1. Spirit Fanfics >
  2. Living Together (Marotos) >
  3. A garota do café

História Living Together (Marotos) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oioioi


Sim, eu sei que demorei mas tá aí ksks

Vou tentar escrever mais. Apesar de tá atolada de matéria ksksk


Boa leitura 💖

Capítulo 3 - A garota do café



  


- você deixou cair isso. - disse a mulher entregando uma carteira e tirando Lilian de seus devaneios - bom... Tenha um bom dia




- oh.... Ãn... A-a senhorita também... - disse Lilian levemente corada. 



Lilian se dirigiu a mesa de suas amigas com o seu smoothie e o café de Marlene e Dorcas em mãos.


-o que aconteceu? - perguntou Marlene dando um gole em seu café


-nada eu só esbarrei com uma moça agora pouco...- Lilian diz tomando seu smoothie - sinto que já tinha visto-a em algum lugar...


-onde ela tá? -perguntou Dorcas olhando discretamente ao redor 


-ela deve tá no balcão eu acho....


- meu deus.... - disse a cacheada com cara de espanto em seguida Marlene teve a mesma expressão 


-o que foi? - Lilian disse levemente confusa


-você não sabe QUEM é ela? - disse Marlene enquanto Dorcas abria uma página do Google no celular


-ela é a Narcissa Black, Lilian. Uma das pessoas mais importantes da cidade.- disse Dorcas mostrando a foto de Narcissa em uma reportagem, ela estava muito bonita apesar de parecer levemente irritada.


-ah... Porque ela é tão importante? - perguntou Lilian, apesar de ver o jornal da cidade quase todo dia ela não se recorda se tinha visto Narcissa em alguma matéria


-LILIAN PELO AMOR DE DEUS?????- exclamou a loira


- porque ela é da família Black né Lilian, uma das famílias mais importantes de Hogsmead - disse Dorcas tomando o café


Lilian agora se recordara dos passeios de aula em campo da escola, quando ela era pequena e a escola fazia excursões para os alunos verem os pontos turísticos ou propriedades privadas da cidade para aprenderem sobre a história da cidade, como a cidade evoluiu, sistemas e serviços que são importantes e essas coisas. Em uma das aulas Lilian teve a oportunidade de visitar a Mansão Malfoy, uma das famílias mais importantes e ricas da cidade. Nessa aula tinha aprendido que antes da cidade ser fundada existia apenas Hogwarts, que na época era apenas um colégio interno nas colinas, e com o tempo surgiu um vilarejo próximo ao colégio. Ao decorrer dos tempos esse vilarejo foi crescendo ao ponto que seria preciso de um governo para administrar o que mais tarde seria a cidade de Hogsmead, e para esse feito as famílias mais antigas foram chamadas pois como mais antigos teriam mais experiência, propriedade e prioridade para decidir o futuro dos habitantes. Essas famílias foram denominadas socialmente como "puro-sangue" e a medida que a cidade ia crescendo eles iam ficando mais importantes e mais ricos. 

        O único problema dessas famílias eram suas ideologias, pois eles acreditam que apenas aqueles de linhagem mais pura merecem o poder e faziam alianças e acordos de casamento para manter sua "pureza". E aqueles que pensavam diferente eram expulsos de sua família. Hoje em dia o governo é composto por pessoas de linhagens diferentes, mas algumas famílias puro-sangue ainda tem um contato muito grande com o governo mesmo que não atue nele.


- bom, mudando de assunto, quando vocês duas vão voltar pra faculdade? - perguntou Dorcas as duas amigas


- eu não sei ao certo, tô vendo com meus pais porque tô pensando em me mudar pra mais perto da faculdade pra voltar com tudo. Enquanto isso não acontece vou deixar o curso trancado e curtir um pouco sabe? Só se vive uma vez.


- sei... E você Lily? Vai desistir do seu curso de enfermagem?


