História Lost - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 556
Palavras 628
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello

Capítulo 1 - Stone Cold


Lost

Capítulo 1

Uma manhã fria de outono, com suas árvore com cores fortes alaranjadas

Essa era a época do ano predileta de sabrina, que poderia ficar andando a tarde inteira apenas para ver o tempo e as árvores

-Sabrina??-disse sua mãe ao abrir a porta do seu quarto- não vai tomar café?- a mesma desvio a atenção da janela e se virou a sua mãe

-Sim mãe, já estou indo- falou suave

- Estou te esperando- Apenas sorriu em resposta e viu sua mãe fechando a porta

Respirou fundo e foi até a sua cama e pegou sua bolsa e passou pelo seu ombro

Saiu do quarto e desceu as escadas e deixou a bolsa do lado da porta de entrada

Se direcionou a cozinha e viu sua mãe arrumando as coisas do balcão enquanto cantarolava uma musica qualquer
Sorriu ao ve-la tão feliz, foi até a mesma e depósitou um beijo em sua bochecha

- O que temos para comer hoje?- Falou se sentando em uma das cadeiras

-Fiz panquecas!- falou e deixou um prato cheio de panquecas em sua frente

- adoro panquecas!- sabrina disse sorrindo

- Eu sei! Agora come que você tem que ir para a escola!

- Tá bom- falou e recebeu um beijo na bochecha

Depois de comer o seu maravilhoso café da manhã pegou sua bolsa e foi até sua mãe que se encontrava no sofá e deu um beijo em sua bochecha

- Tchau mãe!- disse enquanto ia até a porta

-tchau filhote- sua mãe falou acenando

Saiu de casa e desceu as escadas e começou a caminhar sorrateiramente pelas ruas frias de Atlanta

Assim que chegou na escola foi ao encontro da sua melhor amiga

-Landry!- falou assim que a viu sentada nas escadas

- Sabrina!- respondeu no mesmo tom e se abraçaram

Landry é uma morena baixa um pouco maior que sabrina, tem olhos castanhos claro e cabelos longos e escuros, concerteza muito linda

- Eai como as coisas estão indo?!- perguntou para amiga com um sorriso sapeca que logo entendeu

- Bem...nos terminamos- falou simples o que deixou sabrina confunsa

- mas vocês estavam tão bem- falou ainda não acreditando

- descobri que ele não era o que eu pensava- falou cabisbaixa

- como?- falou se preocupando com a amiga

- Ele tava com a jenny, vi os dois juntos se pegando no vestiário- falou com lágrimas nos olhos- E ainda por cima quando fui tirar santificação, ele disse que estavm ensaiando para uma peça- soltou uma risada fraca no meio das lágrimas

- Landry...- sabrina começou mas ela interrompeu

- Não! Eu to bem, tá? Era de se esperar, quem ficaria comigo com uma peituda dando cima dele

- não diz isso

-mas é a verdade! Eu sou uma excluída, nerd, feia eu sou...

-para! Não fala isso landry! Você é linda tá? Nerd até pode ser- riu- mas você é linda e super legal, se ele fez isso é por que não sabe o que ta perdendo

- É...talvez- falou voltando ao estado normal- Eu te amo!

- Eu também!- se abraçaram e quase cairam no chão

- calma ai querida não quero pagar mico caindo no meio do corredor!

- desculpa peches- falou e riram

- vamos para a aula de espanhol- sabrina disse oferecendo o braço para a mesma

- Odeio espanhol!- lamentou para amiga enquanto enrroscavam seus braços

- Um dia você vai gostar tanto quanto eu- confirmou

- Acho que não...

- É também acho- falou e riram e foram para sala de aula

*****

- Manhe cheguei!- gritou assim que entrou em casa

- Tô na cozinha!- gritou de volta

- E eu vou pro meu quarto!- gritou avisando

- Tá bom- gritou de volta

-porque estamos gritando sendo que estamos no cômodo ao lado- gritou

-Também não sei- gritou de novo o que a fez rir

Subiu para seu quarto e se deitou na cama respirando fundo

Logo adormeceu ali mesmo....


Notas Finais


Tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...