História Loucos de amor - Capítulo 36


Escrita por:

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Vampire Diaries
Personagens Bella Swan, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson
Tags Amor, Humor, Paixão, Romance, Vampiros
Visualizações 162
Palavras 533
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 36 - Os três mestres


- O que acha de sairmos daqui e tomar uma bebida? - perguntou Damon para Bella, enquanto seguiam para onde Aro os esperava, assim como seus irmãos.

Bella riu, percebendo os olhares de todos em cima dos dois.

- Não é uma má ideia. - disse Bella sorrindo, mas Jane os interrompeu, assim que estavam de braços dados.

- Ela deve ver Aro primeiro. - disse Jane.

-Estraga prazeres. - sussurrou Damon para Bella, mesmo sabendo que todos poderiam ouvir.

- Vocês já se conheciam? - perguntou Carlisle confuso com o que estava vendo.

- Claro que não. De onde ele tirou isso?

Damon olhou para Bella confuso, a fazendo rir.

- Tudo bem vocês dois. Dêem um tempo. - disse Rosalie, disfarçando o sorriso.

- Outra!

Dessa vez Emmett acabou rindo com os dois e não evitou de levar um tapa de sua companheira.

- Eu não consigo ver nada. - disse Alice, pela primeira vez desde que chegaram a Volterra, tão frustrada quanto Edward ao não conseguir ler a mente de ninguém.

- Isso não é terrível? - disse Jane abrindo a porta para eles e finalmente encontrando seus três mestres, sentados em sua típica posição para julgamentos.

- Carlisle, velho amigo. - disse Aro rindo.

- Aro, por que nos trouxeram aqui? - perguntou Carlisle, realmente confuso com tudo aquilo.

- Bem, seus talentosos filhos brincaram com o que não deveriam.

Aro levantou, se aproximando de Alice e Edward que pareciam tentar não temer o que estava guardado para eles.

- Aro garanto que eles...

- O que? Não queriam mentir para nós? - disse Caius olhando com raiva e, o que mais surpreendeu, Marcus não estava diferente.

- Não mentimos! - disse Edward, mas recuou com o olhar que recebeu de Aro.

- Você não se envolveu com uma humana, a deixou saber o que somos e fingiu sua morte para toda a cidade em que estão vivendo? - perguntou Marcus, apreciando o nervosismo dos dois irmãos.

- Pensamos que ela tivesse morta. - disse Alice.

- Por quê?

- Bem... tivemos que deixá-la aqui, o que mais...

- Tiveram? Vocês a trocaram pela patética vida que tinham. - disse Damon com raiva, mas Bella o segurou antes que tentasse algo.

- O que? - perguntou Esme chocada com aquilo, assim como Carlisle.

- Isso não é verdade! - disse Alice.

- Eu nunca... - tentou Edward, mas Aro  o interrompeu.

- Está supondo que estamos mentindo?

- Aro...

- Responda a pergunta Edward.

Edward olhou para Carlisle e acabou suspirando.

- Achamos que se não a deixássemos, acabariamos morrendo também.

- E Bella não era mais importante que a vida de vocês. Prefiriram fingir sua morte, para a própria família dela. - disse Jasper, segurando sua raiva.

- Jazz... - tentou Alice, mas ele a interrompeu.

- Não fale comigo Alice. Eu a odeio. Só não a matei ainda porque estou torcendo para Aro já ter algo para vocês.

Os quatro Cullen o encararam surpresos.

- Ele está certo. Já tenho algo. E Carlisle, você deve saber o que acontece com quem quebra as regras. - disse Aro.

- E tenta enganar os Volturi. - disse Caius.

Carlisle sabia e temeu por seu clã, ou quase todo, não deixou de pensar ao ver Rosalie, Emmett e Jasper ao redor de Bella, tranquilos enquanto tudo aquilo acontecia.

- Vocês vão adorar. - disse Rosalie, confirmando a suspeita deles, sorrindo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...