História Little Mix and CNCO: Vida Brasileira - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias CNCO, Little Mix
Personagens Christopher Vélez, Erick Brian Colón, Jade Thirlwall, Jesy Nelson, Joel Pimentel, Leigh-Anne Pinnock, Perrie Edwards, Richard Camacho, Zabdiel De Jesús
Tags Cnco, Little Mix
Visualizações 227
Palavras 2.181
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá leitores(as)! 🖤
Finalmente o final de semana chegou e com ele um capítulo bem grande, bom é assim que queremos fazer essa temporada... com capítulos grandes! 💖
Ficamos muito felizes com todo o apoio de vocês e agradeço muito por me acompanharem até aqui, agora em parceria com uma pessoa maravilhosa, né Rafa? 😹😹😹
💥 Bom, deixarei algumas fics da Rafa nas notas finais de CNCO! 🎊
OBS: São ótimas, DEMAIS! ❤

Boa leitura! ❤❤❤

Capítulo 2 - A Festa, a Fã e o Plano!


Fanfic / Fanfiction Little Mix and CNCO: Vida Brasileira - Capítulo 2 - A Festa, a Fã e o Plano!

Jesy on.


É bem complicada a situação de adolescentes, graças a Deus que eu já passei dessa fase de querer descobrir as coisas da vida, só o Erick que nunca saiu da adolescência mesmo… continua a mesma criança, que eu amo. Enquanto isso eu estava tentando conversar com a Katherine.


Katherine: Sério, eu odeio minha mãe… impressionante como você minha madrinha, me entende muito melhor. -disse irritada bufando deitada em sua cama.

Jesy: Kath, não fala assim… a Perrie te carregou nove meses na barriga e cuidou de você muito bem até hoje, ela só está preocupada com você… ela engravidou muito cedo de você e tem medo de que isso aconteça contigo.

Katherine: Preocupada nada, ela me odeia mais do que tudo nesse mundo.

Jesy: Katherine, larga de ser essa adolescente rebelde porque não combina com você, já não basta a Val… sério, seja a garota que você sempre foi, estudiosa, dedicada e o principal de tudo isso… seja você!

Katherine: E o que eu faço em relação ao babaca do Enzo? -disse olhando para Jesy.

Jesy: Se você ama ele de verdade a vida vai te mostrar, enquanto isso pense mais em você.

Katherine: Não sei qual o problema de eu poder ter um namorado…

Jesy: A questão não é ser um problema, mas chegar ao ponto de fazer sexo no quintal? Ta de brincadeira né garota… -disse rindo.

Katherine: Não tem graça, a vida é uma só e temos que fazer o que queremos.

Jesy: Se fosse assim eu tinha enforcado o Erick na primeira vez que conheci ele anos atrás. -disse fazendo Katherine sorrir.

Katherine: Não quero nem ver como meu pai vai reagir, eu sou uma completa idiota. -disse indo abraçar Jesy.

Jesy: Você não é uma idiota, você é maravilhosa… -disse abraçando a garota.

Katherine: Você sempre fala isso. -ironizou.

Jesy: É porque realmente eu sou maravilhosa, e você também! -disse animando Katherine.


Jesy off.


Enzo on.


Após Jade sair do quarto eu fico refletindo sobre a desgraça que é minha vida, de repente vejo alguém entrar no meu quarto.


Zabdiel: Você é maluco? -disse irritado.

Enzo: Se você veio aqui me dar sermão ou algo do tipo pode se retirar.

Zabdiel: Moleque, preste bem atenção, eu não sou seu pai para dar sermão mas você tem que entender uma coisa… fica longe da minha filha! -disse um pouco alterado.

Enzo: Calma sogrinho, não fizemos nada demais. -disse na intenção de irritar Zabdiel.

Zabdiel: Sobrinho?! Garoto você tá querendo morrer! -disse alto.

Leigh-Anne: Já chega de showzinho, Zabdiel! -disse aparecendo no quarto.

Zabdiel: Ah, agora que a mãe irresponsável chega da festa? -disse muito irritado.

Leigh-Anne: Zabdiel, o filho é meu e você cala essa sua boca, eu não sou a Jesy mas posso muito bem dar um tapa na sua cara! -disse muito irritada com Zabdiel, e ele saiu do quarto bufando.

Enzo: Mãe? -disse receoso.

Leigh-Anne: Chris, entra. -disse e Chris entrou e logo fechou a porta.

Chris: Enzo?

