História LosVer - Capítulo 5


Escrita por: e bakawaii-nee

Postado
Categorias Bleach
Personagens Aizen Sousuke, Byakuya Kuchiki, Grimmjow Jaegerjaquez, Hisana Kuchiki, Ichigo Kurosaki, Isshin Kurosaki, Karin Kurosaki, Masaki Kurosaki, Nelliel Tu Odelschwanck, Orihime Inoue, Rangiku Matsumoto, Renji Abarai, Rukia Kuchiki, Shihouin Yoruichi, Tatsuki Arisawa, Toushirou Hitsugaya, Ulquiorra Schiffer, Urahara Kisuke, Uryuu Ishida, Yuzu Kurosaki
Tags Ichiruki, Oneechan2, Vick-tori
Visualizações 48
Palavras 2.265
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Haii... Viemos de novo com mas um cap, estero que gostem

Capítulo 5 - A viagem


Fanfic / Fanfiction LosVer - Capítulo 5 - A viagem

Rukia*

Depois de janta, fui para o quarto para manda uma mensagem a ichigo, pois tinha que pergunta se o convite ainda estava de pé

[ Ei, cabeça de abóbora o convite ainda esta de pé - 10:56 ]

A mensagem veio logo em seguida

[ Claro baixinha, seus pais deixaram? - 10:57 ]

Aaah eeh eu esqueci de dizer a ele que eu não tenho pais... Meus pais morreram quando eu era pequena, eu mal lembro deles, e depois disso minha irmã Hisana ficou tomando conta de mim ate se casa com meu cunhado na qual considero como irmão Byakuya

[ Eu não tenho país, eles morreram quando eu era pequena, mas minha irmã e meu cunhado deixou eu ir - 10:58 ]

[ Ah desculpa Rukia, eu não sabia, sinto muito - 10:58 ]

[ sem problema! Eu nem conheci eles então nem doi rsrs, minha irmã e meu cunhado que considero como irmão são como meus pais, então quese não sinto a falta deles - 10:59 ]

[ Entendo, também perdi minha mãe - 11:00 ]

[ Sinto muito - 11:00 ]

[ De boa baixinha, então quando eu vou ae te busca? - 11:01 ]

[ Eles vão de madrugada, eu vou para faculdade e depois disso a gente passa aqui em casa e pega minhas coisas e vai para sua casa - 11:02]

[ Certo, vou lá baixinha! Tenho que janta, as 8:00hrs eu passo ai para te busca - 11:02 ]

[ Para que? - 11:03 ]

[ Faculdade - 11:03 ]

[ Ichigo eu não preciso de babá! Te encontro lá baka, tchauu - 11:04 ]

Depois disso disliguei o celular sem espera ele responde, depois peguei meu notebook pois precisava me distrair para não dormir, pois queria me despedir do nii-sama e da nee-sam antes deles irem viaja

Botei na série "My secret romance" minha preferida

Fiquei horas vendo um monte de bobeira ate da a hora deles irem, olhei ao relógio e vi marcado 2:03hrs e eles iriam sair 3:00hrs

Sai de meu quarto e fui para o corredor e desci ate a cozinha e encontrei meu irmão sentado na cadeira de frente para a bancada

Como eu não queria incomoda, assim que o vi dei a meia volta para volta ao meu quarto

- Rukia - fui pega

- oi nii-sama

- senta aqui do meu lado quero fala com você - e assim eu fiz

- o que quer fala comigo?

- fico preocupado com você aqui sozinha, tem certeza que vai fica bem?

- vou fica ótima e além do mas eu vou para casa do meu amigo, não vou fica sozinha

- tem certeza que esse amigo e de confiança?

- tenho! E não vai haver nada de mas

- tem certeza que não que ir ainda da temp...

