História LORAINI: IN THE DARK WORLD OF ART - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Black Pink, The Evil Within, The Sims
Personagens Jennie, Jisoo, Lisa, Personagens Originais, Rosé
Tags Ação, Amor, Aventura, Blackpink, Ficção, Horror, Investigação, Mistério, Romance, Saga, Suspense, The Evil Within, The Sims 4
Visualizações 2
Palavras 1.283
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Mutilação, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem, acima de tudo, desde já grata!

*Esta Fanfic é interativa, ou seja, imagens e prospostas de vídeos ou músicas em [...], explicam e contribuem com a História em si, ou seja, é uma parte, sendo visualizada também.

Capítulo 2 - Cap.2: Sonhando Novamente


Fanfic / Fanfiction LORAINI: IN THE DARK WORLD OF ART - Capítulo 2 - Cap.2: Sonhando Novamente

Cap.2: SONHANDO NOVAMENTE

 

(Loraini após prestigiar às boas vindas italiana foi para o objetivo geral de sua viagem: A Universidade. Chegando lá, ela viu como era imenso o Campus, e que fotos às vezes podem enganar, vendo a realidade na sua frente. Na entrada, ela foi acolhida muito bem pela Reitoria Cristina Comencini.)

-Bem Vinda Loraini, seu pai já tinha me ligado a muito tempo, me informando de sua chegada! Espero que se sinta em casa aqui. Ao redor do Campus, você verá avisos espalhados por todos os três andares, 24 Horas por dia, com Atividades e Informações Acadêmicas direcionadas de acordo com o seu Curso e em geral. Seu quarto, está disponível no painel de informações que se encontra neste andar. Aqui estão as suas chaves do quarto, e Buoni Studi!

-Grazie!

 

...

 

(Loraini caminhou até o painel.)

-Parece que estou no último quarto da lista. Acredito que eu e minha colega de quarto fomos deixadas para o fim do corredor.(Loraini se dirigiu ao segundo andar. O Campus separava meninos de meninas, na qual, ficava ainda mais fácil de saber para que lado seguir. Ela entrou no quarto, e percebeu que não era um quarto luxuoso, nem menos grande, porém, tinha um espelho que causou medo nela, mas,... logo, teria que aproveitar um espaço ainda menor ainda, devido a sua colega de quarto, porém, isso não decepcionou Loraini, pois o simples fato de estar ali, a deixava feliz. Alguns minutos se passavam, e ela aproveitou para descansar da sua viagem naquele fim de tarde. Até que...Alguém, deu um pontapé na porta, a qual, fez se abrir rapidamente.)

(TOQUE BOOMBAYAH)

-E aí garota!(Disse a garota que acabara de entrar no quarto.)

-Acredito que seja a...

-...Lisa? Sim, sou eu. Agora, fica esperta, temos um quarto e ele vai ficar mais pequeno do que já está, quando duas pessoas estiverem aqui.

-Isso quer dizer que...(Loraini foi interrompida novamente.)

-...Vamos compartilhar tudo Girl. Bate aqui.(Loraini um pouco confusa fez o gesto.)

-Ok!...Bem...(Lisa saiu, antes de escutar o que Loraini tinha à dizer.)

...

-Lisa, que bom que chegou!(Disse Jennie que estava do quarto ao lado.)

-É claro que cheguei, apenas para ver vocês!

-E aí, quem é a sua colega de quarto? Já perguntou que Curso ela vai fazer?(Perguntou Rosé.)

-Ainda Não.

-Ah...Mas deveria!(Exclamou Jisoo.)

-Eu sei...Eu só queria na verdade era ver vocês, mas prometo que trago informações dela.

-Ah...Eu sei, eu bem que queria ter compartilhado o quarto com a Lisa.(Pronunciou Jennie.)

-Nossa! Eu me senti expulsa daqui agora.(Afirmou Jisoo.)

-Parem com isso! Eu até que gostei da minha nova colega de quarto.(Disse Rosé.)

-Tá...Tá...Tá. Agora quem quer uma guerra de travesseiros?

 

...

 

(Já eram exatamente 21:00 horas da noite daquele dia. Loraini estava quase fechando seus olhos. O sono já estava batendo na porta, e era cada vez mais forte o sinal que o seu corpo fazia para começar a dormir logo. Lisa, sua colega de quarto não havia chegado ainda, para fazer companhia no dormitório com ela, sendo a sua primeira noite ali, Loraini já havia avisado ao seu pai, que chegou bem na Itália...porém, com o passar do tempo...ela dormiu profundamente...ela começou a sonhar que estava em um lugar totalmente branco, uma criança estava correndo, porém, parou perto dela.)

