História Little Game - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf, The Originals, The Vampire Diaries
Visualizações 16
Palavras 1.442
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Capítulo 3


-O que houve? -Damon perguntou se aproximando e viu que Klaus estava sozinho. -Eles não deviam ter te deixado sozinho... Quer uma carona?

Klaus: -Sei disso, e... Não obrigado, posso me virar, ligarei para meu irmão.

-Não seja tão orgulhoso, Klaus.- Damon falou ficando atrás de Klaus. -Aceite.

Klaus: -Não precisa!

-Mas é perigoso... -Damon falou colocando as mãos na cintura de Klaus. -Alguém poderia se aproveitar de você. -Puxou Klaus contra sua pélvis.

Klaus: -Mesmo?

-Sim, poderiam lhe assediar e passar a mão por você... -Damon falou colocando a mão dentro da calça de Klaus e apertando o membro dele por cima da cueca.

Klaus: -E se eu disser que gosto?

-Isso incentivaria mais. -Damon falou começando a entrar na cueca de Klaus.

-E que eu sei me defender? -Klaus falou se soltando e colocando sua mão na garganta de Damon.

-Eu também. -Damon falou puxando a mão de Klaus e lhe dando uma rasteira, mas segurando-o antes que caisse no chão e lhe deitando devagar.

Damon segurou os pulsos de Klaus acima da cabeça dele e ficou entre suas pernas, ambos estavam com as respiraçôes pesadas e se encaravam, na opinião de Damon era ótimo ter Klaus assim, tão perto dele, estava admirando o rosto do outro, Klaus também estava admirando Damon, mas, ao mesmo tempo, preparava o próximo golpe, e também, para Klaus, Damon era belo e interessante, queria ficar mais perto dele, mas sabia que não devia.

Damon riu e foi aproximando seu rosto do de Klaus, e, antes que Klaus desse o próximo golpe, Damon foi puxado brutalmente, Klaus olhou assustado e viu Elijah derrubando Damon, enquanto Rebekah corria até si preocupada.

Rebekah: -Klaus!

Klaus: -Elijah!

Damon deu uma rasteira em Elijah, que, antes de cair, colocou a mão no chão, impedindo sua queda e se empurrou para cima, ficando de pé rapidamente e acertando uma joelhada em Damon, que se afastou sem ar mas logo recuperou, antes que qualquer um dos dois dessem o próximo golpe, Klaus ficou entre eles.

Klaus: -Podem parar com a putaria?!!

Damon: -Quem são vocês?

Elijah: -Quem é você?!

Antes que brigassem novamente Klaus falou:

-Damon, esse é meu irmão mais velho Elijah e minha irmã mais nova Rebekah, Elijah e Rebekah esse é Damon, meu... Um conhecido.

Elijah: -E por quê ele estava te atacando?!

Damon: -O quê?

Klaus: .-Ele não estava me atacando!

Elijah: -Então por que ele te trouxe para a parte mais afastada e vazia do estacionamento, coincidentemente sem câmeras e te derrubou?!

Klaus: -Eh... Eu posso explicar isso.

Rebekah: -Então comece!

Klaus: -Eu estava ajudando ele com as compras.

Rebekah: -E como vocês foram parar no chão, com ele em cima de você e prendendo seus braços?!

Damon: -Preliminares, talvez?

-Meu irmão não faria isso em público! -Rebekah falou olhando para Damon.

Klaus: -Então... Quer dizer, estavamos ensinando golpes um ao outro, mostrei a ele o golpe que te ensinei e ele me mostrou o golpe que....

Damon: -Ensinei ao meu irmão mais novo.

Elijah: -E por que não foi com o Kol e o Kai?

Klaus: -Ele sairam e me deixaram aqui, Damon me ofereceu carona, eu recusei, ele disse que era perigoso e começamos a mostrar golpes um ao outro.

Elijah e Rebekah olharam desconfiados para Damon e Klaus, então falaram:

-Pedimos desculpas.

Damon: -Não se preocupem tanto com isso.

Klaus: -Elijah, Damon, vocês estão bem?

Elijah e Damon: -Claro que sim, eu não me machucaria só com isso!

E trocaram olhares de desafio.

Klaus: -Desculpe por isso Damon.

Damon sorriu galanteador e Elijah falou:

-Convide ele para jantar Klaus.

-Ei, você pode fazer isso! -Klaus falou e Elijah lhe encarou.- Mas...

-Damon, gostaria de jantar com a gente amanhã à noite? É para pedirmos desculpas apropriadamente. -Rebekah falou e foi encarada  por seus irmãos. -Quê? Vocês estavam enrolando.

Damon segurou a vontade de rir e falou:

-Eu adoraria, que horas posso aparecer?

Rebekah: -As 8:00, Klaus pode lhe passar o endereço.

Klaus: -Rebekah!

-Klaus pode ir me buscar, afinal ele sabe meu endereço. -Damon falou e piscou para Klaus.

Rebekah: -Tudo decidido então! Vamos rapazes!

Então Elijah, Klaus e Rebekah, entraram no carro e Elijah os levou para casa.

Damon sorriu, achava, achava não, sabia, que Klaus estava tentando evitá-lo, e, bem, faria com que isso não fosse possível.

