História Lotto - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Layhan, Laysoo, Lusoo, Sulay, Taoris, Xiuchen, Xiuhan, Xiulay, Xiusoo
Visualizações 442
Palavras 1.141
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - One


Minseok

Mais um dia e eu estou olhando as pessoas pela porta de vidro da loja, pessoas que tem sua vida fácil, ricos mimados. Sair de casa com 15 anos não é algo visto com os melhores olhos do mundo, ainda mais quando se é ômega.

Eu moro com meu melhor amigo chinês Luhan, e ele é tudo o que eu tenho, comecei a ajudar Luhan na doceria que ele possui todos os dias e então começamos a namorar nesse período. Depois disso também vieram mais dois, Yixing e Kyungsoo e acabamos chegando em um nível que começamos a gostar dos dois e resolvemos morar todos juntos vivendo em um relacionamento à quatro.

O pior horário de trabalhar aqui é no período da tarde, pois a doceria fica na rua de um colégio de ricos e vez ou outra um bando de mimadinhos, muitas vezes alfas e betas, aparecem e ficam falando muitas besteiras. Luhan sempre fica calado, mas muitas vezes eu já briguei, isso mesmo, um ômega brigando, mas para defender o trabalho duro de Luhan, eu até mato.

-Minnie, você chegou cedo hoje. -Encarei Luhan que entrava correndo afobado pela porta e eu ri do seu desespero.

-Sim, eu não tinha nada para fazer. Você foi visitar o Kris?

-Sim, acredita que aquele idiota achava que as férias dele durariam dois meses? -Kris é primo de Luhan, e um um alfa muito amigável mas que também dá medo só de olhar. Eu mesmo tinha pânico dele quando começou a trabalhar e eu ficava até tarde sozinho com ele, mas depois me acalmei mais, ele tem seu ômega Tao e eu gosto demais de ambos.

-Ele é um pouco lento com seus compromissos, você sabe, se deixar ele só voltaria no ano que vem.

-Está no horário daqueles babacas virem? -Assenti e ri selando os lábios de Luhan. Limpei as mesas e voltei a me sentar atrás da mesa, pouco tempo depois a porta se abriu, revirei os olhos ao ver um grupinho, mas dessa vez parecem alunos diferentes, acho que nunca os vi.

-Boa tarde Min hyung. -Baekhyun é por dizer assim, um dos únicos alunos que valem à pena naquele colégio. Ele é um ômega que ama doces e vive por aqui, não somos amigos mas ele é bem sociável.

-Boa tarde Baek, o de sempre?

-Ah bem, ainda vamos decidir. Eu vim com uns amigos hoje, daqui à pouco volto... cadê o Luhan?

-Ele está lá dentro, sabe como ele odeia esse horário dos estudantes.

-É um circo dos horrores. Eles nem deveriam existir. -Ele gargalhou, vi um outro aluno alfa o olhar e vir em nossa direção.

-Baek, você está atrapalhando o moço a trabalhar -Baek riu -Desculpe, ele fala demais.

-YA! Seu poste, ele é meu amigo. Minseok esse é meu alfa Chanyeol, Channie esse é Minseok o melhor atendente do mundo. -Chanyeol estendeu a mão e eu apertei rindo, ele é realmente um alfa muito bonito, alto. Baek deu muita sorte de encontrar alguém de porte.

-É um prazer conhecê-lo Minseok.

-Pode me chamar apenas de Min. -Sorri amigável.

-Sendo assim, me chame de Chan.

-Fiquem à vontade, quando escolherem é só me chamar. -Fui atrás de Luhan na cozinha e chegando lá, Yixing entrava pela porta de trás com aquele sorriso doce de covinhas que só ele tem.

-Cadê o Soo?

-Ele tem um trabalho muito importante da faculdade e não vai poder vir.

-Por quê não me surpreendo? -Luhan riu e eu sorri abraçando sua cintura.

-Já tem clientes? -Lay perguntou, nem sei por que, mas desde sempre Luhan o chama assim então acabamos pegando.

-Sim, vamos lá, temos que fingir que somos bons atendentes. -Puxei Yixing que ria da cara que Luhan fez. Sentei no balcão novamente e Lay sentou no outro banco, ele sorriu para mim e eu fiz o que faço todo dia, enfiei o dedo em sua covinha, eu sou louco por covinhas.

-Voltei... oi Yixing. -Baek falou rindo, dessa vez o alfa dele não veio para cá. Baek fez os pedidos e ficou esperando enquanto ria do meu abuso em ficar colocando o dedo na covinha do pobre do Lay. -Acho que o Min tem uma tara por você Xing.

-Claro que tem, esse homem me ama. -Yixing disse e eu beijei seu pescoço fazendo ele quase cair, era sempre assim, ele r extremamente sensível nessa região.

-Os pedidos estão prontos seus lerdos. -Luhan disse revirando os olhos e levou para a mesa junto de Baek. Vi os tais garotos falando algo com ele, mas não parecia deboche ou algo assim, e então Luhan voltou com o rosto todo corado e passou reto pela cozinha, ri de seu desespero e comentei com Yixing, mais tarde a gente vai arrancar tudo desse ômega.

Baekhyun

Resolvi levar meus amigos para a doceria que eu mais amo no mundo, eles pareciam se divertir uns com os outros, alfas parecem ser pessoas fortes e viris, mas no fundo são apenas babacas.

-Ya; Sehun me respeita, sou seu hyung. -Ouvi Channie reclamar e Sehun dar língua para ele.

-Sehun parece uma criança. -Suho revirou os olhos -É um caso perdido.

-Chegamos, é aqui. -Entrei e falei com Minseok como de costume, apresentei ele ao Channie e logo todos estavam comendo. Luhan me ajudou a trazer as coisas e Sehun ficou lá encarando o coitado que corou até o último fio, e ainda mais que do nada Sehun simplesmente pergunta se ele tem namorado. Suho só faltou morrer engasgado junto de Chen, e o ômega saiu quase voando da mesa.

-Ya! Você não sabe conversar com um ômega não? -Kai resmungou. -Você não pode fazer uma pergunta dessas.

-Que mal tem?

-Você não tem salvação. -Chen resmungou.

-Pelo menos ficasse babando discretamente igual o Suho e o Chen.

-Que? -Ambos perguntaram.

-Até parece que não vimos vocês encarando os dois ali. -Channie apontou levemente e eu ri.

-Pelo menos eles tem o bom gosto de não se interessarem por aquelas atiradas da nossa escola. -Comentei.

-Eu só achei ele bonito, tem um sorriso fofo. -Suho comentou.

-Ah, o Lay é uma graça mesmo, ele é tão fofo que eu o guardaria em um potinho. Todos são muito amigos, pelo que sei a família deles não aceitou muito bem o fato de serem ômegas e bem, Minseok saiu de casa com 15 anos desde então tem morado com Luhan, e o Yixing saiu da China para ter sua própria vida, seus pais eram muito autoritários e o proibiam de tudo.

-Como sabe de tudo isso? -Chanyeol perguntou.

-Bem, eu praticamente venho todos os dias desde que abriu, é meu lugar favorito e algumas vezes Luhan me deixa ficar no escritório dele apenas para ler os livros que nunca consigo na escola, eles são ótimos amigos.

-Entendi, que bom então. -Chanyeol disse e sorriu. Meus amigos pareciam hipnotizados com os meninos e eu apenas conseguia sorrir diante daquilo.

Será um longo ano.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...