1. Spirit Fanfics >
  2. Loucura dos Mergulhadores

História Loucura dos Mergulhadores


Escrita por: DK-Alves

Fanfic / Fanfiction Loucura dos Mergulhadores
Sinopse:
Stan e Kyle estão separados pelas densas e escuras águas do oceano, mas compartilham o mesmo interesse de realizar os seus maiores desejos, mesmo que aos olhos dos outros eles estejam apenas contaminados.


Betada por: @ClotsQueen <3

FANFIC CAMPEÃ DO DAH5

|| Desafio Aprendi Algo Hoje - DAH5 || Style || Romance || +18 pelo Yaoi || Conto: Pequena Sereia ||
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 137
Favoritos 17
Comentários 4
Listas de Leitura 9
Palavras 18.333
Concluído Sim
Categorias South Park
Personagens Craig Tucker, Kyle Broflovski, Stan Marsh
Tags Anos No Futuro, Craig Excluído, Dah5, Mita Da Caverna, Muito Romance, Oceano, Pequena Sereia, Química Forte, Releitura De Conto, Strong Chemistry, Style

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Científica / Sci-Fi, Gay / Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Os Contaminados
1
60
5.828
 
2.
Infectados pelas Loucura dos Mergulhadores
3
77
12.505

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por SollSunshine
Capítulo 2 - Infectados pelas Loucura dos Mergulhadores
Usuário: SollSunshine
Usuário
Bom, sei que já faz um tempo que vc postou essa fanfic, mas eu finalmente vim aqui dizer oq achei dela, mas acho q vc já sabe que eu AMEI!
Tipo, desde quando tinha sido anunciado esse dah eu fiquei super empolgada pra ver oq você ia trazer pra gente. O que eu mais tava querendo era a tua, você não sabe como eu fiquei feliz na hora q vc postou e eu nem sei como não consegui comentar na hora…
Eu simplismente acho q esse tema combinou muito com Style, não sei pq, e sua adaptação foi muito incrível. O Stan "sereia", o Kyle pesquisador… um Craig totalmente invisível kskskskk, tadinho man skskskkk
Nss, sua escrita tão detalhada em cada momento foi oq eu mais gostei, eu gosto muito de poder saber como estão os sentimentos dos personagens, e o jeito como os dois se tratavam foi tão bom cara, as emoções tão bem transmitidas assim, eu adorei. Principalmente na cena do beijo! Aquilo me fez perder a respiração aaaa!!
E até hoje eu lembro como achei fantástico os mergulhadores serem chamados de "sereias" por seus encantos, e como a "loucura dos mergulhadores" na verdade era amor. Isso mexeu tanto comigo aaaa
Vc não sabe como eu amei isso meu fi, amei demais!! ^^
Será q eh pedir demais por uma continuação? Skskskk, aquele final não foi o bastante, mesmo sendo lindo daquele jeito S2
Postado por ClotsQueen
Capítulo 2 - Infectados pelas Loucura dos Mergulhadores
Usuário: ClotsQueen
Usuário
Oieeee!!!

Aqui estou novamente e vamos ver como foi esse encontro e que sucedeu depois dele!
Vai ser um comentário gigante, porque o cap é gigante e eu gosto assim!!!!

Primeiro, eu amoooo como o Stan mal abre os olhos e o Kyle tá praticamente em cima dele, crivando o cara de perguntas, quer dizer, melhor recepção não há!
E essa atração instantânea do Stan pelo Kyle? Claro que o Kyle deve ser muito diferente, cheios de perguntas, coisa que é proibido no fundo do mar, mas tenho certeza que o Stan fala do rosto, do sorriso e das sardas, tanto quando na boca que não parava de mexer, certo? Sim, eu sei que sim, Stan... todos sabemos... tanto que o Kyle diz “Quer vir comigo?” (para um lugar onde poderemos te matar e dissecar seus órgãos, afinal, você pode ou não ser uma criatura mística...), e o Stan simplesmente vai... esse menino tá perdido, todos estamos!