-----------------------------------BÔNUS_HORAS ANTES------------------------------------------

"Klaus tirou quase toda a sua roupa, ficando apenas de cueca box que continha um pequeno pompom formando o rabo de um coelho, Klaus colocou duas orelhas de coelho, se virou para Damon e falou:

-Vem pegar o coelhinho, Damon!"

Damon acordou ofegante e com uma puta ereção, "Merda", pensou e se levantou indo em direção ao banheiro, igando o chuveiro em uma água muito gelada, as lembranças do sonho voltavam como cachoeira e Damon só conseguiu sair do banho depois de um bom tempo, se trocou e desceu para comer, encontrando Derek e Stefan saboreando o café da manhã.

Stefan: -Por que demorou tanto no banho?

Damon: -Tava com ereção.

Stefan: -Não precisava saber desse detalhe.

Derek: -Humm... *sorriso malicioso* Se masturbou pensando no tal K?

Damon: -Sonhei com ele, mas... não, não me masturbei.

Derek: -Sonhou com ele?! E você repetiu a dose?!!

Damon: -Não, mas pretendo.

Stefan: -Mas não tinha sido "apenas de uma noite"?

Damon: -E foi.

Derek: -Mas isso se repete.

Stefan: -Não, não se repete, por isso se chama "de uma noite".

Damon: -O que quer dizer com isso, Stefan?

Stefan: -Pra você não se apaixonar.

Damon: -Eu não estou apaixonado, e não vou me apaixonar.

Stefan: -Em um ou dois meses perguntarei isso de novo, veremos qual será a sua resposta.

Damon bufou e Stefan pediu:

-Pode ir no mercado hoje? Tenho um compromisso.

Damon: -Ok, ok.

Derek: -Vou com você?

Damon: -Não precisa.

Derek: -Então tá.

O café continuou normalmente, mas uma coisa tinha deixado Derek curioso:

Derek: -Qual o seu compromisso Stefan?

Damon: -Ele tem um encontro!

Derek: -Quer dizer que ele vai sair da seca?!

Stefan: -Quietos!!

Derek: -Ui, nervosinho.

Damon: -É a pressão.

Derek: -Do quê?

Damon: -Sei lá, talvez do encontro ou da idade.

Stefan: -Você é mais velho que eu.

Damon: -E mais gostoso também.

Stefan bufou e seus irmãos começaram a rir, mas talvez Damon estivesse certo.

<><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><>

Kai entrou no carro e falou:

-Vamos logo Kol!

Kol: -Acho melhor esperarmos o Klaus.

-Klaus não vai voltar tão cedo. -Kai falou com um riso safado.

Kol: -Klaus não faria isso em público.

Kai: -Dentro do carro não é público, e, talvez, Damon leve-o para algum lugar.

Kol provavelmente iria se arrepender disso mas, depois de mais alguns segundos conversando com Kol, deu a partida no carro e levou Kai pra casa, depois foi para sua.

-Onde está o Klaus? -Elijah perguntou pouco depois que Kol entrou.

Kol: -Deixei ele no estacionamento.

Rebekah: -Você o quê?

Kol: -Não grite!

Elijah e Rebekah: -Você deixou o nosso irmão sozinho?! Sem ter como voltar?!

Kol: -Eu não dexei ele sozinho, deixei ele com um cara lá, e depois,o Klaus já é bem grandinho e sabe o que fazer nessas situações, e acho que ele...

Era bem provável que Elijah e Rebekah não tivesssem escutado tudo, pois ambos já haviam pegue as chaves e corrido em direção ao carro, Elijah estava dirigindo um pouco rápido demais, os dois sabiam que estavam sendo um pouco superprotetores, mas era por um  bom motivo, quando parou o carro, Elijah viu que alguém estava prendendo Klaus no chão e saiu do carro rapidamente para proteger o seu irmão.

----------------------------------------------------------------------------------------

-Deveria ter ido com o Kol e com o Kai! -Elijah falou quando entraram em casa.

Klaus: -Como eu já disse, eles já tinham ido embora e outra, eu sei me defender.

Rebekah: -Bem, pelo menos era uma delicia.

Elijah: -Bekah, você não tinha namorado?

Klaus: -Não significa que ela não possa achar outros rapazes bonitos.

-Eai, Klaus! Teve uma foda gostosa?!

Klaus: -Infelizmente não, nossos irmãos chegaram na hora.

Kol: -Que pena, ele até que era bem bonito.

Rebekah: -E vem jantar aqui amanhã à noite.

Kol: -Quê? Por quê?

Klaus: -Desculpas pelo Elijah ter batido nele.

Kol: -Uau! #Exemplodeempatafoda.

Klaus: -Pois é.

Kol: -Vou chamar o Kai também.

Elijah: -Vocês dois e o Kai, fecham qualquer bar.

Kol: -Ei! Isso é...

Klaus: -Verdade.

Kol: -Pois é.

Kol riu e logo foi acomanhado por seus irmãos.

Klaus: -O Damon, o Kai e o novo namorado da Rebekah...

Kol: -E a gente ainda não decidiu o que fazer!

Rebekah: -Vocês não vão fazer nada!

Klaus: -O quê?!

Kol: -Eles tem que comer alguma coisa não é?

Rebekah virou o rosto e seus irmãos trocaram um sorriso cúmplice.


Notas Finais


desculpem os erros por favor.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...