Enzo: Oi?

Chris: Eu já tive sua idade e… -disse dando gargalhadas.

Leigh-Anne: Qual a graça, Christopher? -disse séria franzindo o cenho de braços cruzados.

Chris: É que meu filho é muito eu, sério… -disse rindo muito alto.

Leigh-Anne: Chris, faça o seu papel de pai. -disse entediada.

Chris: Que papel de pai o que, vem cá filhão… segue mesmo os exemplos do pai. -disse indo até Enzo dando um abraço de lado nele, fazendo o garoto rir.

Leigh-Anne: Não acredito nisso! -disse incrédula.

Chris: Mas diz aí filho, ela era gostosa?

Enzo: Então pai, pior que s… -disse e Leigh-Anne repreendeu logo.

Leigh-Anne: Ei! Chega! Meu Deus, eu preciso beber uma vodka porque eu não to acreditando nessa cena! -disse saindo do quarto revirando os olhos, fazendo Chris e Enzo gargalhar.


Enzo off.


Dia seguinte…


09h da manhã.


Arthur on.


Sempre fui um garoto muito quieto na minha e geralmente não socializo muito com os mais velhos, sou muito próximo do meu pai porque ele me entende perfeitamente. Minha mãe é ótima para dar conselhos, mas não é muito confortável contar coisas íntimas para ela. Eu costumo vir aqui pro jardim de nossa casa, digo mansão. É um jardim muito grande e tem uma espécie de labirinto de arbustos que nos leva ao centro do jardim, onde tem algumas estátuas decoradas com flores muito bonitas, é um lugar de paz e muito relaxamento. Na escola eu sou um pouco desajeitado, consigo interagir mais com as garotas do que com os meninos, acho muito ridículo as pessoas pensarem coisas de mim que não são verdade, por que um menino não pode ser amigo de uma menina? O dia que isso definir sexualidade pode me avisar.


Ana Júlia: Tá voando sobre seus pensamentos de novo, Arthur? -disse se sentando no lado do garoto.

Arthur: Que susto Júlia, nem te vi. -disse arregalando os olhos.

Ana Júlia: Para com essa reação, até parece que sou uma aberração. -disse rindo muito amigável.

Arthur: Sabe Jú, às vezes eu penso nas nossas vidas e queria que o futuro me levasse a algum lugar.

Ana Júlia: Como assim?

Arthur: Tipo, eu queria tanto descobrir o sentido da vida sabe… não acredito que nascemos por acaso, deve ter um motivo.

Ana Júlia: Você deveria ir atrás do que realmente gosta, se é sua vontade corre atrás dos seus sonhos.

Arthur: Eu sou inseguro demais. -disse olhando para a irmã enchendo os olhos de água.

Ana Júlia: Não faz essa carinha, vem cá meu maninho. -disse abraçando ele de lado.

Arthur: Sério, muito obrigado por ser assim. -disse a olhando.

Ana Júlia: Assim como? -disse toda meiga.

Arthur: Uma irmã tão fofa e gentil, quando formos adultos eu não vou querer me separar de você.

Ana Júlia: Ai meu Deus, você é tão fofo que quero morder você, criaturinha linda! -disse apertando as bochechas dele.

Arthur: Para, assim você me deixa sem graça! -disse gargalhando com a irmã.


De repente…


Valentina: Ai que inferno! -gritou se aproximando.

Ana Júlia: Credo que susto! -disse colocando a mão no coração.

Erick: Val, eu já disse que não! -disse estressado se aproximando logo em seguida.

Valentina: Pai, qual o problema? Que ódio! -disse revirando os olhos.

Erick: Você não vai ir na festa da Lê sozinha, muito menos com esse vestido preto curto! -repreendeu vendo as coxas da filha de fora.

Valentina: Mas a filha da Lê, a Isabelle minha amiga vai ta lá!

Erick: Não me interessa, pode estar a Angelina Jolie, eu não ligo!


Eu e a Júlia observávamos tudo, sem nem querer se intrometer…


Jesy: Que gritaria é essa? Virou maluco Erick? -disse se aproximando.

Erick: Maluca é você Jesy, só porque você gritou ontem aqui no jardim eu não posso gritar?

Valentina: Mãe, o pai não deixa eu ir na festa da Lê só porque eu to com esse vestido curto! -disse de braços cruzados.

Jesy: Que bobagem Erick, a menina usa o que quiser ué!

Erick: Filha minha não!

Jesy: Até parece que foi você quem carregou nove meses na barriga!

