1. Spirit Fanfics >
  2. Livro de contos... >
  3. Como um mutante...

História Livro de contos... - Capítulo 7



Notas do Autor


Acrescentei mais um crossover a este livro de contos... Algo que pode vir a se repetir, caso eu ou a fada Isa achemos necessário. Não podia deixar de fora desse livro de contos, caminhos do coração. Sem mais delongas, boa leitura 😘

Capítulo 7 - Como um mutante...


Fanfic / Fanfiction Livro de contos... - Capítulo 7 - Como um mutante...

Ser diferente

Deveria ser normal...

Sei que não sou anormal 

E meu coração também o sente...

O escândalo dos mutantes fez com que a famosa clínica patogêneses se tornasse uma instituição governamental e boa parte da família Mayer ficou na miséria. Muitas coisas aconteceram, Samira, irmã gêmea misteriosa de Maria Mayer e uma das mutantes mais poderosas já criadas na ilha do Arraial foi assassinada pela doutora Júlia, mas antes teve sua filha Samirinha. Filga dela com o Beto Montenegro, irmão mais novo de Marcelo Montenegro, que juntamente com Maria, sua esposa, Tatiana sua filha e mais outras pessoas, viajaram para a Amazônia, deixando a mansão Mayer como um refúgio para os mutantes, que estavam sendo perseguidos pela DEPECOM, Departamento de Pesquisa e controle de mutantes, algo parecido com isso, enquanto Valente e Naty lutacam contra os repitilianos, uma raça de alienígenas implacáveis que queria a todo custo roubar as riquezas naturais da Terra, tanto que até criaram os mutantes para esse fim, muitos mutantes apenas queriam passar despercebidos pelo governo, para não serem perseguidos, já que os humanos tem medo daquilo que não conhecem. Dentre esses mutantes está Isabella e sua mãe, Flad seu irmão maia velho havia nascido morto, ou pelo menos foi isso que a doutora Júlia Zacarias disse a Tosca, dias depois do nascimento do menino, mas tendo em vista tudo o que aconteceu nos últimos anos, Tosca já não acreditava tanto nessa afirmação que veio de uma cientista sem credibilidade nenhuma.

- Mamãe; as duas tomavam café da manhã - Faz tempo que não visitamos o tio Guiga, e eu sinto falta da Clarinha e da Anjinha, minhas melhores amigas de infância.

- Não podemos sair de São Paulo Isa; as luzes começam a piscar e algumas coisas se quebram - Por favor Isa, tente se controlar igual a Tati te ensinou, é muito importante que se controle filha.

- Tudo bem mamãe; as coisas voltam ao normal - Mas também sinto falta da Tati, mas ela tá na Amazônia...

- Mas pelo que eu sei, você fala com suas amigas todas as noites pela web...

- Mas não é a mesma coisa; suspira enquanto brinca com seu pedaço de bolo de chocolate - Soube que a Tati e o primo Eugênio, aquele que foi criado na ilha dos quiméricos e mutantes estão namorando... Você tava pensando no meu irmão agora pouco, né?

- Sim filha; Tosca começa a arrumar a mesa - Talvez seu irmão ainda esteja vivo...

                       ☆☆☆

Flad havia treinado um dos dinossauros como mascote e assim havia salvado Dagmar, cujo poder era  controlar o tempo igual a Tempestade de X - man. O poder de Flad era a capacidade de controlar a mente de qualquer ser vivo irracional ou não.

- Você parece meio triste Flad; diz Dag bem perto dele - No que está pensando?

- Na minha família, eu acho, nunca os conheci, passei a minha vida inteira aqui nessa ilha e não sei como poderei sair daqui, ou se um dia sairei daqui.

- Vamos sim, minha irmã Perpétua, a mulher elétrica, ela virá me buscar e você vem comigo e quem sabe não acaba encontrando a sua família.

- A doutora Júlia nunca me disse quem eram os meus pais Dag; diz Flad tristemente - E não tenho como conhece - los, pelo que sei meus pais podem ter me entregado de bandeja para essa cientista maluca.

- Ou talvez tenham mentido para seus pais, dizendo que você morreu no parto... Não se preocupe Flad, eu vou te ajudar a encontrar seus pais.

