1. Spirit Fanfics >
  2. Lost Boy >
  3. As altas aventuras no supermercado

História Lost Boy - Capítulo 46


Escrita por:


Capítulo 46 - As altas aventuras no supermercado


Fanfic / Fanfiction Lost Boy - Capítulo 46 - As altas aventuras no supermercado

Nunca pensei que um dia eu falaria isso, mais está sendo um saco em estar ao lado da Bethany! Não sem zoeira , qualquer coisa que faço não está do jeito certo, tudo que eu falo não está certo só que ela fez e fala está certo.

Olha que ela está com quatro meses , vou ter cabelos brancos cedo !.

- Amor , já pegamos bastante batatas fritas, pegamos três saquinho - aponto para o carrinho.

- Mais o que tem eu querer pegar mais dois ?! Tá me dizendo que eu não sei o que passo comer ?- me mandou um olhar raivoso quando pegava as batatas e frasser .

Estávamos no supermercado fazendo as compras dos mês , essa foi um hábito que passamos ter quando descobrimos a gravidez, resolvemos ser os os pais responsáveis quer dizer eu né porque a Bethany já é responsável até demais !.

- Não anjo , claro que não , só acho que já pegamos bastante batatas - falo com calma .

- É mais são diferentes, essas aqui tem gosto de queijo - colou no carrinho e começou a andar.

Nem fudendo vou deixar ela levar tudo isso ! A Dr Hanna deixou bem claro em ter cuidado com gorduras, por conta do colesterol.

- Aí eu vou vomitar!- escuto quando estava seguindo ela pelo corredor de peixes.

- Falei que deveríamos ter passado pelo outro corredor , mais como sempre não me escuta - me inclino no carrinho .

- Não pensei que iria passar tão mal desse jeito - fez uma cara de nojo .

- Nosso bebê não gosta peixe amor !- digo passando a mão na barriga.

- Mais a mamãe adora tilápia ,só que agora estou passando a odiar !.

Dou risada

- Você escutou a sua mãe , durante esses nove meses você vai deixar de gostar de muita coisa.

- É tô sabendo . Amor ! Eu quero comer morango com chocolate ! - começou a andar na direção da cessão de frutas.

- Lá vamos nós - começo a seguir ela .

                  [....]

- Luke Hemmings ! Sou vou te castrar seu idiota !- gritou Bethany da cozinha , até imagino porque, eu tirei duas batatas do carrinho sem ela ver .

Entro na cozinha e deixo o resto das sacolas encima da mesa .

- Me responda! Não me ignora começa a se explicar!- aproximou de mim .

Solto ar

- Amor era muitas batatas, se tem muitas batatas você irá querer comer , comer em recesso pode dar um colesterol por conta do óleo - respondo com calma.

Uma coisa que eu aprendi nesses quatro meses é que tenho que conversar com a Bethany com calma , não importa qual seja o assunto!.

- Foda-se o colesterol! Eu quero minhas batatas e você vai comprar essas merdas de batatas - apontou para a porta.

- Não , não Irei comprar as batatas já temos muitas aí - aponto para as sacolas.

Meu amigo aí que vi os olhos tão lindos da minha esposa virar vermelho de raiva .

- Como é que é? Está me dizendo que não irá buscar as batatas que sua esposa tanto quer - parou na minha frente.

- É isso mesmo - fui louco de responder isso ? Fui , mais eu sei se for buscar essas tal batatas ela irá comer de rodadas até amanhã não existiria mais nenhum saquinho.

- Me da a chave do carro! Eu vou buscar essa merda !- estendeu a mão.

Nego

- Você odia dirigir , e acho que agora está no horário de pico - olho para o relógio de parede.

- Seu ... Seu - ela começou a chorar - não é a merda de um colesterol que você está preocupado e sim pelo meu peso! Eu sei que engordei uns quilos a mais .