Erick: Se não fosse por mim ela não teria entrado na sua barriga!

Jesy: Ai Erick, para de ser chato porque até eu quero ir na festa agora, a Lê sempre foi minha melhor amiga e tá na hora de nos reencontrar… nós não nos vemos faz quatro anos e quero ver como a Isa tá!

Erick: Você vai ir nada Jesy, não sem mim!

Jesy: Você vai Erick, mas eu vou de vestido bem curto também! -disse entrando pra dentro de casa.

Erick: Nada disso, para de querer piranhar! -disse indo atrás.

Jesy: Piranhar o [email protected], não sou p*ta! -gritou já dentro de casa.

Ana Júlia: O que foi isso? -disse rindo.

Arthur: Sei lá. -disse gargalhando.

Valentina: Meus pais são tão infantis! -disse ajustando o vestido que era muito curto.


Arthur off.


Perrie on.

Naquela manhã o clima em nossa casa estava um caos! Era Erick e Jesy discutindo de um lado e Valentina birrando com o pai de outro, fora minha filha Kath que resolveu ser revoltada de uma hora para outra. Deus me dê paciência! 


Zabdiel: Minha sereia vamos ou não na festa da Lê? -disse após entrar no quarto.

Perrie: Eu até tava querendo ir, porém não quero deixar Katherine sozinha... 

Zabdiel: Nem me fale nessa garota! Acredita que ontem ela me expulsou do quarto? -disse indignado.

Perrie: Parece que de uma hora para outra ela resolveu nos odiar, justo nós que fizemos tanto por ela... -disse abraçando o marido já lacrimejando.

Zabdiel: Meu amor não fique assim... Vamos recuperar a confiança de nossa filha custe o que custar!

Perrie: Promete?

Zabdiel: Prometo.


Fiquei mais um pouco conversando com Zab mas logo descemos para a sala, onde todos se encontravam arrumados.


Leigh-Anne: Todos vão na festa? -perguntou abraçada em Chris.

Erick: Vou pra não deixar essas malucas soltas por aí! -ele disse se referindo a esposa e a filha.

Jesy: Garoto tu ainda não me viu maluca! -disse sem paciência.

Jade: Ah já deu vocês dois, chega de brigas pelo amor! -disse bufando.

Joel: Minha mulher tem toda razão, vocês estão brigando desde às 07h00 da manhã!

Perrie: Fato! -disse se apoiando em Zab que olhava mortalmente para Chris.

Erick: Já decidiram como vamos? 

Jesy: De carro lógico.

Jade: Cada um vai no seu carro.

Leigh-Anne: Ótimo! -disse puxando o marido para a garagem.

Enzo: Esperem por mim, meus coroas! -disse descendo as escadas com seu IPhone nas mãos.

Leigh-Anne: Esqueceu que tá de castigo rapaz? -perguntou franzindo o cenho.

Enzo: Meu pai me tirou do castigo... -disse olhando para Chris que na mesma hora fez cara de paisagem.

Leigh: Vai ter troco, Vélez! -disse irritada.

Katherine: Também vou! -disse descendo toda arrumada, Enzo quase babou.

Zabdiel: Nada disso, não te quero no mesmo recinto que esse outro! -disse sério.

Joel: Pelo amor de Deus, vamos ou não nessa droga de festa? Vocês já estão me deixando tonto!

Erick: Calma Joel, tá irritado? A Jade não te deu hoje? -disse gargalhando.

Jade: Calado seu idiota! -revirou os olhos.

Valentina: Pai, deixa se ser inconveniente!

Jesy: Concordo filha.


Depois de inúmeras brigas enfim conseguimos seguir para a festa de Lê. 


Perrie off.


Leigh-Anne on.


Chegamos na casa, quero dizer mansão da Letícia e Stefan e fomos recebidos educadamente por sua filha Isabelle, uma bela garota.


Isa: Entrem, meus pais os aguardam! -disse sorridente e logo foi abraçar Val.

Katherine: Casa bonita. -comentou admirada.

Perrie: É sim. 

Katherine: Não falei com a senhora. -sorriu indo para onde Jesy estava.

Perrie: Ódio! -disse tentando não gritar.

Lê: Olá meu povo! -disse surgindo na sala.

Jesy: Amiga que saudades! -disse abraçando a mesma.

Stefan: Iai caras, quanto tempo! Pensei que tinham nos esquecido! -disse cumprimentando os garotos.

