1. Spirit Fanfics >
  2. Livros, Flores e Café - SuperCorp >
  3. "Happy new year"

História Livros, Flores e Café - SuperCorp - Capítulo 94


Escrita por: CoveiroSensei e BGJunq20

Notas do Autor


Oi, eu sou o Ale e ta meio fora de epoca, mas tinha que ter hahahah
O autor é um atrasildo aqui ta bem atrasado e então, eu estou precisando colocar muita coisa em dia.
Mas to feliz que agora teremos momentos interessantes pela frente.

Obrigado a todos por seus comentarios, acho que não sei como agradecer direito pelos mais de 2000 comentarios e também super obrigado por cada favorito. É algo unico e inedito pra mim saber que tantas pessoas gostam dessa fic.
Então, aproveitem mais um capitulo

Até o proximo domingo.

Capítulo 94 - "Happy new year"


As festividades do Natal foram especiais. Passar a data reunida com a família foi maravilhoso e a semana passou tranquila, apesar do Boxing Day que era sempre um pesadelo e uma diversão para qualquer pessoa.

E como Thanksgiving foi na casa de Eliza e o Natal na casa de Kara e Lena, nada mais justo que a festa de ano novo ser realizada na casa de Sam e Alex. Com as duas mulheres morando em uma casa com quintal aberto e uma ótima varanda, o clima havia amenizado e há alguns dias não havia neve caindo pelas ruas de National City. 

E aquele final de tarde, com o pôr-do-sol avermelhando o céu permitiu um bom churrasco, a pedido de Andrea, que andava cheia de desejo de repetir aquele almoço quando Kara ainda era apenas a irmãzinha de Alex e Lena buscava desesperada sua alma gêmea.

Sam havia preparado algumas saladas e um algumas guarnições para acompanhar. A pedido de Winn, até mesmo uma farofa estava à mesa. 

Ruby e Alex estavam lá fora, cuidando da churrasqueira, enquanto as sobremesas ficavam prontas, algumas assando e outra, gelando. O dia de Sam havia sido na cozinha, mas ela estava contente com o resultado.

― Ruby, atende a porta ― Gritou Sam escutando a campainha tocar. Seus convidados deviam estar chegando

― To indo, mamãe ― Falou a menina ― Já volto mãe ― Disse a menina entregando a espátula para Alex, que a observou entrando pelas portas de vidro.

Toda vez que Ruby a chamava de mãe, Alex ficava com um sorriso bobo em seu rosto, como se ainda não acreditasse. Mas era real, Alex tinha sua família.

E quando a menina voltou, Andrea vinha junto dela de mãos dadas a Winn.

― Espero que tenha algum petisco pronto para mim, Sra Danvers-Arias ― brincou a latina chegando e vendo Sam rir, com as bochechas um pouco rosadas.

― Só porque é para meu sobrinho ― Alex retribuiu a brincadeira, tomando o prato que Sam trazia com a salada fresca e colocando um pedaço de carne assada para que a latina pudesse aproveitar.

― E pra mim? ― Perguntou Winn, vendo a namorada sentar para comer. O cheiro estava muito bom.

― Você pode esperar os outros chegarem. Não ta carregando meu sobrinho ai ― Sacaneou Alex, fazendo a latina rir.

― Amor, seja gentil e pegue um pouco de suco para mim, eu não posso tomar os mojitos fabulosos que a Alex deve ter feito ― Pediu a latina, vendo Winn entrar na cozinha desapontada.

― Na verdade, não tem mojitos hoje  ― Falou Sam, observando Alex ― Quem faz eles é a Eliza e…

― E ela e mamãe não vem ― Lex, que havia acabado de entrar junto a Lena, Eve e Kara, completou a fala da castanha. ― Elas decidiram que estava na hora de aproveitar a vida e foram para o Caribe.

― Como é? ― Perguntou Andrea surpresa.

― Pois é cunhadinha ― Alex tomou a palavra novamente ― Mamãe e o Dr Johnson, assim como Lilian e o Rick pegaram suas malas e foram curtir um resort no Caribe. 

― Nem ligue Andy, esse mal humor ai é por causa da prévia de lua-de-mel que minha sogra está fazendo com o bom doutor que salvou sua vida ― Sam riu, vendo Andy gargalhar.

― E tia Lilian não desaponta. ― Completou a latina, provocando a Lex e Alex, os mais incomodados ― Aposto que ela estava ansiosa para ver o porteiro bonitão da Lena só de sunga.

― Acho que estava mais ansiosa para ver ele sem a sunga ― Riu Lena, vendo Lex ficar mais vermelho.