Não , não é por conta disso que estou a proibindo de comer determinadas coisas , e sim por conta da dieta que temos que seguir certinho . Sim temos , porque eu estou com ela nessa , estávamos fazendo essa dieta juntos , não achei certo em deixar ela fazendo sozinha e eu aqui comendo na sua frente coisas que não pode .

- Não é isso - tendo se aproximar mais ela se afasta .

- Não encosta em mim !- gritou e correu para a parte de cima - bem que as meninas falaram que ia homens não acham as esposas mais atraente depois que ficam grávidas - disse antes de bater a porta.

Essas meninas que acabou de mencionar são as do grupo chamado "momento da mamãe" onde só são mulheres grávidas , a maioria delas já tiveram filhos e que estão a espera de segundo ou do terceiro filho .

Não faz muito tempo que a Bethany entrou , faz apenas duas semanas , a Dr Hanna me nós disse que seria bom pois ela estará com contado com outras grávidas.

O que acabou de acontecer ? Juro que não sei o que está acontecendo, nesses quatro meses ela Bethany teve esses chiliques duas vezes , um o dia antes do acidente e mais um dia que ela cismou que a nossa vizinha estava flertando comigo, e olha que eu só falei um "Bom dia " porque toda vez que eu levava o lixo para a rua ela estava lá colocando o dela .

Aprendi também que tinha que deixar ela quietinha no canto dela , que as coisas se resolvem .

.

.

.

.

Academia 19:50

- Caralho ela deu toda esse chilique só porque você não comprou as batatas dela lá ?- perguntou Calum .

- É isso ai , isso para ela foi uma reclamação minha que ela está gorda - puxo os pesos - ela só engordou dois quilos que nem aparentam.

- Me lembre quando eu for casado sempre lembrar de usar a merda da camisinha - comentou dando risada.

- Mais não é o Luke Hemmings que evaporou a semana passada! - brincou Bremar se aproximando de nós .

É faz uma semana que não venho para a academia , por simples razão de não estar tendo tempo de fazer muitas coisas , a minha rotina está sendo de casa para a produtora . Estamos escrevendo um disco estávamos em reuniões e mais reuniões , então acadêmica fora de cogitação!.

- Vai por mim eu preferia estar mil vezes aqui na academia que estar naquelas salas de reuniões - me sento no equipamento - hoje foi um excessão .

- Por que uma excessão ?- Perguntou.

- Porquê a esposinha dele o xingou e chutou ele de casa , só porque ele tirou as batatas no carrinho de compras - comentou dando risada.

- Como ? Desculpe mais eu não entendi - falou Bremar .

É eu também não iria entender se alguém chegar e falar " a minha esposa está brava comigo só porque não deixei ela comprar mais batatas fritas ".

- Ela não expulsou tá , essa história de batatas é que fomos fazer as compras do mês hoje até aí beleza, mais ela já tinha pegado três saquinhos de batatas fritas e queria mais duas . Mais a medica a proibiu de comer coisas que está fora de sua dieta e batatas é uma delas !

Caiu na risada

- Pensei que você estivesse fazendo a dieta com ela seria mais difícil, mais pelo jeito não é não - comentou.

- Eu também pensei - respondo desanimado .

- Mulheres já tem um temperamento forte quando elas ficam grávidas pioram .

- Eu não queria concordar com isso mais, você tem razão

Ficamos conversando vários assuntos, como a merda do cronograma que tenho que seguir , sobre a nossa última turnê que fizemos, bom podemos dizer que falamos de vários assuntos.

- Eu não aguento mais !- paro de fazer os abdominais .

Como a hora passou já era oito e quarenta!

Imagino que a Bethany já tenha se acalmado, geralmente demora uns cinquenta minutos para isso acontecer.

- Tenho que ir , tenho que ver como está a Beth- sou interrompido pelo Manny.

- Telefone para você - me passou o telefone.

Como sempre eu esqueci meu celular no armário

- Oi ..

