1. Spirit Fanfics >
  2. Livro Maldito - Kim Taehyung >
  3. À busca pela humana.

História Livro Maldito - Kim Taehyung - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


KKKKK Capítulo pequeno pq a deusa aqui conseguiu embaralhar a pasta de capítulos, muito foda né? KKKKKK

Capítulo 2 - À busca pela humana.


Fanfic / Fanfiction Livro Maldito - Kim Taehyung - Capítulo 2 - À busca pela humana.

- Me-me-me desculpe! - Levanto desajeitada arrumando meus óculos e pegando meus livros indo em direção à minha casa.

O quê? Acharam que é fácil ser uma amante por livros? Não é lá essas coisas legais, tipo ser a líder de torcida mais gostosa da cidade.

- Não posso parar agora! - Falo enquanto corro em direção ao sinal que estava fechado. - Não agora! - Por um leve descuido passo na frente de um carro, sorte minha que ele pisou no freio rapidamente. - Me desculpe! - Atravesso a rua.

Viver em uma família onde há: atrizes, jogadores de futebol, diretores cinematográficos... Para ser sincera, tudo voltado à mídia não é fácil, contudo eu não queria ser um deles, eu queria apenas ter uma vida normal, um emprego normal, e uma família normal.

Dou um suspiro de alívio quando vejo a portaria do condômino na minha frente, e parece que os seguranças pararam de me seguir.

Recupero o meu fôlego e me recomponho, assim, sigo até a portaria.

- Bom dia Gael! - Sorrio para o grisalho que me devolve com uma piscada de olho e um sorriso doce.

- Bom dia senhorita Diane. Sua mãe e seu pai saíram, e pelo visto, sua irmã também. - Dou um sorriso de surpresa, mas no fundo, estava pulando de alegria. - Eles deixaram a chave. - Me entrega ela. - Qualquer coisa é só chamar, ok?

- Ok! - Sorrio indo em direção à minha moradia, passar mais ou menos um dia longe da minha família? Isso seria uma dádiva dos deuses? - Bolinha de neve! - Giro a maçaneta enquanto grito pelo meu gatinho. - Bola de neve?

Escuto um leve ronronar vindo ao lado da porta, e lá estava ele, bola de neve, todo jogado no chão dormindo igual um anjo, e os seus pelos, ah! Estavam brilhantes, brilhantes como a noite!

- Há quanto tempo você está aqui meu lindo? - Pego o felino no colo, logo recebendo um miado baixo e calmo. - Vamos, você irá dormir na minha cama, aposto que é mais confortável que esse chão gelado! - Subo sorrindo para o "bichano" em meus braços.

Taehyung - Biblioteca dos Smith's

- Mil perdões Taehyung. - Margaret diz meio desconfortável. - Ela tentou fugir com um dos meus livros e...

- Sim, já entendi, aí você mandou os seguranças atrás dela? – Abaixo juntando meus papéis e o livro... esse livro não posso perder.

- É, foi praticamente isso. Mas eles irão recuperar os livros. Desculpe-me pelo incidente...

- Não precisa se desculpar, a culpa não é sua. - Levanto enquanto chego mais perto da morena. - Ou é? - Sussurro em seu ouvido, seus batimentos cardíacos estavam aumentando de segundo em segundo, adoro vê-los assim.

- Não é-é... - Abaixa a cabeça.

- Pois bem! Vamos continuar de onde paramos? - Me afasto com um sorriso largo no rosto.

- V-Vamos! - Ela força um sorriso, estava com medo, se ela soubesse, eu não vou fazer nenhum mal à ela, ao menos que ela me dê motivos.

- Bom, acabei descobrindo onde está a possível "fonte" em que os Atlânticos selaram o seu poder. - Coloco o papéis sobre o balcão. - Distrito de Khrost, fica na região sul do território demoníaco, provavelmente no litoral, pois eles tinham um grande contato com o elemento água.

- Khrost? Mas ele não foi destruído há 256 anos atrás? - Encara os papéis com uma certa dúvida.

- Sim, deve estar no subterrâneo da cidade perdida, Atlanta. - Seus olhos ganham um certo brilho. - Se conseguirmos chegar até lá, vamos ficar tão fortes, mas tão fortes, que o Conselho terá medo de nós! - Dou um sorriso perverso.

- E o livro? - Me fixa.

- Ele está aí. - Pego o mesmo e entrego para ela.

Quando ela pega o livro seus olhos se arregalam e sua respiração fica mais rápida.

- O que foi agora? - Olho a mesma.

- O livro, está camuflado de João e Maria? - Faço uma cara de desentendido e pego o livro de suas mãos.

Não é possível, o livro... João e Maria? Como foi qu... espera, isso não pode ter acontecido.

- O que foi? Você ficou meio pálido agora. - Tomba a cabeça.

- A garota.

- Que garota?

- A do cabelo cacheado... óculos... a que estava fugindo, na hora em que nos esbarramos, os livros e as folhas caíram no chão. Ela deve ter pego o livro dos castiçais em vez desse. - Não, não pode ser, o conselho irá me matar!

Sua boca forma um "O" perfeito.

- Encontram ela? - Pergunta olhando por cima dos meus ombros.

- Perdão senhora, mas a perdemos de vista. - Arregalo os olhos, como puderam perder uma simples humana? Era só rastrear o cheiro dela!

- Eu vou atrás dela! - Quando Margaret iria levantar seguro os seus braços.

- Não! Eu vou. Eu que vou encontrá-la e recuperar o livro. Você fica aqui. E se alguém do Conselho aparecer... diga que eu fui tomar um ar. - Levanto indo em direção à porta.

Agora a dúvida era, como eu vou encontrá-la nessa cidade enorme?


Notas Finais


Próximo capítulo saindo agorinha mesmo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...