1. Spirit Fanfics >
  2. Lost Alone - Perdido e sozinho. >
  3. S3. 18 - Mudanças.

História Lost Alone - Perdido e sozinho. - Capítulo 68


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem do capítulo, logo estaremos no fim na temporada, falta pouco! A quarta será a última, será menor que essa, pra encerrar :)
anonimous manda beijo

Capítulo 68 - S3. 18 - Mudanças.


Fanfic / Fanfiction Lost Alone - Perdido e sozinho. - Capítulo 68 - S3. 18 - Mudanças.

Carl:

Mudanças... São difíceis mas muitas vezes precisas, ruins mas ao mesmo tempo boas, mudanças podem causar medo... medo de ser diferente...

Já falei quantas vezes aqui que Robert é perfeito? Esse garoto me faz feliz demais. 

Após o dia cansativo, com tanta emoção, tudo que queria era estar com ele, mas algo me deixava aflito, Terminus. O dia de hoje me lembrou da mesma adrenalina que tinha antes, mas não é isso que me deu saudades, e sim que no fim de tudo eu tinha meu pai e meus amigos pra abraçar. Eu ainda faço isso com Rob, não estou desfazendo dele, ele é minha família também, mas como alguém pode ficar tranquilo sabendo onde seu grupo que está contigo desde o início está e que pode muito bem ir vê-los. Isso me deixava nervoso.

Tomamos banho juntos, ficamos beijando tanto debaixo da água que nós engasgamos quando engoliamos água, isso era engraçado. Os olhos dele estavam vermelhos, sabia que ele tinha chorado muito pelo atraso, isso me fez sentir importante. Deixei ele lavar meu cabelo, coisa que eu não gostava que ele fizesse porque o mesmo sempre demorava e brincava com ele, não tinha paciência. Teve um momento que ele apoiou o rosto na parede, de costas pra mim, fiz massagem em seus ombros, ele estava tão carregado, cansado e dolorido, isso o ajudou. 

Rob se virou pra mim beijando meu pescoço e passando a mão na minha cintura, tive que deixar ele ir até onde queria, bons namorados deixam. Também fizemos depois do banho, enquanto trocávamos de roupa, amava tudo isso, porém ainda precisava falar com o mesmo.

- Amor, sobre a K-Mart... -o olhei.

- Amor? Nunca me chama assim, vamos começar usar apelidos clichês? - ele riu.

- Bom... não... sei la, mas enfim, sobre ela...

- Pois é, ela não me abraçou quando chegou... - Não me deixava falar.

- Falei pra ela do Jesse! - joguei de uma vez.

Ele se virou pra mim me olhando.

- Tudo bem falar mas no meio do plano? Eu queria estar perto também! Nós dois mentimos. - respirou fundo. 

- Desculpa, eu estava caído no chão, alucinando e acabei falando, não foi proposital. 

Ele acariciou meu rosto com uma expressão triste.

- Vou falar com ela depois.

- Ok. - dei um beijo em seu rosto. Vamos no pessoal. 

Descemos as escadas chegando até eles que estavam conversando.

- Carl! Vem! - Chrissy chamava. Esse cara foi um líder hoje. - ria. 

- Um ruim... qual é, estamos bem agora mas devemos lembrar que tudo deu errado. - disse.

- Estou comendo bem, bebendo algo que nem o que é, mas é bom, então sim, deu tudo certo. Aquele cachorro foi um detalhe... - Bishop bebia.

- Ta bom... - sorri. Vocês tiveram um dia cheio também, até um buraco na parede... - disse a Finn.

- Sim... Quem salvou o dia aqui foi Rob, palmas pra ele. 

Todos aplaudiram e eu baguncei seu cabelo, sorrindo também.

- Ele também, me salvou. - Wes apontou pra Teddy.

Aplaudiram ele também.

- Também às garotas que pegaram os suprimentos! 

Aplaudiram as garotas e o pessoal ficou conversando. Teddy disse a Wes:

- Não vai cuidar desse corte na testa? 

- Sei lá... 

- Ai... - Teddy bufou. Chris, pode cuidar dele? 

- Ah é, vamos lá. -o chamou pra cima.

- Vai logo... - ficava massageando seu braço.

- Ta tudo bem aí? - Wes referia ao braço. 

- So doendo um pouco.

- Talvez Chrissy ajude.

- Vai passar. 

Chrissy chamou ele novamente. Wes subiu.

Rob foi até a cozinha onde K-Mart estava. 

- K?

Ela não respondeu.

- K? - se aproximou.

- Odeio que mentem, eu odeio! - estava brava. Você me decepcionou...

- Não quero ficar assim, muita coisa aconteceu e...

