História Lost - Uma nova História - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Lost
Personagens Ana-Lucia Cortez, Benjamin Linus, Charlie Pace, Desmond David Hume, Hugo "Hurley" Reyes, Jack Shephard, James "Sawyer" Ford, Jin-Soo Kwon, John Locke, Juliet Burke, Katherine "Kate" Anne Austen, Personagens Originais, Sayid Jarrah, Sun-Hwa Kwon
Tags Ação, Ilha, Lost, Romance, Series, Sobrevivencia
Visualizações 3
Palavras 1.705
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - A tortura


Fanfic / Fanfiction Lost - Uma nova História - Capítulo 1 - A tortura

               Faz dois meses que estou nessa ilha, eu moro no Brasil, estava na Austrália estudando um curso de Arqueologia, ia para Los Angeles continuar o curso quando o avião caiu e tudo mudou.

              Estava um ótimo dia na praia, a brisa estava ótima. As vezes eu ficava de plantão na escotilha, mas hoje não era meu dia. Estava sentada fora da minha barraca lendo Harry Potter, eu era fã, e sempre andava com meus livros, também estava com meu Playstation 2 na minha mala, mas ele não funcionava desde que o avião caiu. Estava lendo quando senti alguém se aproximar.

- Está lendo o que ? – Era Sayid, ele se sentou ao meu lado.

- Harry Potter. – Disse sorrindo

- Já ouvi falar, mas eu nunca li – Disse Sayid

- É meu livro favorito.

- Entendi. - Ficou um silêncio quando de repente escutei passos de alguém. Olhei para ver quem era, era a Ana Lucia, ela estava correndo.

- Cadê o Jack ? – Perguntou ela ofegante

- Porque ? – Perguntou Sayid

- Venham comigo – Disse Ana Lucia correndo para a Selva

- Ali – Ela apontou para alguém andando na mata – Viu ?

- Voltem. Eu cuido disso. – Disse Sayid

- O que ? – Perguntou Ana Lucia

- Volta Ana Lucia, e não diga pra ninguém o que viu – Ele falou e logo Ana Lucia voltou para a praia

- Você acha que é um deles ? – Perguntei, mas não obteve pergunta. Corremos para o barulho quando batemos com a Rousseau.

- O que está fazendo aqui Danielle ? – Perguntou Sayid

- Te procurando – Ela disse

- Melissa, volta, eu cuido disso.

- Não, eu vou também.

- Volta.

- Tudo bem – Voltei para a praia, me sentei onde estava e continuei a ler o meu livro, fiquei lá lendo por um bom tempo. Até que Jack chegou.

 

- Melissa ?

- Oi ?

- Preciso que você fique de plantão na escotilha para apertar o botão.

- Beleza, vou pra lá agora mesmo – Peguei o meu livro e fui em direção da escotilha, me sentei no computador e fiquei esperando o alarme apitar. Não demorou muito tempo e Sayid apareceu na escotilha carregando um homem que estava ferido com uma flecha.

 

- O que aconteceu ? – Perguntei

- Preciso falar com o John – Disse Sayid

- Ele está no quarto.  – Me levantei e segui Sayid depois de ter acordado o John.

- Minnesota ? – Perguntou John

- Esta é a pergunta não é.

- Onde eu estou ? – Perguntou o homem que estava ferido

- Quem é você ? – Perguntou Sayid

- Henry, Henry Gale. Ai minhas costas ! – Ele estava gemendo de dor

- Nós vamos tirar isto, mas antes quero que fique calmo – Disse Sayid – Como chegou nesta ilha ?

- Quatro meses atrás, nós caímos, a minha mulher e eu – Disse Henry

- Cairam de onde ?

- Num balão. Nós estávamos atravessando o pacifico.

- A sua mulher onde está ? – Perguntou Sayid

- Ela morreu – Respondeu Henry Gale – Ela ficou doente três semanas atrás. A gente estava em uma caverna perto da praia. Ai meu ombro ! Me desamarra pelo menos.

- Que que ta acontecendo aqui ? – Jack entrou na escotilha

- A Rousseau capturou ele na selva. Ela acha que ele é um deles. – Jack se agachou para ver como o homem estava.

- Você ia deixar ele sangrar até morrer ? – Perguntou Jack

- Eu quero que ele diga toda a verdade – Disse Sayid

- Gente, e se ele estiver falando a verdade ? – Disse olhando de Jack para Sayid

- A Rousseau disse para não acreditar nele. – Jack começou a ajudar Henry com a flechada. Estava com Sayid e John em um canto da escotilha.

 

- O que você acha ? – Perguntou John

- O que você acha ? – Revidou Sayid

- Eu acho que ele é bem convicente – Disse John

- É ele é – Disse Sayid

- O problema, é que não da pra saber se ele está falando a verdade – Disse olhando para o Jack estancando o sangue da flechada no ombro.

- Nós podemos saber a verdade – Disse Sayid – Sabe se o Jack tem a combinação do armário ?

- Agora ele tem – Disse John

- Quanto tempo você levaria para mudá-la ?

- Se está com raiva, procurando alguém para punir – Quando John ia terminar Sayid o interrompeu

- A troco de que eu ia querer punir alguém ? – Perguntou Sayid encarando John. ‘’ Por causa da Shannon ‘’ Pensei – Eu só quero saber quem é ele, quero a verdade, e a gente sabe que o Jack vai ser contra o que eu tenho que fazer para fazer ele falar. – Sayid era um torturador no Iraque, ele iria torturá-lo com certeza.

