1. Spirit Fanfics >
  2. Livro Bingo- Kakashi Hatake >
  3. Quarto vermelho

História Livro Bingo- Kakashi Hatake - Capítulo 22


Escrita por:


Capítulo 22 - Quarto vermelho


Fanfic / Fanfiction Livro Bingo- Kakashi Hatake - Capítulo 22 - Quarto vermelho

A felicidade de Naomi era contagiante. Seus olhos enchiam de lágrimas e eu como uma recém manteiga derretida também.

_Que venha meu filho... Nezuki.- ela sorri e eu a abraço.

Depois de um tempo e de fazer todos os exames sobre a saúde de Naomi, fomos embora. Eu almocei com ela e logo chega o fim de tarde, tinha me despedido e contei apenas para ela, sobre minha surpresa... E eu tinha que estar em casa o quanto antes.

...

Tayla... Quero que saiba... Eu estou decepcionado com você e esse seu jeito safado.

Me deixa Fazu

...

Deixo Naomi em casa e vou me encontrar com Kakashi, ele aparece respirando fundo, deve que teve uma conversa bem cansativa com Tsunade e os outros superiores.

_Como foi lá?

_Não tiveram nenhuma pista deles...- ele coloca as mãos no bolso, aceno. -E como foi com Naomi?- era possível ver o leve sorriso por baixo da máscara.

_Ela vai ter um menino...- digo sorrindo e ele igualmente.

_Então vai se chamar Nezuki?- aceno e ele sorri.- estou feliz por ela...

_Bom, agora temos que ir para casa...- o olho pevertida... E beijo seus lábios cobertos.

_O que você fez Tayla...?- ele me olha curioso arqueando as sobrancelhas.

_É uma surpresa para você...- seguro em suas mãos.

_Eu tenho até medo de quando você me olha assim...

_Hoje... É pra ter mesmo... Espero que você goste...

...

Tayla... SOSSEGA O CHAKRA AI! quem vai ter que escutar gemido o noite toda vai ser eu!

Tem isolamento acústico...

Ata...

...

Fomos para o teletransporte e logo estamos perto de casa, ultrapassamos a barreira e logo invoco Fazu.

_A casa é sua garoto... Vou ficar no novo quarto...

_Rikudou me livre... - ele diz saindo.

_Tayla, o que você tá aprontando...?

_Você verá... - entramos pela porta da frente e vou seguindo pelo o corredor, onde ficava os cômodos, e nele havia um quarto que estava sobrando... Eu fiz uma leve modificação nele... E o transformei no quarto vermelho...

_Tayla... O que você aprontou?- o olho sorrindo e abro a porta... No momento estava tudo escuro, vejo ele retirar a bandana e ficar com o Sharingan a mostra... ele respira fundo... Pois é Hatake... É bom se preparar...

Pego o controle da iluminação e deixo na luz baixa... O quarto tinha um sofá vermelho que fazia uma meia lua e na frente dele um palco com uma barra de pole dance, tinha um pequeno bar no local, onde havia bebidas de todos os tipos...

_Otimo... Agora temos um quarto específico para sexo...- ele retira a máscara...

_Não gostou...?- digo com a voz fanhosa, Kakashi logo mostra os caninos e seu olhar demonstrava pura luxúria e desejo. Ele se aproxima do meu ouvido, agarra forte minha cintura e me puxa pra mais perto de si.

_Eu adorei... Já podemos estreiar...?- ele diz com a voz grave e sexy... Eu tô chorando... E eu digo por onde... Só a voz desse homem me deixava humida por inteira... Sinto meu corpo se arrepiar... Sorrio.

_Eu que mando aqui Kakashi...- ele sorri, tranco a porta, pego em sua mão e o levo até o sofá. O jogo com tudo ali, ele ri jogando a cabeça para trás... Pego duas algemas, giro elas nos dedos e ele me olha incrédulo...

_Vai usar isso mesmo?

_Se reclamar eu coloco nos pés também...- digo e passo a língua de leve sobre sua orelha ele rosna... Coloco a mão em seu membro ainda coberto e sinto a ereção, massageo o local e ele arfa.

