1. Spirit Fanfics >
  2. Louise >
  3. Eu mudei

História Louise - Capítulo 19


Escrita por:


Capítulo 19 - Eu mudei


Desci as escadas e entrei no banheiro social do andar de baixo.

No espelho estava refletido um sorriso ridículo de alegria.

-Louise...você já foi melhor nisso...desfaça já esta cara de boba!

Lavei mais uma vez o rosto, soltei os cabelos pra disfarçar uma pequena vermelhidão no pescoço. Michael  precisa fazer a barba, pensei sorrindo . Me repreendi mais uma vez e fui na direção da piscina, onde todos comiam petiscos esperando pelo churrasco.

Fui  recebida por olhares pouco amistosos da Gabrielle. Bem...ela tinha razão...dessa vez. Eu fui uma garota má...na casa que logo será dela.

Olhei ao redor, procurava uma cadeira pra me sentar ou pelo menos uma bebida.

Um jovem se aproximou sorrindo, com dois copos de suco nas mãos.Me entregou um deles e foi iniciando a conversa.

-Olá...você estava na festa ontem a noite, não? Prazer, sou o Jared!

-Sim , eu estava, sou a Louise! –e apertei a mão que ele me estendia.

Ele começou a falar , mas eu não conseguia prestar atenção ás suas palavras, não conseguia me concentrar.Mas mantinha meu olhar em seu rosto. Posso ser uma “ menina má” ,mas ainda sou educada.

Percebi quando Michael saiu pela mesma porta que eu , mas perdi de vista em seguida, pois Jared simplesmente não parava de falar.

O tal Jared era bonitinho até. Fiquei entretida observando suas feições enquanto ele falava. Cabelos loiros, um pouco crescidos pro corte que ele usava, sorriso bonito, olhos verdes, lábios  carnudos...

Jared seguia falando e eu apenas sorrindo. Quando olhei por sobre o seu ombro, pude ver Michael sentado em uma espreguiçadeira, nos olhando fixamente. Quando percebeu que eu também o olhava, disfarçou.

Contive um sorriso bobo em meus lábios. Que bonitinho, será que está com ciúmes?

O monólogo do Jared e minhas divagações foram interrompidos pelo som do meu estômago roncando. Aquele suco parece que só veio atiçar mais a minha fome.

-Oh...acho que vou pegar algo pra você comer, Louise!-falou o meu sorridente amigo. 

Peguei mais dois copos de suco e andei lentamente na direção daquele homem lindo que me lançava olhares de desaprovação.

-Com sede?-ofereci o copo e sentei na espreguiçadeira ao lado

-Quem é aquele rapaz?-respondeu secamente.

-Wow...isso é ciúme?-sussurrei.

-Só não acho certo ficar flertando com todos em toda parte!-resmungou

-Eu não estava flertando...ele me viu na festa ontem e veio puxar assunto...

 -Pare com isso Louise, por favor...ele estava te paquerando.

Ele me olhava nos olhos, eu podia ver através das lentes de seus óculos escuros, que estava irritado.

Fomos interrompidos por Jared, pigarreando, com  um prato com petiscos de carne na mão.

-Tô interrompendo?

-Desculpe Jared...eu  não como carne...

-T-tudo bem...eu...trago outro coisa-insistiu.

-Não, obrigada!Ela não está interessada.-Michael interrompeu bruscamente, fazendo o rapaz sair de fininho dali, indo se refugiar do outro lado da piscina.

-Coitado do Jared...

 -Você vê...você diz que não quer e ele insiste...

-Ele quis ser educado...

-Não creio que fosse apenas educação dele... Você entendeu...não quero ver esses caras flertando com você...

-Michael...eu não sou sua propriedade...até agora te ver com ciúme estava sendo gracioso, mas não perca a linha...não temos compromisso algum!

Dei as costas e voltei pra dentro da casa,o ciúme de Michael podia ser divertido, mas aquela conversa estava tomando um rumo que eu não queria seguir.

Ainda escutei ele chamar pelo meu nome mais uma vez, alto o bastante pra as pessoas presentes escutarem.

No caminho peguei mais um suco. Pelo jeito as saladas que a mulher  preparava eram de enfeite.

Alguns minutos depois, Michael  entra na cozinha.

-Louise...podemos...-e me segurava a mão, guiando-me mais para dentro da casa.

Abriu uma porta e fez sinal pra que eu entrasse e entrou depois de mim, fechando a porta atrás de nós. Era uma pequena sala de TV.

-Eu não gosto da forma como age!Você não deveria...

-Michael, você não é meu pai e nem meu dono pra dizer como gosta ou como eu devo agir. Pensei que estivesse claro pra você que eu não procuro romance...que tivesse entendido  que não estou atrás de compromisso... -estiquei o braço e segurei  sua camisa, puxando-o de leve.

-Eu não gosto disso, Louise...-relutava, mas se aproximava conforme eu o puxava

-Mas você quer...-falei tentando mordiscar seu maxilar.

Podia ver nos olhos de Michael que ele queria, em seu corpo o quanto desejava repetir o que fizemos há pouco. Era mais forte que ele e eu percebia divertida o quanto era difícl pra ele resistir.

-Pára com isso  Louise!-falou alterando a voz, me segurando pelos pulsos- Eu não quero ser seu objeto! Tenho sentimentos e sinceramente pensei que você não era mulher de conseguir o que quer usando ...isso...como meio...eu não consigo reconhecer a Louise doce que visitava minha casa.

- Eu não acredito que justo você venha me julgar! Você não é meu objeto e eu não estou usando meio algum  pra conseguir nada!  Eu não sou mais aquela Louise...eu cresci e mudei!




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...