História Lost on the island - Imagine Kim Jisoo (BP) (G!P) - Capítulo 1


Escrita por: e Portal_LGBT

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Blackpink, CL (Chaelin Lee), EXO, TWICE
Personagens G-Dragon, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Jong-in (Kai), Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Lee Chaelin "CL", Lisa, Min Yoongi (Suga), Momo, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, T.O.P
Tags Imagine, Survival, Yaoi, Yuri
Visualizações 74
Palavras 1.375
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, LGBT, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais uma porque eu não posso ver nada que já fico cheio de ideias

Capítulo 1 - One - A big Lie


Fanfic / Fanfiction Lost on the island - Imagine Kim Jisoo (BP) (G!P) - Capítulo 1 - One - A big Lie

•P.O.V Jisoo•

Eu estava prestando total atenção na aula, pelo menos era o que eu estava tentando fazer. S/N estava sentada na cadeira a minha frente e  suas costas tomavam a minha total atenção para si.

S/N é a mais popular de escola, ela zoa os nerds e tem uns amigos rebeldes que já foram até presos algumas vezes. 

Minha paixão por S/N começou quando eu cheguei na escola, ela sempre me "odiou" digamos assim. Brinca comigo; fazendo piadas e me incomoda.

A maioria das pessoas tem medo dela, por mais que ela faça bem menos estrago do que suas amizades.

— Jisoo. — ouço a voz da minha amiga, Rosé me chamar mas não me dou ao trabalho de olhá-la —  OH PORRA! 

— Para de gritar! — Eu olho para ela, como se estivesse pedindo silêncio.

— Porque você não tenta esquecer um pouco que ela está sentada na sua frente? — Ela cruza os braços e me encara.

Roseanne é minha melhor amiga, e nunca gostou de saber que eu gosto da garota que ri da minha cara o tempo todo. Nossa amizade começou quando ela me salvou de ser motivo das risadas de S/N.

— É impossível para mim. — eu abaixei a cabeça — Eu sei que você pensa que eu sou uma idiota por gostar dela, mas eu simplesmente não consigo deixar de gostar! 

— Tá, 'tá bom, esquece o que eu disse! — Vira os olhos — Bora jogar na minha casa depois da escola? 

— Não vai dar, Rosé. — ela me olha como se estivesse perguntando o motivo — Eu vou ficar na biblioteca da escola estudando para a prova de amanhã.

— Você e os livros, né? — me olha desconfiada — Mas 'tá bom… ah, e, você sabia que a s/n vai estar lá também?

— Como assim?! — Arregalo os olhos — Ela vai estar lá também? Mas porque?

— Vai estar… talvez zoando alguns nerds, toma cuidado. — Ela ri, me deixando mais assustada.

— Roseanne, você sabe que eu gosto dela… e eu não posso ficar… — eu me perdia na fala quando se tratava de S/N.

— Ei, calma. — coloca a mão no meu ombro, tentando me tranquilizar — Eu sei que vocè gosta dela. Mas eu também sei que não pode ficar se escondendo para sempre… né?

— Não sei não… — neguei com a cabeça.

— Eu já te avisei que ela só vai estar lá zuando nerds tipo você, então vê se fica bem longe dela! — Rosé podia ser mandona como uma mãe. 

— Tá… - eu abaixo a cabeça, mas logo olho para a garota novamente - Acha que eu tenho alguma chance com a s/n?

— Olha, ela também é lésbica mas bem metida e se acha a gostosona. Parece até que é Hétero só que é assumida. — Olha para s/n que estava com a cabeça na classe e fones de ouvido. 

— E…? — Realmente queria saber a opinião de Rosé sobre isso.

— Talvez, beem talvez você tenha alguma chance. — Eu sorri para ela que ainda estava séria — Mas eu acho que você merece bem mais do que uma idiota igual ela. 

— É, eu sei. Fazer o que se eu só me apaixono por quem me machuca e brinca com meus sentimentos? — eu sorri fraco, tentando esconder minha tristeza.

Como já estava no final da aula, o sinal bateu anunciando que estaríamos livres daquele inferno denominado como; faculdade.

— Eu sei bem como você é, afinal, eu sou sua melhor amiga! — faz carinho no meu cabelo e ri soprado.

— Vamos, Rosie! — A namorada de Rosé, Lisa que estudava na outra sala a chamou.

— Eu já vou, Lisa! — gritou de volta — Então, eu vou indo, tchau e se cuida.

