História Losers Can Also Win - Jikook - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jihope, Jikook, Namjin, Taegi, Taeyoonseok, Vhope, Vmin, Yoonmin, Yoonseok
Visualizações 161
Palavras 1.863
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shounen, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Garaio Viado, voltei! Faz tempo hein... Sorry, estava ocupada :3.

Capítulo de é, é pesado em alguns termos, mas né Louca temos que da continuidade.

Capítulo 6 - Broken


Fanfic / Fanfiction Losers Can Also Win - Jikook - Capítulo 6 - Broken

[Autora On]

• 05:30 a.m.

Jimin acordou suando frio, o estômago doía e o coração estava acelerado, havia tido outro pesadelo que o maltratava. Tentou controlar sua respiração descompensada e as lágrimas finas que insistiam em molhar suas bochechas.

No sonho Jimin, vestido todo de branco, executava o seu tão sonhado Lago dos Cisnes no teatro lotado, quando de repente apareceu em sua frente um espelho, que o refletia todo de preto e com os olhos completamente negros. O reflexo ergueu sua mão apontando para Park e então a fechou em punho, nesse momento Jimin sentiu suas pernas enfraquecerem e conseguinte o fazendo cair. A plateia começou a vaia-lo “Inútil, Inútil!” e para onde ele olhasse procurando socorro haviam olhares de desgosto em cima de si. O pequeno voltou a olhar o reflexo, que também estava caído no chão e o ouviu sussurrar o encarando “Isso é tudo sua culpa!”

O acinzentado engoliu seco e secou suas lágrimas desesperado e resolveu que iria até o banheiro lavar o rosto sozinho, numa tentativa de provar a si mesmo que o sonho estava errado.

Puxou sua cadeira para mais perto e se apoiou na mesma, mas como fazia tudo com tanta pressa e desespero, acabou caindo da cama fazendo a cadeira ir pra longe e o pequeno ficar caído no chão.

Park com muito esforço e com lágrimas que ferviam em seus olhos, conseguiu se apoiar novamente na cama. Como aquilo doía psicologicamente.

Puxou a sua coberta e afogou seu rosto lá soltando um longo e dolorido grito, que fora abafado pelas cobertas. A cabeça chegava a tremer de tanto que chorava.

Permaneceu ali do mesmo estado, até ter forças para voltar a se deitar na cama com o corpo completamente exausto.

O pequeno Jimin estava ferido. Sua mente estava corrompida, seu coração machucado e sua alma em cacos.

.

.

.

Jungkook levantou um pouco mais cedo que o normal, decidiu que iria andando pra escola a partir daquele dia, não queria dar mais trabalho a sua tia como já havia feito durante as duas semanas que passaram.

Levantou animado, tomou seu banho, vestiu-se e saiu do quarto.

Jk: Hope hyung, já está saindo? - Perguntou ao ruivo que também saía do seu quarto.

Jh: Também resolveu acordar mais cedo, Jungkook? - perguntou sorrindo.

Jk: Uhum, resolvi ir andando pra escola. - Sorriu.

Jh: Que decisão saudável... Já eu vou sequestrar a motinha do Yoongi, por que tenho que chegar mais cedo hoje.

Jk: Hobi hyung, seus sapatos. - Disse rindo.

Jh: O que? - Olhou para os pés, vendo os pares trocados. – Ah, meu Deus, de novo! - Voltou para o quarto.

Jungkook desceu até a cozinha encontrando seu hyung azulado preparando o café.

Jk: Bom dia, hyung. - Sentou-se na mesa.

Yg: Bom dia, Jungkook. Acordou cedo.

Jk: Chimchim, não acordou ainda?

Yg: Ele normalmente acorda mais tarde. - Falou e colocou ovos mexidos e pão na mesa para Jungkook. – Desculpe pelo café simples, estou precisando fazer compras.

Jk: Que isso, pra mim está ótimo, hyung. - Sorriu.

Yg: Tudo bem nada. - Falou colocando suco de laranja no copo do mais novo. – Você está em fase de crescimento, tem que comer bastante. Ou quer acabar ficando pequeno como eu? - Brincou.

Jk: kkkkk Mas eu já sou mais alto que você, hyung. - Yoongi tacou-lhe um pano de prato.

Yg: Pirralho insolente. - Riram. – Ah Jungkook, madame teve que sair mais cedo então você vai precisar ir—

Jk: A pé. Eu sei, ela me avisou ontem. E eu decidi ir andando pra escola a partir de hoje.

Yg: Huuuuum, me parece uma decisão... idiota. - Se mostrou pensativo.