_Me surpreenda Tayla... -Ele sorri e prendo suas mãos em um local do sofá que era justamente para isso...- você... Só vai poder olhar, e me desejar hoje Hatake... Eu vou te torturar... -Me ajoelho a sua frente... E retiro seu cinto e logo sua calça o deixando apenas de cueca, em um movimento bruto rasgo sua blusa e a jogo longe, desço beijando pelo seu pescoço e peitoral deixando umas mordidas e o unhando de leve...vou até seu membro ainda coberto, e logo retiro o único pedaço de pano que estava em seu corpo. Passo a língua bem devagar pela extensão de seu pênis, ele respira fundo e joga a cabeça pra trás.

_Isso é tortura Tayla....- me levanto o deixando ali, vou até a geladeira e pego gelo coloco sobre um copo e sirvo whisky. Volto até ele, bebo um pouco.- beba...- coloco sobre sua boca e ele bebe um gole, deixo copo sobre a pequena mesa central e me sento em seu colo o beijando ferozmente e sinto o gosto forte de whisky se misturar... Me separo e vejo suas mãos se fecharem com força e as algemas estralam, seguro seus pulsos, impedindo que ele as quebre.- vai se arrepender de provocar um lobo Tayla...- ele mostra seus caninos novamente e seu Sharingan brilha como nunca.

_Vai se arrepender de desafiar uma ex assassina de aluguel... - me ajoelho novamente frente a ele,  analiso seu membro grande e grosso, com veias que estavam extremamente saltadas. 

_Faz isso logo... - sorriu e pego uma pedra de gelo que estava no copo, passo ela bem devagar começando pelos testículos e vai subindo pela extensão dele e Kakashi solta um gemido rouco e se contorce. Coloco o gelo em minha boca e começo a chupar e masturbar, era possível sentir o misto de temperaturas que causavam ali, sinto meus olhos lacrimejarem e a pulsação de seu membro... E antes dele gozar eu paro, ele resmunga em reprovação, sua respiração estava ofegante.- por que parou...?

_Por que eu quis...-ele sorri.

_Ah Tayla...

_Agora Kakashi... Eu quero que você foque em mim e preste bastante atenção, em cada movimento... -Fui até a caixa de som e coloquei pra tocar.

 Love is a bitch- two feet

Pov's Kakashi

Filha da mãe... Essa mulher a minha frente... Como podia ser real? Aquilo que ela fez com o gelo me pegou desprevenido, eu mal pude me recompor. E agora, Tayla se afasta e sobe no palco onde havia pouco iluminação, mas era possível ver perfeitamente seu corpo defendido em meio as luzes... Lentamente, ela vira de costas, e começa a tirar o sobretudo que ela estava... A deixando apenas com uma lingerie preta, onde destacava seus seios e sua bunda... Eu já disse como ela fica extremamente sexy com uma lingerie preta?! A como eu quero foder aquela mulher até não aguentar mais...

Pov's Tayla

A música parecia mais alta, entrando na minha pele e forçando o meu corpo a começar a se mover timidamente ao seu ritmo. Fechei meus olhos e procurei imaginar que eu estava sozinha ali, mas aí eu me lembro que quem estava ali... era ele e sempre vai ser ele... Apenas danço e me divirto com tudo isso.  Eu finalmente estava conseguindo deixar de ficar travada e apenas me jogar, correndo minhas mãos pelo meu tronco e meus cabelos enquanto continuava dançando. 

Agora mais leve, encostei-me contra a barra de ferro, e rebolei vagarosamente sobre a mesma, sentindo o gélido do ferro contrastar-se com a minha pele quente.

Pov's Kakashi

Em todo momento, ela olhava pra mim com um sorriso pervertido... Havia luxúria e desejo no seu olhar... Eu gravo aquela cena... Dela dançando precisamente e especialmente para mim com a ajuda do Sharingan...

Ela sobe na barra e joga seu corpo para trás ficando em uma pose extremamente sexy... Ela tinha talento para isso... E quando ela desce, começa a retirar seu sutiã e seus mamilos pulam para fora, seus bicos estavam irritadiços... Remexendo seus quadris, para lá e para cá... e ela vai escorregando pela barra com as pernas abertas e massageando seus seios e gemendo de leve. Aperto minhas mãos... Meu pau pulsava cada vez mais pela excitação, jogo a cabeça para trás tantando me controlar... Ela vem engatinhando até mim... Seus olhos brilham em modo Sannin...

