1. Spirit Fanfics >
  2. Llegaste Tú (CNCO) >
  3. Capítulo 25

História Llegaste Tú (CNCO) - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


Oii mores 💕
Espero que gostem 🥰
Boa leitura 📖🌹

Capítulo 25 - Capítulo 25


Fanfic / Fanfiction Llegaste Tú (CNCO) - Capítulo 25 - Capítulo 25

Joel: Eu preciso conversar com ele, por que não conta pra mãe dele sobre tudo isso, o Christopher não pode agir assim com você! - Disse e eu me sentei no banco novamente

— Eu não posso falar nada! - Disse de cabeça abaixa

Joel: Não me diz que ele te proibiu de falar com alguém? - Neguei — Então por que não falou nada, nem com a gente e nem com ninguém? - Se sentou ao meu lado

— A Eduarda é a única que sabe de tudo, ela queria que contasse, mas eu sei que se eu falasse alguma coisa, vocês iam pra cima do Chris e iam querer que ele assumisse a paternidade! - Disse simples

Joel: E não é isso que você quer ? - Perguntou

— Se me perguntasse isso a um tempinho atrás Joel, eu responderia que sim, queria muito! - Senti meus olhos se encherem de lágrimas — Mas depois da maneira que o Chris agiu comigo, eu não quero mais nada com ele! - Senti uma lágrima correr em meu rosto — E eu sei que meus pais vão querer que ele fique comigo e me ajude a cuidar dessa criança, por isso eu não quero contar! - Outra lágrima desceu em meu rosto e eu a sequei

Joel: Eu não vou contar! - Disse se levantando

— Não vai ? - Perguntei esperançosa

Joel: Não, fica tranquila que eu não vou contar nada e também não vou falar mais nada com o Christopher! - Disse simples

— Brigada Joel! - O abracei — Você é um amigo incrível! - Disse e ele me abraçou mais forte

Joel: E como vai contar pros seu pais ? - Perguntou saindo do abraço

— Ta aí o problema, eu tô pensando em contar pra eles que, sei lá...não sei quem é o pai! - Disse simples — Eles vão querer me matar, quer dizer, vão esperar os 9 meses né, depois sim eles me matam! - Disse rindo — Tô brincando, eles vão fazer pior, vão ficar decepcionados comigo e isso é bem pior, eu vim pra cá estudar e vou voltar com um filho, vai ser uma grande supresa pra eles!

Joel: Vai ficar tudo bem! - Encostou minha cabeça em seu peito

— Nunca imaginei que eu poderia ser tão trouxa na minha vida, acreditar em alguém que eu achava que era uma pessoa e era outra completamente diferente! - Disse brincando com sua gravata — Joel, posso te fazer uma pergunta ? - Ele assentiu — Você já gostou de alguém assim que...não era o que você imaginava ? Ou algum amor não correspondido ? - Levantei a cabeça de se peito e ele me olhou estranho, como se tivesse assustado

Joel: Parece até que você adivinhou! - Disse meio cabisbaixo

— Sério ? Me conta o que tá acontecendo! - Sentei novamente e o puxei pela mão pra sentar do meu lado

Joel: Eu tô gostando de uma garota, só que...ela é afim de outro! - Disse simples

—Eu conheço ela ? - Assentiu — E quem é? - Perguntei

Joel: Cê vai saber! - Sorriu

— Uhm, e isso significa que você vai falar com ela ? - Ele assentiu novamente — Ah que bom Joel, depois que ela souber que tem um garoto incrível, carinhoso, amigo, lindo gostando dela, ela vai esquecer esse carinha que ela gosta aí, rapidinho! - Disse e ele sorriu

Joel: Cê acha mesmo? - Perguntou

— Não, eu não acho, eu tenho certeza! - Sorri — Aliás, se ela magoar esse lindo coraçãozinho, ela vai se ver comigo! - Ele assentiu rindo — Me espera que eu vou no banheiro retocar a make e a gente vai voltar pra festa!

Joel: Tá bom, vai lá, tô te esperando! - O deixei ali me esperando e fui até o banheiro

Pensando aqui agora no que o Joel falou sobre essa tal menina que ele gosta, ela é bem sortuda. O Joel é um cara incrível, um amor de pessoa, espero que ela faça ele feliz.

Assim que acabei de retocar minha maquiagem, sai do banheiro e eu e o Joel voltamos pro ginásio.

Catarina: Filha, a gente tava te procurando! - Disse assim que cheguei na mesa

— Eu tava no banheiro mãe, o que houve?

Catarina: Nada meu amor, é que a gente já vai indo! - Disse se levantando

— Mas já ? - Perguntei

Catarina: Sim filha, mas você pode ficar curtindo sua festa!

— Não quer que eu acompanhe vocês?

Thomas: Não minha filha, tá tudo bem!

— Então tá, amanhã eu vou ver vocês tá bom! - Eles assentiram

A gente se despediu e eles foram embora. Fiquei olhando os dois irem embora e imaginei como vai ser amanhã, na hora de dar a notícia.

Joel: Ei, vai ficar tudo bem! - Senti sua mão em meu ombro — Quer dançar mais um pouco? - Assenti

Nós dois voltamos pra pista de dança e começamos a dançar novamente. Depois de um tempinho, alguém desagradável apareceu.

Chris: Ae mano, tô indo! - O Joel assentiu — Não precisam me esperar na hora de ir embora, eu não vou dormir em casa! - Disse acompanhado da mesma menina que ele tava no começo da festa.

Joel: Tá cara, vai lá! - Disse e percebi que o tom do do Joel não tá legal.

Chris: Valeu, até amanhã! - Me olhou e saiu com a garota.