- tenho, esse sera um dia especial para você e para a nee-sam e eu não sou mas criança, já tenho 19 anos, já tenho que começa a viver minha vida

- não tão rápido assim, e você não e tão velha assim, ainda não sabe de nada da vida

- e por isso que tenho que viver, para poder aprender

- acho que ainda ta muito cedo para isso

- nii-sama eu não vou sair de casa para mora em outro pais não sabia, eu vou ta alguns quarteirão daqui e é só quando vocês tiverem viajando, quando vocês voltarem vai tudo volta ao normal

- promete que não fara nada de errado e ira nos conta tudo?

- prometo de dedinho - então eu esquitei meu dedo mindinho para ele, que me olhou completamente intediado mas apontou o seu dedinho ao meu e assim formando um promessa

Depois sinto alguém me abraça por trás e percebo que e minha irmã

- vou senti sua falta

- eu também nee-sam mas sera só por alguns dias

- vou te bota dentro da minha mala - ela dizia ainda me abraçando

- eu ficarei bem

- quero conhecer esse seu amigo - diz a voz grave de meu irmão

- ele só vira me busca depois da faculdade, então acho que só quando vocês voltarem eu apresento

- quero o número dele, por qualquer coisa

- ok, eu não sei de cabeça e meu celular ta lá em cima

- não tem problema, eu só quero

- tá

- Amor ta chegando a hora - diz a minha irmã que me solta por trás e me abraça de frent, ela me apertava tão forte que parecia querer me mata sufocada

- nee-sam preciso de ar - então ela me solta e vejo seus olhos marejados de água e assim me fazendo cair uma lágrima também - tenham uma boa viagem

Então eu os levo para porta, meu nii-sama botava as malas no carro e minha irmã não me soltava

Minha irmã me da um forte abraço, um de sufoca e sussurra um "Eu te amo" e me solta as lágrimas, depois Meu irmão vem ao meu encontro onde eu o abraço, então ele diz um "se cuida" que para byakuya Kuchiki era um "eu te amo"

- Amo vocês!

Eu disse já vento os dois dentro do carro onde minha irmã acenava para mim e depois o não o vejo mas

Depois disso fecho a porta com chave e sinto alguem me olhando, como se fosse um sensação ruim, vou ate s janela aberta e a fecho e ligo as luzes da sala e da cozinha depois subo para meu quarto

Me jogo na cama totalmente intediada e então pego o meu celular e vejo marcado 3:03

- sera que ichigo esta acordado?

Na curiosidade eu abro na mensagem

[ baka ta acordado? - 3:03 ]

Alguns minutos se passa e nada dele responder ate que escuto um barulho do celular avisando que tinha chegado uma nova mensagem

[ não, ele já foram? - 3:26 ]

[ já, to no tédio aqui - 3:26 ]

[ ta no tédio ou ta com medo de fica em casa sozinha? - 3:27 ]

[ eu lá tenho medo de alguma coisa? - 3:27 ]

Dou um pulo com o celular que começa a toca, olho e vejo o nome Baka

- voltando a minha pergunta, e tédio ou medo de fica ae sozinha?

- as duas coisas

- se quiser posso fica acordado com você até a hora de você pega no sono

- não precisa, eu to bem

- não ta nada para de mentir, e para de ser valente Rukia, todo mundo tem medo de alguma coisa

- sim, mas ninguém precisa sabe sobre eles

- e mas nos somos amigos, eu tenho que sabe do que você tem medo, e alias aposto que você fechou todas as janelas e porta e ligou todas as luzes da casa

Olho em volta e vejo que foi isso mesmo que fiz

- tcs, para de ser intrometido ichigo

- não precisa fica com medo Rukia, eu vou esta aqui, de longe mas vou esta

- idiota

Escuto uma risadinha gostosa vindo atrás do celular que me fez se sentir bem e confortável

Eu e ele ficamos conversando horas sobre coisas aleatórias, e mais, e mais coisas, até que finalmente eu bocejo longo e esfrego meus olhos.

-E ai, já tá com sono baixinha?

-É... to só um pouquinho... - Digo dando outro longo bocejo.

-Um pouquinho? Sei... anda, vamos dormir.

-Nyah! Ainda são três horas.