Mas o meu coração acelerou com o Kyle estendendo a mão e o Stan apanhando-a, claro, não foi de imediato, o cara inclusive precisava respirar... e o Craig depois percebendo que o Kyle o ignorou total... kkkkk tadinho do Craig, mas como ele falou, melhor assim, Kyle não desceu e o Craig não precisaria se estressar com a teimosia.

E esse momento que o Stan percebe bem como é o Kyle, como ele é bonito e diferente, e acima de tudo, como ele é falante, lançando perguntas sem parar... aí o Stan vê o Craig e acha o Craig lindo também kkkk... tudo bem, Stan, vamos concordar com você... e por fim, Stan pode ver que na primeira impressão, ninguém é doente, exceto se beleza for doença...!

Nossa, então eles percebem que Marvin e Stan eram relacionados, e eu imagino a surpresa, porque, sério, qual é a chance de subir a superfície e dar de cara com alguém que conhece seu avô... Kyle depois pensa nisso cético como ele é, e dá pra ver o Kyle nessa situação, se questionando, tentando uma explicação técnica... ele quer tudo com explicações kkkkk

(imagina o Tweek no lugar do Stan, com toda essa ideia de criaturas que roubavam os corpos dos humanos?)

O Stan dando poucas respostas é algo muito interessante, porque ele não quer colocar a sua cidade em risco, e ao mesmo tempo quer dar alguma coisa para Kyle uma vez uqe este fora tão gentil com ele, e o que mais me chamou a atenção por aqui foi o Kyle finalmente notando o quão lindo é o Stan, mesmo tendo as mesmas características do Craig, Stan tem traços muito mais marcantes, aparentemente!

Oh, eles são tão táteis... amei muito o Kyle toda hora, TOSA SANTA HORA esticando a mão para o Stan e o Stan pegando, é aquela química que a gente falou... é muito “Style” isso, ninguém mais tem algo desse tipo!
O Stan não sabia o que era “calor”, mas agora que ele conheceu o Kyle ele sabe, ficando quente todo tempo, sentindo o coração acelerar... tão fofo!!! E o Kyle também não tem muita noção de espaço pessoal, né? Todo o tempo Stan sente o Kyle perto demais... é a força da atração! Também um detalhe legal é que o Kyle sente no Stan um cheiro de eucalipto, sendo que o Stan veio do profundo do mar... muito meigo isso!
Eles dois nesse flerte acidental e o Craig só segurando vela kkkkk, Kyle não tá nem reparando o quanto ele parece um tolo, todo fascinado, todo animado... de alguma forma o Craig PRECISA zoar o Kyle depois!

E todos os pensamentos e observações do Stan depois? Ele admira o Kyle de diversas formas, chega até a encontrar no Kyle qualidades que ele admira em outras pessoas como seu pai! E ele chega ao fator cabal que ele o avô estão tendo atração pelas pessoas da mesma família, deve ser um traço genético, Marsh, relaxa e aproveita!
E essa química deles crescendo rapidamente, eu amo ver isso bem construído e se encaminhando... e mesmo que tu tenha dito que não estava satisfeito antes, que não estava encontrando o caminho, acho que é um pouco exagerado, Stan e Kyle se shippam sozinhos, eles vão a luta, como dizem, é raro, bem raro uma fic que eles estão lá e eu não os shippo... mas nessa aqui a tensão e a parceria deles cresce visivelmente, é... tocante, é maravilhoso!!
Perceber que os olhos do Stan são azuis da cor do oceano foi a MAIOR descoberta do Kyle, porque ele agora entendia seu próprio interesse “afinal, ele amava o mar e tudo o que tinha nele” Muito bem, Broflovski!!

