1. Spirit Fanfics >
  2. Lost and Recovered >
  3. Tapa na cara

História Lost and Recovered - Capítulo 11


Escrita por:


Capítulo 11 - Tapa na cara


POV Mattheo

Acordei com uma puta dor de cabeça, merda, ressaca em dia de aula nunca é bom, eu podia nem ir pra escola, mas se eu faltar mais uma vez, vou ser expulso. 

Levanto rápido e me arrumo, acho que rápido de mais, tontura fodida, meu Deus eu tô morrendo. Tomo um banho e me visto normalmente, uma calça jeans, um tênis preto e uma camiseta aleatória jogada pelo armário, preta também, arrumo minha mochila rápido, pego qualquer coisa na geladeira pra comer. 

Saio de casa, tranco tudo e subo na minha moto, ando o mais rápido possível tentando apagar um pouco a dor de cabeça, eu sei que isso é um ato bem reverso ao natural, mas comigo funciona.

Chego na escola e vou direto no meu armário, vejo Hope de longe, ela me nota, mas nem olha pra mim, oque eu fiz pra essa garota agora. 

Do nada aparece uma garota loira de saia curta rosa chock  e com um decote exagerado em sua camiseta pula em mim e me beija, fiquei sem reação, ela era gostosa, mas primeiro que eu estava no meio da escola, e segundo que nunca a vi na minha vida... tá que eu pego algumas pessoas em baladas que eu nem sabia que existiam, mas também não é assim né.

Me afastei rapidamente, ela me olhou com cara de confusão, então apenas a correspondi em palavras:

- Desculpe garota, você é bonitinha mas nem te conheço direito, e meio que a gente tá no meio da escola, re-veja seus atos se não quiser ser considerada como uma puta atirada, não que você seja isso mas as pessoas acreditam mais em suas próprias opiniões do que na realidade. Agora, se me der licen... PORRA!

Quando estava prestes a sair do local recebo um tapa na cara. Viro meu rosto rápido para ver quem tinha feito isso e me surpreendo imensamente, Hope, estava ali, parada na minha frente, com os punhos fechados, pronta pra me dar um soco ao invés de um tapa.

- O que eu te fiz agora caralho? O assunto nem era com você, qual seu problema comigo? - nessa hora todos ao  nosso redor estavam nos observando, a garota, agora atrás de Hope, chorava e falava baixinho para Hope não fazer nada, que estava tudo bem. 

- SEU BABACA - ela grita em minha frente, por ser baixinha, está com o pescoço completamente esticado, mostrando sua pele clara e uma veia saltada pela raiva, oque me da uma imensa vontade de beijar toda aquela extensão - QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA CHAMAR ELA ASSIM? VOCÊ TÁ ACHANDO QUE TÁ NA DISNEY IDIOTA? SE EU VER MAIS UMA VEZ VOCÊ FAZENDO ISSO COM ALGUÉM QUE EU CONSIDERO, EU JURO QUE QUEBRO SUA CARA, TÁ ME OUVINDO? 

Pera, alguém que ela considera? Achei que Hope Lost não tinha ninguém 

- Hope, para, você não precisa fazer isso...

- PARA O CARALHO SAMANTHA, ESSE BABACA TE CHAMOU DE PUTA, E EU POSSO NÃO SER PRÓXIMA DE TI MAIS, MAS ESSA MERDA EU NÃO TOLERO, NÃO VOU DEIXAR VOCÊ REPETIR A HISTÓRIA DE CONNOR - ela fala berrando para os quatro cantos, e quem diabos é Connor? Como assim próximas? Que merda tá acontecendo? 

- NÃO FALA DO CONNOR! VOCÊ NÃO CONHECIA ELE! VOCÊ NÃO SABE PELO OQUE ELE PASSOU! 

- PELO AMOR DE DEUS! ELE TE ESPANCAVA SAMANTHA, ELE QUEBROU SUA PERNA SUA IDIOTA! PARA DE ROMANTIZAR SEU RELACIONAMENTO ABUSIVO! VOCÊ TEM SORTE QUE AQUELE MERDA MORREU! - puta que pariu isso tá ficando sério.

- EIEIEIEIEI garotas, da pra parar, podem me explicar oque tá acontecendo? Como um beijo virou toda essa treta? E o mais importante, oque o tal de Connor, que puta merda, tá morto, tem a ver comigo? 

- NÃO - elas respondem em uníssono e saem de perto de mim, aparentemente foram para o banheiro, meu Deus, oque aconteceu aqui, alguém me ajuda.

Nessa hora percebo que toda a treta estava sendo assistida pela escola toda, então grito alto e simples : 

- TÃO OLHANDO OQUE? NUNCA VIRAM BRIGA NÃO? VAI ACHAR UMA LOUÇA PRA LAVAR CARALHO.

Todo mundo volta a suas tarefas normais de aula e eu explodo em pensamentos, ainda não entendi oque aconteceu aqui.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...