Jh: Ele não é sedentário que nem você, Yoongi. - O ruivo apareceu pegando uma maçã. – E por falar em sedentarismo... Hyung me empresta sua lambretinha? Obrigado! - Sorriu mordendo a maçã e indo em direção a saída.

Yoongi deu de ombros e Hoseok saiu com a pequena moto vermelha. Jungkook logo terminou seu café e foi para escola caminhando.

O colégio não era tão perto, mas Jeon estava cerca de 10 minutos adiantado então preferiu andar calmamente aproveitando a paisagem molhada pela chuva da noite.

Chegou à escola e se juntou aos seus amigos. As aulas foram passando.Teve aula com o professor palhaço que ele conhecia bem, Kim Taehyung, depois o intervalo e mais aulas. Assim passou seu dia até a hora de ir embora.

Jeon caminhava sorridente de volta pra casa, não via a hora de encontrar seu hyung bicudinho e passar o dia lhe perturbando. Só de pensar em seu hyung o repreendendo, o moreno já sorria que nem bobo. Jeon estava se tornando um bobo sorridente sem sequer perceber.

Todavia o sorriso do garoto morreu na mesma medida que seu coração apertou imensamente quando, ao virar a esquina de sua casa, se deparou com uma ambulância na porta.

Jungkook saiu correndo até a casa. Ao chegar lá encontrou Hoseok do lado de fora, andando de um lado para o outro enquanto puxava os cabelos com um olhar perdido e banhado por lágrimas.

Jk: H-hyung, o que está acontecen—

Parou assim que viu dois homens vestidos de branco carregando Jimin desmaiado e ensanguentado em uma maca às pressas e Hoseok desviou seu olhar para o mais novo.

Jk: JIMIN! - Jeon avançou até a maca, mas o Jung o segurou por trás.

Jh: Jungkook, se acalme! Por favor! - Os enfermeiros fecharam as portas da ambulância. – Você vai atrapalhá-los.

Jk: Hyung, o Jimin! - Falou meio perdido e com lágrimas escorrendo.

Jh: Eu sei! Mas você precisa se acalmar! Ele vai ficar bem! - O mais novo parou de se debater e virou abraçando o ruivo.

Jk: O que aconteceu? - Perguntou com o choro abafado pelo ombro do mais velho.

Jh: Jimin aproveitou que Yoongi tinha saído pra fazer compras e que não havia mais ninguém em casa e... - Disse entre soluços. – Quando eu voltei, eu o encontrei sangrando em seu quarto... - Falou com uma voz embriagada pelo choro.

[ • • • ]

O senhor Park Jimin cortou seus tornozelos, foi uma região realmente perigosa. Ele perdeu muito sangue, mas felizmente conseguimos doadores em pouco tempo. - Disse o médico a todos presentes a espera de notícias sobre Jimin. — Ele, infelizmente, estava disposto a morrer desda vez...

Namjoon e Taehyung abaixaram a cabeça e suspiraram numa mistura de alívio e tristeza, ambos haviam doado sangue para Park.

Hoseok estava sentado em um canto mais distante da sala com a mão massageando a testa enquanto escutava tudo em silêncio.

Jungkook que estava abraçado à sua tia junto a Jin, observou Yoongi amassar o copo de plástico que tinha em mãos e jogá-lo no lixo.

Yg: Eu vou tirar a semana de folga em Incheon, madade... - Disse seco e saiu do local.

Jk: Hyung—

Jh: Deixe ele, Jungkook. - Disse com um olhar distante.

Jungkook se calou vendo que todos ali estavam conformados com a atitude do azulado.

Bem, o senhor Park deve acordar em cerca de uma hora e meia. Por favor entrem no máximo de dois em dois no quarto, não queremos deixa-lo cansando. - Todos assentiram.

O médico se despediu saindo do local e todos suspiraram pesado. Namjoon se sentou ao lado de Jin acariciando seus braços.

Taehyung também saiu da sala e foi em direção a uma das saídas, que dava em um jardim na parte de trás dos hospital. Jungkook se levantou e foi atrás do mais velho.

• • •

Jungkook se sentou ao lado de Kim, que estava sentado em um banco com o olhar perdido no horizonte. Ambos ficaram em silêncio observando o vento bagunçar as poucas árvores ali presentes assim como fazia com seus fios de cabelo.

Th: Suga anda passando muito tempo em Incheon, não gosto disso... - Iniciou sério, roubando o olhar do mais novo pra si. – Todos nós somos amigos e somos muito próximos, mas aqueles três são muito grudados, são o maior apoio um do outro... - O mais velho se levantou. – Mas eles tem suas feridas, todos nós temos.... Feridas profundas, Jungkook... - Jeon olhou para baixo engolindo seco, prestando atenção. – Quando Yoongi voltar, repare em seus pulsos... Mas por hora, vamos apenas voltar para dentro, está ficando frio aqui. - Sorriu fechado e o mais novo retribuiu da mesma maneira.

