História London High ( interativa ) - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 16
Palavras 3.220
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Primeira parte postada ;3
Eu tinha postado mais cedo, só que na fic errada

Capítulo 19 - Weeding time pt.1


~ London High ~

Gabi e Haru já tinham feito o anúncio para todos os amigos, que agora se encontravam no pátio

–Quem vai ficar responsável pela cerimônia?-Pergunta Antoni

–Ainda não planejamos isso, temos tempo-Diz Haru, uma mulher chega no lugar

–Gabi, eu finalmente te encontrei-Diz ela abraçando ele

–Desculpa, nos conhecemos?-Pergunta Gabi se soltando do abraço

–Sou uma tia sua, e esse é seu primo Adam-Diz ela apontando para um homem que entra no lugar também

–Eu nunca ouvi falar de vocês-Diz Gabi

–Nós estávamos viajando pela Europa, mas voltamos quando soubemos que ia se casar-Diz ela, Maze fica na frente dela

–Então, qual é seu nome?-Pergunta Maze

–Sou Alexandra, mas pode me chamar de Alexa-Diz ela

–Mazikeen, e não pode me chamar de outra coisa-Diz ela–Não somos amigas-Diz ela saindo da frente da mulher

–Ela é assim mesmo, não se preocupa-Diz Kaila, Alexa leva Gabi e Haru para almoçarem juntos, enquanto isso Maze vai para a LUX

~ LUX ~

Maze chega no lugar e apenas ignora as pessoas que cumprimentavam ela, ela vai até o bar e se senta

–Maze, você não tinha seu dia de folga?-Pergunta Nate indo até ela

–E tenho, não vim aqui trabalhar. Estou aqui bela bebida grátis-Diz Maze pegando um copo e entregando para Nate

–Qual é o problema? Roubaram suas facas?-Pergunta Nate e Maze nega–Rasgaram suas roupas de prostituta? Ex-namorado chato?-Pergunta Nate

–Não, nem tive namorados. Já te falei sobre o casamento dos meus amigos?-Pergunta Maze

–Não, estou sendo convidado?-Pergunta Nate

–Não, você nem conhece os dois. Mas nada te impede de ser meu acompanhante-Diz Maze–Mas antes de falarmos qualquer coisa, quero visitar a casa dessa tia-Diz Maze pegando a chave do Nate e indo até a saída com ele

~ Apartamento ~

Maze e Nate chegam na porta que disseram que Alexa estava morando

–Para alguém que viajou pela Europa, isso aqui é bem decadente. Eu já fiquei em lugares melhores-Diz Maze batendo na porta

–Ninguém em casa, vamos embora-Diz Nate e Maze segura ele

–Não, esse é o melhor momento-Diz Maze abrindo a porta do apartamento

–Isso é invasão. Não que eu não esteja gostando, mas isso é crime-Diz Nate, Maze apenas entra e ele vai junto

–Estamos procurando um lugar que possa estar alguma coisa suspeita-Diz Maze

–Eu recomendo olhar atrás de quadros, atrás do armário do banheiro, dutos de ventilação também são uma boa opção-Diz Nate

–Você já assaltou um lugar?-Pergunta Maze

–Não, já trabalhei construindo casas-Diz Nate, Maze apenas continua andando enquanto procura alguma coisa–Espera, esse piso fez um som diferente-Diz Nate indo até o piso de madeira e tirando ele. Dentro tinha algumas jóias e uma pasta

–Belo lugar para guardar bijuterias-Diz Maze

–Não são bijuterias, são reais. E também tem uma pasta-Diz Nate tirando ela, Maze pega a pasta da mão dele

–Isso é sobre o Haru, parece que ela andou ocupada-Diz Maze passando as folhas

–Isso são informações sobre ele-Diz Nate chegando mais perto de Maze

–Conhece espaço pessoal? Temos coisas mais importantes. Como saber o motivo dela ter tudo isso-Diz Maze

–Isso são antecedentes criminais?-Pergunta Nate

–É tudo falso, conheço um verdadeiro quando vejo, experiência própria. Mas parece que ela quer incriminar Haru, a maioria e de roubo-Diz Maze

–Mas ela não estava feliz com o casamento?-Pergunta Nate

–Talvez não queira perder o sobrinho-Diz Maze

–Ou talvez só não queira ele longe, para alguma coisa maior-Diz Nate

–Entre o Haru e o Gabi o que parece mais pobre é o Gabi, então não faz sentido-Diz Maze