Ela passa a língua pelos caninos afiados recém nascidos ali... Ela se levanta lentamente, passa a mão pelo meu pescoço e se senta no meu coloco, seus seios estão na altura no meu rosto, começo a chupar eles com força, ela geme, e em um puxão só me livro das algemas e agarro seu corpo com ternura, exploro cada parte dele, e a beijo intensamente, dou um tapa forte em sua bunda ela se contrai e massageo o local e com um puxão só arranco sua calcinha e sinto a humildade imensa contra meu pênis roçando em sua vagina. Enfio meu pau com tudo e ela geme alto, Tayla rebolou, cavalgou, e eu levei minhas mãos a sua cintura, flexionei minhas pernas e comecei a movimentar com ela em cima de mim. Gemíamos com o mais puro tesão.

Ela estava ao ponto de chegar ao ápice, sentia isto pelo modo que seus músculos se contraiam quase engolindo meu pau que também já pulsava louco para gozar. Foi então que ela deitou-se sobre mim, me fazendo dobrar mais o quadril para não desencaixar, ela fecha os olhos e geme loucamente.

_Quero que olhe nos meus olhos enquanto goza. - e assim ela faz, ela coloca a mão em meu ombro se dando apoio e não desviamos o olhar... Respiração descompensada... A penetração continua e só aumentando a velocidade, sinto a última contração e seu gozo jorrar em meu pênis e logo a prencho com o meu. Tayla cai sobre mim, ainda conectados, nossas respiração tentando voltar ao normal, sinto seu corpo tremer.

_E aí...? Te surpreendi?- sua voz sai falha.

_Mais do que isso...- beijo seu rosto e acaricio suas costas tentando recuperar o fôlego.- Vamos para o quarto... 

_Temos que trancar a sala...- ela ri fraco.

_Tayla, pensa que algum dia tivermos filhos? Essa sala tem que ser sigilo máximo!- ela ri e me olha.

_Você quer ter filhos comigo?- seu olhar ganha brilho... Tiro de seu rosto fios de cabelos que estavam agarrados em sua pele por conta do suor.

_Eu quero viver o resto da minha vida ao seu lado...- ela sorri e se deita novamente sobre mim.

_Eu também quero...- ela diz e beija meu pescoço e se aconchega ali. 

_Vamos para o quarto.- saiu de dentro dela devagar.- tem algum lençol por aqui?

_Tem no armarinho...- ela diz sonolenta. A coloco deitada no sofá e vou até lá, meu Rikudou... Tem chicote aqui... Mas então vejo em um canto alguns lençóis dobrados. Pego um deles e volto até Tayla.

_Tem a probabilidade de Fazu estar andando por aí?- digo colocando a minha calça, por que a cueca já não existia ela inteira mais.

_Pelo que eu sinto, ele está no quarto dele...- ela se senta.- Me leva....- ela estica os braços e faz bico, nego com a cabeça revirando os olhos, a cubro com o lençol, e a seguro. Tayla, se aconchega no meu peito e saiu do quarto, e com uma leve ajudinha dela, tranco ele. Subo para o quarto e a deixo na cama e me deito ao seu lado retirando a calça.

_Nem precisava ter colocado ela.

_Melhor previnir para que Fazu não me veja nesse estado....- jogo a calça em qualquer canto e Tayla se deita no meu braço, a puxo para mais perto e a abraço.

_Boa noite... - ela olho no fundo dos meus olhos. -Eu te amo...

_Boa noite meu amor... Eu também te amo- acaricio seu rosto, e logo pegamos no sono.

Pov's Tayla

Ontem foi uma noite incrível... Uma das minhas melhores ideias foi criar aquele quarto. Eu estava na cozinha tomando café, Kakashi chega e sinto o cheiro de banho recém tomado.

_Bom dia- ele sela nossos lábios em um selinho.

_Bom dia, vai tomar café?- ele se senta na cadeira, eu estava atrás da bancada o que faz ele ficar de frente para mim. Coloco um xícara de café frente a ele.- está tudo bem?

_Está sim... Só estou cansado.- ele passa a mão pelo rosto mas logo dá um breve sorriso.

_Teve um sonho ruim?- pergunto e tomo meu suco.

_Não meu amor, a noite foi perfeita. Só estou com um pouco de sono ainda.

_Vai descansar então, tem algo pra fazer hoje?

_Eu tenho que ir na vila.

_Pra que?- digo e mordo minha torrada, ele toma o seu café.