Jeon e Kim voltaram para dentro em silêncio. Jungkook sentia um aperto no coração não só por Jimin, mas sim por todos e o clima pesado não estava ajudando.

Logo que chegaram Jungkook acompanhou sua tia até o refeitório do hospital, ambos estavam sem comer nada a horas e apesar da falta de apetite resolveram que comer algo seria bom.

Comeram e logo voltaram para sala de espera.

Nj: Quer um café, amor? - Disse em um quase sussurro para Jin, que estava com a cabeça apoiada em seu ombro e com olhos profundos.

J: Quero sim, por favor... - Disse baixo. - Namjoon se levantou e foi pegar o café, voltando em pouco tempo. – Obrigado... - Agradeceu com um pequeno sorriso.

Jh: Eu...eu acho que vou pra casa tomar um banho. - Se levantou do local onde estava.

Jk: Tem certeza, hyung? Jimin acordará em pouco tempo...

Jh: Eu voltarei mais tarde para vê-lo... - Respondeu com um sorriso mínimo. – Eu vou de táxi, não se preocupem.

Th: Hobi, você não quer que eu vá com você? - Taehyung estava preocupado com o estado emocional do amigo.

Jh: Não Tae, obrigado. Eu preciso ficar um pouco sozinho... - Sorriu pequeno novamente e o amigo assentiu sem ânimo.

Hoseok se despediu de todos e saiu do hospital em seguida pegando táxi para casa.

Com licença... - Uma enfermeira apareceu. — Senhor Park está acordando. - Todos assentiram.

• • •

Hoseok chegou em casa, cuja qual estava toda escura. Foi até o quarto de Yoongi vendo que o azulado tinha pegados algumas roupas e já havia saído.

Subiu para os quartos mas não parou no seu, foi para o de Jimin. Seu corpo estava trêmulo e receoso se iria encontrar todo aquele sangue esparramando pelo quarto. Porém, foi ainda pior quando ao chegar no quarto, viu que tudo estava limpo. Yoongi havia limpado tudo sozinho.

O ruivo se sentou no chão encostado na cama, escondeu a cabeça entre os joelhos e pôs-se a chorar ao lembrar da imagem do amigo desmaiado sangrando no chão. O garoto estava exausto de todos as maneiras.

• • •

Taehyung e Jungkook foram os primeiros a entrar no quarto e esperavam Jimin, que acordava lentamente.

Jm: Parece que eu ainda estou vivo... - Brincou com um sorriso cansado.

Jk: Hyung! - O moreno segurou as mãos do acinzentado.

Th: Pois é, nem a morte te quer, amigo. - Também brincou com o mesmo sorriso.

Jm: Hey, coelhinho, você por aqui? - Sorriu de olhos fechados. – Fico feliz...

Jk: Eu sempre vou estar, Jimin hyung... - Sorriu e acariciou a pequena mão de Jimin.

Jm: Madame e o casal estão lá fora? - Assentiram. – E Hobi e Yoon estão?

Th: Não... Hope foi pra casa tomar um banho e volta mais tarde. Já Yoongi...

Jm: Oh, entendo... Eles devem estar chateados. - Disse com um fio de voz trêmula. – Afinal eu quebrei nossa promessa, de novo... - Lágrimas começaram a escorrer pelas bochechas de Jimin e os dois amigos logo o abraçaram. – Me desculpem, me desculpem pessoal...


Notas Finais


Eita, Jiminnie-ssi...

Oh, sim. Yoongi e Hoseok estão chateados com o ChimChim, claro que essa chateação se deve à imensa preocupação dos dois para com o Jimin. E por isso, os próximos capítulos serão um pouco mais tensos, já que eu irei focar na história de 4 personagens (Jk, JM, SG e JH) e também na reconciliação dos trio, não é mesmo? Lembrando gente que foi o Hope quem encontrou o Jimin após sua tentativa de suicídio, então ele está em um estado traumático – já Yoongi estava fora fazendo compras para a casa e o sentimento de culpa, por ter deixado Jimin sozinho está forte nele também. Mas eu vou explicar isso nos próximos capítulos.

Bem, é isso e até semana que vem ou final de semana, povo! ( ˘ ³˘)❤

----------- Momento auto-propaganda -------

Oi! Você gosta de TaeGi e lemon com imagens? E se gosta, tem wattpad? Se sim, “Não perca teeeeempo” dá um pulinho aqui ò: https://my.w.tt/UiNb/vHLjeW112H


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...