História Lives And Deaths - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 881
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - 8-Olhos... (1S)



      Depois de anotar algumas coisas por uns minutos, começo a ler mentalmente o que havia anotado.

      -Então, como foi?

      -Bom, tudo faz sentido, até... - começo a ler, então mostro pra ela uma parte. -...aqui.

      Ela começa a ler o tal diálogo que eu tinha anotado.

  

      "-quєm é vσcê?...

      -mєu nσmє é Áríα...

      -Áríα? cєrtσ... cσmσ vσcê vєíσ αtє mєu quαrtσ?

      -vím fugíndσ αtrαvéѕ dє um fєíхє dє luz...

      -Como vσcê fєz íѕѕσ?

      -єu uѕєí pαrtє dσ mєu pσdєr quє αíndα rєѕtαvα єm mím...

      -єntєndí... pσr quє vσcê vєíσ αtє mím?

      -pσrquє ѕαвíα quє prєcíѕαvα cσntαr cσm vσcê...

      -pσr quє? α gєntє ѕє cσnhєcє?

      -nãσ... єu tє cσnhєçσ α muítσ tєmpσ, já quє єu fuí críαdα pαrα tє prσtєgєr...

      -σ quє vσcê é?

      -um αnjσ...

      -σndє єѕtãσ ѕuαѕ αѕαѕ?

      -fσrαm αrrαncαdαѕ...

      -pσr quє?

      -pσrquє, єѕѕє fσí mєu cαѕtígσ pσr nãσ tєr tє prσtєgídσ cσmσ dєvєríα...

      -quαndσ fσí íѕѕσ?

      -σntєm α nσítє...

      -σndє vσcê єѕtєvє єѕѕє tєmpσ tσdσ? dєѕdє σntєm pαrα hσjє...

      -єu єѕtαvα vαgαndσ pєlσ єѕpαçσ, tєntαndσ fugír...

      -αtє vσcê chєgαr αquí, nσ mєu quαrtσ?

      -ѕím...

      -quєm tє críσu?

      -єlє...

      -єlє quєm?

      -hαlphαѕ..."


...


      Depois de ler, percebo que ela estava tão confusa quanto eu.

      -Isso é... Muito estranho...

      -Nem me fala... Anjos? - suspiro. -Acho que isso tá fora do meu alcance de compreensão...

      -Espera... Ela foi castigada ontem a noite né? Se isso tudo que ela disse for verdade...

      -Foi, por que?

      -Porque, o que aconteceu com você ontem a noite que poderia ser julgado como falta de proteção?

      -A briga de ontem... - respondo sem pensar muito. -Então, tá me dizendo que você acredita nela?

      -Não... Quer dizer... Olha, eu só to tentando ver o lado dela... Não estou dizendo que mentira, mas também não acho que seja impossível de ter acontecido...

      -Eu achava que eu fosse o mentalmente pertubado aqui... - falo olhando pra ela, meio pensativo. -...mas se isso realmente aconteceu, acho que ela pode nos contar melhor não acha.

      Me ajoelho na frente da Ária, então estalo os dedos, tirando ela da hipnose. Logo quando ela abre os olhos, percebo que olha pra mim, mas logo depois para Moon. Achava que ela ia se levantar e apontar uma espada para a Moon de novo, então fico de pé, parando entre as duas.

      -Olha, tá tudo bem, tá? Ela não me machucar... Imagino que essa seja sua preocupação, não é? - falo tentando acalmar ela.

      Ela, confirma com a cabeça e se senta na cadeira de uma forma mais confortável, eu acho.

      -Você disse que, esse tal Halphas, te criou para que você pudesse me proteger. Por que?

      -Porque... Você é o herdeiro dele...

      -Herdeiro?! Quem ele é? Uma espécie de velho milionário com uma mansão perto de uma floresta?

      -Não, ele é um deus antigo que regula o bem e o mal desse universo.

      Fico surpreso, quase sem fala.

      -Acho que prefiro a ideia de um velho milionário...

      Moon, que estava calada atrás de mim, dá um soco em meu braço de leve, como se estivesse me repreendendo por estar brincando numa hora dessas.

      -Ária, certo? - ela fala com a Ária.

      -Sim.

      -Meu nome é Moon, eu...

      -Sim, eu sei quem você é. Ele sabe quem você realmente é, ou, foi...

      Moon fica confusa com o que ela tava falando, até eu tinha ficado.

      -Como assim? Do que você tá falando? Quem sabe quem ela é? Pera, que papo é esse de ele sabe também? Quem "ele" é? - tinha várias perguntas para fazer, afinal, estava confuso.

      -Acho que ele pode responder essa pergunta melhor que eu. - Ária fala ficando de pé.

      -Wow, pera aí. O que você vai fazer?

      -Vou levar a gente para onde ele está. - ela aparenta ficar tonta por um momento, então ela se apoia nas costas da cadeira e na mesa do computador.

      -Tem certeza que é uma boa ideia? - falo olhando o estado dela. -Você não me psrece estar em um bom estado para fazer esforço...

      -Eu to bem... - ela fala se erguendo. -Bom, vamos?

      Olho pra Moon, ela só confirma com a cabeça, então volto a olhar pra Ária.

      -É, pode ser... O que poderia dar errado?

      Ela, de alguma forma, nos teletransporta para a cobertura de um prédio alto.


...


      Tinha um homem lá, encapuzado, olhando pra cidade lá de cima.

      -Ora ora ora... - ele fala, ainda olhando lá pra baixo. -...se não é a anjinha distraída...

      Ária começa a cair no chão de novo, então Moon a ajuda a se sentar no chão, eu olho para aquele homem.

      -Você que é o Halphas? - falo, me aproximando lentamente.

      Ele parece surpreso em ouvir minha voz, então se vira rapidamente e olha para mim, me observando, então olha pra Ária.

      -Você se mostrou pra ele?! - ele começa a andar até ela. -Você não deveria ter feito isso... Ele ainda não está pronto.

      Ele teria passado por mim, se eu não tivesse segurado no braço dele, o impedindo de passar.

      -Pronto pro quê? - o olho nos olhos, então percebo que ele tinha ambos os olhos vermelhos, então acabo soltando o braço dele.

      -Para me conhecer e descobir sobre o outro mundo.

      -Outro mundo?

      -Sim, na verdade, outros mundos...

      -Existem mais de um? - falo, sentindo um calafrio e um arrepio na espinha.


(Continua...)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...