1. Spirit Fanfics >
  2. Loose Boy >
  3. Prólogo

História Loose Boy - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Então, essa não é minha primeira fanfic, mas talvez eu esteja enferrujada então me perdoem qualquer coisa, espero que gostem!♡

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Loose Boy - Capítulo 1 - Prólogo

November - 28/11/2017 (Tuesday)

Donghyuck estava no 9° ano, tinha só 14 anos, mas já tinha uma ótima noção do mundo lá fora, ou talvez nem tão lá fora assim. Era o último dia de aula na Escola de Ensino Fundamental Harui(EEFH), em poucos meses iria finalmente estudar na Yonsei, a escola de ensino médio mais concorrida da Coréia do Sul, porém o garoto parecia um pouco aflito, mas não por causa da escola, e sim porque nesse momento havia uns 5 garotos diferentes esperando por Donghyuck nos fundos da escola. Bem, deixa eu explicar, Donghyuck nunca foi um garoto muito preso aos outros e aos seus sentimentos, de fato um "menino solto", talvez as únicas pessoas por quem o ruivo tivesse de fato um apego emocional forte, fosse sua linda mãezinha e seu lindo paizinho, seus dois irmãos e os patetas dos seus melhores amigos, Chenle e  Jisung, mas enfim. Dessa forma, Donghyuck talvez fosse conhecido pela cidade toda como o garoto que vê mais boca do que um dentista, e por causa disso, na alegria dos momentos, o garoto acabou marcando de ficar com 5 meninos diferentes atrás da escola, ah! acho que esqueci de falar, Donghyuck é gay, acho que já está meio óbvio, mas queria avisar.

Não sabia o que fazer, será que teria que ficar com todos ao mesmo tempo? Não! Só Deus sabe o que poderia acontecer! Sua mente já estava entrando em colapso, até que teve uma idéia genial, deu uma olhada para os fundos da escola e viu um grupo de 5 garotos discutindo aos gritos, assim, Hyuck pegou sua linda mochila e saiu andando tranquilamente até chegar em casa e se jogar no sofá, aqueles meninos não iriam morrer se não beijassem a boca do ruivo, e Hyuck? este que não iria morrer mesmo, afinal, boca era o que não faltava para ele beijar.

Currently - 06/01/2020 (Monday)

Atualmente, Donghyuck já estava no 3° ano do ensino médio, na Escola de Ensino Médio Yonsei(EEMY), e teria que admitir, sua vida nunca foi tão abençoada com homens tão bonitos, logo no primeiro ano que entrou na escola conheceu Lee Jeno, o volante do time de basquete, andava pra cima e pra baixo com aquela regata que deixava seu corpo bonito bem amostra e aqueles shorts que, Donghyuck admitia com uma certa vergonha, deixava sua bunda muito bonita, e quando não estava com esse fardamento do basquete, usava o uniforme do escola de uma forma bagunçada que deixava ele uma delícia, palavras de Donghyuck, não minhas.

Também no primeiro ano conheceu Na Jaemin, o líder do clube de teatro que tinha feições gentis e angelicais, mas Donghyuck descobriu da melhor forma possível que  de santo aquele garoto só tinha a cara, logo na primeira semana que conheceu ele já estava aos beijos com o garoto de cabelos rosa no camarim do auditório, assim como Lee Jeno, a quem Hyuck não demorou pra conseguir  beijar o mesmo no vestiário do time de basquete, e depois disso, tanto Na Jaemin quanto Lee Jeno, queriam mais do ruivo, era sempre assim, todos sempre queriam mais de Donghyuck, era de fato uma pena que o mesmo era solto demais pra isso, e sabia que aquilo jamais entraria no quesito "romance".

No segundo ano, foi que Hyuck conheceu o doce Huang Renjun, o líder do clube de artes, e depois que beijou o mesmo da forma mais deliciosa possível em cima da mesa de pintura do loiro até pensou que talvez tivesse se apaixonado, mas só pensou mesmo, já que depois de mais e mais alguns beijos, Hyuck se tocou que aquilo também não passaria daquele nível, era até meio triste, Renjun era um menino muito bom, com certeza sua mãe o adoraria.

Agora no terceiro ano, os três garotos sabiam que os beijos e as relações com Donghyuck jamais iriam passar daquilo, mas não queriam parar, afinal, quem iria querer parar de beijar Lee Donghyuck? Atualmente, todos são grandes amigos, talvez os beijos sirvam pra fortalecer a amizade porque os quatro não se desgrudam por nada, e sinceramente, isso deve ser um colírio para os olhos dos alunos da escola, imagine Lee Jeno, Na Jaemin, Huang Renjun e Lee Donghyuck andando juntos pra todo lado com aqueles rostos bonitinhos que provavelmente a escola toda tem vontade de beijar, talvez até o mais hétero dos mais héteros tenha vontade de pegar um deles, se não todos. Na verdade...

Talvez isso não seja tão verdade assim levando em conta que naquela escola existe Mark Lee, ah Mark Lee, como explicar Mark Lee? Bem, ele é hétero e só, apesar de eu ter minhas dúvidas ele jura de pé junto que é sim, mas vejam só, assim que ele entrou na escola adivinha quem foi o escolhido pra mostrar o lugar pra ele? Exato, Lee Donghyuck, e vocês sabem que o ruivo não passa 5 segundos sem flertar com alguém, e com Mark não foi diferente, porém o canadense ao notar logo disse com toda convicção do universo que era hétero, ah calma vamos relembrar esse momento agora mesmo:

- Então, aqui é o jardim da escola e ali atrás tem uma árvore gigante que é perfeita pra beijar alguém sem que os inspetores vejam. - Falou o ruivo sorrindo minimamente para o canadense, ele não seria idiota de negar que Mark era sim muito lindo e um puta gostoso e que queria muito que ele fosse o próximo em um extensa listinha de "garotos que já peguei", havia um espaço em branco reservado especialmente para alguém como o Lee mais velho.

- Hm legal, talvez se eu achar alguma garota legal aqui eu fique com ela nessa árvore - disse Mark notando as verdadeiras intenções do ruivinho.

- Ah então quer dizer que o bonitinho é hétero? - Donghyuck falou se aproximando cada vez mais do de cabelos pretos.

- Sim. - disse com convicção demais pro gosto de Hyuck, parecia meio nervoso.

- Tem certeza? Parece meio nervoso, é por causa da minha aproximação, gracinha? - disse ainda com o sorrisinho no rosto vendo Mark logo o encarar com um certo deboche.

- Sim, tenho certeza, e mesmo que eu não fosse hétero, eu não sou de me apegar ou me apaixonar muito fácil..."gracinha". - disse a última palavra imitando o jeito de Donghyuck, e logo saiu andando de volta para dentro da escola.

- É o que vamos ver, Mark Lee. - disse mais para si mesmo antes de ir atrás do outro para dentro da escola, afinal estavam andando juntos então tinham que chegar juntos na sala.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Por favor, comentem se querem que eu continue♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...