- Aonde você tá ?- era a voz da minha mãe , pelo jeito ela está muito brava .

- Na academia ? - pego minha bolsa.

- Na cademia?! E sua esposa está aqui chorando horrores falando que você a largou ela só porque está acima do peço ! . Tá pra explicar essa história Luke Hemmings!?

- Que ? Mãe não é isso , eu só falei para ela não comer tanta batatas porque fazia mal !- falo desesperado.

Ficamos um momento em silêncio

- Me desculpe por gritar com você filho , mais me desesperei em ver a Bethany daquele jeito . Hormônios da gravidez , esqueci desse grande detalhe .

- Está sendo difícil até para mim mãe não só pra ela - jogo a bolsa no banco de trás - eu só sai para ela refrescar a cabeça , não queria que isso acontecesse .

- Eu levei um susto quando abri a porta , ela estava com o rosto vermelho de tanto chorar .

- A Bethany ainda está aí ?

- Está , ela está no seu antigo quarto

- Já estou a caminho .

                   (....)

Menos de dez minutos eu já estava na frente da casa da minha mãe , tenho que resolver esse assunto com a Bethany mais rápido possível.

- Mãe, pai !- chamo abrindo a porta .

- Que bom que chegou!- falou minha mãe se aproximando- como você está filho ?- beijou minha testa.

- Estou bem , é eu acho que está né - respondo .

- Não se preocupe ela está arrependida , eu sei que você não fez por mal e nem ela - tentou me tranquilizar.

- É mais mãe a última vez que brigamos deu no que deu - lembro.

- Não fique lembrando disso sim ? Foi passado agora estamos no presente - segurou meu rosto - Vai ver ela , tanto que chorou e ficou nervosa que até vomitou .

Faz tempo que a Bethany não estava tendo enjôo.

- Irei ver a Bethany- começo a me dirigir até a direção no meu antigo quarto. 

  TOC TOC

Nada de responder , abri a porta só dava para ver um pequeno embrulho de edredom branco na cama de solteiro , era a Bethany estava toda encolhida - coisa que surpreendeu, pois a barriga não está tão grande mais não teria como fazer isso, bom eu acho .

Me aproximo

- Anjo ?- toco no seu ombro , ela se mexe .

- Luke - se virou para mim - Luke! Amor que desculpa e- eu não q-quis f-fazer a-aquilo, pensei que v-você N-nao me queira mais !- disse entre soluços.

A puxo para meus braços

- Shh está tudo bem , não estou bravo com você e também nunca de deixaria - sinto minha camiseta úmida - Eu só dei um tempo para você pensar , sei que está sendo difícil por conta dessa alteração de humor por conta do hormônios da gravidez . Apenas fui para a academia , vai ser difícil se livrar de mim - levanto seu rostinho.

- Eu prometo que não vou comer menos coisas gorduras, eu sei que nosso bebê é mais importante , mais eu queria tanto comer elas- falou baixinho.

- Sei que você está tão preocupada que eu com o nosso bebê , nós podemos achar um solução para as batatas - a puxo para meu colo - você pode comer duas vezes na semana o que acha ?- coloco uma mexa de cabelo atrás de sua orelha.

- Para mim está ótimo - respondeu.

.

.

.

.

Sexta-feira

Hoje íamos ver nosso bebê, é estou falando no masculino , estou com o pressentimento que é um garotão !

Ben acha é que uma garota, Jack está achando que é um menino também , minha mãe está surtando porque nós não iremos fazer chá revelação. Isso é complemento idiota , eu terei que gastar com dois enfeites já sabendo que é um menino!.

Nesses últimos tempos o paparazzis estão ficando encima de mim e da Bethany por tudo, ficam perguntando sobre a gravidez o que ela se ela acha o que o bebê é . Passamos a usar seguranças quando saímos de casa , principalmente quando saio com a Bethany , tenho medo o que possam fazer ela .

- Olá bom dia , como estão ? - saudou Dr Hanna.