Chris: Vocês sumiram.

Stefan: Rapaz foi a falta de tempo. Andei muito ocupado e a Lê igualmente!

Joel: A Isa tá grande! 

Stefan: E danada, ontem peguei ela de namorico na porta da escola.

Erick: Valentina tá pra me deixar doido, ainda mais com o apoio da mãe.

Chris: Vocês também só querem prender os meninos, deixem eles viverem intensamente!

Zabdiel: Fala isso porque seu filho é homem! Inclusive quero ele bem longe da Kath, já basta a merda que fizeram ontem!

Joel: Meus filhos só me enchem de orgulho! -disse super contente.


Leigh-Anne off.


Katherine on.


Não sei porque mais quando Val encontra com essa tal de Isa ela me deixa de lado, detesto isso! 


Enzo: Pensando em mim, gata? -disse se aproximando.

Katherine: Nem vem, tu me causou altos problemas.

Enzo: Tudo culpa da fofoqueira da Jesy...

Katherine: Respeita minha madrinha, babaca. -disse saindo de perto daquele encosto.

Lê: Filha atende a porta pra mãe, por favor! -pediu para Isa.


A festa estava um saco, verdadeiro encontro de velhos.


Isa: Lia! -disse abraçando uma menina loira que acabou de passar pela porta.

Lia: AI MEU DEUS! -a loira chamada "Lia" gritou, assustando todo mundo.

Valentina: Deus! Ajudem aqui, a menina desmaiou... -disse chamando os tios.

Erick: Ela tá gelada... -disse colocando a mesma deitada no sofá.

Jesy: Quem é ela? 

Lê: É uma coleguinha da Isa... -respondeu preocupada.

Chris: Dêem um pouco de caipirinha pra ela, já ressuscita! -disse como se fosse a coisa mais natural do mundo.

Isa: Tio, ela é de menor. -explicou revirando os olhos e dando leve tapinhas no rosto da amiga para tentar acordá-la.

Enzo: Essa bela adormecida é bem gatinha... -mordeu os lábios.

Leigh-Anne: Larga de ser assim! -disse beliscando o filho de leve.

Perrie: Pessoal, ela tá acordando. -avisou meio receosa.

Joel: Mocinha, tá tudo bem? -disse abaixando para ficar na altura do sofá.

Lia: São vocês mesmo... -disse abrindo um sorriso e lacrimejando.

Stefan: Por que tá chorando Lia? 

Lia: Vocês são meus ídolos! -disse dando um abração surpresa em Jesy.

Jesy: Oh ela é uma fã nossa... -disse sorrindo amigável.

Isa: Lia por que você não me falou que era fã de Little Mix e CNCO? -disse olhando para a amiga.

Lia: Eu lá ia saber que você era conhecida deles... Cara parece que morri e tô no céu! Amo tanto vocês!

Jade: Quanta fofura em pessoa meu pai! -disse abraçando a mesma.


Tá, aquela cena tava ridícula! Todos babando uma desconhecida.


Valentina: Isa agora só vai ficar de papinho com essa talzinha aí. -disse bufando e ficando ao lado de Katherine.

Katherine: É isso que dá trocar as amigas.

Valentina: Tá insinuando o que?

Katherine: Desde a hora que chegamos é só Isa pra cá e Isa pra lá! -disse imitando Val.

Valentina: Ela tá com ciúmes... -brincou.

Katherine: Não torra minha paciência.

Lia: Mas tô sentindo falta de dois integrantes das bandas.

Zabdiel: Do Rich e da Damaris? -perguntou e Lia assentiu.

Chris: Lindinha eles estão pra Vegas, mas creio que você terá outras oportunidades para tirar fotos com eles também.

Lê: Verdade, agora você faz parte do grupo.

Lia: Ah é muita emoção pro meu pobre coração.

Valentina: Precisamos urgentemente nos livrar dessa Lia. -cochichou no ouvido de Katherine.

Katherine: Tem algo em mente?

Valentina: Sempre querida. -sorriu parecendo ter bolado alguma coisa.






Notas Finais


🖤 Fanfics da Rafa:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/ensina-me-13468425

https://www.spiritfanfiction.com/historia/imagine-cnco-baby-13814919

https://www.spiritfanfiction.com/historia/quisiera-13194398

Por favor, se puderem dar uma passadinha lá ficamos agradecidas! 💖
Esperamos que tenham gostado e até o próximo capítulo, meu povo! 🖤
Bye! 😙😙😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...