1. Spirit Fanfics >
  2. Lost It All >
  3. Acho bom você não falar nada para ninguém!

História Lost It All - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Oieeee!!
Capítulo novo para vocês!
Espero que gostem!

*AVISINHO🔊:

Amores eu vou fazer o máximo possível para postar capítulos!
Eu estou tranquila e em dia com os meus professores do colégio por pelo menos essa semana ou talvez na outra até começar o terceiro bimestre!

Então se eu parar de postar capítulos por muito tempo,não se preocupem achando que eu abandonei a fic,vocês podem ter certeza que é por causa do excesso de trabalhos e tarefas!

Boa leitura😘

Capítulo 15 - Acho bom você não falar nada para ninguém!


P.O.V. Andy Biersack

1 mês depois........ 

Um mês já tinha se passado e eu continuava com uma amizade forte com Sandra e Chris,más......eu perdi o contato com meus amigos da Flórida,eles andavam muito ocupados o Alex começou a fazer aulas dobradas como Espanhol e Russo,Jhonathan começou a fazer aulas de piano e passou a ajudar nos cuidados da sua avó materna que estava idosa e precisava de alguém para ajudá-la,um pouco deles se mudaram daqui dos Estados Unidos como o Thomas e Chris,Thomas se mudou para a Espanha por conta do trabalho da sua mãe,e Chris se mudou para França por conta da empresa do seu pai,não só isso como Thomas passou a fazer estágio como auxiliar administrativo. 

É e foi triste para mim ter perdido o contato com eles,más infelizmente a vida é assim cheia de mudanças boas e ruins,e é como minha mãe diz "não podemos ficar a vida toda grudados com nossoa amigos uma hora cada um terá o rumo de sua vida".

Bem eu como sempre fiz a mesma rotina da manhã,e aqueles alunos que jogaram meus livros no chão?.....eu passei a ser o alvo deles,todos os dias eles aprontavam uma comigo,más todas elas sempre longe de Sandra e Chris e principalmente longe de todo mundo,eles faziam da minha vida um inferno,um inferno horrivel eu ia para o colégio já sabendo que eles iriam fazer algo comigo. 

Ao chegar na porta do colégio,procurei por Sandra e Chris já que eles sempre me esperavam sempre lá para podermos entrar juntos,eles não estavam lá,procurei eles desesperadamente por todo o colégio más não os encontrei em lugar algum.....droga eles não vieram para o colégio! 

Fui até o meu armário e na porta do armário tinha vários papéis de folha de caderno mesmo colados na porta com durex,e escrita cheia de coisas ofensivas como:

"Eminho"

"Garotinho tentando sair do armário"

"Bichinha maquiada"

"Maquiagem não é para meninos"

"Magrelo"

"Corpo seco"

Eu me senti péssimo quando li aquelas ofensas,arranquei tudo do meu armário e joguei aqueles papéis no chão,peguei meus materiais para as aulas e soquei a porta do armário tão forte que fez um eco no corredor e todos olharam para mim,ma abaixei peguei aqueles papéis do chão e os joguei no lixo,saí fincado para minha sala de cabeça baixa,e todos da sala me zoavam também,apenas quando Sandra e Chris não estavam por perto. 

Só de saber que eu passaria 12 horas naquele inferno já me deixava deprimido,eu sabia que hoje iria ser o pior dia da minha vida. 

Ao sair da sala da primeira aula,aquele grupinho que me zoavam (Charlie,Josh,Matthew,Ron e Diego) já estavam na porta me esperando para me zoar. 

-E aí bichinha?disse Ron. 

-Você está sozinho hoje né?seus amiguinhos defensores não vieram?disse Charlie rindo e derrubando meus livros no chão. 

-Oh coitadinho ajuda ele!disse Josh debochando. 

-Ajudo sim!disse Matthew chutando meus livros para longe. 

-Não é para chorae novato!disse Josh rindo. 

-E não é para contar para ninguém!disse Diego sério. 

Eu respirei fundo e saí juntando minhas coisas,e Diego me empurrou e eu caí com a cara no chão,com a pancada violenta meu nariz começou a sangrar,e mesmo assim eles continuaram a zoar dando beliscão. 

Quando a diretora saiu da sala eles saíram correndo pelo corredor e eu juntei minhas coisas rápido e corri para a minha sala,para a diretora não vir perguntar e estranhar para não sobrar para mim pois eles iriam fazer coisas piores do que eles faziam. 

Na hora do intervalo eles sentaram na mesma mesa que eu estava,e ficaram me falando coisas ruins, a cada palavra deles eu me sentia humilhado e pisado com o coração e o psicologico destruido. 

Eu não tinha para quem e para onde correr, eu não podia contar para ninguém pois eu estaria correndo o risco de não estar vivo mais,eles me ameaçavam se eu contasse para alguém. 

O intervalo e as aulas passaram quando foi na hora de ir embora, eles falaram que era para mim ir ao banheiro, ao chegar lá Diego disse:

-Você contou alguma coisa para a diretora? 

-Não! 

-Ela ficou desconfiada de nós.....espero realmente que você não contou nada para ela!

-Eu não disse nada!

Diego me levou para cabina de um dos banheiros,ergueu o tampa do vaso e disse:

-Você jura que não disse nada a diretora? 

-Juro!

-Eu não acredito! 

Ele tirou minha touca e sim fez o que todo valentão faria,ele enfiou minha cabeça na privada,ele colocava e tirava,quando minha maquiagem estava toda borrada ele me deu um tapa na minha cara que ficou vermelha. 

-Acho bom você realmente não ter falado nada! Se não você é um emo morto! 

-Eu não disse!

Eles começaram a rir,e sairam do banheiro,eu fui até a pia lavei a minha cara e saí do banheiro para ir para casa. 

Peguei o Uber e voltei para casa,meus pais já estavam na cozinha me esperando para jantar, eu fui para o quarto tomei banho e fui jantar com os meus pais. 

-Andy.....por que seu nariz está sangrando?disse Audrey. 

-Eu levei uma bolada no nariz na aula de educação física! 

-Nossa e o que seu professor disse? 

-Ele me levou para a sala de enfermaria para melhorar! 

-Entendi.....têm mais algo envolvido?disse meu pai. 

-Não é só isso só foi a bolada mesmo! 

-A marca vermelha também foi a bolada? 

-Sim!não se preocupe eu estou bem! 

Eu mal conseguia comer direito más eu comi o máximo que eu podia,e colcava um sorriso falso de felicidade para não levantar suspeitas, apos o jantar fui para o meu quarto, tranquei a porta e me joguei na cama. 

Chorei muito bem baixo para meus pais não ouvirem, por que isso estava acontecendo comigo? Por que minha vida estava sendo péssima? 

Eram argumentos e sensações horríveis que percorriam em mim, após chorar horrores eu dormi más podia ter certeza que daqui para frente meus dias seriam os piores da minha vida. 


Notas Finais


Cotem aí nos comentários o que vocês acharam!

Tadinho do Andy😭💔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...