História Lost Girl - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Abandono, Cole Sprouse, Danielle Campbell, Drogas, Suícidio
Visualizações 11
Palavras 679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Esporte, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem!😘(é a minha primeira fanfic original)
Tá meio chatinho,mas ainda é só um prólogo...
Então considerem 😂😂

Obs: Os capítulos são narrados pela Alasca.

Capítulo 1 - Prólogo: "Rosto de Anjo, Coração Vazio"


Fanfic / Fanfiction Lost Girl - Capítulo 1 - Prólogo: "Rosto de Anjo, Coração Vazio"


-Mãe!-Susuro ao vê-la-Mãe, por favor, não faz isso!

Percebo sua mão tremendo com a arma em punho,e tento me aproximar.

-Alasca,por favor filha,se afasta!- Ela implora com lágrimas nos olhos,e vejo ela apontar a arma para sua cabeça.

- Mãe...- minha voz falha- por favor...-Imploro me afastando, logo sentindo a parede fria do quarto em minhas costas. Fecho minha mão em punho com força e sinto minhas unhas furando a pele da minha mão.

- Me perdoa, filha!- Ela murmura,e aperta o gatilho.

-NÃO!

***

Acordo assustada.

Continuo olhando para o canto do meu quarto, imaginando o quanto burra eu fui. A diferença do sonho e da realidade, é que na realidade eu não fiz nada.

Eu fiquei petrificada,em choque. Eu simplesmente me encolhi no canto do quarto,com o olhar perdido e deixei ela morrer.

Minha mãe morreu por minha culpa.

- Ah, que bom você acordou!- Escuto a voz da minha tia Liana.

Me sento na cama, ainda com o olhar perdido.

Naquele fatídico dia, disseram que eu estava ali a quase duas horas, petrificada de medo. Disseram também que eu perfurei minha mão por conta da força com que fique com a mão,eu podia o sangue escorrer entre as minhas mãos,assim como pude sentir o sangue da minha mãe no meu rosto e o cheiro dele em mim.

Os pisicológos só não disseram até quando eu ficaria assim. Desde então não consigo fazer mais nada, apenas fico assim: inerte em meu mundo,em um choque de culpa.

- oh meu amor,fala com a tia.- Liana está sentada ao meu lado,e me abraça de lado. Não correspondo a nada.

Sinceramente, não entendo o porquê dela estar aqui. Liana é irmã do meu pai,que me abandonou quando nasci, e sempre demonstrou não gostar da minha mãe. Que droga ela tá fazendo aqui?

-Alasca...- Olho pra ela,e estranho seu modo de me olhar.- Se... Se você fez alguma coisa... Se você tem, alguma coisa com a morte da Louisa... Pode...

- O que?- Pergunto me levantando com raiva.- Você... Você acha que eu mataria minha própria mãe!?

- Não foi isso...

Não a deixo terminar e me tranco no meu banheiro. Minha cabeça tá a mil!

Tiro minha roupa e ligo o chuveiro sentindo a água fria no meu corpo, me deixo ir até o chão me encolhendo e sentindo as lágrimas se misturarem a água.

Eu sei que todos me acham uma louca.

É por isso que me culpam. Todos acham que eu matei minha mãe em um "surto" de loucura, já que desde pequena tenho ilusões e tomo remédio controlado por isso.

- Alasca? Sky,sou eu,Mia.

Não respondo. Me deixo continuar chorando,e consigo escutar a porta ser aberta e fechada. A água é fechada.

- Mia, não...

-Shiu! Você não tem opção.-ela me responde me enrolando na toalha. A quanto tempo eu tô aqui?-Hoje sou eu que vou cuidar de você amiga.

//

- A Liana já foi?- Pergunto me deitando novamente na cama.

-Já.- Mia deita do meu lado,e segura minha mão. Encaro o teto.- Sky,eu tô aqui,ok? Você sempre me ajudou quando eu precisei, agora eu vou te ajudar.

- Eu sei.- Sussuro e fecho os olhos.

-Srt. Alasca? - Escuto Maggie a empregada chamar.- O Sr. Steve está chamando.

-Ela já vai,Maggie- Mia responde e escuto a porta ser fechada.

- Eu não quero ir. Ele me odeia,e eu odeio ele.- Sento e encaro Mia.

Mia,desde que me entendo por gente,é a que se mete em encrenca e sempre sou eu quem a tiro ela delas.

Parece que o jogo virou.

- Você vai. Eu vou estar com você.

//

Desço o último degrau da escada,e vejo Steve no sofá com uma -eu acho-pisicológa. 

Olho pra aquele rosto falso e me lembro de todas as vezes que ele gritou com a minha mãe, chamando-a de inútil. O engraçado,é que todo o império Greene foi minha mãe que fez sozinha,mas ele sempre fazia questão de diminuir ela.

- Alasca, querida que bom que está aqui.- Ele cheira a falsidade.- Quero que fale com uma pessoa. Essa aqui...- Ele aponta pra moça de jaleco sentada na poltrona.- É a Dra. Iris. Você irá falar com ela. 

- Tudo bem?- Mia pergunta no meu ouvido.

- tá.- Respondo e me viro para os outros.- Tudo bem eu falo com ela.




Notas Finais


Personagens:
Danielle Campbell como Alasca Greene
Cole Sprouse como Alex Mosent
Madelaine Petsch como Noah Mosent
Chrissy Constanza como Amber Reid
Zac Efron como Zack Snyder
Bailee Madison como Mia Martin
Gostaram?😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...