Eu olhei ele ir embora e o Joel ficou me olhando, deve ter percebido que eu nao fiquei bem com o que acabei de presenciar. Não falei nada com ele, só sai andando, mas logo senti meu pulso ser segurado.

Joel: Onde cê vai ? - Perguntou

— Eu vou embora Joel, eu tento mas eu não consigo! - O abracei

Joel: Espera aqui que eu vou falar com os meninos e vou com você tá bem ? - Disse passando a mão em meu cabelo

— Não precisa, eu pego um táxi e vou sozinha, continua curtindo a festa! - Me levantei de se peito

Joel: Não, me espera aqui que eu vou com você! - Assenti...não tem outro mesmo

Ele foi falar com os meninos e com a Duda e eu fiquei sentada em uma cadeira.

Duda: Amiga, tá tudo bem ? O Joel disse que você quer ir embora! - Se sentou ao meu lado

— Tá tudo bem amiga, eu só tô um pouco cansada! - Disse simples

Duda: Tá sentindo enjoo ? - Perguntou baixinho e eu neguei — Então tá tudo bem mesmo ? - Assenti novamente

— Vamos Joel ? - Me levantei

Joel: Vamos! - Disse pegando seu celular

Zabdiel: A gente também já vai daqui a pouco! - Assentimos

Eu e o Joel fomos pra saída do colégio e paramos em frente ao mesmo pra esperar o uber que ele chamou, chegar.

[...]

Joel: Chegamos! - Disse abrindo a porta de casa pra mim

— Brigada! - Entrei e tirei o salto — Aí não aguentava mais esse sapato, acho que vou tomar um banho e deitar! - Fui em direção a escada e ele veio comigo

Joel: Acho que também vou fazer o mesmo, tô cansadão! - Disse tirando o terno — Qualquer coisa é só me chamar tá! - Disse abrindo a porta do quarto dele

Quando abri a porta do meu quarto, me lembrei de algo que precisava fazer.

— Joel ? - O chamei e ele que estava quase fechando a porta, abriu novamente — Obrigada! - Falei indo até ele

Joel: Obrigada ? Pelo que ? - Perguntou sorrindo

— Acho que minha noite teria sido um pouco chata se você não tivesse me feito companhia! - Disse simples — Tenho certeza que eu ia passar a noite inteira sentada, olhando a festa, mas você fez ser diferente! - Sorri — Brigada de coração! - Dei um beijo em seu rosto

Joel: Não precisa agradecer gatinha, eu também me diverti muito! - Sorriu

— Te amo migo! - O abracei e ele retribuiu me abraçando mais forte

Joel: Támbem te amo baixnha! - Assim que sua voz soou em meu ouvido, eu senti como se uma corrente elétrica tivesse passando em meu corpo e me separei do abraço

— Eu...Eu acho vou pro meu quarto, boa noite! - Disse meia nervosa e ele sorriu

Joel: Boa noite, se precisar é só chamar ta bem! - Assenti e fui pro meu quarto

— O que foi isso ? - Perguntei a mim mesma assim que fechei a porta

   [...]

                       >>__Dia Seguinte__>>

Catarina: Oi minha linda! - Disse abrindo a porta pra mim

— Oi mãe! - Dei um beijo em seu rosto — Oi pai! - Sentei ao seu lado e também dei um beijo em seu rosto

Thomas: Tudo bem filha ? - Perguntou — Você disse que tinha uma coisa pra falar com a gente!

— É, eu tenho sim, mas tá tudo bem! - Disse simples

Catarina: É algo sério meu amor ? Pode falar! - Se sentou do outro lado

— Eu não sei por onde começar! - Comecei a ficar meio apreensiva

Catarina: Filha, se é algo sério, é melhor dizer de uma vez!

Thomas: Isso mesmo meu amor, tá assustando a mim e a sua mãe!

— Tá bem, eu vou contar! - Respirei fundo — Eu tô...eu tô grávida! - Disse e meu quase deu um pulo do sofá

Thomas: Como assim grávida ? - Disse meio alterado

— Me desculpem, aconteceu, eu...- Abaixei a cabeça cabisbaixa

Catarina: A quanto tempo você sabe disso ? - Perguntou

— Já vou completar dois meses de gestação! - Disse sem olhar pra ela

Catarina: 2 meses ? por que não contou pra gente ? - Perguntou

— Eu tava tomando coragem, eu não sabia como contar isso pra vocês!

Thomas: E o pai dessa criança, quem é? - Perguntou e meu coração disparou

— O pai é...— Na hora que eu ia falar, o interfone tocou

Catarina: Eu vou atender! - Se levantou e meu pai ficou andando de um lado pro outro, parecendo nervoso. — Disseram que tem um rapaz lá em baixo querendo falar com a gente!

Thomas: Que rapaz ? - Perguntou

Catarina: Eu não sei, pedi pra deixar subir! - Disse simples

Thomas: Vamos ver quem é, e depois temos que terminar essa conversa! - Disse firme e eu assenti

Segundos depois a campanha tocou e minha mãe foi atender.

Catarina: Você aqui ? - Ouvi ela falar com alguém na porta — Entra! - Pediu pra quem fosse entrar — É o seu amigo filha! - Disse e quando levantei a cabeça, me surpreendi

— Joel ? - Falei surpresa e ele ficou me olhando





Continua...



Notas Finais


O que será que ele foi fazer lá?? 🤔🤷🏽‍♀️😱
E quem será agora que o Joel gosta??? Vocês têm algum palpite?? 🤭😊❤

Espero que tenham gostado 💕
Até o próximo 📖🌹
Bjss😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...