–Onde eles estão agora?-Pergunta Nate

–Eu não sei, não vou perseguir eles-Diz Maze pegando o telefone

–Você vai ligar para ele?-Pergunta Nate

–Não, vou ligar para o Ariel. Fica muito explícito se ligar para um dos dois–Diz Maze–Oi Ariel, o Haru tá por aí?-Pergunta Maze

–Não, eu estou trabalhando. Achei um emprego em outro restaurante-Diz Ariel

–História comovente, pode já mandar para um produtor e fazer uma série sua. Sabe onde ele está?-Pergunta Maze

–Não, eu acho que arrumando essas coisas de casamento-Diz Ariel, logo depois Maze ouve alguma coisa do outro lado da linha

–Oi Maze, como você tá?-Pergunta Antoni

–Falando com o Ariel, não com você-Diz Maze

–É que ele falou sobre casamento, quer saber de algum dos dois?-Pergunta Antoni

–Sim, do Haru-Diz Maze

–Ele saiu com aquela tia do Gabi, foram em uma loja de roupa-Diz Antoni e Maze desliga o telefone

–Para onde você vai?-Pergunta Nate se levantando

–Vamos para a única loja que gente pobre que acha que é rica frequenta-Diz Maze, um serviço de quarto entra no lugar

–Você não é a Alexia-Diz ele se afastando lentamente

–Ainda bem, agora deita-Diz Maze e o homem apenas fica olhando para ela–Vou ter que falar outra vez?-Pergunta Maze

–Desculpa por ela. Dia difícil, toma pode ficar se manter a boca fechada-Diz Nate entregando dinheiro para o homem e saindo com Maze

~ Mont Blanc Store ~

Alexia e Haru entram na loja, a mesma tinha algumas jóias e roupas em cabides e nos manequins

–Gostou dessa loja?-Pergunta Alexia

–Eu gosto das minhas roupas normais, mas não odiei-Diz Haru

–Então vai experimentar isso, isso também e aquilo-Diz Alexia entregando algumas roupas para Haru. Eles continuam na loja por um bom tempo, até ir para uma parte de jaquetas–Eu queria parabenizar você por se casar com Gabi-Diz ela abraçando ele. Enquanto abraça ele, ela coloca um relógio na bolsa dele–Vamos pagar-Diz ela desfazendo o abraço e indo até o caixa. Quando eles estão no caixa, Maze entra na loja

–Maze, não sabia que ia aparecer-Diz Haru

–Eu vim ver se o cartão vai passar, seria uma alegria se não passasse-Diz Maze ficando atrás dos dois

–Não vai ter esse gostinho, esse cartão é novo-Diz Alexia

–E aquele negócio que você ama seu espaço pessoal?-Pergunta Haru percebendo a proximidade dela

–Mudanças, viva o casamento-Diz Maze tirando o relógio da bolsa de Haru

–Terminamos, pode ficar e comprar seus trapos-Diz Alexia

–Não sou eu que usa um vestido de onça comprado em qualquer feirinha da madrugada-Diz Maze indo atrás deles, quando iam sair, um segurança para eles

–Temos um alarme que podem estar com uma coisa da loja sem pagar-Diz ele

–Pode revistar o quanto quiser-Diz Maze entregando sua bolsa

–O que é essa bolsa?-Pergunta Haru

–Pele de macaco, foi um presente do Nate-Diz Maze

–Agora temos que olhar a bolsa do senhor-Diz ele e Haru entrega a bolsa e o segurança revista

–Tudo terminado, agora podemos ir-Diz Alexia

–Não, ainda temos que olhar sua bolsa-Diz Maze sorrindo

–Maze, cala a boca-Diz Alexia

–Cala a boca para minha pele de macaco-Diz Maze

–A senhorita está certa, precisamos olhar sua bolsa-Diz ele e Alexia entrega a bolsa, onde o segurança acha o relógio

–Nossa, temos uma criminosa entre nós-Diz Maze observando o segurança chamar a polícia

~ Departamento policial ~

Maze estava entrando no lugar onde ela estava, junto com Nate

–Não podem ficar aqui sozinhos-Diz a segurança

–Toma, pode ir comprar um daqueles salgadinhos-Diz Nate entregando dinheiro para ela, que sai do lugar

–Vou avisar a Ashley que essa aceita suborno. Alexia, como vai sua estadia na prisão?-Pergunta Maze

–Eu não peguei aquele relógio-Diz ela

–Sua bolsa consegue ser mais falsa que você. Eu e meu amigo Nate, achamos seu segredo. Ficha criminal falsa, qual é o problema? Não quer que seu sobrinho querido que nunca viu, saiba de alguma coisa?-Pergunta Maze

