1. Spirit Fanfics >
  2. Lost in you - Now United >
  3. Aquele em que Any vê seu pesadelo

História Lost in you - Now United - Capítulo 37


Escrita por:


Notas do Autor


MARATONA 2/3
Any vem para nos contar como foi a volta para casa, claro que nada sai como esperado, e no final, bem... leiam e me contem o que acham! Sorry pelos erros e boa leitura ✌🏻💕

Capítulo 37 - Aquele em que Any vê seu pesadelo


Fanfic / Fanfiction Lost in you - Now United - Capítulo 37 - Aquele em que Any vê seu pesadelo

ANY POV:

-Shivani? Que horas são? ~assusto com ela entrando no quarto, a Sina estava dormindo na cama ao meu lado~

Shivani: Umas 4h, pode dormir mais amiga! ~ela sussurra~

Não sei se delirei ou se ela me respondeu mesmo, mas durmo de novo! 

Sina: Any, Any! ~a voz dela aumentava~

Any: Oi.. ~respondo de olhos fechados~

Sina: Levanta que já são 9h e vamos perder o café! 

Meu corpo levanta, mas meu espírito ainda está naquela cama, odeio ressaca! Tomo um banho e me arrumo mais ou menos, pelo menos a maquiagem disfarçou! 

Shivani: A Any acabada ta mais bonita que nós! 

Sina: O mundo é injusto! 

-Shiu! Falem baixo! 

Sina: Vamos senhorita! ~ela fala sussurrando abrindo a porta~

Vamos para o restaurante do hotel, tomar nosso café, os meninos já estavam todos na mesa, meu Deus, será que passei muita vergonha ontem? 

Krys: Ela tá viva! 

Lamar: Uau, impressionado! ~sim, eu passei vergonha~

-Vocês parem! Uma mulher não pode ter um dia de paz? 

Bailey: Pode claro! Na próxima te deixo voltar em paz andando! 

-Como assim?

Will: Ele te carregou o caminho todo! ~meu deus que mico~

-Misericórdia, Bailey, desculpa e obrigada! 

Bailey: Relaxa, amigos são para esses coisas! ~ele da uma piscadinha~

-Nunca mais eu bebo assim! Eu delirei a noite toda! Até com você Shiv! 

Shivani: Comigo? ~ela fala assustada~

-É foi super esquisito...

Shivani: Depois você me conta! ~ela me corta~ Vou pegar umas frutas, alguém quer?

Krys: Vou com você! 

Lamar: Falou com o Josh Any? Ele tava bem preocupado! 

-Não... ele me mandou mensagem que o voo dele já estava saindo, eu estava dormindo! Esqueci completamente, respondi mas nem chegou para ele! 

Sina: Ele estava enchendo o saco de todo mundo para mandar notícias para ele! 

Bailey: Também né, você surtou por causa de uma foto! 

-Ei, respeita meu histórico de traída! Eu ainda estou em fase de adaptação, cadê seu papo de ser bom amigo?

Bailey: Desculpa! ~ele fala rindo~

-Meu Deus que eu não fique com ninguém chato do meu lado nesse voo de volta, eu só quero dormir! 

Lamar: É só você colocar aquela sua máscara de unicórnio que a pessoa vai entender o recado! 

Krys: Que recado? 

Bailey: Lamar falou que se a Any tiver viajando com uma pessoa chata no voo de volta para LA só ela colocar aquela sua máscara de unicórnio que a pessoa vai entender o recado! 

Krys: Ei! Você colocou a máscara quando veio comigo! 

-Eu não! 

Krys: Colocou sim!  ~todos riem~

Lamar: Gente, vamos tomar café rápido porque eu ainda quero levar vocês em um lugar! 

Sina: Onde? 

Lamar: Surpresa! Mas me encontrem no endereço que vou enviar para vocês exatamente ao meio dia! 

Shivani: Que mistério hein! 

Lamar: E vão de barriga vazia para almoçar lá! 

Bailey: Já to dentro! 

