História LOLITA(EXO) - Capítulo 49


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Drama, Incesto, Romance, Sádico, Sexo
Visualizações 426
Palavras 513
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 49 - Capítulo 49


Baekhyun

Chanyeol dorme tranquilamente. Sentado no chão estou admirando ele. Entre meus dedos um cigarro. Penso sempre em dizer adeus para ele, porém lembro dos nossos momentos juntos e acredito que não posso deixar isso passar jamais. Devo me manter forte com essa relação, chorar eu sempre choro, é inevitável. No natal pensei em escrever uma carta para ele falando sobre meus sentimentos profundos, que bobagem a minha, ele não ligaria para isso. Não entendo porque sou assim, tão problemático e complexado. Nunca basta, me olho no espelho e vejo uma imagem completamente distorcida de mim mesmo. Quando será o dia que eu finalmente conseguirei dizer adeus para Park Chanyeol? Não sei se esse dia vai existir. 

Eu sou um garoto triste. 




...

As luzes misturam tudo e todos na minha visão. Luzes azuis e roxas de um lado para o outro. A balada está ótima e eu não consigo tirar os olhos de Park Chanyeol. No colegial era tão popular e pelo jeito continua a ser, rodeado de garotas muito bonitas que não param de se esfregar nele. Seu cabelo está bastante bagunçado, um detalhe que o deixou sexy demais. Me viro para o bar novamente e faço sinal para mais uma rodada de vodka. É a terceira. As pessoas dançam, riem, bebem ou conversam enquanto BEBEM. A música é Sad Boy, sua letra ecoa em minha cabeça. Sinto o suor escorrendo por minha testa. 

É ótima música, parece que foi feita para mim e...

- Nossa, que vadias ridículas. - sinto alguém encostando em mim na bancada de vidro do bar. Reconheço essa voz de longe, Chanyeol...

Olho para o lado e o mesmo abre um lindo sorriso que faz seus olhos diminuírem. Usa uma camisa preta com a maioria dos botões abertos e posso ver sua clavícula, por sinal perfeita e charmosa como ele. É realmente alto como um poste.

- Oi. - agora me sinto tímido em manter contato com o mesmo.

- Caralho, puta que pariu aquelas garotas estavam praticamente gozando somente de me tocar. Já não aguentava mais tantas mãos de unhas enormes me tocando. - viro a cabeça e lá atrás as garotas parecem chateadas com sua vinda pra cá. Uma delas usa delineador e o cabelo é muito vermelho, parece chorar. Diria que esse homem é o próprio Diabo. Como ele atraí tantas mulheres? E todas ficam aos seus pés.

- Mulheres são problemáticas ou pelo menos a grande maioria delas. - dou de ombros. Quero parecer relaxado mesmo que por dentro eu esteja morrendo de nervosismo. 

- Lentes azuis e cabelo preto ficam bem em você, garoto. Na real, você parece uma mulher e pelo o que vejo usa bastante maquiagem. - do nada sem permissão alguma ele pega em meu queixo e vira para si mesmo.

- O que está fazendo? - sussurro me tremendo.

- Comprovando que você é muito mais bonito que qualquer uma daquelas oferecidas. - abaixo a cabeça sem saber o que pensar, foi uma ironia ou um elogio de verdade? 

- Não me diga mentiras. Você não me conhece.

- Quero conhecer. - me dá um leve empurrão. 





Notas Finais


Música:
Rad Horror - Sad Boy


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...