-Três?! Não sei você, mas no meu relógio diz que são cinco e vinte.

-CINCO E VINTE?!?! - Eu grito e tenho certeza que ouvi o Ichigo gritar do outro lado da linha.

Eu rapidamente peguei meu despertador e vi que realmente eram cinco e vinte, como podia?! Passamos todo esse tempo só conversando? Meu Deus...

-Bom, I-Ichigo, eu vou ter que desligar e dormir!

-Dormir?! Você só tem até as seis pra dormir!

-E-eu sei, mas ainda assim é bom.

-Tá okay então. Eu vou direto pro banheiro tomar um banho. Até mais baixinha!

-Até!

Eu desliguei o celular na maior pressa e dormi como uma pedra. Parece não ter demorado nem cinco minutos que o despertador toca. Eu resmungo e tento desliga-lo, só que eu vou de mais pro lado, e acabo caindo da cama. Eu estava com tanto sono que achei o chão confortável e fechei meus olhos de novo.

-Tão.... confortável... não! - Eu me levanto e me espreguico.

Saio correndo pro banheiro e ligo na água gelada. Mordo o lábio inferior para não soltar um gemido, estava super gelada.

Ichigo*

Depois que acabei de falar com a baixinha, eu larguei meu celular e fitei o teto por um tempo. Em seguida me espreguicei bastante. Depois me levantei e fui para o banheiro, estava estranho, eu não tinha sentido sono durante a noite toda. Também, eu dormi de tarde, tava mais ou menos explicado.

Depois do meu banho sai do banheiro enrolado com uma toalha só pelas partes baixas, e também escovando os dentes. Eu olhei no relógio e vi que eram 05:58, tinha só dois minutos pras seis, que na verdade era a hora que eu deveria ter acordado.

Depois....

-Bom dia Ichi-nii! - Disse minha irmãzinha Yuzu.

-Bom dia Yuzu. - Pela primeira vez eu ia tomar café da manhã.

Eu me sentei e observei Yuzu fazer o café, quando olho por todos os cantos e eu não vi Karin.

-Yuzu, cadê a Karin?

-Ah! A Karin-chan saiu. - Falou Yuzu sem se virar pra mim.

-Saiu? Pra onde?

-Na verdade, nem eu sei Ichi-nii. - Ela diz se virando para mim com a frigideira na mão. - Ela disse que iria comprar algumas coisas, mas até agora não voltou, oque é estranho. - Ela diz colocando os ovos no meu prato. - Prontinho Ichi-nii!! - Disse com um sorriso gentil.

-Obrigado, Yuzu.

-Sem problemas!

Eu como tudo oque Yuzu havia me dado, realmente estava delicioso. Deu seis e cinquenta e eu me levantei colocando o prato na pia. Depois fui ao banheiro e escovei os dente, em seguida fui até a porta.

-Até mais Yuzu!

-Tchau Ichi-nii! - Ela diz acenando e sorrindo. Eu sorrio e saiu.

Autora*

Ichigo saiu fechando a porta e começando a caminhar pelas ruas com uma mão no bolso e a outra segurando em sua bolsa escolar. Ichigo passou por várias ruas, até que encontra Mizuiro e Keigo que também o vê.

-Bom dia Ichigo! - Dizem Mizuiro e Keigo juntos.

-Bom dia. - Fala Ichigo com um pequeno sorriso.

Os três começam a andar, enquanto Keigo fica falando sobre coisas aleatórias como provas junto de Mizuiro que ficava olhando o celular, enquanto Ichigo apenas ouvia e de vez em quando concordava.

Eles ficaram um tempo andando, até que de longe, avistam uma garota conhecida. Com cabelos laranjas e corpo delicado. Aquela chamada Inoue Orihime. Ichigo sentiu seu estômago embrulhar e seu coração acelerar, nao fazia ideia do porque estava daquele jeito, talvez fosse a vergonha, pois ele percebeu que seu rosto corou levemente. Ichigo fixou o olhar na garota que andava de cabeça baixa.