- Sayid, se está pensando em.. – Eu ia falar quando Sayid me interrompeu

- É o único modo de fazer ele falar – Disse Sayid olhando de mim para John – Quanto tempo leva John ? Pra você mudar a combinação ?

- Dois minutos eu acho – Disse John

- Então é melhor você começar agora. – John foi mudar a combinação do armário e Sayid foi falar com Jack enquanto eu ia sentar no computador e continuar a minha leitura. Não estava muito a favor dessa ideia do Sayid, ele era um cara bom, ele sofreu muito por ter que torturar as pessoas, mas era o único modo. Fui até o armário ver se John já avia mudado a combinação.

 

- Conseguiu ? – perguntei

- Sim. – Ele disse. Então fomos em direção a Jack e Sayid.

- Não podemos deixar ele aqui fora Jack, se as pessoas o virem vão entrar em pânico.

- Aé ? E onde vamos coloca-lo ? – Perguntou Jack olhando para John

- Podemos coloca-lo no armário, é seguro. – Disse Sayid

- Melhor previnir do que remediar, pelo menos até termos certeza – Disse olhando para John e depois para Sayid. Jack ficou em silencio pensando por alguns segundos.

- Tá. Por enquanto – Jack olhou de mim para John e Sayid. Ajudamos a levar o homem para o armário e quando todos iam Saindo Sayid fechou a porta e ficou sozinho com Henry.

- Sayid ? Ei oque vai fazer ? Sayid ! – Jack gritou e bateu na porta. Olhei para John e olhamos para o Jack. O Sayid estava certo, era o único modo de ter informações. Depois não deu para escutar mais nada.

- Porque a combinação não abre John ? Você mudou ? – Perguntou Jack indo em direção de John

- É. – Disse John

- Por que Fez isso ? – Perguntou Jack

- Está fazendo um exército Jack. E não me pediu ajuda. Se está fazendo um exército, é porque estamos em Guerra.

- Jack, você pode não gostar, mas o que o Sayid fizer lá dentro faz parte desta guerra. – Disse encarando Jack que andava de um lado para o outro.

- E se for verdade ? – Perguntou Jack apontando para a porta

- E se não for ? – Perguntei para Jack erguendo as sombrancelhas. Alguns minutos depois fui ajudar o Jack a limpar o sangue que estava no chão, quando John chegou.

- Quer ajuda ? – Perguntou John, ele olhou para John e não respondeu. – Jack eu sei que.. – Antes de terminar Jack o interrompeu

- Cala Boca – Disse ele se levantando e indo em direção ao banheiro.

- Onde está o alicate ? – Jack perguntou para John.

- O Sayid pegou – Disse olhando para Jack

- O que ? – Perguntou Jack incrédulo

- Jack, confia em mim, o Sayid não vai usar aquele alicate. – Disse olhando de Jack para John. Conhecia muito o Sayid e sei que ele jamais iria fazer aquilo de novo, principalmente agora que estava magoado por causa do que aconteceu com a Shannon. Alguns minutos se passaram e nós escutamos um barulho vindo do armário, Sayid parecia estar espancando o cara.

- Sayid ! – Jack tentou chama-lo. Ele virou-se e olhou para John – Abra.

- Jack.. – Ia tentar falar mas não consegui

- Abra ! – Ele estava indo em direção do John furioso. Quando o alarme começou a apitar, tentei ir até lá para digitar os números, mas Jack me impediu. – Se quiser que ela vá apertar o botão, abra a porta. – Jack prendeu John na parece o segurando pela camisa.

- Jack, ela tem que apertar o botão se não... Vai arriscar a vida de todo mundo ? – Perguntou John

-  Você me covenceu a digitar esse código antes John, mas agora é com você, é você que não vai arriscar, você. Eu acho que não vai acontecer absolutamente nada quando chegar no zero.

- Jack.. – John tentou se soltar, mas não conseguiu.

- Quer ver o que vai acontecer ? Vamos ver o que vai acontecer – John olhou do computador para mim. Faltavam apenas 27 segundos no contador – Ta, ta bom. Direita quinze a esquerda...

- Você acha que eu sou trouxa ? Abre você – Jack jogou John na direção da porta. Eu ameacei ir digitar o código, mas ele me impediu me segurando. Quando John abriu a porta, Jack me soltou, e eu corri para o computador. Eu tentei digitar ‘’ 4-8-15-16-23-42 ‘’ mas estava acabando o tempo, e de nervoso eu errei. Então o contador chegou no zero, e apareceu umas figuras estranhas vermelho no contador. Então eu digitei o código rápido e apertei o botão, e o contador voltou pro 108. Respirei de alivio, me levantei e fui em direção ao armário. Jack tirou Sayid a força, que estava falando ‘’ ele ta mentindo, ele ta mentindo ‘’. Alguns segundos se passaram e Sayid estava olhando seus dedos, todos machucados, então me aproximei dele.

 

- Vai ficar tudo bem – Sorri

- Eu quase o matei – Disse Sayid

- O Jack fez bem em abrir a porta. E se ele estiver falando a verdade ?

- Ele não está !

- Como você sabe ?

- Eu lidei com mentiras a minha vida inteira. Eu tinha 23 anos quando os americanos invadiram meu país e quando eles foram embora, eu virei outro homem, virei um torturador. – Sayid abaixou a cabeça, eu fui ao lado dele e o abracei. – Eu tenho um plano

- Qual ?


Notas Finais


O que acharam ? Essa é minha primeira fanfic de Lost. Decidi escrever sobre ela porque é uma de minhas séries favoritas.

Até a próxima Sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...