1. Spirit Fanfics >
  2. Lobo x Coelho (Furry) >
  3. Introdução: Pt 1

História Lobo x Coelho (Furry) - Capítulo 1



Notas do Autor


Aqui está!!!! O começo definitivo de tudo!
Antes de qualquer coisa vamos conhecer um pouquinho dos nossos personagens, mas é só um pouquinho mesmo por que eu sou mal muahahahahahaha
Bom...
Boa leitura!

Capítulo 1 - Introdução: Pt 1


🐺~†Eli†~🐺


O barulho do carro seguindo por uma estrada de terra podia ser ouvido facilmente mesmo com as vozes que ecoavam e ressonavam no carro, a quem pertenciam essas vozes? A ninguém mais, ninguém menos que minha família, uma família de lobos cinzentos! Sim, me chamo Elisandro Wolff, um lobo cinzento alfa que está de mudança, mas bom isso não é o mais importante agora

Estou entediado, muito entediado… espero que ao chegarmos na fazenda eu consiga achar algo divertido pra fazer, meus olhos estão concentrados nesse momento no lado de fora do carro, sim! Olhar pela janela do carro e ver o que tem lá fora virou meu único meio de aliviar o tédio, quem diria não?

Estamos passando por uma fazendo um tanto peculiar… coelhos! Sim, uma fazenda cheia de coelhos pra todo lado, parece até um apocalipse de fofur--... Ahem… bom, tem muitos deles e… acabo de fazer a cara de surpreso mais louca do mundo, literalmente acabo de ver um daqueles coelhos dar um salto enorme indo parar no topo de uma árvore… eu sabia que coelhos eram bons saltadores mas, tanto assim?


Eli: Wtf… - Ainda com os olhos vidrados na cena até um certo irmão me chamar

Irmão (Everton): Ei Eli! O que tem de tão bom aí fora pra você nem piscar? - pergunta pra mim sem tirar os olhos do seu celular


Olho para ele, basicamente meu irmão mais novo Everton é um lobinho cinzento de olhos azuis, seu pelo é de um cinza bem claro na verdade e diferente de mim ele lembrou de carregar o celular, a bateria do meu praticamente morreu, tenho que coloca-lo pra carregar quando chegarmos


Eli: Não é nada demais, apenas alguns coelhos - digo de forma indiferente escondendo a surpresa que tive agora a pouco

Everton: Coelhos? - ele tira os olhos do celular olhando pra mim e logo em seguida pra janela que ficava ao meu lado logo em seguida fazendo um O perfeito com a boca e assobiando - alguns não… um montão!

Eli: É, tanto faz! - dou de ombros em relação a isso


Finalmente o carro para e nós saímos e eu respiro bem fundo fechando os olhos, diferente do ar da cidade esse é bem mais limpo, abro os olhos ao ouvir uma voz me chamar


Mãe (Jussara): Eli querido vamos entrar!


Olho para trás na direção da voz e me surpreendo pela segunda vez hoje, um casarão enorme estava bem ali a minha frente, nem tive tempo de falar qualquer coisa pois outra coisa chamou minha atenção, ou melhor alguém, um leitão vestido com roupa de fazendeiro veio até meu pai


Leitão: O'cês que são os novos vizinhos sô?


Pai (Erenildo): Sim, somos nós a família Wolff - diz meu pai com um certo tom de animação na voz

Leitão: Vim aqui pra dar-lhes as boa vindas e convidá-los pro nosso festival amanhã uai!

Mãe: Oh, claro! Muito obrigada pelo convite senhor…? - se pronuncia minha mãe

Nervan: Me chame de Nervan! Oinc! Sou da fazenda vizinha a de o'cês, bom, até o festival de amanhã e bem vindos a Rabbittown - gira nós calcanhares indo embora


Rabbittown? Até ja sei por que tem esse nome, mas bom... um festival né? Acho que pode ser legal…


Pai: Filho! Uma ajudinha aqui? - olho na direção do meu pai é o vejo abrindo o porta malas do carro, parece que ele quer ajuda com a bagagem

Eli: Já estou indo! - vou até ele e pego duas malas colocando uma de cada lado


Parece que vou ter um dia cheio arrumando as coisas aqui na nova casa, penso eu já entrando pela porta do casarão com as malas e dando de cara com um salão enorme, não consegui segurar um “Wou” ao ver aquilo, certo, terceira vez que me surpreendo em um dia, bati meu record

Subo as escadas que tinham ali chegando a um segundo andar, minha mãe estava aqui em cima também


Eli: Mãe? - chamo ela que estava dando uma olhada em algumas coisas no corredor meio distraída

Mãe: Ah? Eli, é só você - olha pra mim

Eli: Sim, sou eu, onde fica meu quarto? - pergunto sem enrolação

Mãe: É aquele ali - aponta pra uma porta no meio no final do corredor - ele fica do lado do banheiro do andar de cima

Eli: Certo, valeu - me afasto dela indo até a porta do quarto e o abro entrando


Dou uma boa olhada no lugar, um quarto bem simples, eu gostei, e está sem nenhuma decoração então posso decorar como eu quiser e… a cama é de casal? Mais espaço pra mim então! Me jogo na cama e fecho os olhos por um instante tentando tomar coragem pra arrumar tudo


Eli: Bom… - dou um suspiro - bem vindo a sua nova vida Elisandro!


Notas Finais


Esse foi o primeiro capítulo... Bom... Na vdd foi uma introdução kkkkkkkk
Espero que tenham gostado!
Até a próxima!
Fui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...