História Lost - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abuso, Bts, Hoseok, Jikook, Jimin, Junghope, Jungkook, Jungmin, Namjin, Namjoon, Rapto, Seokjin, Sope, Stalker, Taehyung, Taekook, Vhope, Vkook, Yoongi, Yoonkook, Yoonseok
Visualizações 19
Palavras 837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii,voltei!
Tive de trazer este pequenino para vocês,não aguentei :3
Boa leitura

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Lost - Capítulo 2 - Capítulo 2

Enquanto os seus olhos tentavam focar na parede à sua frente,o rapaz sentia o seu corpo abraçado por o mais velho.Não se lembrava de nada,apenas de adormecer rente a parede.Sentiu o aperto do abraço do moreno tornar-se mais firme.Odiava-o mais do que tudo,mas ele também tinha culpa da situação em que se tinha colocado.Respirou fundo,tentando viajar para a cidade dos sonhos,mas como iria sair de um pesadelo horrendo e ir para uma realidade onde poderia viver de consciência mais tranquila e limpa.Devia ser noite,pois o quarto estava completamente negro,e ele não conseguia ver nada além da escuridão e apenas sentir o aperto do mais velho à volta da sua cintura.Agradecia mentalmente por o mais velho não estar carente ou enraivecido,e por estar adormecido ao seu lado em vez de acordado,por mais que odiasse aquele aperto.

Gostava de pensar como seus parentes estavam,se preocupavam por o seu sumiço inesperado ou se agora estavam lendo o jornal calmamente como ele nunca sequer tivesse existido,mas pelo menos acreditava no seu irmão mais velho,no fundo acreditava que ele era o único que se preocupava como fosse um sinal,podia senti-lo no seu coração,no mais profundo dos seus sentimentos,como ele sentia falta dele,ele também sentia sua.


Percebeu o corpo próximo ao seu mexer-se,parou logo de imediato com os seus pensamentos,agora não pensava em nada,tinha apenas a mente concentrada em tentar adormecer no intuito de não querer sofrer nas mãos do homem ao seu lado.


(:::)
Acordou com um persentimento estranho,estava tudo tão invulgar,sentia uma luz forte bater contra os seus olhos,quando supostamente estava encurralado numa cave sem quaisquer janelas,onde a luz da manhã não tinha entrada concebida.Esfregou os olhos,a luz incomodativa não ajudava,também quem gostaria de acordar com luz batendo diretamente nos olhos.Quando finalmente abriu os seus olhos curiosos,entreabriu-os numerosas vezes antes de ter a certeza de quem estava na sua frente,quem menos queria ver ali naquele momento.Então o mais velho desligou a lanterna que segurava,permitindo apenas a luz do teto iluminar aquele lugar:


-Parabéns Jungkook.Queria ter dito ontem mas estavas tão lindo dormindo-disse o mais velho,fazendo um beicinho nos lábios.


Jungkook permaneceu quieto.Não sentia nada com aquelas palavras,apesar de ser a única pessoa com quem tinha contacto à anos.


-Meu amor,fala alguma coisa.Sabes que eu não gosto dessa feição triste na tua cara-disse o mais velho segurando no rosto pálido de Jungkook que não transmitia quaisquer emoções


Por mais que quisesse gritar,espancar a pessoa à sua frente,não tinha forças para isso,talvez se fosse antes tinha mas agora nada o comovia,após as inúmeras torturas,o seu corpo não respondia de forma agressiva,mas ficava mais mole,e não se nem sequer se movia.
O mais velho num ato de desespero sentou-se na cama abraçando o corpo de Jungkook que continuou da mesma forma,estático,sem qualquer ação:


-Não me faças isso Jungkookie,eu amo-te tanto..-disse o moreno,agora apertando o corpo de Jungkook para mais perto do seu,enquanto passava a mão nos seus fios morenos


Jungkook não teve ação,só não queria ser forçado a dizer o mesmo que o mais velho...


(...)
As lágrimas cheias de tristeza rolavam por o seu rosto,sentia-se amaldiçoado,e culpava-se a si mesmo pelas suas ações no passado,por ser ainda uma criança inocente e não ter amadurecido o suficiente,depois mais tarde descobrindo o mal do seu atraso.Permitiu-se envolver naquela situação,ao menos ele já não estava ali.O pior já tinha passado,agora podia dizer que estava "salvo".Enquanto vasculhava o armário alheio da cozinha,em cima do seu banquinho,no fundo encontrou um livro de histórias infantis.Fazia-lhe lembrar que tinha em "casa" um idêntico aquele,e que o seu irmão usava-o para ajuda-lo a adormecer enquanto mais novo.

Sorriu involuntariamente com as memórias antigas,sentia falta do alto de fios castanhos e de olhos negros.Não passava um dia,que não se lembrasse do seu rosto encantador,desejando o seu bem estar,e não uma situação problemática quanto a que lhe rodeava diariamente.Torcia para o seu irmão ter terminado o seu curso,trabalhando no que queria...


Com cuidado,folheava o livro de contos infantis,passando pela menina de capuz vermelho.Fazia o lembrar de si próprio,mas diferente da história original,o caçador ainda não o tinha ajudado,talvez nem viesse mesmo..
(:::)
Jin ainda não tinha conseguido pestanejar naquela noite.As suas insonias já eram ruins,mas hoje,a sua cabeça trabalhava a mil e não queria ceder ao sono,logo o sol iria assumir o dia,e ele teria de assumir o seu trabalho.E lá estava ele ali,deitado na sua cama,despromovido dos lençóis brancos da sua cama,olhando para cima,encarando o teto branco.Respirou fundo,novamente,e decidiu-se levantar-se.Abriu a janela,e sentou-se na sua pequena varanda,admirando o céu estrelado,com um pequeno sorriso nos lábios,enquanto os seus olhos fechavam-se aos poucos,pensando no rosto do irmão ali ao seu lado:


-Bons sonhos,Jungkook-Disse antes de adormecer na calada da noite,desejando bons sonhos ao irmão,como sempre fazia depois de contar-lhe uma pequena história.


Seokjin permitiu-se dormir,até de manhã,apanhado a brisa da noite,sem pouco se importar se apanharia uma constipação,finalmente conseguia ter dormido pensando que o irmão estaria ali ao seu lado,desejando-lhe também o resto de uma boa noite,mesmo sabendo que no dia seguinte iria aperceber-se que aquilo tudo era uma mera ilusão da sua mente..


Notas Finais


Em principio estou de volta domingo mas se a emoção for muita talvez volte antes
Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...