1. Spirit Fanfics >
  2. Lost memories >
  3. Sinking into memories

História Lost memories - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


A capa foi feita por mim, eu utilizei o app zepeto e ibispaint x.
A personagem de cabelo ruivo é uma personagem original minha, ela será uma das protagonistas dessa história.

Itálico= memória
Negrito= alucinações da Yui ou voz demoníaca

Capítulo 2 - Sinking into memories


Fanfic / Fanfiction Lost memories - Capítulo 2 - Sinking into memories

   Mas uma vez nesse banheiro       

"Yui? Você está me escutando?" Uma menina com uma pele pálida como a neve, olhos azuis como oceano Atlântico e cabelos ruivos como chamas, olha para mim com uma cara de preocupação. 

"Eu estou bem Momo-chan, só estava pensando..." Minha voz mostra desânimo. 

"Pensando no que?" O olhar dela mostra questionamento e um pouco de medo. 

"Meu pai vai viajar para uma conferencia da Igreja, ele quer que eu vá morar com alguns conhecidos dele"

"E qual é o problema disso?"

"A casa deles fica muito longe daqui, meu pai disse que eu vou ter que sair da escola"

"Sair da escola?!" Seu olhar mostra horror e desgosto "e que tipo de pai manda sua filha para uma casa cheia de 'conhecidos' ?"

"Você sabe que depois daquele acidente com meu irmão meu pai não tem sido mais o mesmo, ele largou o antigo emprego dele para se tornar pastor"

"Seu pai está um pouco surtado da cabeça, você já contou a Nene?" Ela me questionou. 

"Ainda não, você sabe que ela vai dar um piripaque se eu falar para ela agora"

"Eu sei, Ao-chan provavelmente vai fazer o mesmo" Dos duas paramos e olhamos para o nada imaginando a reação das duas meninas. 

"A Nene vai querer dar uns tapa no seu pai" Ela diz e eu começo a rir. 

"Ela vai, ela vai bater nele com um pepino" Nos duas começamos a rir que nem duas loucas. 

"Então como está você e o-"


"Acorde Eve"      

Eu abro meus olhos e me deparo com dois pares de olhos azuis escuros

"Ruki-kun!"

"Você já descançou o suficiente, bote o uniforme e desça para irmos para a escola" Depois dessas palavras ele simplismente desaparece. 

"Vampiros..."

Eu vou até meu armário e pego o uniforme da escola, tiro minha camisa e boto a camisa de botões que esta bendita escola nos oferece, depois tiro meu short e boto a saia e por último e não menos importante o meu sapato. 

"Mais um dia indo para aquele inferno" Bom, eu moro com os Sakamakis e os Mukamis, obviamente eu sofro bullying das fãns deles. 

Abro a porta do meu quarto e começo andar pelos corredores, depois de um longo tempo andando eu finalmente acho a escada. 

"Yui-san" Kanato como sempre quase gritando meu nome. 

"Oi Kanato-kun" Começo a descer as escadas, chegando no último degrau eu sinto alguém pegando com força o meu ombro. 

"Oi, Oi, Chichinashi, você vai sentar do meu lado no carro" Ayato diz com um olhar de ameça. 

"Ayato, pare de ser egoísta, a bitch-chan" 

"Cala boca Laito" Subaru diz com desprezo em sua voz. 

"Subaru-kun esta sendo muito malvado" Kou se mete na conversa. 

"Parem com essa briga estúpida, eu não vou me atrasar para escola por culpa de vocês" Reiji começa a nos dar um belo sermão. 

"Cala boca quatro olhos! " Yuma grita com puro ódio. 

"Vamos logo" Ruki nos olha com um olhar ameaçador. 

"Ok Ruku-kun~!" Kou diz com um tom alegre. 


.・゜゜・algumas horas depois         

    Andando pelos corredores da escola, sozinha, novamente, é difícil fazer amigas aqui, afinal, eu sou a 'princesinha dos gostosos da escola', sim, as meninas da escola me apelidaram disso, todas as meninas dessa escola querem ser minhas amigas só por causa dos Sakamakis e dos Mukamis. 

"Yui..."   

Eu escuto uma voz suave chamando meu nome, eu olho para trás e vejo a menina de cabelos ruivos do meu sonho. 

"Yui você tem que voltar"    

 

"Voltar para onde?!"


"Nós precisamos de você Yui"    


"Pra que?!"


"Não temos muito tempo, nos ache"    

A menina de cabelos ruivos desaparece como se ela nunca estivesse estado aqui, eu começo a Impergetilar, minha visão começa a ficar turva e eu começo a me sentir tonta, a última coisa que eu ouvi foi alguém chamando meu nome. 

"Yui, precisamos que você lembre" 

















 "Nene onde está a Momo e o Hanako? "

"Provavelmente conversando no jardim, por que?"

"Eu queria perguntar uma coisa para a Momo" Digo com um pingo de remorso, bom eu quero falar com a Momo sobre a minha transferência de escola, eu ainda não contei para Nene. 

"A Momo disse que você queria me contar algo, o que seria isso?" Sabia que q Momo ia arranjar alguma forma de eu contar isso para a Nene. 

"Bom, eu meio que vou me-" Antes de eu terminar a frase uma fumaça preta começa a surgir na sala. 

"Ora, ora, ora, o que temos aqui?" Um menino parecido com o Hanako aparece em meio aquela fumaça, a única diferença entre eles é o colante que agora é preto. 

"Quem é voce?!" Nene grita para o fantasma parecido com o Hanako. 

"Seu pior pesadelo~!" Depois que ele diz isso eu começo a me sentir tonta "principalmente o seu Yui" Caio no chão, minha visão começa a ficar turva. 

"O que você está fazendo com ela?!" Nene diz com medo e desgosto em sua voz. 

"Fazendo o melhor para ela, fazendo ela esquecer de vocês"

Depois dessas ultimas palavras ditas por ele, meu mundo inteiro fica preto. 









"Yui-chan, você está viva?"


Eu abro meus olhos e olho diretamente para dois pares de olhos roxos. 

"Kanato-kun..."

"Você está desmaiando muito ultimamente, quase nem tomamos mais o seu sangue, me diga Yui-chan, você está dando seu sangue para outros vampiros?"

"Claro que não!" Digo com indignação em meu tom de voz. 

"Isso é bom, agora... Me de seu sangue" Ele caminha lentamente em minha direção. 

"Não, por favor Kanato-kun!" Mas já era tarde, ele brutalmente morde meu pescoço e começa a sugar meu sangue. 

"Você me pertence" Ele diz em um tom baixo e possessivo. 

Eu olho para a direita e vejo o menino de cabelos loiros do meu sonho

"Você é a minha adorável flor Yui-chan"


Depois dessa doces palavras eu desmaio. 







Contínua... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...