1. Spirit Fanfics >
  2. Livro de contos... >
  3. Os mutantes...

História Livro de contos... - Capítulo 15



Capítulo 15 - Os mutantes...


Fanfic / Fanfiction Livro de contos... - Capítulo 15 - Os mutantes...

Livre

Posso viver...

Lutar...

E até mesmo morrer...

Muitas coisas aconteceram nesses últimos tempos, Marcelo foi baleado na ilha do arraial e dado como morto, Maria finalmente foi inocentada, ao que parecia a culpada era a doutora Júlia Zacarias. Após tantos percalços Maria e Marcelo finalmente estavam juntos, e sua nova missão agora era de proteger Juno e Lucio, os bebês da profecia que poderiam garantir a Vitória dos humanos contra os repitilianos, os responsáveis pelas mutações genéticas em seres humanos. O que ninguém sabia era que Maria Mayer tinha uma irmã gêmea. Em sua cela escura uma jovem trajada de preto e de cabelos longos e negros como seda esperava uma oportunidade para escapar, quando uma loira surgiu, ela trajava branco, seu cheiro lhe lembrava a pessoa que a aprisionou, mas que parecia mais jovem.

- Samira; diz a loira se aproximando - Me chamo Julie de Trevi e vim te tirar daqui...

- Você tem o cheiro da doutora Júlia...

- Ninguém sabe dessa louca, ela sumiu do nada...

Enquanto isso...

- MaL posso acreditar em tudo que passei naquela ilha; diz Flad a sua família - Foi simplesmente horrível, não desejo isso para ninguém.

- O imporatante é que você voltou filho; diz Tosca abraçando os dois filhos - Minha família está reunida mais uma vez, é mais do que posso desejar...

- Eu também senti muito a sua falta maninho...

De volta a ilha...

Samira acordou meio sonolenta, a sua cabeça parecia que ia explodir, tudo em sua mente estava vago, ela poderia estar longe dali, mas algo fugiu do seu controle e ela estava presa mais uma vez. Ao ver a doutora Júlia, que agora se chamava Juli de Trevi tentou a atacar, mas a sua cabeça começou a doer como se fosse explodir, e ela começou a se contorcer de dor.

- Vejo que finalmente acordou; se levanta - Acho que percebeu algumas modificações que fiz em você.

- Do que está falando?

- Eu coloquei um chip em você, cada vez que sequer pensar em me contrariar ou atacar a sua cabeça vai doer bastante.

- Para com isso, parece que a minha cabeça vai arrebentar...

- Quer que a dor pare? Basta me obedecer e ela para.

- Tudo bem...

- Ótimo, porque tenho planos para você...

Fim da segunda parte...

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...