Eu fico impressionada com o quanto o Stan é ligado com os sentimentos dele, e como ele deixa o sexto sentido, ou o que for, guiar os pensamentos, nessa hora que ele já sabe que a sobrancelha arqueada do Kyle significa um questionamento eu praticamente queria pegar ele no colo, porque sério, eles estão conversando a pouco tempo, talvez um pouco mais de uma hora, e Stan já reuniu tantas informações sobre o Kyle, é lindo, é incrível, é muito Style!
E então... e então... cara... cara!! Já li isso umas três vezes, mas ainda fico meio assim... PARA TUDO!!

PARA TUDO PORQUE
O KYLE
PEGOU
O STAN
NO COLO
E LEVOU PRA CAMA
DELEEEEE!!!
ALÔ, É DA SAMU??
MANDA A AMBULÂNCIA, KYLE PEGOU STAN NO FUCKING COLO!!!

(Craig pulou do barco porque ninguém ligava pra ele kkkkk, pobrezinho... kjdfkdfg)

Caaaaaaara?
QUANTAS FICS TEM ASSIM?
Eu respondo: DUAS!
A minha e a tua agora, por algum motivo estranho as pessoas não escrevem isso, e eu mesma não sabia que queria tanto ler algo assim até que cheguei nesse momento!
E a tensão toda que sobe aos mais altos níveis... imaginei o Kyle levando o Stan, se o moreno acordou nos braços do ruivo, foi uma visão linda... se ele não acordou, foi tão bom do mesmo jeito, acordando com o Kyle soltando ele na cama, passando as mãos respeitosamente no corpo dele... eu só sinto pelo fato do Stan ainda estar usando aquelas roupas de mergulho, afff!
E depois o Kyle se arrumando no sofá após entregar a cama pro visitante... awww ❤️️

E o Craig estraga prazeres ali? MEU DEUS CRAIG!! Tu sabe que teu chefe é louco e se apaixona pelo conhecimento, então QUAL É O PROBLEMA?! Deixa o Kyle amar as descobertas dele! Mas é ótimo o Craig ter essa implicância porque só assim a gente soube mais do Kyle... e ele é totalmente envolvido com as pesquisas dele, e também, o Craig aqui é um sopro de realidade... na verdade mais do que isso, ele é uma chicotada de realidade na cara do Kyle! E para o bem ou para o mal é bom que a gente tenha em mente essa situação...

Ohh, adoro o Stan acordando na cama do Kyle e observando o quarto dele, sobre o “gloomthing” não existir, Clyde e a tripulação dele, assim como a da Wendy discordam com força dessa afirmação, hein, melhor o Kyle se informar melhor e pesquisar nas fontes certas!

(socorro, Stan não sabia o nome do Craig kkkk)

Eu gosto de ver o Stan pensando nos amigos dele e sentindo a preocupação começar a se sobressair nesse sonho que ele está vivendo, os amigos ficaram para trás e realmente eles estariam em apuros se as autoridades descobrissem o envolvimento deles nas atividades do Stan.
E tem esse momento aí que o Stan observa e analisa as costas do Kyle... é tão latente a atração que ele sente, é muito torturante ver o Stan caindo assim pro Kyle tão rápido, garanto que ele mesmo jamais cogitou a possibilidade de se apaixonar... aliás, isso é algo que eu queria perguntar, se o Stan pensou sobre amor em algum momento, se ele se envolveu lá embaixo (e não me poupe, pode doer um pouquinho saber de outra pessoa antes do Kyle, mas ainda assim é legal saber).

Kyle depois pensando no bem-estar do visitante dele é tão... nossa, me deixa com uma sensação muito boa, claro que ele também pensa como estudioso e quer ver reações, observar o Stan como se fosse um rato de laboratório interagindo com um incentivo diferente, mas mostra o lado soft do Kyle, mostra que o Kyle, que tinha tudo pra ser um cientista ensimesmado, na verdade pode mostrar seu lado altruísta, se ele mostra só pro Stan a gente não pode fazer nada, hehehehe...