Terminamos o café e eu deixo tudo arrumado para a viagem, eu e as meninas nos arrumamos e vamos de uber para o endereço que o Lamar nos indicou. Era uma casa tão linda, bem antiga e tinha uns tijolinhos na decoração, parecia uma pintura. Logo os meninos também chegam e o Lamar sai de dentro dessa casa!

Lamar: Sejam bem-vindos ao meu antigo lar! 

Sina: Você morava aqui?

Lamar: Sim! Eu nasci nessa casa praticamente, mas com 2 anos fui para os Estados Unidos! 

Krys: Aqui é lindo cara, olha esse jardim! 

Lamar: Minha tia que cuida! Ela mora aqui com a minha avó. Queria apresentar vocês!

Will: Com essa casa maravilhosa você ainda ficou no hotel com a gente? 

Lamar: É complicado, mas vou falar logo porque vocês vão descobrir! 

-O que? ~ele parecia meio triste~

Lamar: Bem, minha avózinha tem alzhaimer, então ela não lembra muito de mim, ia me achar um estranho aqui e ficar muito agitada, mas minha tia me disse que hoje ela está lúcida, ela até falou meu nome acredita? 

-Ai que lindo amigo! Sinto muito por ela! 

Sina: Já quero conhecer! 

Entramos e me deparo com a senhorinha mais fofa do universo, a tia do Lamar também era um amor, e cuidava muito bem da mãe. Comemos um peixe maravilhoso! Foi muito agradável, despois nos sentamos no jardim, e ficamos vendo o tempo passar.

Krys: Quando você vier fazer faculdade pretende ficar aqui?

Lamar: Eu quero muito! Sei que vai ser difícil, mas talvez ela aceite minha presença e se acostume! 

Shivani: Tomara amigo! 

Lamar: É por isso que eu quero fazer neurologia!

-Você vai ser um ótimo médico! ~seguro na mão dele~

Sima: Essa viagem foi um máximo gente! Serio! 

Will: Foi  mesmo! Obrigada por me acolherem com vocês! 

Bailey: Imagina cara! 

Shivani: Lamar, sua tia importa da gente replantar uma flor? 

Lamar: Como assim?

Shivani: Bem, na Índia nós costumamos fazer essas cartas para o futuro, que tal se enterramos uma aqui em baixo de uma dessas flores, que é um lugar seguro! E ano que vem nos reunimos antes do início da faculdade para lermos! Tomara que estejamos todos aqui! 

Krys: Amei a ideia! 

-Eu também! 

Lamar: Podemos fazer sim! 

Assim fizemos, os detalhes da minha carta, prefiro não pensar muito, quero que seja algo surpreendente para mim, tudo pode mudar em um ano né, só sei que amei essa cidade, essa viagem, apensar das vergonhas que eu passei né. Vi que estava sendo super insegura, era só uma foto, não posso ter essa desconfiança toda sempre. Infelizmente, acabou nossa viagem! Entramos no avião e eu tomo meu acento na janela, estou bem na frente, está todo mundo mais pra trás, ninguém está junto, todos com pessoas estranhas. Até que....

Will: Não acredito! 

-O que?

Will: Esse é o meu lugar! ~ele ri e eu também ~

-Serio? ~era só o que faltava~

Will: Sim, mas relaxa que to aqui com meu livro, não vou te incomodar, pode dormir! ~ele fala tentando ser engraçado ~

-Tudo bem! Obrigada! 

Preciso admitir que sim, ele é um gato, e sim, eu fico meio esquisita e com vergonha dele, afinal demos um senhor beijo a uns meses, sou professora de monitoria dele, e sei que ele tem uma queda por mim! O avião decola, estou meio incomodada com isso!

-Will?

Will: Oi? ~ele tira o fone e me olha~

-Só queria falar que foi legal ter você com a gente! Todo mundo te adorou! 

Will: Eu também curti muito! 

-E também quero te pedir desculpas!

Will: Pelo o que?

-Você sabe... a gente combinou de sair, eu acabei voltando com o Josh, nunca te dei explicações!

