História Listen to me. taekook - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Visualizações 47
Palavras 1.252
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Perdão, acabei por não revisar este capítulo!

Espero que gostem.♡

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Listen to me. taekook - Capítulo 3 - Capítulo 3

Para falar a verdade, por mais que Jeon tentasse ser legal com Kim Taehyung ele não conseguia sentir que realmente isso iria funcionar. Uma semana se passou desde que Jungkook lhe disse que iria lhe mostrar que poderia ser legal, basicamente algumas coisas mudaram... Jeon comprou um bloquinho de notas que ao entregar ao garoto dos cabelos verde água, na primeira folha continha.

dialogos entre Jeon e Kim, espero que possamos
trocar muitas histórias e até piadinhas por
meio deste. - Jeon Jungkook.


O bloquinho virou algo só deles, foi difícil se acostumar pelo lado de Jungkook de primeira ele tagarelava que ao menos lembrava, mas Kim Taehyung por sua vez achava engraçado o jeito afobado em que as vezes ele falava, tão rápido que Kim não entendia nada, mesmo que se esforçasse.


Jeon Jungkook tentava espiar o que escrevia no nosso bloquinho, enquanto estavamos sentado ao chão nos últimos corredores de estantes da biblioteca, ele realmente vem tentando se mostrar alguém bom! Mas sinceramente eu as vezes meio que desconfio que isso tudo é algum tipo de brincadeira com seus amigos, o meu medo maior é sair machucado pois mesmo que tente ser fechado, sempre acabo falando mais do que devo e isso é um motivo para que eu me machuque.


— Por favor, me deixe ler enquanto escreve! - Diz o garoto tentando tirar minhas mãos que cobram o que estava escrito, recebendo de mim um olhar irritadiço. — Porque você sempre me olha deste modo? Não é possível, você deve me odiar. -  O vejo com um bico e consequentemente um olhar tristonho no rosto, sem entender um palavras arranco a folha que havia escrito, fazendo um sinal para que ele escrevesse tudo o que tinha dito.


Eu disse que você fede à cocô!


Por deus, por impulso começo a cheirar minhas roupas  para checar se realmente estou fedendo, logo olho de volta em direção de Jeon e o garoto ria descaradamente, sua risada deve ser irritante.


Não, eu só estava brincando você cheira a perfume
caro e doce, o que realmente  disse é:
Porque você me olha sempre feio?


Após ler o que o garoto havia escrito eu não quero responder sinceramente, por este motivo não puxo o bloco ds suas mãos fazendo com que ele me dê, não é como se eu não quisesse ser amigo dele é só que ele é muito irritante as vezes me deixa com raiva!


Você me irrita Jeon Jungkook, mas não é algo
que eu faça por mau.


Assim que lê ele me olha com um sorriso ladino, sei que adorava me irritar vem me provando isso durante essa semana. Fazendo circulos em minha perna posso ler seus lábios transferirem um " Você adora isso!"  deixo um soco fraco em seu braço ele em seguida dá a língua.


Me fale, doeu para por o pircing no lábio? Como
é beijar alguém com ele?


Talvez ele riria de mim se dissesse que nunca beijei alguém de verdade, sabe uma vez só e foi horrível mas sejamos sinceros quem irá querer beijar um surto feito eu? Não poderia nem flertar sem ser por um papel ou libras.


Não vou mentir, para mim doeu um pouco mas
vai de pessoa para pessoa, e pode rir
mas sabe sou surdo ninguém tem esses
tipos de interesse sobre mim!


Jeon só faltou me matar realmente, por que a cara de ódio que ele me direcionou foi algo que já mais tinha visto de sua parte, por um segundo vejo-o passar seu polegar pelo meu pircing, enquanto sua mão segurava meu maxilar me olhando como quem diz " Pare de falar asneiras!"


Antes que Jeon consiga pegar o bloco de minhas mãos o sinal bate fazendo com que a bibliotecária peça para todos que estão em período de aula se dirigirem para sua respectiva sala, ambos se levantamos Jeon deixa sua mochila nos ombros. Num impulso o garoto de madeixa cacheada e comprida me envolve em um abraço apertado, não sei o que pensava no momento já que foi tão impulsivo parecia realmente precisar disto então retribuo na mesma intensidade.


[...]


Jimin assim que entrei na sala me veio perguntando em libras onde eu estava, e porque sumi no intervalo ele odeia o fato de eu passar agora a maior parte do meu dia perto de Jeon, não é nada contra o garoto ele me disse que em uma época até se falavam, é so ciúmes mesmo.


— Estava na biblioteca com Jeon! - Logo após lhe responder em libras o mesmo revira os olhos, uma das coisas que ele mais faz é isto revirar os olhos quando falado de Jeon.


— E falando nele, ele me mandou mensagem pedindo seu número hoje mais cedo mas eu disse que não iria passar pois é algo pessoal seu. — Jimin diz em libras, e assim senta no seu lugar para assistir junto a mim e Flora minha intérprete duas aulas de História.

Tempo acabou por passar tão devagar, e a única coisa quem que eu pensava era que Jeon Jungkook queria meu número e junto isso vinha aquele abraço, tudo que já tinhamos feito vinha a mente. Sabe não posso dizer que odeio sua companhia ele é alguém engraçado, sempre que estamos juntos me faz rir um pouquinho isso é bom!

Aviso a minha intérprete que vou tomar água e saio rapidamente da sala, eu realmente iria tomar água mas também iria matar um pouco desta aula insuportável, meu plano era escrever algo uma poesia ou coisa parecida sentando em algum banco do pátio.

[...]

Já havia se passado uns cinco minutos e tudo que consegui até agora só uma estrofe, realmente não estava fluindo hoje no instante que me abaixo para pegar minha caneta que acabou por cair sinto alguém sentar ao meu lado, quando levanto tenho a visão de Bogum sorrindo largo para mim. Realmente não esperava que fosse ele!

— Oi! - Digo em libras para ele, essa foi uma das poucas palavras que o havia ensinado mas pelo que soube Jimin andou dando umas aulinhas para ele também.

O garoto de cabelos castanhos curtinho em um sinal de " com licença " tira o caderno em que eu escrevia a uns minutos atrás, passa uma folha e começa a escrever.


Sabe Kim... Queria que saísse comigo!
Você topa?


Eu não sabia ao certo como reagir pois nunca alguém havia me feito uma pergunta dessas, deria responder que sim ou não? Sabe nunca saí com ninguém, nunca tive um encontro isso seria um encontro?


Isso é um encontro?


O vi rir sem graça, queria poder ouvir sua risada queria realmente poder ouvir me chamar para sair, isso é irritante não poder ouvir eu nem ao menos consigo ouvir um simples cantar de passarinhos. Nada! Só chiados irritantes vez ou outra, sem contar que sinto tantas dores nos ouvidos sempre tomo analgésico para dor.


— Sim, um encontro! - Consigo ler seus lábios e logo após o vejo se aproximar mais para dar uma leve bagunçada em meus cabelos.


Tudo bem, eu aceito só me mande
mensagem para marcar!


Após alguns minutos conversando decido que tenho que voltar a sala, se não estaria ferrado! Assim que chego e me sento a carteira Flora me repreende pela demora, peço desculpas abrindo meu caderno copiando.


Jimin me mande o número do Jeongguk!


Jimin: Porque você quer o número dele?


Jimin por deus... eu só preciso
falar com ele sobre um trabalho que
vamos fazer de Sociologia.


Jimin: [ contato]




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...