Tudo o que se sucede do Kyle pensando nas sereias serem encantadores de humanos, e sobre como o Kyle sempre foi meio louco... essas partes foram onde a gente teve mais contato com os sentimentos do Kyle... adoro ver como ele foi se despindo de um cientista para mostrar a cara dele de homem que ia surgindo mais e mais conforme ele era exposto ao Stan, é lindo isso? É sim e eu to amando!!
O momento que o Kyle admite que passou a noite acordando pensando no Stan... só consegui pensar “a primeira de muitas, meu filho... de muitas... 😔

E essa cena aí deles colocando óculos escuros? O quão lida essa cena é?! Não sei, mas é maravilhosa!!

E lá vamos nós em direção a angústia, os dois vão se separar... tão certo quanto era o encontro lá no primeiro capítulo é a separação no segundo, e eu to só o pó aqui lendo o passeio lindo deles e de todas as emoções que eles mostram e guardam; o Kyle todo dolorido, com tantos caras ele foi se encantar (se apaixonar) justo por um sujeito do fundo do mar... e eu também queria perguntar o passado amoroso do Kyle, mas ele me parece que não era tão quietinho como o Stan...

Aiiin, eles no passeio... 😭 😭 😭 😭 eu já quero chorar muito porque o beijo foi totalmente emocional... foi nossa, me destruiu muito... fiquei com a garganta apetada porque eu sabia que o pior estava por vir ainda...

E o Craig ali observando, kkkkk... Craig é o sopro de graça nesse final que eu só posso chamar de trágico...

Quando eles começam a se arrumar pra partida do Stan... nossa, meu coração vai apertando, mas eu fico sorrindo quando vejo que o Kyle em algum momento ainda ensinou o Stan a usar um computador...
Meu coração, já apertado, congelou quando o Kyle pediu pro Stan ficar... injusto da parte dele, mas entendo o sentimento... é muito desesperador esse tipo de separação... ainda mais sendo algo tão inimaginável...
E esse beijinho no mar, sobre a máscara que guardava as lágrimas do Stan... nossa, isos é muito desesperador...

Mas o Kyle é muito determinado e muito teimoso e ÓBVIO que ele vai descer lá pra resgatar o namorado dele! AH SE VAI! Eu gelei muito quando o Stan saiu pelo Buraco e foi puxado, espero que não façam nada de ruim pra ele, afinal, os privilégios de ter um pai Presidente, ou o que for, precisa servir pra algo, não?

MAS NÃO PODIA TERMINAR ASSIM!!
É um final agridoce sem o doce só tem o agri!!!! AHHHH
E fiquei muito “AHH????? NÃO!!!” Cara, não podia terminar assim 😭 😭 😭 😭
Eu me apaixonei por eles tanto quanto eles se apaixonaram um pelo outro, e então eles quebram o meu coração como também estão com os corações quebrados... eles ainda conseguem remendar o coração, agindo para se encontrarem no futuro, mas e eu? COMO EU FICO?!!
😭 😭 😭 😭


Bem, por fim, eu tenho uma teoria final: Randy subiu para saber o que houve com o pai dele, encontrou Gerald (não sei porque motivos, mas o Geraldo NÃO FOI CITADO EM NENHUM MOMENTO), eles se apaixonaram e Randy voltou, Gerald ou morreu ou ***mistério***, e o Marsh ficou perdido em culpa e ressentimento, e decidiu proibir as viagens, encorajando o mito da “Loucura dos Mergulhadores”, para evitar que qualquer um se apaixonasse por alguém da superfície e sofresse, como ele sofreu, com o pai dele antes dele... mal sabia...


Pra terminar tudo, nem preciso dizer que amei, porque é claro que eu amei, mas acima de tudo foi uma fic muito bem tramada e os acontecimentos chegaram pra gente num crescente, amo como tudo se choca com a atração e o destino deles...

Tudo o que eu posso dizer é: Tu é fantástico, parabéns pela fic e por sempre ser tão criativo!!

Mil Bjs,
Vivi