Lilian quando fez 19 anos já tinha começado o projeto da Evans house e no mesmo ano tinha passado em enfermagem. Lilian disse para seus pais que teve a ideia do projeto para ganhar dinheiro enquanto estudava sem se matar de trabalhar em meio período no meio da faculdade. A realidade é que teve a ideia depois que Severus saiu da sua casa aos dezessete, pois mesmo estava em um apartamento no qual não tinha a melhor qualidade e cobrava um preço muito alto. Conhecendo o amigo que tem sabia que o orgulho dele não a deixaria ajudá-lo. Por isso Lilian disse a todos que criou o projeto da Evans house pra seguir um antigo sonho: estudar fora por um tempo.  

   Todos a quem contou apoiaram e a desejaram sucesso em seus planos, até Petúnia que sempre foi relutante com a ideia a apoia. Mas no fundo, quando Lilian se olhara no espelho, no silêncio mais profundo de uma madrugada de verão, ela se questionou "será que esse é realmente meu sonho?" e até Lilian realmente descobrir qual é as coisas vão continuar do jeito que estão. Até porque ela já está muito perto


-bom, eu acho que vou deixar a faculdade trancada por um tempo e se tudo der certo vou estudar fora por um tempo. Sabe, aprender outro idioma é sempre bom...


- É verdade - disse Dorcas - VIU Marlene, a Lilian APESAR de não estar na faculdade tá fazendo alguma coisa da vida.


- tá bom, tá bom. - dizia Marlene revirando os olhos para o sermão da amiga - mas quando você voltar? O que vai fazer?


- provavelmente eu vou terminar a faculdade, mas não sei ao certo. Não vou me preocupar muito com isso até porque pra acontecer os moradores tem que ficar.


- vai ser meio difícil com o Snape lá - disse Marlene terminando o café


- desculpa Lilian, mas eu tenho que concordar com a Lene. O Snape é insuportável - dizia Dorcas


- sei que o Severus não é um poço de paciência mas eu vou conversar com ele.... - dizia Lilian até ouvir seu celular vibrando da sua bolsa


- falando nele...- Lilian pegou o celular - oi Sevs


- "oi Sevs" Lilian Jean Evans? - dizia a voz metálica e levemente irritada de seu amigo pelo telefone


-é ué? Fiz algo errado? - perguntou Lilian


- Não foi o que você fez, foi o que você não fez. Por que não me disse que os novos moradores iam vir justo hoje?


- Mas eu te avisei, eu mandei um e-mail e uma mensagem antes de ontem. A culpa não é minha se você não olhou 


- tá bom então. Onde você tá?


- tô no café com a Dorcas e a Marlene. E você?


- ..... Você sabe onde eu tô....- ao fundo foi possível ouvir uma sirene de ambulância ou polícia, Lilian não conseguiu diferenciar


- tá então você me ligou só por causa dos moradores novos?- Lilian preferiu não perguntar mais sobre o local onde Severus estava, ela sabia que seu amigo não gostava de falar sobre isso


- na verdade te liguei pra saber se você pode ir no supermercado comigo agora?


- você sabe que eu sei achar promoções melhor que ninguém né?


- se começar a se gabar eu vou sozinho


- tá bom então, já tô indo. Até porque eu preciso falar com você. Eu só vou me despedir da Marlene e da Dorcas.


- tá bom, te encontro no supermercado- Severus tinha desligado o celular e colocado no bolso dando um suspiro demorado e logo começando a caminhar. 


Ele caminhou e olhou pra trás com a melancolia e falta de esperanças que esse lugar lhe trás e logo em seguida voltando a caminhar. Mal sabia ele que no estacionamento do hospital, em um carro preto ao longe, havia um homem de vestes verde escuro, pele clara, cabelos negros e óculos escuros o observando pelo retrovisor....








.






.







.








CONTINUA.....









Notas Finais


É isso por enquanto. Quem será esse homem? O q ele quer com Severo? Vocês terão que esperar ksksks





Fui *aparata pra um lugar longe*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...