― Elas se tornaram melhores amigos e viajam com seus garotões agora ― Kara falou, entrando na brincadeira. Estava feliz pela mãe e pela sogra. Elas também merecem ser felizes.

― Por que eu vim passar meu Ano Novo aqui? ― Perguntou Lex olhando o céu.

― Porque o melhor churrasco do mundo é feito nessa varanda ― Disse Andy, vendo Alex sorrir e lhe servir mais um pedaço. Era tudo uma questão de interesse.

― Puxa saco ― Sussurrou Sam, vendo Lena rir. 

― E essa comida, sai ou não sai? ― Perguntou Kara pegando seu prato.

― Já tá quase tudo pronto ― Prometeu Alex ― Só estou deixando o frango cozinhar um pouco mais. Não é saudável comer ele cru e a Sam caprichou no tempero para desperdiçar.

― Já disse que é a melhor? ― Indagou Lena para a amiga ― eu amo quando você prepara o frango para um churrasco 

― Só fiz, porque sei disso. ― Riu a castanha, abraçando a amiga.

― Você imaginava no ano passado que hoje, estaríamos nós três aqui, arranjadas e em breve, tendo um sobrinho? ― Questionou Lena para a melhor amiga.

― Se alguém me contasse, eu iria achar que a pessoa estava louca. Mas agora, parece tão certo, que eu espero que não seja apenas esse ano.

― Eu também ― Concordou Sam vendo os amigos pegando a comida que Alex estava servindo e montado cada um no seu prato.

Havia felicidade ali. Havia amor. Eram uma família, prestes a começar mais um ano.

{...}

― Faltam 10 segundos ― Gritou Lex iniciando a contagem.

― 9...8..7… ― E quando a contagem coletiva findou ― Feliz Ano Novo!

Os casais se beijaram, delicados, mas apaixonados. Ruby via os fogos queimarem no céu. Era um espetáculo de cores e a menina ficou bastante feliz ao sentir Alex e Sam a abraçarem, cada uma beijando uma bochecha da garota.

Nas felicitações, Ruby se viu envolvida em um laço de amor. Kara e Lena envolveram a menina logo depois, da mesma forma que Alex e Sam haviam feito, seguidas por Andrea e Winn.

Lex e Eve também a felicitaram e os cumprimentos foram recheados de bons desejos em meio de abraços quentinhos.

{...}

Alex estava olhando para o céu, enquanto os últimos fogos estouravam. Seus amigos estavam em sua sala, bebendo e comendo os doces que Sam havia feito, quando a ruiva sentiu os braços de sua futura esposa a envolverem.

― Um beijo por seus pensamentos ― Chamou Sam, repousando seu queixo sobre o ombro de Alex e vendo o céu.

A ruiva virou o rosto e pegou seu beijo, meio desajeitado, antes de falar.

― Só pensando. Foi um ano maravilhoso. Ganhei uma família. Você e Ruby ― Disse Alex, vendo o céu. ― Estava só pensando um pouco. Pensando no próximo ano. Vamos nos casar e eu estava fazendo um pedido para o cara lá de cima. Ele me deu você nesse, e também agradecendo por ele ter me dado essa família. Eu havia pedido isso no ano passado.

― Qual seu desejo de ano novo? ― Perguntou Sam, curiosa.

― Talvez, um sonho antigo ― Falou a ruiva, tímida e um pouco enigmática.

― Por favor, me conta, meu amor ― Pediu Sam, para Alex estar tão perdida em seus pensamentos e ao mesmo tempo um pouco tímida, era importante.

― Nem casamos ainda, mas eu queria engravidar no próximo ano ― Revelou baixinho, virando para olhar nos olhos da ruiva ― Um filho nosso ― Revelou a ruiva ― Um óvulo seu e um meu. E um doador anônimo. 

― E deixar tudo para o acaso? ― Perguntou a castanha.

― Sim, mas podemos pensar sobre isso mais para frente, se você quiser ― Alex falou rapidamente, com medo de chatear Sam.

― Ou podemos falar disso depois do nosso casamento ― Propôs a castanha ― Se quiser mesmo enfrentar fraldas, noites mal dormidas e os muitos desejos e enjoos, eu quero ser mãe de novo. Eu quero esse filho com você. Te ver grávida. Te mimar e atender todas as loucuras que só uma gravidez causa.

― Eu amo você ― Disse Alex, emocionada e se deixando beijar apaixonadamente. Sam era muito mais do que ela pediu um dia. Sam era a mulher da sua vida e aquele beijo era apenas uma das muitas formas da ruiva expressar o quanto a amava.

― Eu também amo você ― Declarou a castanha, apaixonada pela mulher em seus braços e secando suas lágrimas.


Continua...


Notas Finais


E então, o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...