História Louco de amor - Capítulo 1


Escrita por: e Taii-Jungk

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Jeon Jungkook, Obsessão
Visualizações 16
Palavras 917
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ❤😘

Capítulo 1 - Cap.1


POV'S MI-CHA

Eu era uma psiquiatra renomada, eu era bastante conhecida por "curar" alguns casos de obsessão, recentemente eu fui escalada para um novo paciente, esse paciente não queria se indentificar, sendo ninguém sabia o seu nome, ele era como um fantasma, o que sabiamos era que ele gostava de ser chamado de "coelinho", ninguém entendia o porquê só sabia que era bizarro, já havia se passado 2 dias após a internação dele e hoje era o dia que eu finalmente iria conhecer ele, eu sabia que não iria ser nem um pouco fácil lidar com um obsessivo chamado Coelinho mas eu irei tentar com todas as minhas forças, eu irei ajudar ele, quando me chamaram em minha sala para ir até o local onde o tal coelinho estava já era 13h, ele não queria ser retirado de seu quarto então eu fui até lá com um seguranças esse era o meu amado amigo Suga, ele iria ficar na porta caso eu precisasse de ajuda com o coelinho, quando cheguei na porta já tinha um segurança lá e ele correu até mim e me abraçou eu fiquei paralisada mais ele havia me explicado quem era e ele era o Jimin o ex melhor amigo do Jungkook, eu confesso que sentia saldade do meu melhor amigo quase namorado Jungkook, só que eu precisava esquecer ele e focar no meu trabalho, se eu atrasasse na consulta do coelinho eu teria que ser repreendida por esse atraso, e isso nunca aconteceu, então eu simplesmente deu um abraço no Jimin e pedi a ele que abrisse a porta do quarto do coelinho, quando ele abriu eu entrei e ele fechou a porta, estava um vento frio e totalmente escuro apesar de ser dia, eu estava olhando para a cama que lá tinha a procura do tal coelinho mais eu não estava conseguindo ve-lo então o chamei.

-Olá? - Eu falava sem resposta e ecoava no quarto inteiro me deixando com um pouco de medo. - Senhor Coelhinho? - Ainda sem resposta eu estava com mais medo, até que consigo escutar uma doce voz, mais essa voz não durou muito ela havia se transformado em uma voz macabra pela música.

-1, 2 não olhe pra trás... - Sentia uma respiração quente em meu pescoço eu não conseguia me mexer por conta do medo. - 3, 4 correr não adianta mais... - Ele continuava a cantar mais dessa vez eu senti a respiração em meu ouvido e essa parte suou como um sussurro. - 5, 6 chegou a sua vez... - Ele cantava mais baixo em meu ouvido. - 7, 8, 9, 10 ele vai puxar seu... - Ele foi interrompido por mim.

-Chega! - Eu finalmente consegui me mexer e sai de perto dele me sentei na mesa que lá tinha e passei a mão em minha franja a tirando dos olhos. - Eu estou aqui para conversar com você e não para te ouvir cantar! 

-A doutora, tem certeza que não quer ouvir a música? Estava tão divertido ver a sua cara. - Ele falava em um tom sínico dando uma risada, ele estava nas sombras então não conseguia ver o seu rostou.

-Qual é a sua? - Ele fica em silêncio e começa a andar em passos pequenos até mim oque estava me assutando pois só conseguia se ouvir o barulho de seus pés, quando ele para ele chega o rosto bem próximo ao meu oque me fez ver perfeitamente seu rosto.

-Qual é a minha? A minha é simplesmente que você não vai conseguir me "curar", eu sou assim doutora, você acha que seria melhor se eu fosse normal? Se eu não tivesse amor? - Ele me encara.

-Isso não é amor! - Me levanto ficando na frente dele o encarando.

-Então oque é? Você acha que se os que você mudou estão melhores? Todos os dias lutando contra eles mesmos? A doutora poupe seu tempo, eu não vou mudar e nem ficar aqui por muito tempo.

-Você vai ficar aqui até essa sua obsessão sumir!

-Não vou não, eu vou sair daqui um tempo, eu vou buscar a minha pequena, ela me ama eu sei.

-Ela não deve te amar, ela deve ter pena de você. - Falava em um tom difícil por ter que ser cruel aquele ponto.

-Oque você disse? - Ele aproximou seu rosto do meu e me encarou com ódio.

-Olha, eu quero te ajudar! Vamos começar isso de novo. - Depois disso ele me olha confuso e eu me sento na cadeira pedindo a ele que se sente em minha frente ele logo se senta, eu respiro fundo e começo a falar sobre ele até que olho a hora e percebo que a consulta dele já acabou, então como última pergunta já em pé perto da porta eu o pergunto seu nome. - Qual o seu nome? - Ele se levanta respira fundo vai até mim pega a minha mão se curva a beija e inclina a cabeça para olhar em meu olhos.

-Jeon Jungkook ao seu dispôr. - Ele fala sínico e eu fico paralisada pensando se era o mesmo Jungkook que eu conheci quando menor, não era possível que ele tenha se transformado nisso, depois desses pensamentos eu ia sair dali até que ele segurou meu pulso e me puxou para perto do mesmo, eu estava sentindo sua respiração quente sobr emeu rosto. - Não vai me dizer seu nome? 

-É... É... É Kim Mi-Cha. - Ele solta meu pulso perplexo e eu aproveito para sair o deixando ali sozinho trancado naquele quarto sem ninguém.


Notas Finais


E esse foi a capítulo ❤❤
Eu vou postar outro se vocês gostarem desse ❤


Música : Homenzinho torto

Um beijo unnies ❤❤😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...