_Tsunade me convocou.- que estranho... Não vi nenhum pergaminho chegar... O que será que houve? 

_Hum... Tá bom então.

_Por que falou nesse tom?

_Eu disse em tom normal.- dou os ombros.

_Eu conheço você Tayla, acha que eu estou mentindo? Ela me disse ontem que queria eu lá.

_Ata... Agora eu entendi.- digo satisfeita e dou um sorriso e começo a limpar as coisas do café.

_Vou me arrumar, ok?- ele se levanta e vem até mim.- Tenha um bom dia.- ele beija minha testa e sai da cozinha, fico ali terminando a louça, pego a xícara vazia e a lavo também. Após limpar tudo, vou até a biblioteca e pego um livro, e vou rumo a varanda, me deito na rede e começo a ler.

Mais tarde Kakashi chega, tinha uma música tocando, eu e Fazu nós divertimos com isso, olho para Kakashi e abraço ele.

_Demorou.- digo e abaixo a máscara beijando seus lábios.

_Eu estava fazendo uma coisa importante... Eu ia deixar para te entregar semana que vem no seu aniversário, mas vou te dar hoje mesmo...- o olho curiosa, ele respira fundo e retira uma caixa de veludo preta, fico um tanto surpresa.- São alianças... -Ele abre e revela dois anéis, que eram lindos...  - eu mandei polir, era os anéis dos meus pais, tem um significado muito importante para mim...- vejo seus olhos encherem de lágrimas.- Tayla, eu sei que está arriscado o mundo lá fora, tem toda essa história da Akatsuki... Mas eu queria oficializar o que temos... Não precisamos casar agora, mesmo que basicamente já somos casados... Mas eu quero que a use, e daqui um tempo, quando tudo se acalmar... Podemos fazer isso.- ele se ajoelha, sorriu, olho para Fazu que chorava, riu disso, olho novamente para ele.- aceita ser a mais nova Hatake? 

_É claro que eu aceito...- digo sorrindo e ele coloca o anel em meu dedo esquerdo.

_Bom... Somos "casados", pelo menos para gente...- ele se levanta rindo, coloco o outro anel no dedo dele.- me desculpa por não poder te dar uma festa de casamento ainda... Eu quero que tudo se acalme... E então vamos resolver daqui um tempo...

_Só pelo fato de te ter ao meu lado... Já está tudo perfeito...- digo e ele me abraça e me gira no ar, sorrio igualmente a ele.

_Eu amo você... Tayla Hatake...

_Eu amo você... Kakashi... Eu digo Shimizu ou Hatake?- Faço cara de dúvida ele ri me colocando no chão.

_O que você quiser...

Seis meses depois...

_Força Naomi!- os gritos de dor dela se ecoavam na sala, onde estava eu, Tsunade e outros dois médicos, Nezuki estava nascendo... E mais um grito é escutado, e então... Um choro.

Naomi para de se contorcer e se deita na maca de uma vez, e analisa o bebezinho nos braços de Tsunade... Ele tinha cabelos bem pretinhos, mas não lembrava nada o Guy, ele lembrava muito a Naomi... Mesmo tão bebezinho, seus traços eram destacados como os da mãe. Era uma criança linda... 

Tsunade, coloca ele nos braços dela, que chorava e acariciava o rosto do filho.

_Meu Nezuki...- ela diz fanhosa e me olha.- Tá vendo aquela bruta flor ali meu amor?- ela aponta para mim- ela é a melhor amiga da mamãe... E sua madrinha.- sorrio e coloco as mãos em minha boca e sinto meus olhos encherem de lágrimas...

_Naomi, vamos dar as primeiras vacinas, e logo poderá ir com ele para casa... E antes vou lhe passar cuidados que são extremamente necessários, ok?- Tsunade diz e Naomi acena.

_Enquanto fazem isso, vou beber água, ok?- ela acena e eu saiu da sala. Enquanto pego o copo, olho brevemente para a aliança em meu dedo e sorriu, começo a sentir uma presença estranha... E que pra ser sincera... Eu estava ansiosa por isso... Naruto.


Notas Finais


Então amores, espero que tenham gostado ❤️❤️✨ nesse cap eu tive ajuda de uma amiga minha @eimary10, então créditos a ela também, por que tivemos várias ideias juntas kkkkkk
E espero que tenham gostado ❤️✨
Até o próximo cap amores ❤️✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...