- Muita coisa aconteceu, toda hora falam isso. Muita coisa aconteceu mas contar a verdade pra mim não foi uma delas. - saía dali.

- K, não fica assim comigo, eu sinto muito mesmo. Você é é minha melhor amiga.

- Era. - saiu. 

Eu estava com a galera quando K-Mart passou ao meu lado sem nem olhar no meu rosto. Logo em seguida Rob apareceu também. Lembrei de todos os problema que surgiram por eu não ter sido sincero antes, já era hora disso acabar. 

- Rob, podemos conversar? - disse sério o puxando pro lado de fora.

- O que foi? A K-Mart está muito brava. - passou a mão no rosto. O que faremos?

- Podemos falar disso depois? 

Ele acenou que sim.

- Vem cá. -o sentei numa pedra e fiquei em pé em sua frente. Lembra de quando vimos aquela cabine com um recado? O recado de uma pessoa que eu conhecia? 

- O que tem?

- Isso está me matando. Eu não quero sentir que estou abandando meu pai, meus amigos, eu sei onde eles estão e quero ir. Entende, vamos pensar, entrar num acordo, me ajuda.

Ele ficou sem palavras.

- Eu gosto de como estamos aqui, gosto mesmo, mas eu entendo você. - se levantou. Se acha mesmo que eles estão lá, só tem uma maneira de descobrir. 

Segurei suas mãos beijando-as.

... - Mas... Eu não quero morar no Terminus...

Fiquei quieto e calado...

- Eu não quero ir sem você, não vou te abandonar, mas eu preciso ir até lá, isso está me abalando muito.

- Eu não sei o que falar. Quero que você fique conosco mas não quero te tirar da sua família.

- Meu pai, ele é bom, é engraçado, vai gostar dele, ele vai entender quando te apresentar, vamos contar tudo que vivemos... O Daryl é fechado, parece mal mas é uma peça... - fui tentando convencê-lo.

- Eu sei, eu sei que eles são bons. Carl, não tenta me convencer por favor. Esse pessoal aqui não vai querer mesmo se mudar pra lá, nem confiam em Terminus, pra ser sincero, nem eu...

- Eles estão la! Eles estão. 

- Carl... Eu não sei o que dizer.

- "Vou com você", "vamos ver no que vai dar", "te dou apoio".

- É complicado, você sabe.

- Eu venho guardando, tentando controlar essa ansiedade de ir ate lá, mas agora não consigo, não consigo mais! Eu vou ao Terminus... 

- Carl...

- Agora não, preciso pensar. Vamos falar depois. - entrei. 

...

Chrissy cuidou do ferimento de Wes, ela foi ao banheiro e ele estava sentado na cama. Teddy passou no corredor e ele o chamou.

- Tudo bem? - Teddy perguntou.

- Eu não gostei do que disse. Me chamou de egoísta, não sou mesmo! 

- Ta, eu pedi desculpas...

- Não pediu, não.

- Então, desculpas... - se virou.

- Porque ta assim? Ignorando, saindo, sem querer conversar...

Teddy revirou os olhos querendo sair dali.

- Fala!

- Você me irrita! - ele suspirou. Você desmaiou! Eu puxei você até ficar exausto sem energias, meus braços estão doendo porque você é maior que eu, sou fraco, foi difícil! Você é mais forte, tinha que ter sido eu que desmaiasse, assim não ficaria aflito escutando os zumbis chegarem, pensando em como seria avisar os outros que você morreu porque eu fui um fracote. 

- Você sabe que a culpa não foi minha, não é minha culpa se aquilo caiu em minha cabeça.

- Eu sei! Tô bravo com o universo, pelo dia traumatizante que tive, e que a ficha não caiu. - tentou se acalmar. Quero evitar falar com você pra não descontar toda raiva contigo. - se virou.

- Vem cá, deixa eu ver esse braço.

- Não.

- Vem logo, deixa de drama. Posso até conversar se quiser. - revirou os olhos.

- Desde quando quer falar comigo? Sempre falava curto e grosso, quando eu se aproximava você saía, nunca quis ser meu amigo, nunca se importou comigo, não é assim que se importa. Se for pra conversar agora, vou falar com alguem que se importe. Desculpa ter te chamado de egoísta mas pelo menos agora essa imagem que estou tendo. 

Wes o olhou calado.

... - Eu avisei que não queria falar com você. - saiu.

[...]

Foi escurecendo, todos iriam jantar juntos hoje mais tarde. Falei pra Rob que queria um espaço pra pensar, ele respeitou isso. Enquanto eu estava no nosso quarto, ele passou pra pegar uma blusa e já estava saindo.

- Amo você. - ele disse saindo dali.

Também amo você...


Notas Finais


*comentem e favoritem, me dêem motivação <3*
visite nosso insta @LostAlone_twd


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...