- Cadê dia melhor, tirando a parte que nesses dias um abajur vôo na minha cabeça! - digo me sentando a sua frente.

Ela dá risada

- Isso é de menos, eu joguei uma frigideira no meu marido . Tudo bem Bethany? Como está esse bebê ?- mudou o assunto.

Caralho! Abajur já dói imagina uma frigideira, viu esconder todas as panelas da Bethany.

- Estou bem , tirando que semana passada que passei mal tive um enjôo - fez uma cara de nojo.

- Lamento mais isso persistirá até o final da gestação , vamos lá ?- apontou para a maca perto do equipamento.

- Será que vai dar para saber o que nosso bebê é ?- pergunto me aproximando dela .

- Se ele ou ela não estiver vergonhoso quem sabe - deu uma risadinha - o que acham que é ?

- O Luke tem certeza que é um menininho , mais muitos acham que é uma menininha - levantou a camiseta .

- Já fizeram o bolão então? - ligou o aparelho - sentiu alguma coisa ? Alguma dor na região do ovário ?

- Não , está normal não tive sangramento como a última vez .

- Isso é ótimo!

Pego e aperto sua mão direita

- Está tudo bem Doutora ?- pergunto.

Concordou sorrindo

- Ele está ótimo - olhou para nós .

- Ele ? Então quer dizer .... - morreu a voz

- Sim , Bethany o bebê de vocês é um menininho !.

Meus olhos encheram de lágrimas , nosso primeiro bebê é um menininho um pequeno ser para cuidarmos de chamar de nosso .

- É um menininho amor ! Você estava sempre certo - disse Bethany me beijando - sua intuição de pai está bem apurada.

Do uma risadinha

- Você também estava torcendo para ser um menino ,hum acha que eu não sabia ? - acaricio seu rosto.

- Isso fica em off !- riu .

            (....)

- Oi pessoal!- digo abrindo a porta da principal da casa da minha mãe.

- Puta que pariu! Cara eu vim mais rápido possível - falou Ash - eu nunca perderia em saber o sexo do bebê!, Já que eu serei o padrinho né ! - se gabou.

- Mais é um Zé Mané mesmo , quem disse que você será o padrinho?!- perguntou Ben.

- Não começa com essas brigas sem noção!- disse minha mãe colocando os petiscos na mesinha .

Bethany se sentou na grande poltrona do meu pai ," a única que pode se sentar lá é a Bethany pois é mais confortável para ela e o bebê" o que meu pai diz a todos.

- Me passa isso aí ! Estou morta de fome - apontou para os petiscos.

- Como foi lá filha ? Está tudo bem ?- perguntou dona Alice .

- Está sim mãe está tudo ótimo!- disse pegando mais salgadinhos.

- Então iram nós matar de tanta anciedade?! Eu quero muito saber o que é o novo bebê Hemmings! - falou Mike .

Me aproximo da Bethany

- Eu falo ou você amor ? - me agacho ao seu lado .

- Eu falo !- me entregou o prato - Pessoal , eu acho que o Luke tem outra profissão que nós nem sabiamos !- tentou se levantando , mais sem sucesso por conta do gesso de seu braço , ela irá tirar no final do mês - amor me ajuda aqui ! - vou até ela .

- Tá , tá bom assim !- ficou reta - aqui está o nosso futuro Hemmings , mais sinto muito quem apostou dizendo que é uma menina perderam quem apostou em menino , é vocês estavam certos!.

- Perdeu babaca , quero meus dez dólar!- disse Ash batendo na testa do Ben.

- Caralho isso dói ! Até nisso meu sobrinho me ferra - falou emburrado.

Foi uma festa , todos comemorando feliz em saber que o novo Hemmings é um menininho , um priminho para o Peppi brincar.

Bom eu , estou feliz em saber que terei um menino , não é que fiquei feliz em saber que não teria uma menininha como muitos diziam , estaria feliz de qualquer forma pois é o fruto do meu amor e da Bethany .