–Você não pode provar nada-Diz Alexia

–Eu tenho uma proposta, você some daqui e não faço nada com isso-Diz Maze pegando a pasta que pegou no apartamento de Alexia, uma policial entra no lugar

–Fiança paga-Diz ela e Gabi passa pela porta

–Sério isso?-Pergunta Maze

–Você tá bem? O que aconteceu?-Pergunta Gabi

–Eu te explico no caminho para o carro-Diz ela sorrindo para Maze, que apenas sai atrás deles e Nate segue a mesma

–Não pode acreditar nela, essa mulher tentou incriminar o seu noivo-Diz Maze

–Eu não tentei nada, Maze chegou no lugar, deveria querer incriminar Haru, quando não conseguiu, mudou seu alvo. Sou apenas uma vítima-Diz Alexia

–Diga isso para as provas, achei isso no apartamento da sua querida tia. Tudo sobre o Haru-Diz Maze

–Sabe Maze, estava pensando em te chamar para ser madrinha. Mas agora vai ficar satisfeita em apenas ir para a cerimônia, seu amigo também ia ser convidado, como seu acompanhante. Mas os dois agora são apenas convidados normais-Diz Gabi entrando no carro, Alexia fica na frente de Maze

–Parece que já temos a pessoa que ele confia-Diz Alexia sorrindo, Nate fica na frente de Maze

–Sua queda vai chegar, cedo ou tarde-Diz Nate

–E você é quem mesmo? O dono daquela boate? Tinha que ser igual Maze, para contratar ela tem que ser um lugar horrível-Diz Alexia

–Eu posso listar as partes do seu corpo que vão ficar horríveis-Diz Maze empurrando Nate e olhando nos olhos de Alexia–E se precisar, eu realmente vou fazer você ficar bonita de tanto apanhar-Diz Maze dando um sorriso cínico–Viva as comemorações, não vão durar muito tempo para você-Diz Maze indo até o carro de Nate

–Costumo impedir ela, mas você realmente merecia isso-Diz Nate

–Não tem nem dinheiro para comprar um carro, então vai de carona-Diz Maze antes de Nate acelerar o carro

~ London High, quarto do Haru ~

Haru estava no quarto junto com Gabi, os dois tinham acabado de chegar

–Dia difícil?-Pergunta Haru–É culpa dos detentos?-Pergunta Haru

–Não, minha tia e a Maze. Maze fala que minha tia armou para você, e minha tia fala que a Maze armou para você-Diz Gabi

–Eu sou esperto o bastante para não ficar entre um cara e seus parentes. Eu não vi nada, mas por que a Maze ia se virar contra mim assim?-Pergunta Haru

–Detesto esse jogo de empurrar. Parece que estamos no fundamental-Diz Gabi, Haru beija a cabeça de Gabi, que fica apoiado no ombro dele

~ Mansão do Nate ~

Maze estava na mansão de Nate, onde aconteceria a festa antes do casamento, mesmo que Gabi estivesse bravo com os dois

–Eu não acredito que Gabi não percebe as mentiras dela-Diz Maze começando a descer as escadas

–Na defesa dele, você poderia muito bem ter criado aqueles arquivos-Diz Nate

–Isso é outro nível de maldade, e teria que ter muito esforço-Diz Maze

–Como incriminar alguém por roubo de loja?-Pergunta Nate

–Incriminar? Eu só passei a culpa para o culpado. Alguns diriam que eu fiz a coisa certa, pelo caminho do bem-Diz Maze

–Você mandou memes dela como bruxa malvada-Diz Nate

–Alguns só aprendem visualmente-Diz Maze–Você acha que eu estou sendo muito dura, mas quando eu fui para o Canadá, Haru foi tão legal comigo antes da viagem. Quero ser legal com ele também. E o Gabi também é legal, mas agora essa mulher tá cegando ele. Eu vou ter quem se os dois me deixarem?-Pergunta Maze

–Bom, ainda tem mais amigos. E também tem eu-Diz Nate

–Até eu ser demitida. Então uma hora isso pode acontecer-Diz Maze

–Já pensou em fazer terapia? Só você, Alexia e um psiquiatra altamente capacitado e corajoso?-Pergunta Nate

–Não há drogas suficientes no mundo-Diz Maze sorrindo

–É engraçado falar isso. A terapeuta hippie dos meus pais, mandou fazer sessões usando uma droga, eles ficaram muito chapados. A verdade saiu com muito ranger de dentes, e depois disso eles fortaleceram o relacionamento, depois que os dois dormiram com a terapeuta-Diz Nate