-Ei, aquela não é a Orihime? - Pergunta Keigo.

-Oque?? I-Inoue?! Claro que não! Você deve estar confundindo! - Diz Ichigo tentando fazer com que esqueçam o assunto.

-Ichigo, tá na cara que aquela é a Inoue. - Diz Mizuiro.

-É-é?

-Sim.

-Ai, vamos chamá-la!! - Diz Keigo.

-Cha-chama-la? Pra que? - Pergunta Ichigo nervoso.

-Pra ela não ir sozinha ué.

-Não Keigo, n...

-ORIHIME!! EI ORIHIME!! OOOOII!! - Grita Keigo. A garota abre um sorriso imaginando apenas Keigo e Mizuiro, ela vira sua cabeça rapidamente, e seu sorriso desmancha ao ver o rapaz que os acompanhava. Orihime corou e rapidamente virou.

-hein? Será que ela não ouviu? - Pergunta Keigo.

-não sei. Tenta de novo. - Fala Mizuiro.

-Tabom. EI ORIHIIIIME!! SOU EU!! O KEIGO!! TO JUNTO COM O MIZUIRO E O ICHIGOO!! - Orihime continua virada e aperta o passo.

Ela continua ouvindo Keigo gritar e pelo visto andar mais rápido também. Orihime aperta as mãos e fecha os olhos com força, e numa arrancada sai correndo.

-Mas oque deu nela? - Fala Keigo.

-Eu não sei. Só sei que eu vou ter que ir por outro caminho. - Disse Ichigo.

-Ué, porque? - Pergunta Mizuiro.

-Vou ir buscar uma amiga minha.

-Hmmmm... uma amiga, é? - Fala Keigo.

-É! É UMA A-MI-GA! TCHAU. - Ichigo sai e corre na mesma direção que Inoue.

-Será que ele foi atrás da Orihime? - Pergunta Keigo.

-Sei lá.

Ichigo*

Eu saí rápido daquela conversa, nao queria dar explicações, principalmente aquelas explicações. Eu teria que ir buscar a Rukia, mas ainda estava com um pouco de vergonha de passar pela Orihime e vê-lá magoada comigo.

Eu passei correndo e não vi Inoue, bom, pelo menos tinha perdido a vergonha. Eu cheguei ofegante na casa da Rukia, e apertei a campainha. Eu pude escutar um "já vai" la de dentro. Depois de uns dez segundos a porta se abre e Rukia aparece com seu uniforme escolar sorrindo.

-Oi Ichigo!

-Oi Rukia. - Falei com um pequeno sorriso.

-Bem, vamos?

-Claro!

Nós dois começamos a andar em direção ao Colégio. Não sei o porque mais a baixinha parecia bem animada, e eu também estava. Assim que chegamos no Colégio vimos a mesma coisa de sempre, vários alunos, blá blá blá. Nós dois entramos e fomos até nossa sala.

Assim que chegamos lá, escolhemos nossos lugares que ficaram um do lado do outro. E ai fomos para o pátio. Fiquei um pouco preocupado, não tinha visto a Inoue ainda. Quando chegamos no pátio, nos encontramos com nossos amigos.

-Oi gente. - Fala Rukia.

-Oi Rukia! - Falam todos e ela cora levemente.

-E ai pessoal. - Falei.

-E ai Ichigo. - Falaram todos.

-Gente, vocês viram a Inoue por ai? To querendo falar com ela. - Disse a Rukia me deixando surpreso.

Todos disseram que não e Rukia abaixou a cabeça pensando.

-Hum... okay então. Valeu ai gente! Eu vou procura-la, preciso muito ve-la. - Disse a Rukia saindo.

Oque será que ela queria falar com ela? Será que ela soube de alguma coisa ruim sobre ela? Ou será que a Rukia soube do que eu fiz? Bem... aquilo não importava por enquanto.

To bem continua...


Notas Finais


Como fomos???
Obrigada pelas pessoas que continua nos acompanhando
Bejuus ate o proximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...