meu rosto nas mangas do meu moletom

-“A-Ah...eu não sabia, vo-você só anda com a Akime,então pensei que vocês dois...e-er...você sabe.”

Ficamos conversando sobre coisas desse gênero por alguns minutos,mas logo, o álcool começou a fazer efeito em mim.

-“Mas então,pequeno, está gostando de algum garoto?”

O mais velho encheu os dois copos com mais Soju.

-“A-ah,si-sim,eu gosto de um garoto o qual o sonho é en-entrar na universidade Kamii,ele ama Lámen, é o sonho de toda colegial e se chama Nishi-shio...Kamishiro Nishi-io...”

Já era óbvio que eu estava sob o efeito do álcool,também soluçava várias vezes

-“Como? Ni-Nishio? A-Aish...você está bêbado pequeno,acho melhor te levar para dormir...venha.”

O mais velho corou ao ouvir seu nome.

-“Por que você não aceita me-meu amor sen-senpai? Você sempre está com as garotas do colegial, por que está sempre fodendo elas ao invés de mim? É porque sou um garoto não é? Por que não fode seu baby boy aqui e agora?”

Eu disse deitando o garoto no chão e ficando por cima dele por favor Yuri...não faça besteiras

O mais velho logo ficou por cima de mim e apertou meus pulsos,em seguida selou nossos lábios assim iniciando um delicado  e lento beijo.

Os lábios dele eram tão quentes e doces...nunca foi tão bom beijar um garoto

-“Eu não posso lê foder pequeno...não assim, está bêbado, e isso seria imoral, mas prometo que isso não é uma negação para seu pedido para o inicio de uma relação sexual e este também não será nosso último beijo...okay?”

O mais velho sussurrou em meu ouvido,em seguida se levantou e me guiou até uma cama.

-“Agora,como um bom garoto,se deite e durma um pouco...Yuri kun”

Nishio me deu um beijo na testa e sorriu

Um beijo...hm?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...