Will: Relaxa Any, eu sei muito bem quando eu perdi uma batalha! ~ele dá um sorrisinho lindo~ Eu jamais atrapalharia um namoro, eu só quero ser seu amigo! 

-Você é! 

Will: Então meu objetivo está cumprido! ~ele sorri de lado~

-Você é ótimo! Obrigada! 

Ele apenas assente com a cabeça coloca o fone e volta a ler, eu me deito apoiada na janela, e deixo que um sono leve me embale. Está tudo se resolvendo, não tem mais climão entre a gente! Só quero abraçar o Josh logo, sentir o cheiro gostoso dele. O voo demorou muito, acordei e vi um filme no meu celular, conversei com o Will quando serviram o jantar, depois fui para o lado da Sina, quando o cara que estava com ele ia no banheiro, e nada de chegarmos. Entre uma cochilada e outra, escuto o aviso de pouso, amém senhor. Desembarcamos juntos e saímos conversando, logo cada um encontrou sua família, e a minha estava lá.

Bellinha: Any!! ~ela vem correndo me abraçar~

-Oi pipoquinha! Tava com saudade de você! 

Bellinha: Eu também! ~vamos em direção aos nossos pais e os abraço~

Ricardo: Minha princesa! Está até com ares de menina europeia! ~ ele beija minha testa e eu rio~

-Que exagero papai! Mãe você ta chorando?

Priscila: É a emoção Any, sua mãe é chorona mesmo! 

Ricardo: Vamos para casa porque queremos saber tudo! 

Bellinha: Trouxe presente?

-Você se comportou?

Bellinha: Sim! Não foi mãe?

Priscilla: Mais ou menos né! 

Bellinha: Mãe! ~eu rio~

-Mas eu trouxe mesmo assim viu! Em casa te entrego!

Bellinha: Eba!!

No caminho aviso o Josh que eu já cheguei, infelizmente não tem como nos vermos, ele me pede para que conversamos com meus pais, e contar tudo para eles. Eu topo, já está na hora mesmo! Em casa mostro todas as fotos, conto tudo, entrego todos os presentes. Eu estava bem casada, então tomo um banho e adormeço. Acordo com a Bellinha batendo desesperadamente na minha porta, falando que estou atrasada, droga, estou mesmo, o fuso horário acabou comigo! Me arrumo bem mais ou menos, com uma calca jeans rasgada e um all star, faço uma make leve e coloco um cropped de manda longa, junto meus livros desesperadamente e saio levando a Bellinha para a escola dela, meu Deus que fila gigante para deixar crianças nessa escola! Quando finalmente chego até a minha escola já estava todo mundo quase entrando, menos o Josh que estava encostado no carro dele, desço do meu carro correndo muito, não consigo esconder o sorriso ao vê-lo. 

Josh: Bom dia meu amor! 

-Bom dia lindo! ~dou um selinho nele e ele me abraça~

Josh: Eu estava morrendo de saudades! 

-Eu também! ~falo leve~

Josh: Você não ta brava comigo né? 

-Não! Me desculpa, eu só tava sensível! 

Josh: Ainda bem! Porque eu só tenho olhos para você minha princesa! 

-Eu te amo! 

Josh: Também te amo! 

-Vamos entrar? Já estamos atrasados! 

Josh: Sim, pera ai! Trouxe isso para você! 

-O que?~ele me entrega uma caixa de bombons de morango que eu amo~

Josh: Gostou?

-Eu amei!!! ~abraço ele apertado, mas ele não retribui, simplesmente fica duro, me afasto e olho para ele parecia ter visto uma assombração ~

-Amor? Ta tudo bem? ~o olhar dele estava longe~ JOSH! ~ele não responde, então sigo o olhar dele e não creio no que vejo~

Josh: Any, aquilo é a? ~estou congelada não consigo responder, minha boca mexe e nada sai~

-É Josh, é sim... ~falo com dificuldade ~

Meu pior pesadelo se materializou bem ali na minha frente! Any Gabrielly, boa sorte! 


Notas Finais


APENAS UMA PERGUNTA: QUEM É ESSA PESSOA?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...