1. Spirit Fanfics >
  2. Lost and Recovered >
  3. Aparências

História Lost and Recovered - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Aparências


dias atuais


Hope bateu a porta do armário com força atraindo a atenção de alguns olhares, que logo se desviaram ao perceber quem era. Ela estava com raiva, muita raiva, já era a quinta vez naquela semana que Hope tinha o mesmo sonho com duas crianças correndo pelo campo, e nunca entendia oque aquilo significava, ela não reconhecia os dois, e o rosto da menina nunca era nítido, nada nela era nítido, era como um borrão de tinta em uma tela molhada.
Ela pegou seu material e foi para a sala se sentando na última carteira do canto ao lado da janela. Se apoiou nos braços e abaixou a cabeça, estava quase dormindo quando percebeu que alguém se sentara ao seu lado, surpreendeu-se. Já estava naquela escola a 10 anos e ninguém sequer olhava para ela direito a 6, quem dirá sentar-se ao seu lado. Deduziu ser um novato, decidiu ser indiferente até o garoto abrir a boca.

- Olá - ele disse animado.

- Oi - ela respondeu fria - você deve ser novo aqui ent...

- Ah, não não, acho que você não me conhece, isso é estranho... meu nome é Mattheo, e você é?

- Hope, mas olha garoto, eu não sou uma boa pessoa por aqui, então sugiro que se sente em outro lugar ou cale a boca!

- Hm, olha "garota" - ele deu um meio sorriso - eu estava tentando ser gentil, nunca te vi por aqui, mas percebi que não és muito amigável, então com licença - ele se levantou e antes de sair avisou a menina - e, mais uma coisa, é melhor você não se meter comigo, você mal conheceu o inferno menina, e espero que continue se mantendo longe se não quiser se queimar.

Ele se foi, deixando aqueles 1,56 totalmente enfurecidos.
As aulas acabaram e Hope saiu da sala com pressa, estava sem paciência, aquele menino... como era o nome mesmo? Mathias... Mateus... Mattheo... isso, Mattheo, aquele garoto a tinha deixado de cabelo em pé, que história é essa de "você nunca conheceu o inferno"? Como ele podia falar isso para o próprio demônio?
Hope queria matar alguém, queria fazer alguém sofrer... queria se fazer sofrer... ela estava brava, e a única forma de se acalmar era socando algo até seus punhos sangrarem como ela sempre fazia. Hope foi até a academia da escola, colocou seu saco de areia pendurado e começou a socar, com todo o seu passado, com todas as suas feridas que não se curavam, com toda a sua força, até sentir a areia caindo em seus pés. Droga, ela tinha comprado esse semana passada, já era o 3° que estourava esse mês.
Enquanto isso, ao lado da porta entre aberta, Mattheo observava a menina com seu uniforme curto, arregalou os olhos ao ver aquele corpo pequeno estourar um saco de pancadas, ele estava interessado, e pela primeira vez, acreditou que as aparências as vezes enganam. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...