1. Spirit Fanfics >
  2. Losers Or Lovers >
  3. Choices have consequences (As escolhas tem consequencias)

História Losers Or Lovers - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Choices have consequences (As escolhas tem consequencias)


Fanfic / Fanfiction Losers Or Lovers - Capítulo 16 - Choices have consequences (As escolhas tem consequencias)

*Joey on


— Antes da gente começar a falar disso... você ia se sacrificar por mim? - Disse Lexi confusa.


— Claro que não vey, foi maneira de falar tá ligada? - Disse Joey sorrindo.


— Ah certo. - Ela deu um sorriso.


— Olha preciso saber se você estar disposta a denúncia pra polícia, o que ele fez não foi certo e você sabe disso. - Disse Joey olhando pro hambúrguer.


— Estou mas ainda tenho medo Joey, o Zack é capaz de tudo sabe? - Disse Lexi desconfortável.


— Por que ele é rico? É um garoto mimado que faz a porra que quer? Eu não tenho medo não. - Disse Joey revirando os olhos.


— O você quer eu faça? Que eu lute? - Disse Lexi desligando o celular.


— Eu quero que você se importe, você pra mim está traumatizada, a medida dessa situação tem que ser resolvida, Lexi o medo é um passo pra desistir, então mostre que você é capaz é realmente está disposta a isso. - Disse Joey olhando nos olhos dela.


— Estou sem palavras Joey, você venceu amanhã eu conto tudo. - Disse Lexi com bastante certeza.


— Isso aí garota, é hora de agir. - Disse Joey dando uma piscada.


[...]


Ed On*

 Estava passando pela rua da escola e avistei uma coisa estranha, tinha dois garotos de roupa escura mas não conseguia ver pois estava um pouco longe, então resolvi se aproximar mais e quando vi me assustei era o Luigi, fiquei olhando o tempo todo e não conseguia imaginar que ele iria pinchar o colégio ainda mais com um garoto estranho que nem conheceu direito, e cadê o Joey nessas horas, enviei uma mensagem pro Joey, mas acho que ele não recebeu, ele sempre me responde rápido, foi então que resolvi ir me aproximar deles dois.


— Que porra é essa Luigi? - Disse Ed e Luigi fica assustado.


— Só não conta pro nada pro Joey. - Disse Luigi respirando forte.


— Por que você não se junta com a gente? - Disse Cameron dando um sorriso de malandro.


— Porque eu não sou malandro não, que porra vocês tão fazendo mano, a polícia pode chegar a qualquer momento. - Disse Ed revirando os olhos.


— Credo Ed, se junta aí com a gente. - Disse Luigi falando sério.


— Mano, qual o seu problema? Tá ficando louco Luigi? Mano você sabe que isso é errado. - Disse tirando a tinta da mão dele.


[...]

 

Assim que tirei a tinta da mão de Luigi ouvimos o carro da polícia e Luigi saiu correndo junto com o Cameron, não consegui acompanhar eles e quando fui tentar fugir a polícia veio diretamente pra mim e viu as paredes pinchadas e quem estava com o spray não mão? O idiota aqui, comecei a ficar nervoso e fiquei sem reação sabia o que eu realmente deveria fazer. Apenas sei que fui parar na delegacia e só podia sair com meus pais, cara meus pais vão me matar, não achei que o Luigi era capaz de fazer isso, eu pensei que ele estava mudando mas quando o Joey saber tudo vai ficar um clima pesado, espera o clima já está pesado. 


[...]


*Luigi On*


 Corri tão rápido que parecia que tinha assaltado um banco, por um momento e percebi que já tinha feito merda, enquanto corria eu só sentia uma culpa dentro de mim e o vazio cresceu mais ainda, após parar de correr parando em frente um apartamento, eu respirei e comecei a me sentir mal, Cameron queria que pinchar outras paredes e eu balancei a cabeça afirmando que não, e abaixei minha cabeça e fiquei pensando na nerds que eu fiz, o que o Joey e irar pensar? Nossa é minha mãe ela vai me matar, olhei pros lados e percebi que o Ed não veio com a gente, fiquei pensando mas certeza que só não foi pego.


— Qual o seu problema? Você está com medo de que? A gente fugiu cara. - Disse Cameron respirando fundo.


— Cala boca Cameron, olha no que to envolvido... - Disse Luigi começando a chorar.


— Calma garoto, não vai acontecer nada. - Disse Cameron tentando acalma-lo.


— Para de falar porra. - Disse Luigi pegando o celular e ligando pro Joey.


*Celular on*


- Atende por favor. - Disse Luigi chorando.


- Oie aqui é Joey deixe seu recado. - Disse a mensagem de voz.


- Não por favor, Joey eu preciso de você, eu te amo cara, eu fiz besteira, sei que tu não vai receber agora mais eu só quero dizer que eu estou ferrado e cara só preciso de você.  - Disse Luigi chorando muito e soluçando.


- Eu não tenho sido um bom amigo Joey, eu sinto muito, eu fiz por impulso de novo, eu me deixei levar, e esqueci das minhas consequências. - Disse Luigi com os olhos vermelhos e desliga o celular.


*celular off*


[...]

*De manhã no colégio*


 Estava com moletom preto e meu corro vermelho, estava me sentindo horrível, estou tremendo e com muito medo pois acho que vou ser pego, e pior nem era isso, o problema era como eu vou falar tudo isso pro Joey ele vai ficar tão decepcionado comigo, será que ele recebeu minha mensagem? Aposto que não, ele tá biblioteca, estava colocando meus livros nos armário como sempre e minhas mãos ficaram suadas quando o diretor passou por perto de mim, fechei os olhos e ele passou sem eu perceber. Quando virei o rosto pra ir à sala o Joey apareceu com aquele olhar o qual não precisei perguntar o que era, com certeza ele já tinha descoberto.


— Como você pode fazer aquilo cara? Quando ia me contar? O Ed me falou vey. - Disse Joey com um olhar sério esperando respostas.


— Me desculpa Joey, eu não queria fazer aquilo. - Disse Luigi começando a chorar.


— Mano olha pra mim, você sabe que todas as ações tem consequências tanto boas como ruins, advinha quem pagou o preço? - Disse Joey olhando nos olhos de Luigi.


— Não sei de quem você tá falando. - Disse Luigi chorando e derrubando os livros que iria utilizar.


— O Ed cara, ele foi pego pela polícia e foi pelo ato que você fez, Luigi cara não faça tudo por impulso ou porque sente vontade fazer, tudo tem um preço e alguém sempre pago o preço. - Disse Joey limpando as lágrimas dele.


— Eu realmente do arrependido, eu não aprendi totalmente a me controlar , eu não sei como fazer as coisas certas. - Disse Luigi olhando com desesperança.


— Você tem que acreditar, é por isso que não consegue lutar, estar esperando por uma história perfeita, mas não existe história perfeita, você apenas tem que começar, porque o primeiro passo pra um novo começo, é imaginar que é possível! - Disse Joey dando um abraço em Luigi que volta a chorar no ombro dele.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...