1. Spirit Fanfics >
  2. Little Angelim >
  3. Porquês

História Little Angelim - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Porquês


Fanfic / Fanfiction Little Angelim - Capítulo 2 - Porquês

Narrador p.o.v's

A manhã era silenciosa, e um tanto fria, Anellim se levantou e abriu as janelas e observou a fora, "No Brasil estaria fazendo uns 40°" pensou Anellim.

Anellim se dirigiu ao banheiro, ao adentrar se despiu e entrou em sua banheira de água quente que causava uma ótima sensação em meio de tanta angústia que havia no coração da garota. Após alguns minutos a garota sai do banho e veste suas roupas, "Nada muito exagerado pra não chamar atenção..." pensou Anellim.

Ao descer a escadas, Ane se dirige até a mesa e pega uma maçã que estava sobre a mesma e a morde, a maçã estava perfeita, doce e dura, Ane adorava morder e escutar aquele som. A garota vai até a porta girando a maçaneta e andando até a escola, que não era tão longe dali, mas um tanto cansativo de se caminhar, ainda mais que Anellim havia sido, "modificada genéticamente" seu corpo ainda estava lidando com isso.

Ao chegar na escola, Anellim se senta em um banco e respira fundo, regularizando sua respiração, logo depois olha ao redor. "Parece que as coisas são bem organizadas aqui, grupos e mais grupos, ninguém se mistura"

Um garoto alto com os cabelos castanhos e olhos azuis se aproxima de Anellim, quando a mesma percebe desvia o olhar.

—Hey...Qual seu nome? O garoto perguntava docemente para Ane que se arrepiou por completo; "tenho que me casar com este cara" pensou Ane que logo criou coragem para responde-lo:
— A-anellim, mas....pode me achar de Ane. O peito da garota disparava, ela estava delirando, se sentia em um filme que provavelmente ela teria visto em uma sexta a noite. —Wow, diferente....Mas lindo! Meu nome é Jaeden Daphen, mas me chame de Jae. Ele desviou o olhar rapidamente e diz cortando a garota: —Preciso ir, a gente se vê Ane! E então o garoto se vai, causando um choque de realidade na garota, "Cai na real, ele nunca vai ser seu" pensou.

...

Era o 3° tempo de aula, no 4° seria o intervalo tão almejado por Anellim, a aula de história entediante do Senhor Lee, causava sono na garota, história nunca havia sido seu forte. No meio das aulas, Ane havia notado vários olhares e cochichos rápidos, mas um deles permaneceu, foi o olhar de um garoto que a garota o apelidou como: "Observador", o Observador, só desviava o olhar quando a mesma o olhava, até que certo ponto a mesma parou de se incomodar por medo, o garoto possuía um belo céu de estrelas nas bochechas, Anellim não podia negar que ele era bonito, só não fazia seu tipo.

O sinal toca e todos se levantam das cadeiras rapidamente, ignorando completamente o recado final do Senhor Lee, menos o Observador, que resolveu questionar o Professor:

—Então senhor Lee, na próxima aula gostaria de saber mais sobre o Exército de Varsóvia. O garoto dizia confiante. — Leu meus pensamentos, Finn! O professor havia perdido toda sua tristeza com o comentário do garoto, o que fez Ane perceber, que o senhor Lee também é um ser humano, e ele só está ali tentando ajudar nós mesmos.
– Obrigada pela aula professor! Eu disse por impulso para o mais velho e o mesmo agradeceu com um sorriso singelo, logo após o ato, Ane saiu da sala, e por uma fracção de segundos a garota cai no chão, mas algo não lhe cheirava bem, seu nariz sangrava fazendo a garota levar sua mão ao mesmo e limpa-lo, algumas risadas de fundo eram capazes de se ouvir, ela se levantou e olhou pra trás dando de cara com o Finn, ela não tinha mais a mesma visão dele, de quando o viu a minutos atrás, quando a raiva sobe a mesma esbraveja:
-Você está ficando maluco??! Quem pensa que é? A garota cruza os braços, típico dela. ‐Quem VOCÊ pensa que é pra gritar comigo assim? O Garoto dizia com desprezo e um toque de deboche, fazendo a garota revirar os olhos. -Você é um idiota! Ane empurra o garoto, e dá as costas pra ele indo embora, fazendo o mesmo esbravejar: -VOCÊ IRA SE ARREPENDER!

...
Era a hora da saída, mas algumas pessoas ainda estavam reunidas no pátio
A garota finalmente havia tomado iniciativa para falar com Joe, se aproximou do mesmo e o chamou:
-heh, Joe? A garota disse sem graça, e logo toda atenção da rodinha que ele estava foi voltada a ela, e logo todos começaram a rir, causando angústia em Anellim, ela fechava os punhos com força enquanto os encarava, ela estava se controlando para não liberar seus poderes e causar mais desastres como os que ela fazia em suas escolas anteriores

Flashback.

A gritaria e pessoas correndo, era oque estava acontecendo na escola de Anellim, graças a ela, a garota usava sua mente e passava destroçando tudo que via pela frente, até que por uma fração de segundos tudo ficou escuro, e ela só conseguia escutar a gritaria a atormentando.. 

Flashback OF 


Todos na volta de Ane a observavam confusos, até que a garota sai de seu transe 

-Me desculpe.. Eu vou embora. A garota disse cabisbaixa, e em seguida escuta uma voz aveludada e feminina: -Esquisitona. 

Ane começa a correr sem parar até chegar em sua casa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...