- Faria isso por mim?

- Eu faria qualquer coisa por você, Fladson...

Seus rostos foram se aproximando e sem que se dessem conta seus lábios estavam unidos no mais perfeito beijo de amor já dado entre dois amantes no calor de um momento perfeito de amor e paixão.

                     ☆☆☆

Finalmente Valente conseguiu derrotar o líder de repitilianos e voltar para o futuro acompanhado de sua amada Naty. Os mutantes não eram mais perseguidos, só os malvados. Isa finalmente poderia andar nas ruas tranquilamente, sendo ela mesma, revelando sua verdadeira natureza de mutante, sem ter medo de ser presa pela DEPECOM. Um dia chegando da escola com seu padrasto Pachola e seu meio irmão Valfredo, Vavá, o menino lobo Isa viu sua mãe abraçando um cara de mais ou menos uns vinte e oito anos e uma moça morena de aproximadamente uns vinte e quatro. Isa logo soube que se tratava de seu irmão Flad, que todos pensavam ter nascido morto. A noite Isa e Vavá jogavam dominó e falavam sobre Flad.

- Que legal que seu irmão tá vivo; diz Vavá meio engraçado pelas suas presas que muitas vezes lhe atrapalhavam na hora de falar - A nossa família tá bem maior maninha.

- Também tô muito feliz Vavá... Mamãe está mais feliz, mas isso meio que me preocupa...

- Por que Isa?

- E se a mamãe gostar mais dele do que de mim?

- Isso não vai acontecer Isa...

                     ☆☆☆

Meses mais tarde Isa e sua família estavam no casamento de Flad e Dagmar, e Isa entendeu que jamais perderia o amor de sua mãe para o seu irmão, ou para qualquer outra pessoa. Na hora de dormir, Tosca e Isa se deitaram em sua cama, enquanto Pachola ia trabalhar de segurança noturno e Vavá ia dormir na casa do Guiga e da Érica.

- Meu irmão se adaptou muito bem a São Paulo e aprendeu muito rápido a viver em sociedade, mesmo tendo sido criado numa ilha quase deserta, cheia de monstros.

- O ser humano... É sociável por natureza minha filha; diz Tosca abraçando sua menina e se deitando com ela na cama - Então deve ter sido moderadamente fácil para ele se adaptar em sua nova realidade.

- Você deve ter razão mamãe... Ele não demorou quase nada para se casar e ir morar em outra casa, isso não te entristece? Ficar mais uma vez longe dele...

- Ele virá morar aqui com a gente na mansão Mayer, doada pela dona Maria Mayer para pessoas super dotadas como você e ele.

- A dona Maria é muito legal... Pena que ela perdeu a irmã dela...

                       ☆☆☆

Maria finalmente estava vendo sua irmã despertar depois de anos num estado de coma, aasim que Samira abriu os olhos Maria a abraçou.

- Maria...

- Bem - vinda de volra minha irmã; diz Maria emocionada - Finalmente você acordou...

- O que aconteceu?

- É uma longa história...

- Acho que gosto de longas histórias Maria... O que aconteceu enquanto eu dormia?

- Tudo bem, muitas coisas aconteceram, e...

                       ☆☆☆

Isa olhava o pôr do sol ao lado de seu irmão mais velho Flad, enquanto Dag e dona Tosca cozinhavam na cozinha, Isa estava muito feliz ao lado de seu irmão.

- Foi muito bom te conhecer Isa...

- Digo o mesmo Flad... Você é o melhor irmão que alguém poderia desejar...

- Obrigado irmãzinha; se abraçam - Prometo que nossa família nunca mais vai se separar pelo contrário vai aumentar...

- A Dag vai ter bebê?

- Sim...

- Antes eu ia estourar as coisas e gritar de raiva, mas desde que você me prometa que quem vai cuidar do bebê é a Dag e não a mamãe, vai ficar tudo joia.

- Eu prometo...

- Então tudo bem...

Então Tosca veio chamar os dois irmãos para jantar e eles foram abraçados, os três, para a cozinha, tudo estava como sempre deveria ter sido... A família unida e feliz, apesar das adversidades da vida, que sem sombra de dúvidas, não eram poucas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...