1. Spirit Fanfics >
  2. Little things >
  3. Three

História Little things - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


opa opa capa nova capítulo novo
espero que gostem~

Capítulo 3 - Three


Finalmente o fim de semana chegara para Mark. Ele não estudava toda hora como o irmão fazia e o recomendava, então sentia que estava apenas sobrevivendo à semana de provas que tinha começado havia apenas dois dias. Era bom enfim ter algum tempo para respirar sem pensar em simplesmente desistir e jogar tudo para o ar. “Qualquer dia desses eu pego meu porquinho e saio para me aventurar por aí, sem rumo” - Comentou com o irmão, quando chegou em casa totalmente exausto na sexta.

Exausto e sem Bolinho Feliz, o que o frustrou um pouquinho mais. Esperava comprar mais um do doce quando voltava, mas, por alguma razão, o garoto do sorriso bonito e destino incerto não apareceu mais desde o outro dia. Na verdade, Mark entendia o por quê, ele apenas vendia onde e o quanto conseguia, contudo isso não o impedia de querer mais bolo e mais poeminhas. Quando Taeyong abrira o pacote dele, o poeminha de dentro era sobre animais, e vinha acompanhado de outro desenhinho infantil de um urso e uma abelha. Mark achou tão adorável que ficou se perguntando se o garoto na verdade queria ser um escritor de histórias infantis.

Sábado era dia de faxina e organização no pequeno recanto dos dois Lee. Tinham uma lista de tarefas a serem realizadas, e toda semana eles alternavam; nesse dia em particular, contra a vontade do mais novo, era vez dele ir ao mercado comprar o essencial que faltava. Ele detestava quando era sua vez de fazer isso, pois de sábado, por alguma razão que ele não entendia, as linhas de ônibus e metrô eram completamente lotadas; era horrível andar com sacolas pesadas sendo apertado por muitas pessoas. Mark infelizmente não tinha opção, só o restava sonhar com um grande carro automático, com um porta-malas, bancos estofados em que poderia deitar confortavelmente, um ar-condicionado potente e, claro, um porta-copos.

Entretanto, nesse dia em particular, Mark se sentiu sortudo até mesmo quando pisou dentro do metrô mais lotado da cidade que ia em direção ao centro. Isso porque viu logo o garoto do sorriso bonito e mechinhas particularmente coloridas sentado em um dos bancos, segurando em seu colo a bolsinha do outro dia, quase adormecido com a cabeça apoiada no vidro de trás. Quais eram as chances de o encontrar, numa cidade de quase 10 milhões de habitantes, num ponto completamente diferente da única vez que se viram?

Apesar da surpresa, limitou sua expressão a um erguer rápido de sobrancelhas, foi na direção do outro, e com um pouco de dificuldade, conseguiu ficar de frente com ele, se apoiando na alça do teto do veículo. Sem querer ser assustador mas já sendo, passou a observá-lo, fazendo milhões de análises como sempre, torcendo para que não abrisse os olhos de repente e o pegasse no flagra.

Qual seu nome, provavelmente? Tem cara de ser um Kim. Um Yongbok. Dong-sun. Ji-sung? Todo mundo se chama Ji-sung aqui. Chang-min?? Na verdade, ninguém da sua família consegue apoiá-lo financeiramente no seu sonho, mas todos sonham no dia que ele publique o livro de poemas; o mais do contra é a vó, que acha muito bestinha e que não valeria nem algumas moedas. Ela é a pessoa mais bruta da família, mas apesar disso, ele gosta dela. Deve ser tão cabeça dura quanto. Ele deve ter vários amigos, mas não mostra pra ninguém seus poemas, porque tem medo que eles vão ser rejeitados - mas vender doces na rua com textos autorais e desenhos infantis não é arriscado demais? A cor favorita dele é branco, sua estação do ano preferida é verão, deve gostar da natureza e do meio ambiente, por isso escreve muito sobre isso. Nossa, certeza que é vegano.

-Sabe, se vai olhar tanto, podia tirar uma foto que dura mais. Eu não me incomodo. Só me avise antes, por favor, pelo menos eu faço uma cara mais apresentável. - O garoto pronunciou subitamente, ainda de olhos fechados. 

Mark levou um susto tão grande e ficou tão constrangido que sentiu até mesmo seu dedo do pé esquentar de vergonha. Ele tentou virar de costas e disfarçar, mas estava muito apertado, então o máximo que conseguiu foi receber cara feia de alguns desconhecidos. Teve de se contentar em apenas mordeu a bochecha. Meu Deus, Lee, como você é burro! Mas como ele me viu?

-Ei! - O outro finalmente abriu os olhos completamente, abrindo outro grande sorriso. Mark jurou que seu rosto tinha queimado ainda mais. - Eu te conheço de algum lugar… Claro! Aquele moleque que tava sentado do lado daquela senhora no ônibus na quarta.

-Moleque?! Eu provavelmente sou mais velho que você, se orienta. - Respondeu revoltado, sem notar que ainda estava numa má posição.

-Jura? - Usou um tom debochado. - Eu sou de 2000.

-E eu de 99. - Mark sorriu vitorioso. - Ganhei. - Não acredito que a primeira informação que eu descubro dele é essa, desse jeito. Ele conseguia ouvir seus xingamentos dentro da própria cabeça.

-Ok, me rendo, hyung. - Falou a última palavra ironicamente. - Mas enfim. - Seu tom rapidamente voltou ao normal junto do sorriso gentil anterior, o que surpreendeu Mark um pouco. - O que faz aqui?

-Aqui mesmo estou conversando com você. - O mais novo revirou os olhos. - Mas pretendo ir ao mercado. Você?

-Eu também, na verdade. Preciso de mais chocolate e outras coisas pros Bolinhos Felizes. Eles são perfeitos, mas infelizmente a magia deles se restringe ao sabor, e não a como são feitos.

-Uma pena realmente, eu pretendia conseguir mais alguns.

-Assim você me deixa feliz, de verdade. Podíamos ir juntos, que acha?

-Eu acho que você está se arriscando muito para uma criança que acabou de encontrar algum estranho no metrô. - Mark sorriu desafiador, mas na verdade, estava um tanto nervoso com a astúcia dele.

-Eu acho que estou me arriscando muito para uma criança que encontrou um estranho lhe encarando enquanto dormia. - Sorriu mais abertamente. - Talvez eu goste de alguns riscos na vida. - Droga, será que meu rosto pode parar de queimar tanto?

-Você tem um ponto aí. - Respirou fundo, olhando para seu relógio no celular. - Devemos estar chegando à próxima estação. Por mim ok.

-Aliás, qual seu nome mesmo?


Notas Finais


decidido guys, terça e quinta é dia de postagem. até semana que vem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...