-Agora é a sua vez!(Ela sem entender, perseguiu a menina que parecia insistir que a seguisse, onde era branco, através de um espelho que aproximavam-se muito familiar com o que tinha no seu quarto, quebrou-se e levo-as para um local desconhecido com uma porta à poucos metros, ao chegar na porta, a menina desapareceu de sua vista ao virar para ela,...quando entrou, tudo estava desmoronando-se, bastante destruído com paredes opostas e centrais com quadros bizarros repetidos de um olho ‘’arregalado’’, quando começou a andar novamente, após a parada feita, viu um homem deitado no chão, parecia morto com uma câmera da marca Veritas bem antiga, segurando contra o seu peito. Curiosa, ela pegou essa câmera que por alguns minutos havia disparado um flash sem ter apertado nenhum botão, no mesmo momento, o homem começou a mexer-se...ela afastando-se dele um olho azul abriu rapidamente na sua visão frontal e ela acordou com o susto.)

-Porquê?...Porque esse sonho está acontecendo de novo comigo...(Disse Loraini perturbada ao acordar...olhando para o espelho do seu quarto de longe, vendo que ele estava intacto, mesmo quebrando-se no seu sonho, após ter, relembrado novamente daquelas imagens, que mais pareciam Filme de Suspense. No penúltimo dia, antes de viajar, Loraini começou a lembrar também da sua ida nas exposições de artes no Museu D’orsay,...e que essas miragens percorriam sua memória naquele dia, bem como agora novamente...ela começou a pensar rapidamente.)

-Aquela obra que eu vi, mas parecia ser uma foto tirada exposta, que por um instante havia chamado minha atenção, era de um artista...será esse artista que permeia nesse sonho?...E esse espelho? O que têm de secreto nele?(Disse Loraini pensativa.)

(Seus pensamentos, acabaram por lembrar das leituras que fez naquele dia...como Lisa, estava dormindo, e não queria incomodá-la falando para si mesma. Loraini decidiu pegar seu caderno, e em uma folha em branco, anotou os principais fatos que a deixam curiosas sobre o artista que em primeira mão à deixava curiosa, por nunca ter ouvido falar nas suas pesquisas por Arte.)

>Anotações:______________________________________________________

Fato 1: Stefano Valentini, a qual, estava implícito naquela obra, por ter sido um artista que o fez como uma simples obra naturalmente, se não um pouco excêntrico, uma vez. No entanto, foi exposto aos horrores da guerra, desenvolveu uma visão sinistra em sua arte aos pensamentos e olhares dos outros, bem como aos meus;

Fato 2: Alguns recortes de jornais encontrados e colocados na exposição indicam que Stefano não aceitava muito bem as críticas à sua "arte’’. Ele se mostrava ser alguém arrogante e orgulhoso, e tinha um ego excessivamente inflado. Ele preferia se vangloriar incessantemente, enquanto menosprezava aqueles que consideravam "desinteressante" ou "chato, embora pareça capaz de reconhecer e reconhecer ameaças credíveis, se perseverava diante da adversidade. Sob a fachada de sua compostura, no entanto, Stefano provava ser emocionalmente sensível e tinha uma baixa autoestima que é era facilmente ferido, no final de tudo, a maior falha fatal de Stefano foi sua arrogância, e sua obsessão em capturar a perfeita forma de arte que levou à sua morte em 2017, por Sebastian Castellanos;

Fato 3: É originário da Itália. Stefano se vestia de maneira extravagante. Sua vestimenta consiste em um terno roxo, enquanto usa um cachecol vermelho  em volta do pescoço,  luvas de couro e sapatos sociais, ambos avermelhados. Seus olhos são de um azul brilhante, seu cabelo é preto com um lado cuidadosamente penteado, que está um pouco mais à direita, mas ele mantém esse lado pendurado para cobrir o olho direito...

(Flash Back das Visões)

-Aah...(Ela gritou um pouco alto, pois fez Lisa se mexer, porém, não a fez acordar.)

-O que é isso?...Meu Deus, será realmente ele?(Disse Loraini um pouco nervosa, a qual, não queria mais escrever suas observações feitas naquele dia, porém, uma força inexplicável à fez com que seus dedos agarrassem a caneta de tinta preta novamente para começar a anotar algo contra sua vontade...)

......Você é minha obra de Arte......

-Aah...(Loraini plenamente assustada e suando frio, desmaiou, caindo com a caneta e seu caderno no chão..., Lisa acordou naquele momento.)

-Mais o que é isso...Loraini...LORAINI!(Lisa suplicou a gritos, e após olhar para vários locais do quarto achando algo, a qual, poderia ter assustado...sem querer ela olhou para o chão, onde estavam o caderno e a caneta jogados perto de Loraini.)

-O que é isso?(Disse Lisa, após olhar o que Loraini havia escrito...porém, duas letras vermelhas finais vermelhas no final chamaram sua atenção!)

-S.V.

......Você é minha obra de Arte......S.V.


Notas Finais


Até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...