–Bom, quanto ao Gabi. É minha palavra contra a dela, e ela não vai falar a verdade, a não ser se usarmos um polígrafo ou o soro da verdade-Diz Maze

–A única vez que eu usei foi um desastre. Eu passei 3 horas no metrô falando da minha vida para estranhos. Eles acharam que era uma encenação e me deram dinheiro, mas eu contei tudo para eles, tudo mesmo. Não estou dizendo que eu vou conseguir para você, isso poderia expor quem a Alexia é-Diz Haru

–Ela não vai drogar a mulher que acusou ela-Diz Nate

–Você não conhece a Maze. Eu não estaria disposto a fazer isso se não soubesse que poderia ser verdade, eu nunca vi você tão desesperada para provar alguma coisa-Diz Haru–Isso serve para provar a verdade-Diz Haru e Nate apenas sorri para Maze

- Mais tarde -

A sala principal da mansão estava com uma mesa enorme com tudo feito para o evento, estava lotado de conhecidos dos dois, garçons estavam andando por todo salão entregando as comidas. Maze estava junto com Haru e Nate no andar superior, na parte que dava para ver onde a mesa estava. Maze estava usando um vestido preto com uma fenda na perna direita, Haru estava usando um terno padrão com alguns detalhes dourados no blazer, Nate também estava usando apenas um terno padrão

–Você quer mesmo drogar ela?-Pergunta Nate

–Relaxa, vamos derramar chá, não sangue-Diz Maze

–Eu ficaria mais tranquilo se tivéssemos um plano reserva-Diz Nate

–Eu ficaria mais tranquila se ela estivesse sozinha naquele cubículo apodrecido de apartamento-Diz Maze–Por mim se isso revelar a verdade, podemos até dar tranquilizante de cavalo e ela não parar de falar por um dia-Diz Maze

–Uma noite é o suficiente, vamos revisar o plano?-Pergunta Haru

–Não é 11 homens e um segredo. Vou colocar isso na bebida dela, levar ela para o estúdio e gravar a confissão de como ela queria te incriminar-Diz Maze

–Só tem um problema, eu não consegui o Molly, eu consegui o Polly. Disseram que tem o mesmo efeito-Diz Haru

–Tanto faz, se a bolsa de grife dela é falsificada a droga também pode-Diz Maze terminando sua bebida

–Então vamos fazer isso-Diz Nate indo até a escada. Maze desce as escadas e vai até o garçom com bebidas, ela pega três bebidas e passa por Nate, que joga o pó em um deles, ela estava indo em direção de onde Haru estava com Alexia, quando Ariel chama ela. Ela vai até ele e coloca as três taças em uma mesa

–O que você quer? Eu estou ocupada-Diz Maze

–Eu queria saber se você pode me ajudar. Estava procurando algum jeito de achar alguém legal-Diz Ariel

–O Antoni, ele pode resolver seus problemas-Diz Maze

–Não, eu preciso de um novo amigo. Que possa se tornar algo mais-Diz Ariel

–Agora? Eu realmente estou ocupada-Diz Maze

–Você tá fazendo o que?-Pergunta Ariel, Nate vai até os dois

–Desculpa, mas não vai nos levar as bebidas?-Pergunta Nate

–Você tá com acompanhante, entendi-Diz Ariel, Maze apenas pega as taças e vai até Haru e Alexia

–Haru, Alexia. Eu vim aqui como um tratado de paz-Diz Maze entregando uma taça para ela e outra para Haru

–Aos noivos, e a nossa paz-Diz Alexia–Aliás, seu namorado tem uma ótima casa-Diz ela

–Ele não é meu namorado, apenas meu chefe e amigo-Diz Maze

–Mas eu aposto que ele não quer ser apenas seu amigo-Diz Alexia

–O álcool entrou no seu cérebro? Nate não tem interesse em relacionamentos, ele prefere o momento-Diz Maze, Alexia apenas dá um sorriso e bebe todo líquido da taça. Maze apenas olha para Nate e dá um sorriso enquanto o mesmo apenas vai até ela quando Haru e Alexia se afastam. Eles ficam juntos por um tempo–Ela parece estar normal, talvez tenha desenvolvido alguma imunidade maluca-Diz Maze

–Não, ela não parece ser o tipo Coachella. Já ele-Diz Nate apontando para Haru que estava diferente do normal

–Será que troquei as taças? O Ariel me distraiu, e o Gabi não queria o Haru nisso, ela vai vencer-Diz Maze