- Tá chega eu quero comer agora , amor quero comer pizza de calabresa com um copão de suco de laranja - começou a andar até a cozinha.

Nesses meses a Bethany está andando desengonçada , igual um patinho, pois sua barriga está grande mais que o normal para estar no quarto mês . A Dr Hanna nós disse que isso significa que o bebê indo muito bem .

- Isso foi um desejo , pedido ou uma ordem ?- pergunto .

- Um pouco com desejo e ordem ?!- brincou - aí você aproveita e trás um sorvete de morango e um molho pronto para fazer a calda - gritou.

Molho de tomate para fazer a calda ?

- É isso mesmo que eu acabei de escutar ? Ela quer molho para fazer uma calda ? - Perguntou Mike com cara de nojo .

Me levanto

- Vai por mim essa é o desejo mais normal - pego as chaves - já volto , irei buscar essas coisas antes que a luminária voe novamente!- abro a porta. 

           (....)

Aonde fica a cessão de molhos ? Qual é porque todas as vezes que venho nesse supermercado as coisas são estão diferentes ?

A última vez que vim nesse supermercado perto da casa da minha mãe , foi quando a Bethany colocou na cabeça que queria comer sardinha em lata com Donuts de doce de leite- esse dia que eu vomitei tanto só de ver ela comer aquela gororoba - aqui foi o único lugar que estava aberto naquele hora da noite.

- Olá o que posso ajudar ?- perguntou um jovem , ele deveria ter uns 17 anos .

- Oi claro , quero saber aonde fica as partes do molho de tomate ? Eu não estou sabendo aonde está - explico minha situação.

- Aqui senhor ,temos o mais consistente pois tem pedaços de tomates - apontou para a pequena embalagem.

- Então é não sei muito bem , sabe minha esposa não me detalhou bem o como ela quer- nem sabia que tinha diferença de molhos ?!.

- Muitos dizem que esse é muito bom - pegou o sachê - o que mais sai aí

Vai esse mesmo , nem sei se ela vai comer tudo isso !

- Vou levar esse aí mesmo- jogo no carrinho.

Estava tão aéreo , que acabei esbarrando em alguém.

- Perdão eu não te vi - levanto a cabeça - Luiza ?

Faz anos que não vi mais a Luiza ,a última vez que a vi foi no colégio falando com as líder de torcidas

- Luke, fui minha culpa eu não vi estava tão longe - deu uma risadinha .

- Como está indo as coisas ? Faz tempo que não conversamos - pergunto.

- Esta uma correria ! Estou cheia de trabalhos nesses últimos meses mais agora com essa história de casamento .

Casamento? Será que ela vai casar com o Josh ? Seria inacreditável se eles estiverem juntos ainda .

- Casamento ?

- Há é , eu o Josh iremos casar no final do mês que vem - respondeu sem jeito - depois que você saiu do colégio muitas coisas aconteceram, percebemos que nós davamos muito bem .

Fico muito feliz pela Luiza, por mais que nós brigavamos muito na época do colégio ela merecia um pessoa que correspondesse seus sentimentos . Claro o Josh não é uma das melhores pessoas que se encaixaria para essa função , mais ambos se encontram o sentindo que queriam ser correspondido.

- E você eu fiquei sabendo que você e a Bethany se casaram , quer dizer foi as últimas notícias nós sites de fofoca - comentou - foi muito lindo .

- Olha que foi apenas alguns paparazzis atrás de nós - dou risada - foi muito bom em te rever , desejo com todo coração que seja feliz nesse casamento , que cada momento que passe ao lado do Josh seja uma ótima lembrança daqui uns anos .

Sorriu abertamente

- Foi muito bom em te rever, mande um abraço para a Bethany por mim - começou a empurrar.

A Bethany ! Meus Deus eu esqueci dela !

- Suco de laranja isso! - começo a andar rápido, até a cessão.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...