Eu só acenei com a mão para ela e para Lalisa, juntei meus matérias e coloquei na mochila. Quando estava saindo da sala, vi que s/n ainda estava dormindo. 

Eu até tive a ideia de me aproximar e chamá-la mas quando iria fazê-lo uma garota entrou e abraçou-a e eu, como nao queria ficar vendo aquilo fui direto para a biblioteca.

Chegando lá, procurei alguns livros de física e escutei algumas risadas altas, olhei para trás e vi s/n. Como ela chegou tão rápido?!

— Calma Jisoo, aja normalmente e passe por eles como se nada aconteceu. — disse para mim mesma, mas de que iria adiantar? — Ai meu Deus, ela viu! — murmurei a mim mesma.

— E aí, Jichu! — ela ri, e seus amiguinhos não fizeram o mesmo, só ficaram sérios olhando.

— A-Ah… oi s/n. — Disse, quase que num sussurro. 

— O que você estava fazendo? — a garota de cabelos curtos se levanta e vem até mim.

— Eu só estava, desculpe… e-eu… Ai! — ela puxa minha mão e derruba meus livros. — P-por favor, m-me deixa em paz.

— Óculos legal…talvez fique bom em mim. — s/n pega meu óculos e coloca nela mesma. 

— Para, devolve o meu óculos p-por favor. Eu preciso deles 'pra…— Eu tento pegar mas ela me empurra até que eu fique encurralada em uma parede.

— Não me machuca, eu só quero estudar para a pro… — sou interrompida.

 — 'Tá namorando com alguém? — ela pergunta, o que me deixa surpresa.

— O que? — precisei perguntar, e ela repetir para eu entender melhor.

— 'Tá gostando de alguém? — eu não conseguia manter contato visual com ela, porque ela estava me encarando.

— N-Não… - me xinguei mentalmente por ter gaguejado, mesmo não olhando para o rosto dela — Eu não gosto e nem namoro ninguém.

— Eu gosto de você, Jichu — sussurrou, o que me deixou arrepiada.

— Mas como? — meus olhos estavam arregalados da forma certinha de duas enormes berlindes — Nós somos diferentes, e-e… — Ela toma meus lábios em um beijo, tento não corresponder no começo mas era impossível para mim. Eu estava beijando a garota que eu era totalmente apaixonada. Assim que ela separou nossos lábios comecei a falar — Eu… tem sim alguém que eu gosto, eu menti para você.

— E que é essa pessoa? — eu conseguia ver o sorriso de canto em seus lábios.

— Essa pessoa é você s/n, eu sou completamente a apaixonada por você… por mais que você seja desse jeito.

— Então é isso? — ela ri e sai de perto de mim. 

— O-o que? — Eu juntei meus livros e parei na frente dela.

— Você é uma bobinha em acreditar no que eu digo Jisoo, é uma grande mentira. — chega perto de seus amigos com as mãos no bolso que já estavam de pé, tira meu óculos e joga em mim.

 — Mentira? — Eu olhei para os amigos da s/N, que por incrível que pareça eu conheço todos.

— Filmamos tudo, sua otaria! —  Namjoon fala, mostrando o celular.

— Polêmica nova na internet, amanhã? — Yoongi questiona, chega perto de s/n é coloca o braço em volta do pescoço da mesma. — Se eu fosse você me preparava, "Jichu".  

— Consigo até imaginar o título; "Nerd se ilude achando que popular quer algo com ela" — Jungkook diz, como se estivesse escrevendo no ar e começa a ri.

— Que idiota, tinha que ser nerd! - Jimin diz, rindo soprado.

— Acha mesmo que a s/n vai gostar de você, Jisoo? Que iludida! — Taehyung para na minha frente e fala.

— O-o que? — naquele momento era só o que eu conseguia dizer — Eu não q-queria…

— Acorda para a vida, sua nerd! - Jennie dá um peteleco na minha testa, fazendo-me instintivamente colocar a mão sobre.

Todos eles vão em direção a saída da biblioteca me deixando plantada como uma idiota alí no meio, tinha algumas pessoas vendo aquilo e isso me deixou com ainda mais vergonha e raiva.

— Eu não acredito que eu caí nessa! — Sentia meus olhos transbordarem lágrimas — Eu fui uma burra, levei um fora de quem eu gosto e o pior é que tudo foi filmado… —  coloco meus óculos — Ai, porque eu nunca paro de fazer merda?


Notas Finais


No começo o foco será bem mais a Jisoo e a S/N. - mais a Jisoo do que a S/N.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...