–Eu tiraria ele de lá se fosse você-Diz Nate e Maze vai até Haru

–Eu acho que bebi a taça errada-Diz Haru passando a mão no rosto

–É eu percebi-Diz Maze

–Não tem problema, eu acho que deveríamos ficar todos doidões. Que se danem as tretas familiares, vamos celebrar o amor, a vida, eu quero fazer um discurso-Diz Haru subindo na mesa. Maze apenas fica observando a cena, Haru começa a falar com todos e a cantar. Até ter um pequeno desmaio e cair da mesa

–Haru! Eu acho que ele está tendo uma overdose-Diz Maze abaixando perto dele

–Eu tô?-Pergunta Haru

–Só segue a minha história-Diz Maze

–Temos algum médico aqui?-Pergunta Gabi indo até ele

–O coração dele tá disparado, alguém colocou alguma coisa na bebida dele-Diz Maze olhando para Alexia–Alexia, não me diga que colocou alguma coisa na bebida dele-Diz Maze se levantando

–Eu não coloquei nada. Alguém chame uma ambulância-Diz Alexia

–Fala o que você colocou na bebida dele, não quer que ele morra né?-Pergunta Maze

–Eu não dei nada para ele-Diz Alexia

–Igual não tentou incriminar ele com roubo de loja?-Pergunta Maze

–Tem uma diferença entre drogar ele e colocar um relógio na bolsa-Diz Alexia e Maze dá um sorriso

–E a verdade apareceu-Diz Maze

–Eu acho que estou bem-Diz Haru

–Eu não, tentou fazer com que prendessem o Haru?-Pergunta Gabi

–Eu não. Eu te explico depois-Diz Alexia

–Não se incomode-Diz Gabi levantando Haru e indo até a cozinha com ele

–Melhor esperar um pouco para planejar o casamento-Diz Maze entrando na cozinha

–Você só pode estar brincando-Diz Gabi

–Que foi? Eu achei que era uma ótima piada. Mas contrate um planejador, tanto faz-Diz Maze

–Falei para não colocar o Haru nisso, e foi exatamente o que você fez-Diz Gabi–Me envergonhou na frente dos meus amigos e ainda trouxe essa droga para a festa de uma pessoa que trabalha na polícia. Onde você conseguiu?-Pergunta Gabi, Nate entra na cozinha

–Foi uma ideia ruim, sobre a terapeuta dos meus pais, longa história-Diz Nate

–O Haru não teve nada haver com isso, era para ser para sua tia-Diz Maze

–Tudo bem, até que foi divertido-Diz Haru se levantando e Gabi apenas faz ele se sentar novamente

–Que tipo de pessoa droga um familiar de um amigo?-Pergunta Gabi

–Que tipo de pessoa incrimina o noivo do próprio sobrinho?-Pergunta Maze

–As do mesmo tipo. Você e ela são iguais, fazem de tudo para provar que tem razão e não pensam nos estragos, isso era para ser uma festa para comemorar nosso noivado e você transformou em uma guerra. E eu não quero isso aqui-Diz Gabi

–Talvez seja culpa sua por não escolher um lado-Diz Maze

–Eu escolhi um lado, o meu. Pela primeira vez na vida, mas vocês não aceitam-Diz Gabi pegando Haru e saindo com ele, deixando Maze e Nate sozinhos

–Você tá bem? Queria te animar, te ofereceria os restos da droga do Haru, mas não seria uma boa ideia-Diz Nate

–Não seria uma boa ideia. Por que fez aquilo? Levar toda a culpa-Diz Maze

–Eu achei que não iria me prejudicar, mas você iria. Queria preservar seu resto de relacionamento com ele-Diz Nate

–Mas por que? Desde que me conheceu não parou de me ajudar. Em alguns problemas pessoais, no próprio trabalho, desde que a rainha má apareceu no reino-Diz Maze–Não faz parte do nosso contrato, ser gentil-Diz Maze

–Eu sei-Diz Nate

–Eu não entendo, mas já me disseram que eu sou uma péssima amiga-Diz Maze

–Isso não é verdade, ou você não teria protegido o Haru. Eu te enxergo, Mazikeen Smith-Diz Nate, Maze dá um beijo na bochecha dele e se afasta, eles ficam se olhando por um tempo até se beijarem

–Eu queria fazer isso desde que te conheci-Diz Nate

–O trabalho ficou no caminho?-Pergunta Maze

–Alguma coisa sempre fica. Dorme um pouco, tem quartos suficientes aqui-Diz Nate deixando Maze na frente da porta de um quarto



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...