História Louca paixão - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 4
Palavras 511
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 10 - Realizando o sonho.


9:00 horas da manhã de domingo

Ao abrir meus olhos, meu braço procurava por Mary, naquela cama vazia, aquela suíte gigante, gritei.

Joe: Mary? 

Me levanto rapidamente acreditando ter tido uma noite incrível, ao entrar na suite master, vejo- a vestida com a mesma saia rosa choque, fecho a porta assustado desço rapidamente as escadas, percebo a porta do quarto de hóspedes aberta, sorrindo disfarçadamente digo.

Joe: foi tudo um sonho.

Ao me virar vejo- a, vestida com a mesma lingerie preta, com um olhar sereno e conquistador, apavorado eu pergunto.

Joe: ontem a noite eu e você....

Katy:  não quem dera, você me mostrou o quarto e subiu, deixou a sala limpa, e se trancou no quarto. Por que você sonhou comigo foi?

Sem explicar me direcionei rapidamente para o meu quarto, abri aquele pequeno armário, tirei todas as roupas do cabide, em um canto do armário, um pequeno cofre escondia um Masso de Hollywood branco em extrema conservação, lacrado.

Pego o telefone sem fio, disco o número do meu irmão, que me atende com uma respiração ofegante, dizendo.

Arthur: é um péssimo momento

Desligando em minha cara.

Um barulho lento em minha porta, ao me virar, lá estava ela.

Perfeita, do jeito que veio ao mundo, se aproximando lentamente dizendo.

Katy: a sua mulher não sabe oque está perdendo

Joe: hei, wou calma aí, oque pensa que está fazendo?

Katy: eu escutei você a noite toda, estava tendo um sonho gostoso com a Mary, mais pelo que parece você sonhou comigo também.

Joe gaguejando: não não 

Pondo suas mãos por dentro do meu short, apalpava-me delicadamente dizendo.

Katy: isso é oque sua boca diz... Mais acho que oque está sentindo agora é outra coisa.

Aquela boca perfeitamente desenhada passando em meu corpo, empurrando-me na cama, ajoelhou entre minhas pernas, beijando levemente minha coxa, enquanto puxava delicadamente meu calção dizia.

Katy: calma, vou aliviar apenas um pouco dessa sua vontade.

Passando sua boca lentamente sobre mim, levo minha mão em seu cabelo, arrancando de sua boca um gemido acompanhando de um safado sorriso.

Um grito longo e demorado vinha da suite master, fazendo com que aquele momento, fosse adiado.

Ao levantar, pegou uma caneta sobre a mesa do computador anotando em meu caderno um número e um endereço.

ao sair disse.

Katy: se quiser terminar, oque começamos, estarei sempre nesse endereço, todos os dias depois das 17horas.

Joe: mais isso fica a dois quarteirões daqui! Você não disse que...

Katy sorrindo:  eu queria dormir aqui

Imediatamente me direcionei para o quarto de Mary, ao chegar me deparei com uma pequena barata.

Usando meu chinelo havaianas, pisei lentamente na pobrezinha.

Ao fazer pufst um grito acompanhado de uma leve cara de nojo dizia.

Mary: que bixo nojento, tira tira isso daqui.

Joe arrogante: de nada...

Saindo do quarto com o chinelo na mão, lá vinha ela, com aquele short jeans curto, passou por mim em direção ao quarto de Mary, Deslizando lentamente sua mão sobre o meu calção.

Ao olhar para trás aquele rebolado perfeito, junto com uma cinturinha pequena me deixava em uma complicada cituação.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...